A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Carnal
Mariana Valle Lima

Menus para o jantar de passagem de ano em Lisboa

Despeça-se de 2022 com um jantar à medida do ano que deseja vir a ter. Escolhemos dez menus para o jantar de passagem de ano em Lisboa.

Cláudia Lima Carvalho
Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

2022 foi tempo de regressos. Depois de dois anos incertos, voltámos à vida, aos beijos e aos abraços. A restauração acompanhou e as mesas dos restaurantes encheram-se novamente. Houve muitas novidades e clássicos que se aguentaram, para nossa felicidade. Mas nem tudo são rosas: a inflação aperta e os tempos são incertos. Esqueçamos tudo por uma noite e celebremos em grande como estes restaurantes propõem. Prepare a sua melhor roupa, deixe os tachos e descubra estes dez sítios em Lisboa com menus para o jantar de passagem de ano – na maior parte deles, nem precisa de sair para procurar onde dançar a seguir. Feliz ano novo!

Recomendado: Looks para vestir na passagem de ano

Menus para o jantar de passagem de ano

  • Restaurantes
  • Alfama
  • preço 3 de 4

95€/pessoa (harmonização vínica 55€)

Se o que procura para a despedida de 2022 é um sítio descontraído, com onda e boa comida, o Zunzum Gastrobar de Marlene Vieira não desilude. Para a passagem de ano, a chef preparou um menu com vários momentos de partilha à mesa e pratos fora da carta habitual. Há lingueirão com trigo sarraceno e limão preservado e lagostim com champagne e caviar, mas também perdiz à Convento de Alcântara e salmonete com migas negras e algas e veado na brasa com ervas e tupinambor. Além da sobremesa – um cremoso de pistáchio e chocolate branco com framboesas, o menu inclui espumante e uvas passa à meia noite. Para um jantar mais requintado, ou uma experiência gastronómica maior, a chef estará no restaurante ao lado, o Marlene, a servir um menu com dez momentos adequado à ocasião (190€/pessoa, 290€ com harmonização).

  • Restaurantes
  • Avenidas Novas
  • preço 3 de 4

150€/pessoa

No FOGO de Alexandre Silva, a passagem de ano promete ser quente e saborosa. O menu é bem composto e inclui harmonização de vinhos. Nas entradas, servidas depois do brioche e do pão e presunto, há polvo assado com molho de amêndoa e alho e tártaro de vaca com tutano fumado. Já os pratos principais serão carabineiro grelhado com arroz de forno e cabrito estonado com batatinha assada e grelos. Termina com um arroz doce queimado.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Princípe Real

100€/pessoa

No restaurante mais modesto, mas nem por isso descuidado, de Luís Gaspar, a passagem de ano celebra-se com um menu bem tradicional. Ao couvert a que o chef já nos habituou com as bolinhas de pão de Mafra quentinhas e o molho do pica-pau, junta-se ainda cabeça de xara, seguindo-se o rissol de leitão. Antes dos pratos principais, um robalo de mar com açorda de ovas e um bife do lombo à portuguesa com presunto de porco alentejano e batata ponte nova, há uma mariscada com percebes, camarão da costa e casco de Sapateira. A sobremesa é uma rabanada com marmelos e gelado de cerveja preta. No preço, está incluiído o serviço de água, flute de espumante e passas para a meia-noite, além de café e petits-fours. 

  • Restaurantes
  • Chiado

120€/pessoa

Depois do sucesso em Londres, o Gunpowder chegou a Lisboa para nos mostrar que a comida indiana é muito mais do que aquilo que nós pensamos saber e conhecer. E a prova disso é também o menu que preparou para a passagem de ano com alguns pratos da carta como a gulosa tosta de gambas, o caranguejo de casca mole de Karwari, a corvina com molho coorgi. A harmonização está incluída no preço. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Mediterrâneo
  • Santa Maria Maior
  • preço 2 de 4

A partir de 80€/pessoa

Se já tem planos para a festa da passagem de ano, mas ainda não sabe onde vai jantar, a taberna de Bertílio Gomes pode ser o sítio que procura, já que vão ser servidos dois turnos. O primeiro senta-se às 19.00 e terá de sair às 21.00 – também por isso o menu tem o preço de 80€ (com água e cafés, mas outras bebidas à parte). No turno seguinte, às 21.30 e já sem horas para sair, o preço sobe para 110€. E o que é que se come? Ostras ao natural; rissóis de berbigão; pastéis de massa tenra de sapateira; salada de lavagante e lagosta; dourada de mar com mexilhões; empadinhas de perdiz com castanhas; presa de porco ibérico com cogumelos silvestres e batatinha frita; e delícia de chocolate com sorvete de framboesa e gelado de baunilha.

