A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Claras em Neve
DRClaras em Neve

Doces de Natal que não podem faltar na sua mesa

Saiba onde comprar os doces de Natal imperdíveis na consoada (e no resto da quadra).

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

A única época do ano em que é justo ter mais olhos que barriga é esta. Vale tudo, menos a falta de doces na mesa da consoada. Corremos a cidade para que nada lhe falte – algumas encomendas podem estar fechadas, mas se for aos sítios talvez ainda tenha sorte. Falamos de rabanadas, troncos de Natal com mais ou menos chocolate, bolo-rei e rainha, e doces mais fora da caixa – afinal nem só de bolos tradicionais e suas versões se faz o Natal. Estes são os doces de Natal imperdíveis, saiba os melhores sítios para os comprar. Em Janeiro logo se vê.

Recomendado: Três restaurantes que aceitam encomendas de Natal

Doces de Natal que não podem faltar na sua mesa

  • Restaurantes

Ao longo do tempo, perdeu a fava, perdeu o brinde, mas não há mudança que nos tire o bolo-rei da mesa de Natal. E para aqueles que lhe resistem, habitualmente queixando-se da fruta cristalizada, são cada vez mais as variações. Conta a lenda que a primeira casa a vendê-lo foi a Confeitaria Nacional, que se mantém firme na lista dos melhores sítios para comprar o bolo-rei em Lisboa. 

  • Restaurantes

Para quem não gosta das frutas cristalizadas do tradicional bolo-rei, o melhor é escolher um destes bolos-rainhas. Há para todos os gostos, dos mais tradicionais aos mais inovadores (e nem mesmo as opções vegan ficam de fora). No Natal não se poupe e esqueça as calorias, vale tudo, até um bolo feito com a massa de croissants brioche e francês em formato de estrela. Clique em "leia mais" para escolher a rainha da noite. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Pastelarias

Estes bonitos bolos (tão bonitos que por vezes até custa começar a comê-los) não são tradição portuguesa, mas juntam-se aos clássicos da época. E ficam bem em qualquer mesa. Na dúvida, estes são os melhores troncos de Natal para adoçar a época.

  • Restaurantes

As rabanadas, à semelhança do clássico bolo-rei e das filhoses, são um dos doces mais indispensáveis no período natalício. Tratam-se de fatias generosas de pão que, depois de molhadas em leite, são envolvidas em ovo e fritas. A receita tradicional diz para polvilhá-las depois com açúcar e canela, mas na cidade de Lisboa também se conhecem algumas versões mais arriscadas, com recheio de pudim Abade de Priscos ou doce de leite, por exemplo.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • São Sebastião

Todos os dias são bons para dónutes e, como já nos tem habituado em todas as datas especiais, a Crush Doughnuts preparou uns sabores bem natalícios (e igualmente vistosos): Gingerbread, Snowman e XMas Tree (5,95€). 

Claras em Neve
DR

Claras em Neve

O cardápio desta confeitaria virtual é vasto, entre bolos e brigadeiros, mas aposte nos cupcakes de Natal (4,5€/ unidade ou 15€/ 4 unidades), decorados com a cara do Pai Natal e disponíveis nas versões de baunilha com brigadeiro de chocolate e de chocolate com doce de leite. 

Natal em Lisboa

  • Coisas para fazer

Começou a contagem decrescente para o Natal e, por esta altura, os mercados na cidade começam a multiplicar-se que nem fatias de bolo-rei na hora do lanche. São mercados que assentam que nem uma luva a quem quer fugir da confusão da quadra nos centros comerciais ou mesmo para aqueles que deixam tudo para a última (há datas para compras tardias a pensar nos esquecidos). Para o menino, para a menina, novinho em folha ou à espera de uma segunda vida, enfim, há de tudo por estas bandas. Anote as melhores sugestões de mercados de Natal em Lisboa e divirta-se.

  • Coisas para fazer

Tem queda para a patinagem? Na verdade, não precisamos de saber, porque estas pistas de gelo espalhadas pela cidade e arredores estão preparadas para todos — profissionais e amadores, crianças e adultos. O objectivo é esquecer durante uns instantes (o suficiente para um trambolhão ou uma pirueta) a azáfama dos presentes de Natal e a confusão das lojas. O programa é, aliás, muito simples: passar uma tarde diferente de patins calçados e tentar não cair nos primeiros minutos. 

Publicidade
  • Coisas para fazer

Estamos naquela altura do ano em que toda a gente volta a adicionar Mariah Carey às playlists diárias, sem vergonha de voltar a colocar na órbita dos mais ouvidos do ano o “All I want for Christmas is you”. E se há altura em que Lisboa fica ainda mais iluminada do que o habitual é no Natal – as iluminações especiais abrem caminho nos bairros da cidade e os passeios longos na rua (à procura deste ou daquele presente) começam a parecer menos dolorosos, mesmo com o frio a bater na cara. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade