Restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa

Não se preocupe em lavar a loiça da noite anterior e conheça os restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro, em Lisboa.
Luminosa by Furnas
Fotografia: Manuel Manso Luminosa by Furnas
Por Inês Garcia e Beatriz Silva Pinto |
Publicidade

A última coisa que apetece fazer depois da festa da passagem de ano é cozinhar. Se for dos resistentes e tiver coragem para arredar pé do sofá e começar o ano novo de estômago forrado, não se preocupe com a loiça para lavar e escolha um destes restaurantes. Há brunches de hotel com mesas com tudo a que tem direito, mariscadas para entrar em 2019 com requinte, ementas dedicadas à cozinha asiática ou sul-americana ou, se o apetite ainda não abundar pela hora de almoço, não faltam sítios para ir petiscando a gosto.

Esqueça essa ideia de que no primeiro dia do ano está tudo fechado. Estes são os restaurantes que estão abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa.

Recomendado: Coisas para fazer dia 1 de Janeiro em Lisboa

Para comer no primeiro dia do ano

1
Os pratos de sashimi de Luís Cardoso são montados em 3D
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Asiático contemporâneo

Soão

icon-location-pin Alvalade

Pode começar o ano numa viagem por seis países do Oriente sem sair de Alvalade. No primeiro dia do ano, o Soão apresenta um novo cocktail criado pelo head bartender Vasco Martins para brindar ao 2019: o Bloody Ming, uma versão asiática do mais famoso Bloody Mary, aqui com vodka Nikka, tomate triturado, caldo de pho, lima e um molho especial do sous-chef do restaurante, Buranet Pornthep. Para comer tem muito por onde escolher da extensa carta com propostas do Japão, Índia, China, Vietname, Coreia e Tailândia. Se o estômago estiver mais para o sensível, nós aconselhamos o pho vietnamita.

A Time Out diz
2
Chérie Paloma
©Manuel Manso
Restaurantes, Mexicano

Chérie Paloma

icon-location-pin Santos

O Chérie Paloma, um café-restaurante mexicano para todas as horas do dia, quer que comece o ano com ritmos latinos por isso está de portas abertas com a carta normal no dia 1 de Janeiro. Há huevos bem temperados, dos rancheros e divorciados aos benedictinos, uma versão mexicana dos benedict com molho holandês tradicionais. Há sempre guacamole, uns tacos e aguachilles. Brinde a 2019 logo pela manhã com uma margarita spicy.

Publicidade
3
Chutnify
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Indiano

Chutnify

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

O Chutnify começa o ano com um menu especial (25€). Inclui uma entrada à escolha entre kabab de frango marinado em forno tandoor ou o paneer marinado e um prato principal, também à escolha entre gambas marinadas em molho de alho e tomate, galinha assada ou quiabo salteado com especiarias indianas. Este almoço de ano novo terá ainda flute de champanhe ou um cocktail Chutney Mary e inclui sobremesa.

A Time Out diz
4
Hambúrguer em brioche, Galeto
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Hambúrgueres

Galeto

icon-location-pin Avenidas Novas

Teremos sempre o Galeto para nos salvar o estômago fora de horas mas também no primeiro dia do ano, em que está de portas abertas no horário normal. Este clássico do Saldanha é uma instituição que serve os lisboetas há meio século, 20 horas por dia. Ao balcão pode comer desde os salgadinhos mais básicos às sanduíches de carne assada ou pratos completos, como o bife à Galeto, a paella à valenciana ou a dourada escalada (atenção que depois das 22.00 o preço aumenta). 

Publicidade
5
altis avenida rossio
©DR
Hotéis

Altis Rossio

icon-location-pin Santa Maria Maior

O chef João Correia, do restaurante Rossio no Altis Avenida, preparou um brunch para o primeiro dia do ano com tudo a que tem direito: há uma selecção variada de padaria e pastelaria, saladas, marisco e queijos. Para reforçar o estômago há ainda dois pratos quentes – pode optar pelo lombo ou pelo bacalhau com natas – e sobremesas gulosas, como a pannacotta de baunilha com gel de calamansi ou a clássica mousse de chocolate. O brunch dura das 12.30 às 16.00 e fica por 50€ por pessoa, com bebidas incluídas. Convém reservar.

6
Segundo Muelle
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Segundo Muelle

icon-location-pin Cais do Sodré

Brinde a 2019 de Pisco Sour na mão. O cocktail sul-americano é um dos fortes deste restaurante peruano do Cais do Sodré. Se vai com amigos, aventure-se pelo menu de degustação Influências, para quatro ou seis pessoas, que inclui o piqueo tres cebiches, com três ceviches diferentes, a causa de camarão, o atum teriyaki, o tártaro de salmão, o risoto de quinoa e três sobremesas – entre elas a doce mousse de lucuma, uma fruta originária da América do Sul localmente apelidada de “o ouro dos Incas”.

A Time Out diz
Publicidade
7
Olivier Avenida - Espaço
©DR
Restaurantes, Global

Olivier Avenida

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

No primeiro dia do ano, o Olivier Avenida vai abrir portas ao fim do dia, entre as 19.30 e as 23.00, com a carta habitual. Se estiver a pensar num jantar a dois, aproveite os oito petiscos para partilhar, que chegam à mesa sempre em dupla — desde os cornettos de guacamole, salmão, cavala e tobiko, até aos cogumelos recheados com gorgonzola e espargos verdes ou, ainda, os croquetes de morcela e rabo de boi.

8
Boa Bao
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Asiático contemporâneo

Boa-Bao

icon-location-pin Chiado

Não está a começar o ano novo na Ásia, mas pode ao menos fingir. A “viagem de fim do ano 2018” do Boa-Bao põe seis novos pratos na mesa. Pode iniciar o banquete na China, com a sopa ácida picante de caranguejo de casca mole (9€) ou na Malásia, com as lulas recheadas de arroz glutinoso cozinhado em molho de leite de côco (9,50€). Mas, se não estiver com apetite para entradas, pode voar directamente para o Japão, para se deliciar com corvina cozida ao vapor com saké (19,50€). No final, para adoçar o palato, prove uma das mais famosas sobremesas tailandesas – os “rubis crocantes” (5,50€), feitos de cubos de castanha asiática revestidos com tapioca e corante vermelho.

A Time Out diz
Publicidade
9
Luminosa By Furnas
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Luminosa By Furnas

icon-location-pin Lisboa

Dizem que a forma como começamos o novo ano, é como este será ao longo dos 365 dias seguintes. Se assim é, que comece com uma traineira carregadinha de marisco bem fresco (grande 85€, pequena 65€). No Luminosa by Furnas, dos donos da Esplanada das Furnas, este é um inúmeros petiscos para saborear em família na entrada de 2019.

A Time Out diz
10
quanjude
DR
Restaurantes, Chinês

Quanjude

icon-location-pin Parque das Nações

O restaurante do Parque das Nações é especialista na cozinha da região chinesa de Sichuan, que se distingue pelo uso abundante de chilis, e tem o pato à Pequim como prato-estrela da casa. Não há menus especiais para o ano novo, mas além do pato, há uma ementa com 50 páginas, com pratos de várias carnes, peixes, mariscos e sobremesas para agradar a toda a família.

A Time Out diz
Publicidade
11
Cervejaria Trindade
©DR
Restaurantes

Cervejaria Trindade

icon-location-pin Chiado

Pegue na família toda e leve-os à mais antiga cervejaria da cidade no primeiro dia de 2019. A Cervejaria Trindade vai fazer o horário normal para servir os seus mais clássicos lombo de bacalhau ou bife do lombo à Trindade. Qualquer refeição neste sítio histórico deve ser rematada com as natas do céu ou a mousse de chocolate.

 

12
Delidelux - Brunch Benedict
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Delidelux

icon-location-pin São Vicente 

No dia 1, a mercearia fina de Santa Apolónia abre mais tarde, às 12.00, com a ementa habitual. Há muito por onde escolher, entre sopas, saladas e massas. Mas, caso prefira petiscar, há várias tábuas de queijos e enchidos, tostas, sanduíches, granolas, panquecas e quase uma dezena de ovos, incluindo os famosos Benedict. Tem mais do que tempo para forrar a barriga, visto que o espaço só fecha às 22.00.

