A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Wonderland
Fotografia: Duarte Drago

Pistas de gelo em Lisboa para deslizar no Inverno

O Natal está a chegar e com ele as luzes, as árvores, a corrida aos presentes e... as pistas de gelo.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Francisca Dias Real
e
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Tem queda para a patinagem? Na verdade, não precisamos de saber, porque estas pistas de gelo estão preparadas para todos — profissionais e amadores, crianças e adultos. O objectivo é esquecer durante uns instantes (o suficiente para um trambolhão ou uma pirueta) a azáfama dos presentes de Natal e a confusão das lojas. O programa é muito simples: passar uma tarde diferente de patins calçados e tentar não cair nos primeiros minutos. Por isso junte os amigos ou a família (quem sabe não tem em casa um patinador artístico escondido) e aventure-se nestas pistas de gelo em Lisboa.

Recomendado: Os melhores mercados de Natal para visitar em Lisboa

E uma pista de gelo o ano inteiro?

Manuel Manso

Eliseu Pinto de Almeida é arquitecto de profissão, mas todos o conhecem por andar sobre rodas, ou melhor, sobre lâminas. A sua paixão pela patinagem já vem de há muito: nos anos 90 começou a usar os patins como meio de deslocação. As coisas evoluíram para o hóquei e rapidamente para a patinagem no gelo. Problema: não existem pistas de gelo em Portugal, a não ser as temporárias, que invadem as cidades no Natal. A luta de Eliseu é, então, por uma pista de gelo coberta permanente, tendo até criado com os amigos a página de Facebook Pista de Gelo para Portugal. Esta luta vai ao encontro da proposta de João Paulo Rebelo, secretário de Estado do Desporto, em querer construir o Pavilhão do Gelo em Lisboa. “Em quase todas as capitais europeias há uma pista, e fazia sentido haver cá também. Lisboa tem todas as condições para isso”, diz Eliseu. “Há formas de aproveitar a termodinâmica de uma piscina, que usa maquinaria em comum e fazer um dois em um. Funciona com o efeito frigorífico: sai frio para a pista e calor para a piscina”. Enquanto o desejo não se concretiza, ele vai aproveitando as pistas nesta altura do ano – ou vai para o estrangeiro treinar, até porque integra a equipa de hóquei Luso Lynx.

Dicas para deslizar com estilo

1 – SEGURANÇA

Para Eliseu nada é mais importante, seja na prática lúdica ou desportiva. Luvas, cotoveleiras e joelheiras são essenciais, porque as quedas podem ser aparatosas.

2 – AS LÂMINAS

Cada patim tem duas lâminas e são elas que “cortam” o gelo e permitem virar, por isso é importante saber como posicionar os pés. Estes nunca podem estar perpendiculares ao gelo. “É quase como virar os pés para fora e usar mais a lâmina de dentro ou a de fora, depende da situação”, diz Eliseu.

3 – DESCONTRACÇÃO

“A tensão gera desequilíbrio, e estar muito nervoso ou com medo em cima dos patins não é bom”, descreve Eliseu. O segredo é descontrair e o corpo encontrará o seu ponto de equilíbrio. “E há outra coisa: quanto mais rápido patinar, mais fácil, porque se estivermos parados o corpo balança”.

4 – TREINO

Já ouviu a expressão “a prática leva à perfeição”? Aqui não é diferente. Só praticando é que “vai apanhando o jeito à coisa”. Por isso, o truque é mesmo aproveitar estas pistas de gelo temporárias para dar tudo.

Mais Natal

  • Compras

Dezembro é o mês de fazer da agenda um puzzle de jantares com amigos, colegas e familiares e, mais ainda, tratar de arranjar um presente para aquela troca de prendas em que aceitou enfiar-se quando combinou a janta. Mas pode começar mais cedo a pensar no que dar ao comparsa para não deixar para a última e comprar uma bagatela qualquer. Se entrou no espírito da época, comece lá a riscar nomes dessa lista com estas ideias de presentes para o amigo secreto – há sugestões para todos os gostos, das meias ao jogo divertido. 

  • Compras

Se é daqueles que corre para as lojas à procura de peças únicas ou preços imbatíveis, saiba que a corrida é um dos exercícios em destaque nesta lista de 24 presentes de Natal para amantes do desporto, qualquer que seja a modalidade de eleição. Do boxe ao ski, passando pelo futebol, sem esquecer a natação, são várias as sugestões para que encha o sapatinho (chuteira ou bota de luta greco-romana também serve) de quem mais gosta.

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade