Concurso da Patanisca de Lisboa: quatro sítios para comer a iguaria

A melhor patanisca da cidade vai dar à costa no Peixe em Lisboa – se não quiser esperar pelo veredicto dos jurados, vá a estes quatro restaurantes que estão no concurso

Fotografia: Manuel MansoA Patanisca do Poleiro vai a concurso no Peixe em Lisboa

A bela da patanisca anda pelos restaurantes e casas dos lisboetas há muitos anos e nunca teve grandes homenagens. Vai daí, à 10.ª edição, o Peixe em Lisboa resolveu organizar um concurso de pataniscas – mas ao contrário do que acontece com o concurso do Melhor Pastel de Nata (5 de Abril), onde cada casa pode candidatar-se ao título, foi o gastrónomo Virgílio Gomes que seleccionou previamente os 10 restaurantes com as 10 melhores pataniscas da cidade. 

Enquanto os jurados não as atacam – e vão ter muito que comer para avaliar o aspecto, o crocante da massa, o sabor, a consistência do interior, a ausência de gorduras e o sabor global – nós fomos provar quatro e fazemos uma antevisão do que vem lá. 

Não prometemos que seja ouvido, mas se quiser ir dar o seu bitaite, o concurso decorre dia 3 de Abril. Este dia é também o “dia económico” do evento, o que significa que por 15€ (o valor da entrada diária) tem direito a um consumo de 12€ ao longo do dia no recinto e a assistir a este concurso. 

Pavilhão Carlos Lopes (Av. Sidónio Pais, 16).

Leia mais sobre a 10.ª edição do Peixe em Lisboa na revista que chega quarta-feira às bancas. 

Quatro sítios para comer pataniscas em Lisboa

O Poleiro
Fotografia: Manuel Manso
1/4

O Poleiro

A patanisca de bacalhau anda aqui empoleirada há 32 anos e ao início havia até quem a desprezasse, conta Manuel Martins. É uma receita de família e quando abriram o restaurante, em 1985, claro que foi parar à ementa. “Era a patanisca que eu comia em casa”, lembra.

Não tem grandes segredos, afiança, e só se deve comer mal salta da fritadeira porque pode perder a graça se for reaquecida. “As gorduras não estão tão presentes [assim que sai da frigideira]. Depois perde textura e aumenta a densidade de gordura”, diz.

Além destas típicas pataniscas de bacalhau, que vão a concurso, há de camarão, mais altas e com coentros em vez de salsa – Manuel vai levá-las para a prova na mesma, para o caso de os jurados quererem provar mais qualquer coisinha. Estas acompanham com açorda de ovas ou arroz de lingueirão (com qualquer um vai bem servido) e são um dos pratos com mais saída. No Verão, quando a sardinha já estiver gordinha, também há patanisca de sardinha.

Rua de Entrecampos, 30 A. 21 797 6265. Seg-Sáb 12.15-15.00/ 19.15-23.00.

Ler mais
Laurentina
Fotografia: Manuel Manso
2/4

Laurentina

Marco e Rita Pires herdaram o título de reis do bacalhau e fizeram poucas mexidas na carta. A patanisca de bacalhau está na carta há cerca de 20 anos (o restaurante tem 40), mas dantes era comida no pão, em sandes, e tinha menos bacalhau. A receita manteve-se quase igual, só com “um upgrade”, explicam. Utilizam a farinha com fermento em vez da cerveja, tal como na receita tradicional, mas com a parte mais alta do bacalhau.

Pode ser uma pequena entrada (duas pataniscas) ou um prato principal, com arroz de tomate ou de feijão e salada (12,60€).  

Av. Conde Valbom, 71 A. 21 796 0260. Seg-Dom 12.00-23.00.

Reservar agora Ler mais
Avenidas Novas
O Nobre
Fotografia: Manuel Manso
3/4

O Nobre

“Já estão prontas? Eu gosto mais fininhas”, comenta o marido, José Nobre, assim que as pataniscas aparecem num prato perfeitamente empratado na sala. A chef Justa Nobre riposta que não podem ser assim tão finas, “assim é que estão mesmo boas”. 

Têm cerca de meio centímetro – “para mim é a altura ideal, estaladiças mas soft por dentro” – e são bem redondinhas. As pataniscas do Nobre não estão na carta fixa do restaurante, mas são prato do dia muitas vezes (não há um dia marcado, porém). Acompanham com arroz de feijão e grelos e, no Verão, troca-se o arroz por salada de feijão frade. Segredos? "É o bacalhau. Não pode ser o sucedâneo do bacalhau. E a fritura, têm de ficar sequinhas.”

Houve aí uma altura em que a clientela não comia pataniscas por serem fritas, relembra a chef, mas “fritas em azeite e bem secas não faz mal nenhum de vez em quando”, reforça.

Avenida Sacadura Cabral, 53 B (Campo Pequeno). 21 797 0760. Dom-Sex 12.00-15.00/ 19.00-23.00, Sáb 19.00-23.00.

 

Ler mais
Areeiro/Alameda
Varanda de Lisboa
Fotografia: Manuel Manso
4/4

Varanda de Lisboa

Bom bom é comer pataniscas num restaurante com vista. E este, qual miradouro, tem uma bela vista de 360 graus, do castelo ao rio. Mas aqui as pataniscas não fazem parte da carta, é preciso perguntar ao chef Carlos Queijo por elas. São servidas como couvert e é preciso ter sorte no dia.

Como é que acabaram no concurso, então? Todos os anos, na altura dos Santos Populares, o restaurante de comida tradicional portuguesa do Hotel Mundial organiza um evento dedicado aos “comeres de Lisboa” onde há um buffet de petiscos. Entre as muitas iguarias há peixinhos da horta, sardinhas de escabeche e, claro, as pataniscas.

Hotel Mundial, Praça Martim Moniz, 2. 21 884 2000. Seg-Dom 12.30-15.00/ 19.30-22.00.

Ler mais
Santa Maria Maior

Mais restaurantes em Lisboa

Os melhores restaurantes de cozinha tradicional em Lisboa

Do Minho ao Algarve, do interior ao litoral – não é preciso sair de Lisboa para experimentar os melhores sabores da cozinha portuguesa. Açordas, bacalhaus, rissóis e pataniscas. Entremeadas, croquetes, cozidos e empadões – o que não faltam nestes restaurantes de cozinha tradicional em Lisboa são especialidades do país inteiro.      Recomendado:Os melhores restaurantes em Lisboa até 20 euros

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros

Os melhores restaurantes de peixe em Lisboa

Se já deu por si no Oceanário a olhar para um tanque e a pensar “este aqui ia bem com umas batatinhas cozidas”, então se calhar está na altura de marcar mesa num restaurante de peixe. A Time Out juntou-se ao cardume dos piscívoros e diz-lhe onde pode comer o peixe mais fixe da cidade.

Ler mais
Por Vera Moura
Publicidade

Os melhores restaurantes em Lisboa até 10 euros

Comer fora não tem de ser de caro e na cidade existem verdadeiros achados entre alguns dos restaurantes baratos em Lisboa. Na nossa lista dos melhores restaurantes até 10 euros, há espaço para restaurantes tradicionais, asiáticos, argentinos e até vegetarianos. Para enchar a barriga sem esvaziar a carteira.

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros
Publicidade

Comentários

0 comments