Restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa

Para começar o ano em bom, sem se preocupar em lavar a loiça da noite anterior, dizemos-lhe quais os restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa.
Luminosa by Furnas
Fotografia: Manuel Manso Luminosa by Furnas
Por Inês Garcia |
Publicidade

A última coisa que apetece depois da festa da passagem de ano é cozinhar. Se for dos resistentes, que têm coragem para arredar pé do sofá e começar o ano novo em bom, não se preocupe com a loiça para lavar e siga para um destes espaços. Do brunch de hotel com uma mesa com tudo a que tem direito até à mariscada, estes são os restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa.

 

Restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa

Boa Bao
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Asiático contemporâneo

Boa-Bao

icon-location-pin Chiado

Não está a começar o ano novo na Ásia, mas pode ao menos fingir: o Boa-Bao, um dos eleitos na nossa selecção dos 15 melhores novos restaurantes de 2017, acrescentou quatro novos pratos à carta. Há o Muc Chien Mam Me, uma entrada vietnamita de lulas fritas com sal, pimenta e molho de tamarindo, um porco com feijão-chicote e abóbora filipino ou um salmão coreano marinado com sumo de pêra. Para sobremesa, um saltinho até à Tailândia com um arroz glutinoso aromatizado com coco e servido com manga.

A Time Out diz
altis avenida rossio
©DR
Hotéis

Altis Rossio

icon-location-pin Santa Maria Maior

O chef João Correia, do restaurante Rossio no Altis Avenida, preparou um brunch para o primeiro dia do ano com tudo a que tem direito: há uma selecção variada de padaria e pastelaria, saladas, marisco e queijos. Para reforçar o estômago há ainda pratos quentes, dos nacos de vazia ao bacalhau com broa, e sobremesas gulosas. O banquete fica em 39€ por pessoa, com bebidas incluídas. Convém reservar.

A Time Out diz
Publicidade
Segundo Muelle
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Segundo Muelle

icon-location-pin Cais do Sodré

Brinde a 2018 de Pisco Sour na mão. O cocktail sul-americano é um dos fortes deste restaurante peruano do Cais do Sodré, que vai estar a servir à carta os seus ceviches (peça a degustação de três, com o tres ajíes, o norteño ou o da casa, de lâminas de polvo), risotos de quinoa ou o suspiro limeño para sobremesa.

A Time Out diz
Olivier Avenida - Espaço
©DR
Restaurantes, Global

Olivier Avenida

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

No Olivier Avenida há brunch especial de ano novo em formato buffet a funcionar com dois turnos, entre as 12.30 e as 14.30 e as 14.30 e as 16.30. Há muito por onde escolher, desde a habitual selecção de pães e pastelaria, iogurtes, saladas, queijos e enchidos e ainda pratos quentes especiais só para este dia. Custa 45€ por pessoa. 

A Time Out diz
Publicidade
Luminosa By Furnas
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Luminosa By Furnas

icon-location-pin Lisboa

Dizem que a forma como começamos o novo ano, é como este será ao longo dos 365 dias seguintes. Se assim é, que comece com uma traineira carregadinha de marisco bem fresco (grande 75€, pequena 55€). No Luminosa by Furnas, dos donos da Esplanada das Furnas, é um dos petiscos para comer em família no primeiro dia do ano.

A Time Out diz
quanjude
DR
Restaurantes, Chinês

Quanjude

icon-location-pin Parque das Nações

O restaurante do Parque das Nações é especialista na cozinha da região chinesa de Sichuan, que se distingue pelo uso abundante de chilis, e tem o pato à Pequim como prato-estrela da casa. Não há menus especiais para o ano novo – há para a noite da passagem de ano – mas além do pato, há uma ementa com 50 páginas, com pratos de várias carnes, peixes, mariscos e sobremesas para agradar a toda a família.

A Time Out diz
Publicidade
Delidelux - Brunch Benedict
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Delidelux

icon-location-pin São Vicente 

No dia 1, a mercearia fina de Santa Apolónia abre às 12.00 com os seus três menus de brunch de fim-de-semana: o Delight (14,90€), com iogurte grego com granola, croissant multicereais e pão de malte, requeijão e fiambre de peru e  panquecas; o Delux (16,90€), mais clássico, com um prato guloso de bacon, cogumelos salteados e ovos mexidos com tomate grelhado, mas também tem croissant francês e pães de cereais, queijo gouda e fiambre fumado. Há ainda a versão Benedict (18,90€), que traz os famosos ovos Benedict. E nenhuma das três esquece a bebida fria nem a quente.

Hotel Mundial - Rooftop
©DR
Hotéis, Hotéis de luxo

Hotel Mundial

icon-location-pin Santa Maria Maior

O brunch de ano novo do Hotel Mundial, no Martim Moniz, serve-se no Jardim Mundial em regime buffet (30€ por pessoa): além de uma grande variedade de pães e croissants, queijos e enchidos, há mesas só de pratos frios, com saladas ou peru assado à setubalense, outra só de pratos quentes, com uma aconchegante canja de galinha, bacalhau espiritual ou medalhões de vitela. Não podia faltar, claro, a mesa de sobremesas, que promete pastelaria francesa e conventual, fruta fresca e variedade de mousses.

A Time Out diz
Publicidade
Restaurante Bastardo
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Cozinha contemporânea

Bastardo

icon-location-pin Baixa Pombalina

Esqueça tudo o que sabe sobre restaurantes de hotel. No primeiro dia do ano, o Bastardo vai fazer o horário normal mas com uma carta mais reduzida. Estão garantidos, porém, os pratos de conforto, que na carta habitual, agora com o dedo do chef Duarte Madeira, vão das massas aos risotos, além de outros mais tradicionais, caso da caldeirada de corvina, camarão e amêijoa.

