A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cervejaria Trindade
Mariana Valle LimaCervejaria Trindade

Restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa

Não se preocupe em lavar a loiça da noite anterior e conheça os restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro, em Lisboa.

Cláudia Lima Carvalho
Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Nem todos os restaurantes estão abertos no primeiro dia ano – e bem que merecem o descanso –, mas mesmo assim ainda há várias opções na cidade para arrancar 2023 à mesa sem que tenha de ter grande trabalho. Deixe-se de ideias e não olhe para o avental. Comece o ano da melhor forma nestes restaurantes abertos no dia 1 de Janeiro em Lisboa. De brunches a mariscadas, só tem de escolher o que mais lhe apetece. Não se esqueça é de fazer a reservar para garantir que nada falha. 

Recomendado: Dez menus para o jantar de passagem de ano em Lisboa

Para comer no primeiro dia do ano

  • Restaurantes
  • Cervejarias
  • Avenida da Liberdade

Nada como arrancar o ano com uma bela mariscada naquela que é uma das mais antigas cervejarias de Lisboa. Ao fim de 75 anos, o saber e a exigência mantêm-se para que à mesa chegue sempre o melhor e mais fresco marisco. Não são precisos menus feitos à medida porque tudo é digno de nota. O que mais sai, dizem-nos, é o camarão tigre (são cerca de 20kg por dia), mas pode sempre pedir que lhe componham a travessa com sapateira, percebes, gamba da costa ou até lagosta ou lavagante. 

  • Restaurantes
  • Grande Lisboa

O restaurante do Hub Criativo do Beato apostou num brunch de Ano Novo para arrancar 2023, com música e uma área dedicada às crianças com pinturas no chão e mesa para desenhos – se o tempo permitir, os pequenos podem ainda levar as suas bicicletas, skates ou trotinetes para aproveitarem à vontade o espaço exterior, enquanto os pais aproveitam à mesa, já que se quer uma refeição sem pressas. Servido entre as 11.30 e as 16.00, o brunch terá um formato misto: buffet nas entradas e sobremesas e diferentes opções de menu. No menu brunch, por exemplo, tem de escolher entre uma tosta de manteiga de couve-flor com cogumelos, acelgas, cebola frita e sésamo torrado ou uma tosta de húmus, hollandaise, painho e pickles da Praça. Inclui ainda um prato de ovos (escalfados em tomatada e ervas bio ou mexidos com farinheira) e uma panqueca clássica com manteiga rainha do Pico, mel de tâmara e creme de baunilha e mascarpone. O menu infantil é composto por um creme de batata-doce laranja, uma panqueca clássica com manteiga rainha do Pico e caramelo salgado e ovos mexidos com pão caseiro da Praça. O preço do brunch é de 39€ por pessoa (sem bebidas) – as crianças até aos quatro anos não pagam e dos 5 aos 12 anos o preço é de 19€.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Asiático contemporâneo
  • Chiado
  • preço 2 de 4

Se há restaurante que já nos habituou a estar aberto nesta época festiva é o pan-asiático Boa-Bao. E a verdade é que ninguém fica mal servido se arrancar o ano com os baos, o pad thai ou algum caril da casa. Perfeito para viajar sem sair de Lisboa. Na carta que vai rodando, focando-se de tempos em tempos em diferentes destinos, brilha agora a cidade chinesa de Sichuan com pratos como espetadas de camarões grelhados com pasta de mala, sopa com carne de porco picada, noodles de ovo e pak choi, além de uma barriga de porco cozinhada duas vezes com bimi, shitake e pimento. Atenção que o restaurante está aberto no dia 1 de Janeiro, mas com um horário mais curto, servindo almoços entre as 12.00 e as 15.30 e jantares entre as 18.30 e as 22.30.

  • Hotéis
  • Hotéis de luxo
  • Cascais

Começar o ano de olhos postos no oceano e com uma mesa farta só pode ser bom prenúncio. Em cima da linha do mar, no InterContinental Cascais-Estoril, o brunch de Ano Novo tem tudo o que se pode esperar de uma grande refeição de hotel. Em modo buffet, o brunch inclui uma selecção de padaria e pastelaria, pratos frios (queijos, enchidos, saladas, salmão ou sapateira) e quentes, como um bacalhau à lagareiro ou um rosbife, e uma mesa de sobremesas. O preço (70€ por pessoa) inclui um espumante como welcome drink, sumos naturais e uma selecção de cafetaria.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Chiado

Já conhece a nova vida da Cervejaria Trindade? A sua reabertura foi um dos acontecimentos gastronómicos de 2022 e por isso nada como começar o ano aqui. O interior do edifício – que antes de ser restaurante e museu era o Convento da Santíssima Trindade, datado de 1294, e mais tarde, em 1836, tornou-se na primeira cervejaria do país – está de cara lavada, com uma decoração mais harmoniosa e mais próxima da sua identidade conventual. A carta é agora assinada pelo chef Alexandre Silva (do FOGO e do LOCO, com uma estrela Michelin). Nos petiscos, continuam a destacar-se os croquetes (2,20€) feitos de chambão de vitela e o famoso bife do lombo à Trindade (25,40€).

  • Restaurantes
  • Chiado
  • preço 4 de 4

Boa comida, bom ambiente e boa vista. Há melhor plano para começar 2023? É verdade que merece uma reserva ao almoço ou ao jantar para conhecer alguns dos pratos estrela do chef Bruno Rocha, mas saiba que até no brunch pode provar algumas das iguarias que já dão nome à casa. Aqui não há buffet, é tudo à carta, feito no momento com os melhores produtos. Esqueça os clichés como a tosta de abacate e aposte na pastelaria feita em casa e nos ovos benedict, florentinos ou rotos com brás de chouriço. Pode ainda pedir snacks e saladas e, se preferir, pratos mais compostos como arroz de carabineiros ou bife do lombo à Marrare. E como o dia é de festa, está prometida bossa nova a acompanhar, mas atenção que a última reserva é às 16.00.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Chiado

Um espaço, diferentes conceitos e restaurantes e a melhor forma de agradar à família. É assim o Bairro que José Avillez habita desde o Verão de 2016. Há a Taberna, com petiscos de assinatura; o Páteo, que combina marisqueira e restaurante de peixe; a Pizzaria Lisboa, que o chef instalou aqui no pós-pandemia; e o Mini-Bar, que também ganhou uma nova morada no Bairro do Avillez, depois de ter saído do São Luiz.

  • Restaurantes
  • Cascais

O restaurante de Vítor Sobral em Cascais está aberto no dia 1 de Janeiro, mas só até às 16.00. Junto à Baía de Cascais, são cerca de dois mil metros quadrados, este é maior projecto do chef – e ainda falta uma esplanada, que terá capacidade para cerca de 200 lugares. O espaço é um, mas a Lota da Esquina engloba, na verdade, três conceitos: um restaurante de peixe (Mar), outro de carne (Terra) e um bar com espaço para dança. As cartas são aquelas que já conhecemos, mais novidade, menos novidade, de outros restaurantes de Vítor Sobral: olá, Peixaria da Esquina; olá, Talho da Esquina. Mais do que menu fixo, o chef está focado no produto.

Publicidade
NAU Palácio do Governador
  • Hotéis
  • Hotéis de luxo
  • Belém
  • preço 4 de 4

Um banquete de governador que é já bem conhecido entre os amantes de brunches na cidade é sempre um plano especial, com tudo o que um grande pequeno-almoço de hotel inclui. À pastelaria, mesa de queijos e enchidos, saladas e outros pratos fios, junta-se uma mesa de quentes que inclui além de sopa, pratos de carne e peixe, como o espadarte e sementes de sésamo, o pargo no forno, o novilho lardeado com bacon e cogumelos e as pernas de frango confit e limão. Para beber, além de sumos naturais e detox, chás quentes ou frios, leites variados, café e iogurtes, não falta espumante. O brunch de Ano Novo tem o preço de 82€ por pessoa (crianças entre os 3 e os 12 anos têm 50% de desconto).

Ano novo, vida nova

  • Noite

Espumante, passas, cuecas azuis ou notas na mão... As superstições (ou tradições) para a entrada no novo ano são consigo, mas nós podemos ajudá-lo a encontrar as melhores festas para celebrar esta noite em grande euforia com amigos e família. Na lista que se segue há nove opções e são para todos os gostos: para os amantes de funk, dos êxitos dos anos 2000, do techno, da música portuguesa e muito mais. O melhor é reservar já um lugar numa destas festas antes que esgotem. Três, dois, um... Feliz ano novo! 

  • Compras

“No próximo ano é que é!” – quantas vezes já ouviu (ou disse) isto? As promessas acumulam-se à medida que um ano chega ao fim e outro se aproxima, sobretudo no que toca à organização. Promete-se que é desta que se vai comprar uma agenda para apontar reuniões de trabalho, cafés com amigos, aniversários (RIP Facebook), jantares de família e todos os eventos e compromissos da vida. Se 2022 não foi um grande ano e está a pôr as fichas todas em 2023, escolha já a agenda que lhe vai fazer companhia nos meses do novo ano.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade