A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Mesa de Natal
Pixabay

Cinco restaurantes que aceitam encomendas de Natal

Sem dores de cabeça ou caos na cozinha, feito por quem domina a arte de cozinhar. Se está à procura de restaurantes que aceitem encomendas de Natal, siga estas dicas.

Cláudia Lima Carvalho
Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Sabe bem ter a mesa da Consoada composta, mas nem sempre apetece vestir o avental – ou nem sempre há jeito para a cozinha. Seja por que motivo for, não há razão para abdicar do bacalhau, do peru, do cabrito ou das rabanadas. Felizmente, há cada vez mais restaurantes a aceitar encomendas para o Natal – e com isso ajudá-lo a fazer um brilharete em casa. Tire proveito dos serviços natalícios de take-away e de entrega ao domicílio com os menus especiais que estes restaurantes criaram. O máximo de trabalho que vai ter (e em alguns casos nem isso) é ir ao restaurante buscar a encomenda de Natal e empratar tudo em casa.

Recomendado: Cabazes para oferecer este Natal

Estes restaurantes aceitam encomendas de Natal

  • Restaurantes
  • São Vicente 
  • preço 4 de 4

Vítor Adão é o homem do leme do Plano, restaurante de fine dining na Graça, mas é também aquele que não gosta de deixar ninguém sem plano. Para o Natal, como já vem sendo hábito, preparou um menu completo, perfeito para quem quer ter uma boa mesa, sem grande trabalho. Há bacalhau das ilhas Feroé, grão-de-bico, grelos e ovo (45€/dose) e polvo nacional frito com arroz do mesmo (45€/dose), mas também cabrito assado com batata assada, grelos e arroz de miúdos (150€/meio cabrito – serve três a quatro pessoas) e capão de Freamunde, arroz de forno, batata assada e legumes da época (300€/capão – serve seis a oito pessoas). Nas sobremesas, é possível encomendar rabanadas (4€/unidade), coscorões (4€/unidade), sonhos (3,5€/unidade), aletria(20€/500gr) e pão de ló (15€/unidade). As encomendas devem ser feitas via telefone (933 404 461) até ao dia 23. As entregas em Lisboa tem o custo de 10€, enquanto nas zonas de Loures, Amadora, Odivelas, Oeiras e Cascais o preço sobe para 15€.

  • Restaurantes
  • Alfama
  • preço 3 de 4

Marlene Vieira volta a preparar um menu especial para facilitar a vida de todos aqueles que apreciam uma mesa farta, mas não tanto o trabalho de ter de preparar tudo. Para as entradas, a chef tem salada de polvo à portuguesa (18€/300g), empadas de pato e cebola roxa (15€/6 unidades) ou sapateira e abacate (18€/300g). Para as sobremesas, pudim abade de Priscos (25€/1kg), rabanadas de brioche com molho de baunilha (18€/6 unidades) ou filhós de forma com creme de avelã e molho de chocolate (18€/8 unidades). Nos pratos principais, há lombo de bacalhau para assar (15€/200gr) e tentáculo de polvo assado (15€/200gr), além de peru assado lentamente, com dois tamanhos disponíveis: 4 a 5kg (95€, serve seis a oito pessoas) e 10 a 12 kg (190€, serve 12 a 16 pessoas). Entre os acompanhamentos, destacam-se as castanhas e batatinhas assadas com cebolinhas e toucinho (12€/500gr), e açorda de coentrada com gema a baixa temperatura (6€/500gr). Alguns produtos de padaria – o pão de trigo integral e centeio (10€/1kg), a broa de milho (12€/1kg) e o brioche (12€/500gr) – também estão disponíveis.

As entradas e as sobremesas são entregues prontas a consumir, os pratos principais e as guarnições seguem com instruções para serem finalizados em casa. As encomendas têm de ser feitas até 21 de Dezembro via telefone (915 507 870), para serem levantadas no dia 24, entre as 11.00 e as 15.00, no Zunzum.

