Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Três sítios para comer pão naan

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

JNcQUOI Asua
©Inês Félix

Três sítios para comer pão naan

Como entrada ou acompanhamento para a refeição, pão naan é sempre uma boa aposta em restaurantes indianos ou nepaleses. Descubra onde comer.

Por Inês Garcia
Publicidade

O pão naan tem uma receita à base de trigo e tanto pode servir de acompanhamento a qualquer refeição, como de entrada. É assado no forno indiano tandoor e sai sempre redondo e achatado, ligeiramente chamuscado, a dar um sabor mais fumado. Pode ser comido numa versão simples (e usado até como talheres para pratos como os caris), ou então uma entrada completa. Existem opções só com manteiga, com queijo ou com queijo e alho, mas há restaurantes que fazem do naan quase uma refeição, cobrindo-o com carne de cabrito picada, com cogumelos ou em versão doce, para a sobremesa, com coco ralado. Descubra aqui três sítios para comer um bom pão naan.

Recomendado: Os melhores restaurantes indianos em Lisboa

Três sítios para comer pão naan

Restaurante, JNcQUOI Asia
Restaurante, JNcQUOI Asia
©Inês Félix

JNcQUOI Asia

Restaurantes Asiático contemporâneo Avenida da Liberdade

O irmão mais novo do JNcQUOI Avenida é um templo de comida asiática com pratos que o teletransportam de imediato para a China, o Japão, a Índia ou a Tailândia. Da sala de refeições, onde está um imponente dragão dourado, a cozinha está a vista – é lá que está o forno indiano tandoor e onde é feito o pão naan, perfeito para se ir ambientando. Há uma versão simples, só com manteiga, outra com alho, coentros e manteiga e uma terceira com chili (4€).

Preço: 3,50€ 

Annapurna

Restaurantes Nepalês Grande Lisboa

No nepalês Annapurna (com casas em Arroios, na Graça, ou do outro lado do rio, em Almada), além do mais básico pão, tem com alho (2,65€), recheado com legumes (2,65€), com carne de cabrito picada (2,85€), com queijo (2,85€) ou com queijo e cogumelos picados (2,95€).

Preço: a partir de 1,65€.

Publicidade
Natraj
Natraj
©DR

Natraj

Restaurantes Indiano Grande Lisboa

No Natraj, um dos melhores restaurantes indianos em Lisboa, além de boas chamuças para entrada, com muitas especiarias, tem os naan:  com manteiga, com alho (2€), com queijo (3€), com queijo e alho (3,50€), carne picada (3,50€), com vegetais (3€) ou ainda uma versão doce, para finalizar, com coco ralado e castanha de caju (3€).

Preço: a partir de 1,75€. 

Os melhores sítios para comer...

Taberna do Calhau - Gaspacho
©Duarte Drago

Três sítios para comer gaspacho

Restaurantes

O gaspacho tradicional leva tomate e vários legumes cortados, como o pepino e os pimentos. Pode ser passado e bebido, qual sumo de tomate refrescante, mas à boa maneira alentejana mantém lá os ingredientes todos, para poder mastigar, e pode levar ainda uma fruta da época ou um ovo, para reforçar a dose. É uma sopa fria que resulta bem como entrada num jantar de Verão mas pode ser também uma refeição completa. Nestes três restaurantes em Lisboa, especialistas no receituário alentejano (dos pratos de tacho aos petiscos para comer com vagar e amigos), prove o gaspacho tradicional.

Banana-pão

Restaurantes

Bananas verdes? Guarde-as todas, um dia vai fazer banana-pão em casa. Este petisco sul-americano, mais especificamente do Peru, é também conhecido como chifles em alguns sítios e quase parece umas batatas fritas de pacote, pela aparências mas também pela textura super crocante. É feito com bananas verdes fatiadas muito finas, depois fritas em óleo até ficarem douradas. Nestes restaurantes em Lisboa a banana-pão é servida quer como acompanhamento com vista para o rio Tejo (olá nova esplanada do Ferroviário) ou como couvert antes de encher a barriga com outros petiscos.

Publicidade
Picamiolos - Corações de Galinha
©Duarte Drago

Corações de galinha

Restaurantes

Corações de galinha são a melhor miudeza para se comer no espeto. Melhor ainda se forem grelhados e bem temperados. No centro de Lisboa não é muito fácil encontrar este petisco e o mais provável é acabar num restaurante brasileiro a comer um rodízio carregado de especialidades, entre as quais os corações no churrasco (comece com isto, siga depois para as picanhas e maminhas). Não negue essa barrigada, mas saiba que há um restaurante alentejano, dedicado às miudezas e extremidades, que também os tem. Se nunca provou corações de galinha, deixe-se de esquisitices e prove-os nestes restaurantes em Lisboa. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade