Os melhores bares de Verão no Algarve

Este é o roteiro perfeito para depois do lusco-fusco. Escolha um (ou vários) dos melhores bares de Verão no Algarve.

©Afonso Castella

Quando cai a noite no Algarve, o areal vira pista de dança e não há mãos para contar os lisboetas presentes. Se estiver de férias, tire o pé do chão e descubra os melhores bares de Verão no Algarve. Sempre sem perder o sul.

Os melhores bares de Verão no Algarve

Rooftop Eva

É o primeiro Verão deste terraço no topo do hotel Eva, em Faro, com vista para a Ria Formosa, que tem uma piscina com um flamingo a boiar. Abriu em Junho e já teve lotação esgotada com a festa de apresentação da discoteca Lick e com DJs bem conhecidos. Rui Correia, do café Madalena Faro, ajuda na programação, que inclui funk, hip-hop e música electrónica. E, na verdade, este Rooftop Eva é um tudo em um: pode ir para lá pela fresca, ficar todo o dia na piscina (15€ de consumo obrigatório no bar) e fazer a transição para a noite. Mas atenção, se beber, não mergulhe.  

Sky Bar Carvoeiro

A avaliar pelo irmão mais velho, no Tivoli Avenida em Lisboa, este é daqueles que vai estar sempre no seu feed das redes sociais. E dá para estar sempre em altas, literalmente, enquanto bebe um cocktail artesanal – descubra o Curioso Caso de Pandora (17€), com mezcal, sumo de ananás e lima, xarope de mel de ananás e angostura bitter. Não é brincadeira barata, mas vale a pena. Mais que não seja pela vista incrível sobre as falésias do Carvoeiro.

Publicidade

Saaz Craft & Beer Lounge

Abriu há um mês no centro de Olhão e tem 16 torneiras de cerveja artesanal sempre a pingar. Culpa de Bruno Rocha, que viveu seis anos na República Checa e ficou com o “bichinho da cerveja”. As experiências em casa e a amizade com alguns produtores fizeram com que ganhasse maturidade suficiente para abrir um negócio destes no Algarve. Ei-lo. Sempre que acaba um barril, é reposto por outro, de uma marca diferente, portanto há sempre novidades. E também têm sidra artesanal portuguesa, da Vadia. Dá para ir picando conservas de Olhão enquanto bebe e também pode comer à séria –o espaço não tem cozinha própria mas tem parcerias com restaurantes da zona: mariscos do Prazeres, pizzas da Pizza na Pedra ou hambúrgueres da Toska. 

Ground 864

Aponte aí o dia de estrago a meio das férias: é no Ground 864. “Isto é um bar de cervejas artesanais mas não queríamos pôr pipis, moelas e camarões a acompanhar. Quisemos fazer comida pecaminosa, para um dia de gordice”, diz Ivo Maurício, antigo sous-chef do Rabo de Pêxe, em Lisboa, que se pôs a pecar com a insistência do dono do espaço, André Mendonça. Há 89 referências de cerveja – o objectivo é chegar às 100 – e acompanham com cachorros, donuts ou hambúrgueres. A maior gordice talvez seja o Donut Bacon Burguer: um donut doce com pedaços de bacon, recheado com hambúrguer (12€). Primeiro estranha-se, depois entranha-se. Ah e se não gostar de cerveja, nada tema, em frente André tem A Biblioteca, um wine bar catita.

Publicidade

Symbiosis Pub & Bar

Três professores de educação física trocaram a corrida pela bebida no último ano e abriram o Symbiosis, em Olhos de Água. Um bar com uma esplanada que abre à tarde com música reggae e vai mudando os ritmos musicais ao longo da noite. O mojito de coco e maracujá e o cocktail de assinatura Symbiosis Passion, com maracujá, rum escuro e rum branco (entre os 7€ e os 8€) são imperdíveis.

Bohème

Começou com 25 marcas de cerveja artesanal portuguesa há dois anos, mas o número do Bohème, em Faro, não pára de crescer. Há Maldita, Mean Sardine, Bolina, Vadia, Barona, Luzia, Aroeira, Marafada... A lista é quase interminável e se quiser provar todas, o melhor é repartir a prova pelas férias e não o fazer de uma vez só. Se lhe der fome, há saladinhas de polvo ou de bacalhau (entre os 4,50€ e os 5€), tábuas de queijos e enchidos (a partir de 9€), rissóis de berbigão (1,50€) ou de leitão (2€).

Publicidade
Baffi Bar

Baffi Bar

Simone e Valentina abriram um bar em Lagos onde pode juntar a malta toda, até aqueles que não são grandes fãs de noitadas e preferem é uma noite tranquila a jogar snooker. Tem uma esplanada, matraquilhos, um pátio com sofás e almofadas confortáveis e muitas vezes com música ao vivo. Pode ainda jantar (é também um bistro italiano) e ir metendo bolas nos buracos, na mesa de snooker no meio da sala. Além dos bons cocktails, há que assinalar que às sextas há tequila night, com shots a 1€, servidos numa minicaveira. 

 

Rua Cândido dos Reis, 53-55, Lagos. 92 549 5786. Seg-Dom 14.00-02.00.

Sal Rosa

Sempre que queria beber um cocktail como deve ser em Albufeira, sem descontrolos, Joana Cortez passava um mau bocado. Vai daí pôs as mãos nos shakers, tornou-se barmaid, e abriu o Sal Rosa com o irmão, Tiago. Fica em frente à Praia do Peneco, numa zona mais calma, fora dos circuitos turísticos, e tem bebidas de autor. O Cortez Julep (9€) tem bourbon infusionado com canela, xarope de canela e menta e vem com uma palhinha metálica que impõe respeito.

Publicidade

Mar d'Estórias

Fica no centro histórico de Lagos e é um daqueles sítios que tem tudo: no piso térreo é uma loja com produtos portugueses que enche o olho a turistas, tem um piso só com loiças, um restaurante numa plataforma intermédia (que serve jantares a partir das 19.30) e, no cimo de tudo, um terraço que funciona desde o pequeno-almoço até à noite. A partir das 21.30 fecham a cozinha, acabam os pratos e os petiscos e é só bar (com cocktails a preços simpáticos, dos 6€ aos 9€).

Columbus Cocktail & Wine Bar

Fica em Faro, tem 13 anos e continua a ser um dos melhores bares do Sul. Todos os anos troca a decoração – esta temporada há candeeiros chineses e um piano de cauda para dar música aos clientes – e testa novas bebidas. A nova carta chega já aos 50 cocktails, 10 deles novos, como o New Fashioned (12,50€), com rum num frasquinho para um DIY.

Publicidade
Bella Vista

Bella Vista

A 600 metros da Praia da Luz, o bar do hotel Bela Vista chama a atenção de quem passa. Todo ele é poltronas estofadas, espelhos trabalhados, azulejos e cortinas esvoaçantes. Tem uma admirável carta de cocktails de autor, onde se destaca o incrível Caixa de Pandora – leva mezcal e xarope de mel e vem dentro de um baú que liberta fumo quando aberto (12€). Mas há outros bons, feitos com fruta fresca. Se beber para lá da conta ou não se importar com a conta a pagar, saiba que tem 45 quartos disponíveis.

Av. Tomás Cabreira, Praia da Rocha, Portimão. 28 246 0280. Seg-Dom 10.30-00.00.

Salmora

O mais impressionante neste restaurante e bar de Vilamoura, além da cozinha totalmente aberta, é o balcão em cobre, todo feito à mão. Depois, a prateleira atrás, com dezenas de bebidas perfeitamente desalinhadas. A carta de bebidas é bastante variada e completa: há os cocktails Porn Star Martini, há mojito de coco e frutos vermelhos (na foto) e whiskey japonês. O gin Adamus, de Coimbra, da zona da Bairrada, também é uma boa opção antes ou depois de seguir para a refeição.

Publicidade
Bolan Bar

Bolan Bar

Falar do Bolan é falar em caipirinhas. Custam 4€ e custa não repetir. O barman deste bar reggae, forrado com imagens de figuras icónicas como Che Guevara, Bob Dylan ou Bob Marley, até lhe deixa escolher a cachaça que prefere: a Pitú, feita em Pernambuco e com 40% de álcool, ou então a Velho Barreiro, que tem 39% e vem lá das bandas de São Paulo. O resto já sabe, muita lima, muito gelo, muito açúcar e aqui, muita gente, com certeza.

Rua Poeta João de Deus, 2, Alvor. 96 487 4681. Seg-Dom 17.00-03.00.

Casa da Tocha

Casa da Tocha

Vá com fome ou vai-se arrepender. A Casa da Tocha é uma pincharia que tem no vermute a sua bebida principal. Além da boa comida feita pelo Emídio, que aprendeu a cozinhar na tropa (e que depois disso abriu a Casa Portuguesa em Barcelona), também têm uma extensa carta de vinhos portugueses. E apesar de ser o sítio ideal para petiscar umas tiras de choco frito com alioli de beterraba ou uns camarões salteados com coentros, alho e malagueta (ambos 7,50€) antes de ir abanar o capacete para outras paragens, fica já avisado que os almoços são divinos. Por uma nota de 10€ servem-lhe um pincho e um vermute para começar, depois trazem-lhe uma saladinha e o prato principal, e ainda tem direito a sobremesa, bebida e café.

Rua Senhora da Tocha, 24, Portimão. 28 242 4144. Seg-Sex 12.30-15.00; 18.00-00.00.

Publicidade
Castelo Bar

Castelo Bar

O Castelo Bar é uma das mais míticas casas de Faro, poiso regular de muitos locais, muito por causa das suas animadas noites com Dj’s, música portuguesa ao vivo, espectáculos de stand-up comedy ou até mesmo de kizombadas. Fora isso, é o local ideal para pôr a conversa em dia, embarcar numa noite de quiz ou, então, ouvir um belo fado acompanhado de guitarra portuguesa.

Rua do Castelo, 11, Faro. 91 984 6405. Seg-Dom 10.30-04.00.

Club Nau

Club Nau

Um bar em cima da praia é a imagem perfeita da noite algarvia. E é por isso também que o Club Nau tem uma legião de fãs que regressa militantemente, ano após ano. Com vista para a Praia Grande, em Ferragudo, da esplanada é quase possível pousar os pés na areia. Aqui todos os dias da semana são dias de festa, mas aos domingos, a partir das 15.00, há música ao vivo com actuações de artistas locais.

Praia Grande, Ferragudo. 96 927 8529. Seg-Dom 10.00-00.00.

Publicidade

Dromedário

É um clássico das noites de Sagres. O bar mais antigo da rua dos bares abriu em 1985 mas não é por isso que se encosta à sombra dos novatos: todos os anos renova a carta de cocktails. O mais recente é o Discover Elit, com xarope de canela, sumo de limão, cointreau, vodka e polpa de ananás (7,50€). Mas o bartender de serviço, que agita os shakers e os copos de vidro em manobras perigosas para o comum dos mortais, recomenda também o Dromedário Mule ou o Pineapple Express. 

Kadoc

Que atire a primeira pedra quem nunca lá pôs o pézinho para dançar. A Kadoc é uma das discotecas míticas da noite algarvia. Fica a meio caminho entre Albufeira e Vilamoura e não tem nada que enganar: basta seguir aqueles imensos focos de luz apontados aos céus, que desde sempre assinalam a sua localização, e que entretanto tantos outros espaços copiaram. Além de um DJ residente, há muitas festas, algumas delas envolvendo espuma até aos olhos.

Cerca da Areia, Boliqueime. 28 936 0485. Sáb 23.30-06.00.

Publicidade
Mostrar mais

Mais sugestões no Algarve

Os novos restaurantes no Algarve

Na temporada 2016-2017, abriram uma data de sítios novos no Algarve. Andámos para trás e para diante à procura de todas as novidades da estação, batemos a uma série de portas e descobrimos mais de uma dezena de restaurantes novos no Algarve. Todos dignos de visita. 

Por Inês Garcia

Os novos hotéis no Algarve

Sopas e descansos, petiscos e praia. Férias a Sul é isso. Nestes cinco sítios, todos na categoria-mãe dos hotéis mas alguns na sub-categoria 'guest house', fica perto dos areais e tem uma cama confortável para dormir descansado.  Se ainda não tem os dias de férias marcados, tem bom remédio: marque uma noite, ou muitas, num dos novos hotéis no Algarve.

Por Inês Garcia
Publicidade

As praias paradisíacas que resistem no Algarve

Fomos de Barlavento a Sotavento, sempre com os pezinhos de molho, à procura dos areais perfeitos para descansar do mundo. Mas também das praias ideais para surfar, para ver as vistas, ver e ser visto ou até para andar com tudo à mostra.

Comentários

0 comments