Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right City Breaks. Cinco escapadinhas urbanas para os próximos meses

City Breaks. Cinco escapadinhas urbanas para os próximos meses

De Madrid a Berlim, damos-lhe cinco sugestões para se raspar da cidade com as dicas da equipa Time Out

NHM Natural History Museum ice rink ice skating 2013
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Para partir já ou para planear com tempo, você decide como vai ser. São destinos clássicos com dicas mais inesperadas, perfeitos para uma fuga de fim-de-semana (ou um pouco mais). Sempre dissemos que o que faz em casa é consigo, o que faz na rua é connosco – seja aqui, ou noutro lugar qualquer do mundo. Vai daí, deixamos-lhe cinco ideias para aproveitar algum fim-de-semana grande que possa aproveitar para fazer uma escapadinha na Europa. São city breaks que vão saber a férias – bem programado nem terá de gastar muito.

Recomendado: Conheça os dez bairros mais cool no mundo

Cinco escapadinhas urbanas

Edificio Metrópolis

Madrid

Preço: a partir de 55€ em Janeiro (easyJet).

Se é tranquilidade que procura, opte por ir na Primavera ou no Outono. Se quer animação, vá em qualquer altura, mas tenha a certeza que apanha um domingo. É nesse dia que se montam as bancas do mais antigo e mais famoso mercado da cidade, o El Rastro, que fica no bairro dos Embajadores, eleito pela Time Out como o mais cool do momento. É possível que Madrid seja a capital mais excitante do mundo actualmente, e Embajadores (em Lavapiés) o seu bairro mais animado.

Comer Aos domingos, no mercado El Rastro, vai dar com o Santurce cheio de gente à espera da sua porção das famosas sardinhas deste bar. Beber Relaxe com um gin tónico na lendária Sala Equis, um antigo cinema para adultos que agora serve para se sentar e beber um copo.

Dormir Poucos minutos a norte, o Hotel ME Madrid Reina Victoria domina o horizonte local com a sua torre iluminada dos anos 20. A vista do bar é espetacular.

+ Os dez lugares mais bonitos de Madrid

Manège Tour Eiffel

Paris

Preço: a partir de 232€ em Janeiro 2019 (AirFrance).

Vista-se em camadas e enfrente o frio parisiense. Janeiro é uma boa altura para conhecer a cidade das luzes, aproveitar a grande parada de ano novo nos Campos Elísios e fazer fila para a semana da haute couture, que acontece de 14 a 24 de Janeiro. Ah! E os saldos – que começam a 19. Mais tarde, a 14 de Abril, corre-se a maratona. Não deixe é de conhecer o Strasbourg-Saint-Denis, que entrou também para o top dos bairros mais cool da Time Out. Berço histórico das comunidades curda e indiana de Paris, tem um estilo único.

Comer Amantes da pizza, o Da Graziella é o Santo Graal que procuram: um forno a lenha, art nouveau nas paredes e aquela grande especialidade de Nápoles, a pizza fritta!

Beber Atrás de uma fachada decrépita e de uma camada de cartazes com uma polegada de espessura, esconde-se um dos melhores e mais modernos bares de cocktails de Paris: o Le Syndicat. Os seus cocktails criativos são feitos com 100% de álcool francês.

Dormir O Hotel Grand Amour é um antipalácio moderno, projectado pelo graffiter francês André, com toques exclusivos da contracultura parisiense e produtos Hermès na casa de banho. O melhor de tudo é que os preços são razoáveis.

+ Dez monumentos em Paris que tem mesmo de ver

Publicidade
Berliners going about their daily business
View Apart/Shutterstock

Berlim

Preço: a partir de 229€ em Feveiro 2019 (TAP)

O evento com mais glamour de Berlim, aquele que entrega ursos de ouro e de prata, sopra 69 velas para o ano. A Berlinale vai mostrar mais de 400 filmes entre 7 e 17 de Fevereiro e é um evento a assinalar na agenda. Aproveite também para conhecer melhor Neukolln, o caldeirão em constante ebulição e desenvolvimento no coração de Berlim. Olhe além dos graffitis e da sujidade e encontrará um bairro em constante reinvenção. O que antes estava abandonado foi transformado, criando-se bares cheios de fumo, cafés vegan ou galerias – tudo feito de forma independente.

Comer Paulinski Palme está a fazer grandes coisas em Rixdorf, com pratos Thüringen tradicionais simples mas sublimes, e uma carta de vinhos sofisticada – e sem grandes complicações.

Beber Faça como os locais e passe o domingo a beber e a dançar ao som de música electrónica em Griessmuehle, uma antiga fábrica com pistas de dança, móveis improvisados e um jardim incrível com vista para o canal.

