Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Oito séries clássicas e de culto para ver no YouTube
The Ghost & Mrs. Muir
DR The Ghost & Mrs. Muir

Oito séries clássicas e de culto para ver no YouTube

Fomos vasculhar ao YouTube e descobrimos oito séries clássicas dos anos 60 e 70, para ver na íntegra nesta plataforma.

Por Eurico de Barros
Publicidade

O YouTube é uma verdadeira cornucópia de surpresas e podemos lá encontrar, entre outras coisas, todas as temporadas de muitas séries de televisão clássicas ou que ganharam estatuto de culto. Fomos lá dar uma volta e escolhemos oito, todas das décadas de 60 e 70, europeias e americanas. Apenas uma não foi exibida em Portugal pela RTP, então a única estação existente no nosso país. Entre elas estão títulos como a francesa Belphégor – O Fantasma do Louvre, a inglesa As Aventuras do Cavalo Negro ou ainda as americanas O Túnel do Tempo e A Sra. Muir e o Fantasma.

Recomendado: O esplendor do cinema mudo no YouTube

Oito séries clássicas e de culto para ver no YouTube

‘Combat!’ (1962/67)

Inédita em Portugal, Combat! foi, à altura, elogiada pelo seu realismo, e muitos dos realizadores, técnicos e actores que nela estiveram envolvidos combateram na II Guerra Mundial ou na Guerra da Coreia. Os protagonistas são os membros de um esquadrão de infantaria do Exército dos EUA, desde o desembarque do Dia D até à entrada em Paris. Vic Morrow e Rick Jason encabeçam o elenco, e entre os realizadores de episódios da série encontramos nomes como Robert Altman, Richard Donner, Tom Gries ou Burt Kennedy.

‘Belphégor – O Fantasma do Louvre’ (1965)

Esta memorável série francesa a preto e branco, inspirada pelos populares filmes mudos em partes de Louis Feuillade, aterrorizou toda uma geração de jovens telespectadores em meados dos anos 60. Belphégor, uma misteriosa e assustadora figura, que muitos consideram ser um fantasma, aparece no Museu do Louvre à noite, sucedendo-se as tentativas de assassínio e mortes suspeitas, perante a impotência das autoridades, até que um jovem estudante decide investigar por conta própria. Com Yves Rénier, Juliette Gréco e René Dary.

Publicidade

‘O Túnel do Tempo’ (1966/67)

Criada por Irwin Allen, o pai do filme-catástrofe, esta pioneira série de ficção científica centra-se em dois cientistas (interpretados por James Darren e Robert Colbert) que inventaram um túnel para viajar no tempo, acabando por ficar presos nele e viajando entre o passado e o futuro. Os efeitos especiais de O Túnel do Tempo dataram bastante, mas as histórias são imaginativas, com os dois heróis a visitar, no passado, o Cerco de Tróia ou Pearl Harbor antes do ataque japonês, e a combater alienígenas invasores no porvir.

‘A Sra. Muir e o Fantasma’ (1968/1970)

Carolyn Muir (Hope Lange), uma jovem viúva com dois filhos pequenos, vai morar para uma vivenda à beira-mar na Nova Inglaterra que é assombrada pelo fantasma do seu antigo dono, um marinheiro, o Capitão Daniel Gregg (Edward Mulhare). Baseada no filme de Joseph L. Mankiewicz O Fantasma Apaixonado (1947), com Gene Tierney e Rex Harrison, A Sra. Muir e o Fantasma combina comédia e fantástico com muita felicidade, e conta com divertidos actores secundários como Reta Shaw e Charles Nelson Reilly.

Publicidade

‘Os Pequenos Vagabundos’ (1970)

Um estrondoso sucesso na Europa, e também em Portugal, esta celebérrima série de produção belga, francesa, suíça e canadiana, segue um grupo de adolescentes – quatro belgas, um francês, um alemão e uma canadiana – que durante as férias se envolvem, nas Ardenas, na busca pelo tesouro perdido dos Templários e com um grupo de malfeitores que assaltaram um banco e raptaram a filha de uma testemunha do assalto. O impacto de Os Pequenos Vagabundos foi tal que ainda goza hoje de um enorme culto por toda a parte onde foi exibida, incluindo o nosso país, onde foi transmitida por várias vezes pela RTP nas décadas de 70 e 80.

‘Os Persuasores’ (1971/72)

O inglês Lorde Brett Sinclair (Roger Moore), e o americano Danny Wilde (Tony Curtis), são dois homens separados pela sua origem social, embora sejam ambos milionários, gostem de viver a vida, guiem carros velozes (um Aston Martin e um Ferrari, respectivamente) e detestem a injustiça. Por isso, são emparelhados por um juiz, para investigar os crimes que a polícia não consegue resolver. Esta série policial na linha dos buddy movies ganhou um culto imenso apesar de ter durado só uma temporada, porque Roger Moore foi contratado para interpretar James Bond.
Publicidade

‘As Aventuras do Cavalo Negro’ (1972/74)

Quem cresceu nos anos 70 lembra-se de certeza de esperar ansiosamente pelas tardes de fim-de-semana, quando esta série juvenil inglesa baseada no livro clássico de Anna Sewell passava na RTP. A acção decorre na Inglaterra rural do século XIX, onde o majestoso Black Beauty, o cavalo negro do título, protagoniza várias aventuras, na companhia do seu dono, o Dr. James Gordon, e dos filhos e filhas destes e seus amigos. O genérico e o tema musical da série, composto por Denis King, são inesquecíveis e pertencem à história da televisão.

‘Colditz’ (1972/74)

Robert Wagner, Edward Hardwicke, David McCallum e Bernard Hepton estão entre os intérpretes desta série da BBC e da Universal ambientada na II Guerra Mundial, nos cárceres do imponente Castelo de Colditz, na Saxónia. Era lá que os alemães mantinham os prisioneiros de guerra aliados de importância política e em especial com um grande historial de tentativas de evasão, e de onde fugir era teoricamente impossível. A série baseia-se no livro The Colditz Story, de Pat Reid, um dos oficiais ingleses que lá esteve encarcerado e conseguiu evadir-se.

Mais que ver

WandaVision chega em Janeiro à Disney+
Disney+

As melhores séries no Disney+

Filmes

É um dos serviços de streaming com mais subscritores no mundo. Casa da Fox, da National Geographic e da Lucasfilm, mas também das produções da Disney, da Pixar ou da Marvel, o Disney+ tem um catálogo cada vez mais diversificado. Além de produções próprias, como The Mandalorian, um spin-off de Star Wars, ou WandaVision, uma sitcom psicadélica com a chancela da Marvel, agora encontram-se lá uns quantos clássicos modernos e sucessos de audiências como Perdidos ou Uma Família Muito Moderna.

Zero Zero Zero
DR

As séries da HBO que tem de ver

Filmes

Desde que chegou a HBO ficou ainda mais complicado gerir a agenda – e não falamos apenas da vida social, mas do calendário de estreias de séries. A pensar nisso, fizemos-lhe uma selecção das séries na HBO que vale a pena ver e que nunca o farão perder tempo. Recuperamos os clássicos que não pode perder e as novidades que têm dado que falar. De Os Sopranos a Euphoria, estas são as séries que tem de ver na HBO.

Publicidade
The Witcher
©Netflix

As melhores séries na Netflix

Filmes

Começou timidamente em Portugal, com uma mão cheia de bons conteúdos e algumas apostas menos conseguidas. Com o passar dos anos, ganhou terreno, fez muitos de nós trocar as noitadas na rua pelas noites no sofá e na cama, e é difícil imaginar a vida sem saber que a temos ali. Filmes, séries, documentários, docusséries, há muito material para ver, em casa ou fora dela. Junte-se à febre do streaming e conheça as melhores séries para ver na Netflix.

Fleabag
Amazon

As séries na Amazon Prime Video que valem a pena

Filmes

A Amazon Prime Video ficou disponível em Portugal, em 2016, para gáudio dos amantes da arte de fazer streaming. Há clássicos a fazer parte do cardápio e títulos mais recentes que justificam um mergulho demorado pela plataforma. É certo que a escolha agora é grande, e a concorrência faz-se de apostas cada vez melhores no que diz respeito ao conteúdo original, mas a Amazon Prime Video não quer ficar para trás e tem pescado bons títulos pelo caminho. Prova disso são estas séries.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Também poderá gostar

        Publicidade