Sítios para comer poké bowls em Lisboa

Uma malguinha, arroz, peixe cru ou marinado e toppings a dar graça. É nestes sítios que pode pedir poké bowls em Lisboa
Poke Bowls - Ceviche
Fotografia: Manuel Manso Ceviche e Poké Bowls
Por Mariana Correia de Barros e Catarina Moura |
Publicidade

Começaram a ficar famosas há uns anos em cidades como Nova Iorque ou Londres e Lisboa não quis ficar atrás. Não é preciso suar muito para encontrar este prato de pescadores havaianos, tradicionalmente feito com arroz, peixe cru e com um ou outro molho de influência oriental. Especialmente se estiver no centro da capital, onde se encontram variações com quinoa a substituir o arroz e ingredientes a temperar e apimentar o assunto para todos os gostos. Com jeitinho, nestes sítios para comer poké bowls em Lisboa ainda o deixam criar a sua receita vencedora.

Recomendado: Menus de almoço nos grandes restaurantes japoneses em Lisboa

Sítios para comer poké bowls em Lisboa

O Poke
ManuelManso
Restaurantes, Havaiano

O Poke

icon-location-pin São Sebastião

O Poke é o mais luminoso dos espaços do Gourmet Experience e aconteceu pela mão do chef Kiko Martins. Na sua essência, este espaço no último andar do El Corte Inglês tem a cozinha de fusão a que este chef-estrela nos tem habituado nos seus restaurantes, com pokés do mais tradicional havaiano — como o poke puro, com puré de abacate, atum e algas — aos mais originais — como o de vieiras e beterraba, ou o de polvo e kimchi.

Preço: 12,60€

A Time Out diz
Restaurantes

Bowls & Bar

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

O nome da casa não anda aqui para enganar ninguém: a carta de bar é forte e as refeições servem-se em malguinhas. De todas, há duas a que podemos chamar poké bowls com legitimidade. A de atum traz o peixe marinado sobre uma base de arroz; por cima, curgete em tiras e um molho de tomate picante. A taça de salmão segue o mesmo espírito: arroz no fundo, o peixe marinado e, por cima, uma data de toppings como guacamole, tomate cherry, pepino, rebentos de soja e molho sriracha.

Preço: 9,30€

Publicidade
Restaurantes, Japonês

Aruki

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Para além do sushi, o Aruki aventura-se em outras paragens, desde que envolvem peixe cru ou marinado. É assim com os seus ceviches e com os quatro pokés que têm sempre uma base de arroz, abacate e atum ou salmão ou com os dois peixes. Por dez euros há destas taças com pepino e malagueta, com wakame, ou com maçã verde e couve roxa, por exemplo. Tudo muito preparado para take away.

Preço: 10€

Poké bowls sea by local your healthy kitchen no palácio chiado
Fotografia: IG
Restaurantes

Sea by Local

icon-location-pin Grande Lisboa

O restaurante do Palácio Chiado tem várias versões de poké bowl. Há oito receitas já definidas neste Sea by Local: a Aloha é a mais simples, com atum, macadâmias e cebola crocante; a partir daqui há um pouco de tudo, desde as mais picantes com malaguetas à mais tropical, com camarões e manga. Ainda pode fazer um poké à sua medida escolhendo a base (de arroz, quinoa, curgete ou arroz preto), a proteína (tofu é uma opção), os toppings e os molhos.

Preço: a partir de 10,20€.

Publicidade
poke house
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Poké House

icon-location-pin Bairro Alto

Aqui as poké bowls ganharam novos sabores — há uma com poejos, outra com amêndoas laminadas — mas, no que as define, está lá tudo: tigelas de peixe cru e arroz onde cabe de tudo um pouco. No Poké House, um familiar de um bar de praia no Chiado, para além das combinações feitas pela casa (duas delas com quinoa em vez de arroz) pode fazer as suas próprias poké bowls com base em duas proteínas — atum ou salmão. Entregam-lhe tudo numa tigela de plástico com tampa (em tamanho médio ou grande), no caso de se querer pôr a andar.

Preço: a partir de 7,50€

poke bowl de salmao, poké bowls
Fotografia: Manuel Manso
Compras, Centros comerciais

Ceviche e Poké Bowls

icon-location-pin Lisboa

O food court das Amoreiras tornou-se mais saudável com a abertura deste balcão, o primeiro restaurante de poké bowls da cidade. As bases podem ser de arroz de sushi ou de quinoa e há quatro tipos de peixe para acrescentar em cima – salmão, atum, peixe branco e polvo –, além de frutas e legumes. Para além desta possibilidade de ser o chef da sua própria taça, ainda há seis receitas para não ter de pensar muito.

Preço: a partir de 7,90€.

A Time Out diz

Restaurantes do mundo em Lisboa

Mille-feuilles tuna tartar
© Agência Zero
Restaurantes, Japonês

Os melhores restaurantes japoneses em Lisboa

A oferta de restaurantes japoneses em Lisboa cresceu em larga escala nos últimos anos. Nem tudo o que abriu, porém, tem a qualidade de matéria-prima desejada ou mãos que a saibam tratar como merece. Bem espremidos, são poucos aqueles servem bom sushi, seja ele mais ou menos tradicional, mas confeccionado com talento. São poucos, mas já fazem um conjunto agradável. Ei-lo. 

Muito Bey - Tapas
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Os melhores restaurantes do Médio Oriente em Lisboa

Esqueça as mil e uma noites e coloque o mindset mais nos mil e um pratos. Temos Turquia, Líbano, Síria e o estilo do Médio Oriente inteiro: muitos pratos para partilhar e o pão como estrela da mesa. Nem precisa de pegar na bússola para rumar a Oriente, basta pegar nesta lista e orientar-se por estes restaurantes do Médio Oriente em Lisboa.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com