Dormir Passe pelas portas de uma antiga fábrica em Hobrechtstrasse e entre na Hüttenpalast. São 600 metros quadrados de uma insanidade urbana ao ar livre, repleta de caravanas antigas cuidadosamente restauradas para dormir a partir de apenas 70 euros por noite.

More London Christmas Market

Londres

Preço: A partir de 72€ pela Wizz Air Uk em Dezembro

Londres ganha uma magia maior no Natal. As luzes multiplicam-se pela cidade, tal como as decorações natalícias, que parecem cenários de qualquer filme. Já para não falar nas muitas lojas onde vai querer comprar todos os presentes. Poucos destinos como Londres desempenham na perfeição o malabarismo entre passado, presente e futuro, e Dezembro é uma óptima altura para conferir a habilidade.

Comer O Kricket (à12 Denman Street), instalado numa rua edgy do Soho, é um belo indiano com um twist britânico (100€ para duas pessoas, com bebidas). “Não saia sem pedir o goat raan”.

Beber Aconchegue-se à volta de lareiras com bebidas excêntricas. Só em Londres se encontra um pub onde Shakespeare esteve – o The George Inn – ou onde a proprietária mantém um gato que usa uma gola ao estilo da rainha Isabel à volta do pescoço – o The Seven Stars.

Dormir O Qbic Hotel em BrickLane, “trabalha com duas associações solidárias locais, a Bikeworks e a Food Cycle”. Inscreve-se na linha dos budget hotels estilosos de origem holandesa que têm invadido a cidade. O espírito é jovem e a estadia começa nos 50€.

+ Os melhores mercados de Londres

Publicidade
Amesterdão

Amesterdão

Preço: a partir de 149€ pela Vueling para Janeiro

Se há destino onde a luz vermelha se encontra com o sinal verde, é aqui. Atente nos parques e recantos semi-secretos, como o recôndito jardim Begijnhof (vale a pena a visita), no pacífico exército de ciclistas, nas toleradas experiências herbóreas, nos inofensivos girassóis de Van Gogh, ou na batalha por um mundo efectivamente mais sustentável – que desafia a agir, em vez de ficar apenas a olhar para sedutoras montras.

Dormir O Hotel V Frederiksplein foi considerado o hotel mais verde da Holanda. (Diárias a partir dos 99€, Weteringschans 136).

Beber Agarre a noite no elegante clube Jimmy Woo.

Comer Perca-se no The Avocado Show, o primeiro restaurante do mundo onde todos os pratos levam abacate e são uma obra de arte.

Agência de viagens Time Out

Munich cityscape
Photograph: Shutterstock
Viagens

Nove experiências obrigatórias em Munique

Se Berlim é conhecida pela sua vida animada, Munique é muitas vezes deixada de fora dos elogios à Alemanha. No entanto, nos últimos anos, a cidade tem conseguido reinventar-se. Do ponto de vista arquitectónico, os edifícios históricos, marcados pela guerra, ganham agora uma nova vida como parte de um plano de recuperação levado a cabo pela cidade. Acrescente-se uma economia em crescimento, impulsionada por grandes empresas como a BMW, grandes centros culturais e uma cultura gastronómica apaixonada – além da cerveja, cerveja e mais cerveja. Munique continua no topo das listas das melhores cidades para viver no mundo. 

Piscina dos Jameos del Agua
Photograph: Courtesy CC/Flickr
Viagens

Cinco razões para visitar Lanzarote

Fuja das zonas mais movimentadas como Playa del Carmen: Lanzarote é uma terra maravilhosa, árida e selvagem com muito por explorar. A bela ilha vulcânica das Canárias está repleta de cidades cheias de palmeiras, moradias caiadas de branco, praias, peixe fresco e cactos. Aqui encontrará o toque mágico e indelével do influente artista César Manrique em todo o lado — não só deixou várias casas fabulosas e atracções para visitar, como um legado que impede que todos os novos edifícios tenham mais de dois andares. Faça um passeio pelo norte e pelo interior da ilha e sinta a animada brisa boho de Lanzarote.

Publicidade
Viagens

Oito lugares a não perder em Barcelona

Dizemos-lhe oito lugares a não perder em Barcelona, mas a lista completa da Time Out Barcelona contempla 50 paragens obrigatórias. É difícil fazer uma lista com todos os monumentos (museus, parques, praças, jardins, achados arqueológicos, edifícios reconhecidos, mercados...) que uma cidade tem. Mas os nossos colegas de Barcelona fizeram um esforço para nos darem os lugares imprescindíveis, tanto para turistas como para todos os que vivem na cidade. 

Publicidade