  • Restaurantes
  • Italiano
  • Avenidas Novas
  • preço 3 de 4

95€/pessoa (sem bebidas)

Se é fã de comida italiana, vai gostar do menu do Provincia, que fugiu aos clichés para proporcionar uma noite especial, como se quer na Passagem de Ano. A refeição arranca com uma ostra e rellish de maçã e e um crudo de gamba da Costa. Seguindo-se um momento com brioche, tártaro do lombo e foie Gras, outro com um spaghetti alle vongole com caviar, e ainda um filetto alla rossini e tupinambor fondan. Termina com uma tartelette de maçã e sidra. À meia-noite, há panettone e espumante.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Nepalês
  • Baixa Pombalina
  • preço 2 de 4

85€/pessoa

É na Baixa que Hari Chapagain tem dado nas vistas no Oven, um restaurante que combina os sabores da Índia com o Nepal, de onde é natural. O nome é uma referência à estrela do restaurante e que se destaca na cozinha aberta para a sala: um majestoso forno tandoor, feito na Índia, especialmente para este espaço. O menu da passagem de ano inclui como entradas camarão tigre com chilly e alho, costeletas de borrego e dragon okra. O prato principal pode ser um frango marinado em ervas e especiarias picantes, um pernil de borrego temperado com especiarias a baixa temperatura e cozinhado durante várias horas ou um robalo marinado em ervas verdes e especiarias, servido com molho de caril e amêijoas. Já a sobremesa é uma mousse de coco com manga. No preço do menu está incluída uma bebida de boas-vindas e uma garrafa de vinho Conde Vimioso ou uma sangria (para duas pessoas). 

  • Restaurantes
  • Chiado

80€/pessoa

No filho rebelde do grupo 100 Maneiras, entra-se em 2023 ao melhor estilo mexicano, com muita música e boa comida. E não faltam motivos para festejar por aqui, ou não tivesse o restaurante mexicano conquistado este ano o selo bib gourmand do Guia Michelin. Mas vamos ao menu, preparado pelo chef executivo Luis Ortiz, nascido em Guadalajara. É ao seu país e à sua infância que Ortiz foi buscar inspiração para compor um menu recheado, que arranca, claro está, com totopos, guacamole e pico de gallo, mas também aguachile de vieiras e tostada de atum. Nos pratos principais, há huaraches de wagyu marinado, gringa de costilla con recado negro, taco de camarão-tigre e cochinita pibil. Para sobremesa, o flan de baunilha da avó do chef, que já faz sucesso na carta. Os vinhos estão incluídos e a festa prolonga-se até às 02.00 com DJ.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Belém
  • preço 4 de 4

450€/pessoa

Há uma nova vida no Feitoria, o restaurante com estrela Michelin do Altis Belém. Mudou praticamente tudo, mas nem por isso a atenção ao produto e a exigência na cozinha e no serviço, ainda que o ambiente seja agora ligeiramente mais descontraído. André Cruz na cozinha e Pedro Ramos (aka Pedrones) na sala são por isso os mestres de cerimónia e para o jantar de 31 de Dezembro o menu levou um upgrade. Há vários momentos em comum com o menu de degustação habitual, mas não se tratando de uma noite como as outras, o chef preparou algumas surpresas. Já Pedro Ramos acompanhará todo o menu com um pairing de champagne.

  • Restaurantes
  • Avenida da Liberdade
  • preço 4 de 4

395€/pessoa

Há programas e programas, já se sabe, e no que toca a datas especiais o JNcQUOI Avenida não deixa nada por mãos alheias. Para a última noite do ano, o chef António Bóia preparou um menu com tudo o que se espera de um restaurante como este. Do tártaro de lavagante com ovas de salmão à terrina de foie gras trufada, só para começar, até à noz de vieira lacada com cidra e molho de caviar beluga e medalhão de vitela de leite com molho de trufas e empadinha de perdiz, todos os pratos serão harmonizados com uma selecção especial de vinhos. Como sobremesa, será servido um cremoso de chocolate jivara, praliné feuilletine e semi-frio de lima kaffir. A festa segue noite fora com os DJs Raquel Chartier e Sandro Nuno, mas há também música do violinista Mak Elétrica e do cantor Dino que irão alternando entre o restaurante JNcQUOI Avenida e o DeliBar. E não é tudo: os convidados têm acesso ao bar aberto de champagne, bebidas e cocktails de assinatura. 

Ano novo, vida nova

  • Restaurantes

As novidades na restauração multiplicam-se de tal forma que, à medida que damos conta dos restaurantes que abriram nos últimos meses, novas mesas já nos esperam. Felizmente, os projectos que tinham ficado em suspenso dão-se agora a conhecer. Há restaurantes de alta-cozinha, comida democrática e street food, refeições para qualquer hora, pratos daqui e do mundo. Fazemos-lhe um guia com os melhores novos restaurantes em Lisboa, abertos nos últimos meses.

  • Coisas para fazer

No total são 13 os feriados nacionais, mas este ano só três vão dar azar – que é como quem diz que calham ao fim-de-semana. Mas planeando com antecedência, é possível marcar fins-de-semana prolongados para uma ou outra escapadinha. Os feriados são a oportunidade perfeita para estender as férias e passear com a cara-metade, ou juntar a família para um programa de festas especial. Para o ajudar, reunimos propostas de coisas para fazer nos feriados de 2023.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade