Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Vem aí a Noite Europeia dos Investigadores

Vem aí a Noite Europeia dos Investigadores

Esta sexta, deixe-os ir para a cama mais tarde. É que Noite Europeia dos Investigadores toma o Príncipe Real de assalto com actividades perfeitas para todos os que respondem “cientista!” quando lhes perguntam o que querem ser quando forem grandes.

Publicidade
Dinossauro Cientista
©DR Dinossauro Cientista

Ciência na cidade é o tema da Noite Europeia dos Investigadores de 2019, que mais uma vez orbita em torno do MUHNAC – Museu Nacional da História Natural e da Ciência. Na sexta-feira, 27 de Setembro, entre as 18.00 e as 00.00, as famílias vão descobrir que há ciência em quase tudo – e que é na ciência que pode estar a resposta para o futuro das cidades. Há dezenas de actividades previstas, que vão da matemática à arquitectura, passando pela tecnologia, a física e a química. Estas seis são as que puxaram pela nossa veia de cientista.

Recomendado: Fim-de-semana perfeito em família

Uma noitada de ciências

1

Pixel City

Os miúdos lá em casa passam a vida agarrados aos Legos, a fazer construções coloridas? Ou preferem criar cidades do zero sem tirar os olhos do ecrã, a jogar SimCity? Seja qual for o caso, leve os seus pequenos construtores, engenheiros e arquitectos a este atelier na Sala da Baleia do MUHNAC, onde todos podem brincar com papel para criar grandes e pequenos edifícios.   

2

Dinossauros – antes, agora e depois

Troque mais uma sessão no sofá de Jurassic Park ou A Viagem de Arlo por esta visita do Museu da Lourinhã ao Jardim do Príncipe Real. Os arqueólogos prometem explicar (e mostrar) a todos como são extraídos os fósseis de dinossauro da rocha e como se montam os esqueletos destes animais da pré-história.

Publicidade
3

Circo Matemático

Neste circo não se sacam coelhos da cartola, não há acrobacias de tirar o fôlego, palhaços a dar trambolhões ou animais a fazer truques. Equipados com baralhos, cordas e bolas de esponja, os animadores de jardineiras cor de laranja do Circo Matemático mostram no Jardim do Príncipe Real que fazer contas pode ser bem divertido

 

4

Wall-E – o Mar precisa de ti

No ano de 2100, Wall-E, um robot programado para limpar o lixo que tornou o planeta Terra inabitável, encontra um estranho objecto do passado. Fascinado com a descoberta, parte numa viagem ao passado que o leva até 2019. No mar da Arrábida cruza-se com uma equipa de cientistas que lhe desvenda incríveis segredos da vida marinha. Nesta peça de teatro, a personagem da Pixar vive as mais incríveis aventuras no Jardim do Príncipe Real.

Publicidade
5

Algas a gosto!

O seu filho é do tipo enojadinho na hora de dar um mergulho no mar? Ou fica fascinado com as plantas do oceano que andam para trás e para a frente com as ondas? Nesta actividade no MUHNAC, as famílias podem fazer uma degustação de algas e descobrir que não servem apenas para fazer cabeleiras divertidas na praia: têm muitos benefícios para a saúde

 

6

As hortas na cidade – como passar do campo ao prato sem sair da varanda… ou do bairro!

Na antiga cafetaria do Museu Nacional da História Natural e da Ciência mostra-se que os legumes da sopa não nascem nas prateleiras do supermercado e que numa horta em casa podem crescer frutos e vegetais deliciosos e saudáveis

Mais ideias para entreter os miúdos

Quinta pedagógica Armando Villar
Fotografia: Ana Luzia
Miúdos

Quintas pedagógicas: leve-os ao campo sem sair da cidade

Entre os enormes arranha-céus e a poucos quilómetros das avenidas cheias de carros e motas, há espaços verdes com animais do campo, hortas biológicas, pomares e actividades rurais que os miúdos nunca pensaram experimentar, como a lavoura, fazer pão em forno de lenha ou dar banho à bicharada. Se os seus filhos pensam que o leite nasce no pacote e que a fruta vem do supermercado, está na hora de os levar a estas quintas pedagógicas.

Actividades para crianças no Museu Berado
©Museu Berardo
Miúdos

Museus para crianças em Lisboa? São mais que as mães e bem divertidos

É uma grande injustiça dizer que a palavra museu cheira a mofo. Mas se começou por arrastar os miúdos para uma exposição interminável que interessa apenas a adultos... é bem possível que o programa enfrente uma certa resistência. Não desanime. Um roteiro museológico não tem de ser aborrecido, muito pelo contrário. Fomos à procura dos melhores museus para crianças em Lisboa. 

Publicidade
Parque do Alvito
Fotografia: Arlindo Camacho
Miúdos

Os melhores parques infantis em Lisboa para pôr os miúdos a brincar

Não há nada que eles gostem mais do que uma ida aos baloiços. Os olhos até brilham quando lhes dizemos as palavras mágicas: "Queres ir ao parque?". É que nem é preciso dizer mais nada, nem precisam de saber onde – tudo o que lhes interessa é que vão correr e brincar num sítio onde não faltam baloiços e escorregas. E foi por isso que corremos os parques infantis em Lisboa à procura dos melhores. 

You may also like

    Publicidade