Publicidade
Lisbon Marriott Hotel
  • Hotéis
  • Hotéis de grandes cadeias
  • Sete Rios/Praça de Espanha
  • preço 3 de 4

Em tempos incertos, poucos foram os hotéis que se reinventaram como o Marriott, tantas vezes focando-se na sua oferta gastronómica. Neste Natal não é diferente, voltando o hotel a promover um menu de take-away com o tradicional leitão ou cabrito (120€/8-10 pessoas), mas também peru (69€/8-10 pessoas) e pato (39€/3-4 pessoas). Já os acompanhamentos (10€/4 pessoas) são pedidos à parte, entre arroz de forno, batata assada com alho e alecrim, legumes assados com tomilho, e esparregado de espinafres. Nos doces, há bolo de laranja e tofee (17€/1,2kg) e bolo de banana (17€/800g). As encomendas devem ser feitas com, pelo menos, 48 horas de antecedência.

  • Restaurantes
  • Chiado

Um Natal com twist, ou não se tratasse de algumas especialidades bósnias, e que impressionará à mesa quando disser que os pratos vieram precisamente da cozinha do restaurante de Ljubomir Stanisic, mais precisamente do Bistro 100 Maneiras. Há dois tipos de folhados burek (20€-25€/quatro pessoas), o cabrito da Mamma – sim, a mãe do chef –, com batata a murro, pimentos e acelgas salteadas (150€/meio cabrito, serve seis pessoas) e o polvo com mel e especiarias (100€/quatro pessoas). Para sobremesa, uma estrela da carta do restaurante, a mousse de chocolate bio da Roça Diogo Vaz, em São Tomé & Príncipe (25€/seis pessoas). As encomendas devem ser feitas cinco dias antes da recolha e levantadas no Bistro entre 20 e 23 de Dezembro (das 17.00 às 00.00) e 24 de Dezembro (a partir das 12.00). Também é possível agendar a entrega.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real
  • preço 3 de 4

Na Casa da Comida, o serviço de eventos e catering responsável pelo restaurante Estórias na Casa da Comida, a lista é extensa ou não fosse o take-away uma das suas vocações. Estão lá os tradicionais pratos como o bacalhau com broa (49,50€/kg), o polvo à lagareiro (52€/kg) ou o cabrito assado à Nortenha (70€/kg), com pouco osso. Mas há também opções para quem gosta de fugir à tradição. Há, por exemplo, empada de caça com cepes e shitakes (63€/kg) nos pratos principais e creme de camarão (7,50€/dose individual) e crepes de bacalhau (5€/unidade) nas entradas. Os acompanhamentos vão do puré de maçã (20€/kg) às migas de bróculos (19,50€/kg). A lista de sobremesas é igualmente variada. Mas atenção porque a data limite para encomendas é 16 de Dezembro (através do telefone 218 115 020). E há um valor mínimo de 75€ para Lisboa e 200€ para fora de Lisboa.

Natal em Lisboa

  • Restaurantes
  • Padarias

Não é propriamente uma tradição portuguesa, mas desde há uns anos que o panettone começou a aparecer nas nossas mesas da consoada. O sucesso tem sido tal que a Gleba, por exemplo, vende este bolo italiano durante o ano todo. Ora, como doces de Natal nunca são demais, apontamos-lhe três sítios em Lisboa onde comprar panettone, das versões clássicas com passas às mais gulosas (e pornográficas até) recheadas de chocolate ou doce de leite. Há ainda receitas mais arrojadas, como a de goiaba e parmesão (uepa!).

  • Restaurantes

Em forma de coroa e feito de massa lêveda, o bolo-rei popularizou-se em Portugal no século XIX, seguindo uma receita originária do sul de Loire, que ainda hoje se mantém. Conta a lenda que a primeira casa a vendê-lo foi a Confeitaria Nacional, que se mantém firme na lista dos melhores sítios para comprar o bolo-rei em Lisboa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Pastelarias

É uma sobremesa típica em França ou na Bélgica nesta altura do ano e, na sua versão mais tradicional, a sua aparência é o mais próxima possível a um tronco de lenha (afinal, representa um hábito da quadra, em que as famílias se reuniam à volta da lareira para ouvir histórias e entoar cânticos de Natal enquanto um enorme tronco queimava). Por cá, os troncos de Natal já se juntaram às rabanadas, azevias, sonhos, fatias douradas, coscorões e bolos-reis para agradar aos mais esquisitos ou adoçar ainda mais a quadra com novos sabores.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade