Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores sítios para comer sonhos em Lisboa

Os melhores sítios para comer sonhos em Lisboa

Não espere pela mesa dos doces de Natal e aceite as nossas seis sugestões para comer sonhos em Lisboa.

Sonhos da Tartine
Fotografia: Arlindo Camacho
Por Mariana Correia de Barros e Inês Garcia |
Publicidade

O Natal está aí e os sonhos são presença obrigatória em qualquer mesa portuguesa que se preze, lado a lado com os coscorões, as filhoses, as azevias, o bolo-rei, o bolo-rainha ou os troncos de Natal gulosos. Por isso, não fique por menos na escolha dos doces e não espere pela Consoada ou pelo dia de Natal para se atirar a estes docinhos fofos, leves, doces q.b, sequinhos de óleo e sempre bem polvilhados com açúcar e canela. Nestes seis sítios para comer sonhos em Lisboa é bem servido: para comer lá ou levar logo uma caixinha.

Recomendado: Os melhores sítios para um lanche natalício em Lisboa

Os melhores sítios para comer sonhos em Lisboa

Tartine Chiado
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Tartine

icon-location-pin Chiado

Já se sabe que tudo o que vem da Tartine vem com selo de qualidade. Os sonhos não são excepção (nem os bolos-rei e rainha, sublinhe-se). Levam laranja na base, e não abóbora, e têm a camada de açúcar suficiente para conseguir comer mais de um de seguida. São inchados e leves, bem cobertos em mais açúcar do que canela.

Preço: 0,80€

Versailles
©Open House Lisboa/PedroSadio
Restaurantes, Cafés

Pastelaria Versailles

icon-location-pin Avenidas Novas

A fazer jus ao tamanho do balcão, há vários tipos de sonhos na Versailles. Pode provar os de cenoura com canela e açúcar por fora; outros com uma massa idêntica mas que não levam açúcares por fora; e outros, com a mesma massa, mas a mergulhar em calda antes do açúcar e canela.

Preço: 0,90€

Publicidade
Restaurantes

Boutique Doce

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos
Como resposta à pergunta "os sonhos são feitos aqui na casa?", o dono desta micropastelaria da Lapa, atira a piada óbvia enquanto aponta para a travessa, "sim, somos nós que fazemos este sonho." São, de facto, muito bons, doces no ponto, sem qualquer vestígio do óleo em que fritaram.
 
Preço: 0,80€
 
bolo rei confeitaria nacional
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Cafés

Confeitaria Nacional

icon-location-pin Baixa Pombalina

Foi a confeitaria que trouxe o bolo-rei para Portugal, uma receita que se mantém inalterada desde 1875 e continua a ser motivo de romaria por altura do Natal. Pode comer ao balcão ou ficar a bebericar um chá numa das mesas da sala.

Preço: 1,20€ ao balcão/ 1,40€ na mesa

Publicidade
Sacolinha
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Pastelarias

Sacolinha

icon-location-pin Chiado

Famosa pelos croissants com doce de leite, a Sacolinha é uma das mais completas padarias e pastelarias da cidade. Um antro de calorias com pão para todos os gostos, uma variedade impressionante de salgados, doces e respectivas miniaturas e, sim, as melhores bolas de berlim com doce de leite da cidade. Do país. Do mundo. Nesta altura tem sonhos, naturalmente. É juntar uma caixinha cheia de miniaturas e levá-las para casa ou combinar um lanche. 

Preço: 1,30€ (até duas unidades, à terceira vende-se a 20€/kg)

Restaurantes

Confeitaria Cistér

icon-location-pin Princípe Real

Fundada em 1838, a confeitaria do Príncipe Real fazia parte da rotina de Eça de Queirós, que ali parava para uma bica e um pastel de nata antes de descer ao Chiado. É aqui que se faz a famosa marmelada em formas de bronze, segundo a receita dos monges da Ordem de Cister – que geriram a casa desde o princípio do século XX até meados dos anos 40. No final de Novembro a montra enche-se com os docinhos de Natal, entre os quais os redondinhos sonhos.

Preço: 0,80€ ou 15€/kg

Doces de Natal

Natal no Mami Organic Food
©Manuel Manso
Restaurantes

Doces de Natal que não podem faltar na sua mesa

A única época do ano em que é justo ter mais olhos que barriga é esta. Fomos do Estoril a Odivelas e ainda nos perdemos no centro da cidade para compor a nossa mesa de doces de Natal com tudo a que temos direito. Falamos das rabanadas, dos coscorões, filhoses, troncos de Natal com mais e menos chocolate, bolo-rei e rainha e outras variantes mais saudáveis, com puré de batata doce, sonhos redondinhos e pudins gulosos. Dietas e detoxs, por agora, são proibidos. Em Janeiro logo se vê. 

Café Principe Real
DR
Restaurantes

Os melhores restaurantes em Lisboa para o dia de Natal

Natal é sinónimo de paz e alegria, família e uma barrigada de boa comida caseira. Para muitos é também sinónimo de horas de roda dos tachos, a fazer uma série de doces em família, a demolhar o bacalhau, a tratar do cabrito ou do borrego. Isto sem falar da pré-preparação passada nos supermercados a escolher o melhor para esta quadra. Se quiser um ano de folga, se este ano está sem tempo ou se quiser simplesmente uma Consoada ou dia de Natal diferente, escolha um banquete especial fora de casa. Estes 12 restaurantes estão de braços abertos para o receber nesses dias. 

Publicidade
jantares de natal
©Francisco Nogueira
Restaurantes

Os melhores sítios para jantares de Natal em grupo em Lisboa

Seja bem-vindo à época oficial do reencontro de amigos, familiares, colegas, inimigos, simples conhecidos e amores do coração. É a altura certa para começar a gerir a agenda de jantares de Natal, que isto é coisa para durar desde Novembro até aos Reis, em Janeiro, e com trocas de prendas do amigo secreto pelo meio (se também se meteu nisso, veja o nosso guia de presentes aqui). Não precisa de entrar em pânico: damos-lhe uma lista de restaurantes em Lisboa desde os mais tradicionais, com boa comidinha portuguesa, às mariscadas ou pratos de comida de conforto italiana. Nestes nove restaurantes, há menus especiais para a época. Agora não deixe tudo para a última. 

O melhor para comer em Lisboa
Publicidade