Publicidade
13
Hotel Mundial - Rooftop
©DR
Hotéis, Hotéis de luxo

Hotel Mundial

icon-location-pin Santa Maria Maior

O brunch de ano novo do Hotel Mundial, no Martim Moniz, serve-se no Jardim Mundial em regime buffet (30€ por pessoa): além de uma grande variedade de pães, queijos e enchidos, há mesas só de pratos frios, com saladas ou peru assado à setubalense, e outra só de pratos quentes, com creme de cenoura com espuma de coentros, bacalhau com natas e rosbife com chalotas, moscatel e alecrim. Não podia faltar, claro, a mesa de sobremesas, que promete pastelaria francesa e conventual, fruta fresca e variedade de mousses. Das 12.00 às 16.00.

14
Restaurantes, Cervejarias

Cervejaria Ribadouro

icon-location-pin Avenida da Liberdade

A Cervejaria Ribadouro, marisqueira clássica da Avenida, vai servir almoços e jantares dia 1 de Janeiro. Por aqui há saladinhas frias, pratos ornamentados de marisco nacional, travessas de ameijoas à Bulhão Pato, salgados, tachinhos com açorda e um bom prego no final, qual sobremesa tradicional.

Publicidade
15
Restaurante Bastardo
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Cozinha contemporânea

Bastardo

icon-location-pin Baixa Pombalina

Esqueça tudo o que sabe sobre restaurantes de hotel. Para começar 2019 em grande, o Bastardo preparou um menu de almoço especial (50€ por pessoa, com bebidas incluídas) composto por um desejo (“spicy tuna, daikon, rossio”), a concretização (“aveludado, foie gras, presunto”), uma aventura de bacalhau (“broa, trufa, alho negro”) e, por fim, a felicidade feita de chocolate, avelã e miso. Mas convém reservar – e a reserva só fica garantida com o pagamento de metade do valor total.

16
portugália
©DR
Restaurantes, Salão de cerveja

Portugália

icon-location-pin Lisboa

É um clássico de onde sai sempre bem servido, seja com os mariscos ou com os famosos bifes e pregos com o molho especial da casa. A cervejaria tem todos os seus espaços abertos no dia 1, desde este na Almirante Reis aos de Belém, Cais do Sodré, Vasco da Gama e Setúbal. No entanto, há uma redução dos pratos disponíveis e um acréscimo de 20% no preço.

Publicidade
17
Brasserie de L'Entrecôte
©DR
Restaurantes, Francês

Brasserie de L'Entrecôte

icon-location-pin Chiado

Para começar à grande e à francesa, vá até à Brasserie de L'Entrecôte pedir a famosa entrecôte com molho brasserie (com opção de seitan para vegetarianos). O preço varia consoante os acompanhamentos, mas é certo que as batatas fritas cortadas em palitos são à discrição.

 

18
Eric Kayser - Croissant
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Padarias

Eric Kayser

icon-location-pin Lisboa

A Eric Kayser vai ter as portas abertas no dia 1 de Janeiro para servir o seu menu de brunch, que habitualmente só serve aos fins-de-semana. Das 08.30 às 20.30, há sumo de laranja natural, ovos mexidos, cesto de pão com manteigas, queijo e fiambre, croissant, pain au chocolat ou caracol e café.

Publicidade
19
Valverde Hotel
©DR
Hotéis

Valverde Hotel

icon-location-pin Avenida da Liberdade

O Sítio Valverde, o restaurante do hotel Valverde na Avenida da Liberdade, vai ter menus especiais para o almoço e o jantar do primeiro dia do ano. Se vai passar por lá ainda de dia, comece com o carpaccio de novilho (14€) e siga para o salmão em molho teriaki (15,50€) ou para os lombinhos de porco preto (16€) e finalize com um parfait de maracujá com telha de pistachio (8€). À noite, tem salada de pato confitado (12€) para abrir o apetite e robalo com açorda de berbigão (21€) ou entrecôte grelhado (25€) para encher a barriga. Não saie de lá sem a boca adocicada e prove o fresco cheesecake de hortelã e lima (8,50€).

20
Sashimi Este Oeste
©DR
Restaurantes

Este Oeste

icon-location-pin Belém

No Este Oeste, o dia 1 de Janeiro é igual a qualquer outro. O restaurante vai manter as portas abertas entre as 10.00 e as 23.00 e a ementa é a mesma. Não torça o nariz à pizza de robalo – uma pizza calzone com robalo, que vai cru para o forno e sai de lá no ponto – ou à aji crostini, de carapau. Mas se não é pizza o que procura, há vários pratos de sushi, como o sashimi de atum com óleo de trufa e queijo parmesão ou o de salmão com puré de beterraba e farófia de funcho. Termine com crème brûlée de sésamo.

Publicidade
21
Varanda do Ritz
©JANINE SILVA/FOUR SEASONS HOTEL RITZ LISBON
Restaurantes

Varanda do Ritz

icon-location-pin São Sebastião

O buffet de ano novo da Varanda do Ritz é digno de rei (até no preço, 190€ por pessoa, sem bebidas). Vai ser servido no Salão Nobre, entre 13.00 e as 15.30, e tem tudo o que possa imaginar. A ementa – para ir salivando – divide-se em sopas (e não é um caldinho qualquer, é um consommé de crustáceos com lavagante e lima kaffir), saladas, entradas e verrines, pratos de peixe, de carne ou de caçarola. Há ainda uma estação de marisco, outra de sushi e sashimi e banquetes de queijo e carnes frias. 

22
Time Out Market Lisboa
Coisas para fazer, Mercados e feiras

Time Out Market Lisboa

icon-location-pin Cais do Sodré

Se não se quiser meter em discussões familiares sobre o restaurante onde ir no primeiro dia do ano, tem bom remédio: o Time Out Market está aberto das 12.00 às 00.00 no dia 1 e tem a melhor selecção de restaurantes da cidade. De certeza que há um para cada gosto. 

Publicidade
23
Cataplana de Marisco
©DR
Restaurantes, Português

Cataplana da Gina

icon-location-pin Campo de Ourique

Este espaço em Campo de Ourique, antes Cataplana&Companhia, serve boas cataplanas, sempre recheadas e a fumegar: há de tamboril, bacalhau, garoupa, porco, coelho à antiga ou com lagosta e camarão tigre. Boas para aconchegar o estômago no primeiro dia do ano. É amplo e luminoso e, por isso, boa opção para ir em família.

Para comer no resto do ano

maxime hotel
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

17 menus para o jantar de passagem de ano

É noite de glamour (dizem) e em que vale a pena subir a parada para se despedir do ano velho e abraçar as novidades de 2019. Com mais pompa e circunstância ou não mas sempre com um banquete à séria, damos-lhe uns quantos menus de passagem de ano para quem quer  e pode deixar uma nota preta na mesa. Se não está para gastar assim tanto, também arranja aqui o que comer na última noite do ano. Uma coisa é certa: não vai ter de andar de roda dos tachos e pode escolher um look brilhante para esta refeição. 

Noite

Sete festas de passagem de ano em Lisboa

Ao longo dos últimos anos, Lisboa tem crescido e muito no que à oferta cultural nocturna diz respeito. E, por isso, no dia em que toda a gente se veste a rigor, como nunca fez durante o resto do ano, convém que existam boas ideias e sítios onde celebrar, aliás, onde entrar em 2019 a ser o rei da pista. Sugerimos sete festas de passagem de ano em Lisboa, que duram até de manhã, até ser hora de rumar aos lençóis, a única forma admitida de passar as primeiras horas de luz do ano. 

Publicidade
ano novo
©PARFOIS
Compras, Vestuário feminino

Saiba o que vestir na festa de passagem de ano

Algumas das tendências mais fortes da estação encaixam que nem uma luva na festa de réveillon. Esta passagem de ano use e abuse dos brilhos do tecido lurex ou das lantejoulas grandes, dos metalizados fortes e do glitter à grande nos olhos e nas unhas. Vale tudo, e até temos algumas sugestões para os senhores. Espreite aqui as peças essenciais para a festa de passagem de ano e, convenhamos, é como se a água da chuva se tivesse tranformado em brilho. Até porque, nesta noite especial, queremos que brilhe mais que as estrelas do céu.  

Publicidade