A Time Out diz
portugália
©DR
Restaurantes, Salão de cerveja

Portugália

icon-location-pin Lisboa

É um clássico de onde sai sempre bem servido, seja com os mariscos ou com os famosos bifes e pregos com o molho especial da casa. A cervejaria tem todos os seus espaços abertos no dia 1, desde este na Almirante Reis aos de Belém, Cais do Sodré, Vasco da Gama e Setúbal. 

A Time Out diz
Publicidade
Brasserie de L'Entrecôte
©DR
Restaurantes, Francês

Brasserie de L'Entrecôte

icon-location-pin Chiado

Para começar à grande e à francesa, vá até à Brasserie de L'Entrecôte pedir a famosa entrecôte com molho brasserie (com opção de seitan para vegetarianos). O preço varia consoante os acompanhamentos, mas é certo que as batatas fritas cortadas em palitos são à discrição.

 

Eric Kayser - Croissant
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Padarias

Eric Kayser

icon-location-pin Lisboa

A Eric Kayser vai ter as portas abertas no dia 1 de Janeiro para servir o seu menu de brunch, que habitualmente só serve aos fins-de-semana. Entre as 10.00 e as 18.00, há o menu com sumo de laranja natural, ovos mexidos, cesto de pão com manteigas, queijo e fiambre, croissant, pain au chocolat ou caracol e café (14€).  

 

Publicidade
Valverde Hotel
©DR
Hotéis

Valverde Hotel

icon-location-pin Avenida da Liberdade

O Sítio Valverde, o restaurante do hotel Valverde na Avenida da Liberdade, vai estar a funcionar com a sua ementa normal: comece com um caldo verde de batata vitelotte e crocante de chouriço (5,50€) e prove a barriga de leitão confitada com esparregado e chips (21,50€). Acabe a refeição com um clássico com twist, a aletria doce com crumble de canela (5,50€).

A Time Out diz
Sashimi Este Oeste
©DR
Restaurantes

Este Oeste

icon-location-pin Belém

O Este Oeste quis fazer jus ao nome e aprofundar a ligação entre Este e Oeste nos novos pratos da carta, perfeitos para provar no dia 1 (o restaurante abre às 10.00 e fecha às 23.00). Não torça o nariz à pizza de robalo – uma pizza calzone com robalo, que vai cru para o forno e sai de lá no ponto – ou à aji pizza, com carapau. Os pratos de sushi, como o sashimi de atum com óleo de trufa e queijo parmesão ou o de salmão com puré de beterraba e farófia de funcho também aprofundam esta ligação. Termine com crème brûlée de sésamo.

A Time Out diz
Publicidade
Varanda do Ritz
©JANINE SILVA/FOUR SEASONS HOTEL RITZ LISBON
Restaurantes

Varanda do Ritz

icon-location-pin São Sebastião

O buffet de ano novo da Varanda do Ritz é digno de rei (até no preço, 100€ por pessoa, sem bebidas). Vai ser servido no Salão Nobre, entre 12.30 e as 15.00, e tem tudo o que possa imaginar. A ementa – para ir salivando – divide-se em sopas (e não é um caldinho qualquer, é um consommé de lavagante com sapateira e lima kaffir), saladas, entradas e verrines, pratos de peixe, de carne ou de caçarola. Há ainda uma estação de grelhados, outra de marisco e de sushi e sashimi e banquetes de queijos e carnes frias. 

Coisas para fazer, Mercados e feiras

Time Out Market Lisboa

icon-location-pin Cais do Sodré

Se não se quiser meter em discussões familiares sobre o restaurante onde ir no primeiro dia do ano, tem bom remédio: o Time Out Market está aberto das 12.00 às 00.00 no dia 1 e tem a melhor selecção de restaurantes da cidade. De certeza que há um para cada gosto. 

A Time Out diz
Publicidade
Cataplana de Marisco
©DR
Restaurantes, Português

Cataplana da Gina

icon-location-pin Campo de Ourique

Este espaço em Campo de Ourique, antes Cataplana&Companhia, serve boas cataplanas, sempre recheadas e a fumegar: há de tamboril, bacalhau, garoupa, porco, coelho à antiga ou com lagosta e camarão tigre. Boas para aconchegar o estômago no primeiro dia do ano. É amplo e luminoso e, por isso, boa opção para ir em família.

Passagem de ano em Lisboa

bates mal da pinhata
©Fabrice Demoulin
Restaurantes

15 menus para o jantar de passagem de ano

É noite de glamour (dizem) e em que vale a pena subir a parada para se despedir do ano velho e abraçar as novidades de 2018. Seja: damos-lhe uns quantos menus de passagem de ano para quem quer deixar uma nota preta na mesa. E se não está para gastar assim tanto, também arranja aqui o que comer na última noite do ano.

Rive-Rouge
LUISA FERREIRA
Coisas para fazer

Passagem de ano no Time Out Market

No dia 31 de Dezembro, os restaurantes do Mercado da Ribeira vão fechar mais cedo (às 19.00), mas as portas do Time Out Market não vão estar fechadas. Recomendado: Fingerfood para a passagem de ano na Academia Time Out.

Publicidade
Compras, Vestuário feminino

Compras: peças essenciais para a festa de passagem de ano

Algumas das tendências mais fortes da estação encaixam que nem uma luva na festa de réveillon. Esta passagem de ano use e abuse do veludo, dos brilhos do tecido lurex ou lantejoulas grandes, dos metalizados e do glitter à grande nos olhos e nas unhas. Vale tudo, para os homens também. Espreite aqui as peças essenciais para a festa de passagem de ano.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com