As melhores esplanadas no Algarve

17 restaurantes e bares onde se deve sentar ao longo da costa algarvia. Eis as melhores esplanadas de uma ponta à outra do Algarve
Estaminé
Estaminé
Por Ágata Xavier |
Publicidade

Puxe uma cadeira e pratique um dos desportos oficiais do Verão: esplanadar. A Time Out rumou a sul e testou 17 restaurantes e bares no Algarve para que agora o leitor saiba onde se deve sentar ao longo da costa algarvia. Quer seja ao almoço, durante a tarde ou depois da praia, estas são as nossas propostas para passar as próximas horas entre dois verbos: nadar e esplanadar. 

Recomendado: As melhores praias no Algarve para este Verão

As melhores esplanadas no Algarve

1
REI DAS PRAIAS
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Português

Rei das Praias

Peixe mais fresco impossível: e aqui encontra do melhor e mais bem grelhado do Algarve. A reinar desde 1976, o restaurante que fica na Praia dos Caneiros serve, entre outros, salmonete, pargo, dourada ou robalo a 65€/kg. A cataplana de peixe, a 48€, chega bem para duas pessoas.

2
Restaurantes

Só Verão

O peixe é a estrela da carta deste restaurante-bar de praia que abriu no início do Verão.  Fica em plena Praia dos Pescadores, em Armação de Pêra e conta com petiscos (como salada de polvo,  salada de ovas, pica-pau ou o prego ) e cocktails no menu. Boa notícia: promete ficar aberto até Outubro.

Publicidade
3
Faina
Ágata Xavier
Restaurantes

Faina

“Reunimos com algumas das velhotas que trabalharam cá na fábrica e fomos ao Alvor, à Mexilhoeira e a Portimão ver quais eram os seus hábitos alimentares. No fundo, comiam quase todas papas de milho”, diz Emídio que, com Ana, abriu o Faina no Museu de Portimão, um lugar que já foi uma antiga fábrica conserveira. “Convidámos algumas para experimentarem os pratos e chumbaram quase todos”, ri. A dupla quis trazer a imagem industrial para a decoração deste espaço: paredes em tijolo, estantes metálicas e muitas latas de conservas a colorir o ambiente. “Se tivéssemos dinheiro fazíamos algo steampunk”, brinca Emídio. São eles que estão na cozinha a preparar papinhas de lingueirão com chouriço (9,50€), atum à algarvia (€5,50), tiborna de polvo (€9) ou mista de fritos do mar (16€). Vendem alguns vinhos algarvios e tentam trabalhar com produtores da região que é tida como o parente pobre da viticultura nacional. Domingo é dia de brunch até às 17h neste restaurante com vista para o rio Arade.

4
Restaurantes

Pássaro Azul

Fica na Rua das Gémeas em Olhos de Água.  Se viu telenovelas no início do milénio, mais concretamente em 2001, já deve estar a imaginar a actriz Sofia Alves em modo gémea-boa versus gémea assim-assim em horário nobre da televisão. Agora esqueça essa imagem e pense num restaurante com vista de mar, peixe fresco e marisco. Será o início de uma bela história no seu estômago.

Publicidade
5
D.R.
Restaurantes

2 Passos

Se a comida chegar à mesa com a mesma alegria que a equipa do 2 Passos exibe no seu site (espreite a fotografia de abertura de restaurante2passos.com) pode ter a certeza de que terá umas das melhores refeições da vida. O restaurante que fica na praia do Ancão já deu mais de 30 voltas ao Sol e sabe bem conjugar um binómio de difícil alcance: excelente comida e excelente serviço. Peça uma cavala algarvia à Passos (14,75€), robalo à Ancão (77,50/kg) ou aventure-se num lavagante no pote à João (97,50/kg).

6
estaminé
©DR
Restaurantes, Português

Estaminé

É o restaurante mais a sul de Portugal e tem a particularidade de ser auto-sustentável – produz energia através dos painéis solares que se amontoam no telhado e à volta e consegue “criar” água potável, a partir dos lençóis freáticos que se estendem por baixo da ilha. A razão é simples: está plantado numa zona protegida, o Parque Natural da Ria Formosa, em plena Ilha Deserta. Só lá se chega de barco, a partir de Faro, com viagens a custar 10€, ida e volta, e a demorarem 45 minutos. É o único restaurante da ilha, não fecha durante o ano e desde 1987 serve petiscos locais como camarão da praia (18€), choco da ilha (17€), estupeta de atum (9€) ou cavalinhas alimadas (9€).

Publicidade
7
Restaurantes

Rocha Baixinha

Tem vista para a praia com o mesmo nome, a predilecta de quem quer escapar à confusão da Marina de Vilamoura. É o sítio ideal para se observar fenómenos naturais, como o pôr-do-sol ou a falésia que dá nome à Praia da Falésia. Contrariando o perfil sazonal do Algarve, está aberto o ano todo e é conhecido pela carta de contrastes com produtos locais a conviver gastronomicamente com  pratos de outras paragens. A viagem sem passaporte passa por um caril mauriciano (24€), tagine marroquina (18€) ou bife com wasabi e miso (24,50€).

8
Sardinha, praia Arrifes
Restaurantes

Sardinha

Aqui pede-se peixe fresco grelhado no carvão ou marisco, enquanto se deita o olho ao que se passa no areal dos Arrifes – uma praia pequena e com rochas que, na maré vazia, desvenda uma série de  pequenas piscinas naturais, boas para pôr em prática a arte de chapinhar. O preço é para carteiras que aguentem o peso de algumas notas ou um cartão de crédito reluzente.

Publicidade
9
The Shack
Restaurantes

The Shack

A lista de celebridades avistada neste bar acabanado à beira do lago da Quinta do Lago é grande, mas as verdadeiras estrelas estão no prato: taco de peixe crocante com tempura de peixe galo, alioli de alcaparras, guacamole, manga e molho picante (17,50€), espetadinhas de novilho teriyaki com cebolinho (17€) ou os clássicos hambúrgueres com molho The Shack (15€), são algumas. Há areia, há gaivotas para pedalar e entreter os miúdos e o spot-estrela há três Verões: um restaurante construído sobre estacas no lago (onde dá realmente para mergulhar), à imagem e semelhança das antigas cabanas dos pescadores. A esplanada é palco de festas ao pôr-do-sol, almoços e jantares prolongados. 

10
Restaurantes

Mar a Mais

O que dizer de um restaurante que tem noites animadas pelos The Bitols, um grupo musical que poucas passadeiras conseguirá atravessar na Ilha do Farol, na Culatra. Para lá chegar terá de apanhar o barco em Faro (Cais da Porta Nova) ou Olhão (no cais dos barcos, conhecido por T) e contar com uma viagem de pouco mais de meia hora. O Mar a Mais fica junto ao farol que dá nome àquela parte da ilha, o de Santa Maria, e tem tapas, saladas, sanduíches, tostas e uma competente carta de cocktails. E melhor: tem vista sobre um mar ao estilo caribenho.

Publicidade
11
Restaurantes

Maré

É um bom exemplo de fusão: junta comida algarvia, peixe fresco, cocktails e vista de praias (a do Barranco das Belharucas e a da Falésia). O menu está a cargo de Stuart Sage, o chef executivo do Pine Cliffs Resort, e, não sendo para todas as carteiras, inclui salada de lulas grelhadas com vegetais e vinagrete de limão confitado (12€), costela curta fumada com cogumelo selvagem, edamame e manteiga de foie gras (34€) ou tártaro de atum amarelo com funcho, rúcula, abacate e alcaparras (18€).

12
MAR D’ESTÓRIAS
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Petiscos

Mar d'Estórias

Não vale a pena resistir, irá mesmo parar no piso térreo para fazer umas compras – é nele que se juntam alguns produtos tradicionais portugueses –  e só depois subir ao terraço, onde o espera uma vista sobre Lagos e um carpaccio de muxama servido com agrião, amêndoa e azeite (7€), berbigão à Bulhão Pato (8,50€) e uma bifana marinada em cerveja com molho de mostarda e mel (7€).  

Publicidade
13
Restaurantes

Terra i Mar

Tem terra no nome mas é ao mar que vai buscar a inspiração. Filetes de peixe aranha (50€/kg), biqueirão (45€/kg) ou cataplana de marisco (32€) são alguns dos pratos que pode pedir neste restaurante que é conhecido pela simpatia do serviço. Convém fazer reserva.

14
Restaurantes

Mar à Vista

A praia da Mareta é servida como entrada (ou sobremesa), sendo o marisco e o peixe fresco vindo da costa vicentina o prato principal. Sargo à ponta de Sagres, filetes de espadarte, ostras algarvias ou massada de lavagante são alguns pedidos que deve fazer.

Publicidade
15
salmora
Fotografia: Francisco Santos
Bares, Bares

Salmora

Preparou-se para o verão da melhor maneira com bowls de salmão (9,75€) ou atum (10,25€), churrasquinho de frango vietnamita (11,25€) e tataki de novilho (14,75€) ou de atum (12,75). Nas sobremesas, destaque para a panacota de maracujá preparada com baunilha de Madagáscar (5€). Se é uma pessoa curiosa vai gostar deste pormenor: a cozinha é totalmente aberta para a sala. 

16
Restaurantes

O Sargo

Digna de figurar num postal, a praia de Monte Clérigo (que recebeu o selo de Zero Poluição pela associação ambientalista ZERO) é uma das que marca a chegada a solo e mar algarvio. Neste Sargo, do lado direito de quem olha o mar, come praticamente com os pés na areia e na carta há ceviche de corvina, espetada de atum com arroz de limão, arroz negro de vieiras e, para sobremesa, torta de batata doce, o tubérculo estrela de Aljezur. Este ano passaram a contar com um menu de almoço ao invés das anteriores “refeições ligeiras”.

Publicidade
17
sal rosa
Fotografia: Francisco Santos
Bares, Bares

Sal Rosa

O interior é muito bonito (e em tons rosa, fazendo jus ao nome), mas corra a toda a velocidade para o exterior em busca de mesa. À sua frente abre-se a praia do Peneco (também conhecida por Túnel), e abre-se também o menu com cocktails de assinatura de Nuno Lopes, um dos semifinalistas do World Class 2018 (uma espécie de Mundial para bartenders). Além disso, ainda serve petiscos

O que fazer no Algarve

Coisas para fazer

As praias paradisíacas que ainda resistem no Algarve

Sugerimos três mãos cheias de areais no Algarve que costumam ter espaço para estender a toalha, espetar o guarda-sol e esticar as pernas sem tocar em ninguém. Não acredita neste oásis?  Fomos de Barlavento a Sotavento, sempre com os pezinhos de molho, à procura das praias perfeitas para descansar do mundo e fingir que não está no caótico Algarve em plena época alta. Pelo caminho, encontrámos ondas ideais para surfar e areais perfeitos para ver as vistas, ver e ser visto ou até para andar com tudo à mostra. 

Viagens

O melhor da noite no Algarve

Os Fúria do Açúcar cantavam que “no Verão os dias ficam maiores”, esquecendo que também as noites parecem esticar. Depois de explorar as melhores praias no Algarve, incluindo as paradisíacas que por lá ainda resistem, a Time Out deitou-se às tantas para lhe dizer onde passar o fim do dia, o princípio da noite e a madrugada a sul. Traçámos um roteiro pela noite algarvia sem esquecer o epicentro da música de dança nacional: Vilamoura. Depois disto, só mesmo um destes 10 hotéis novos ou renovados no Algarve para esquecer a ressaca.  

Publicidade
Compras

Cinco novas lojas que abriram no Algarve

Ir de férias para o Algarve nem sempre combina com idas às compras além do jantar, uma visita a um mercado ou a compra de um bilhete de barco. Para aumentar o expectro de coisas para fazer, sugerimos um ginásio e quatro lojas que combinam a tradição com o design moderno e contemporâneo. Ficam em Tavira, Loulé e Faro e merecem uma visita. Por cada janela que se abre sobre um laranjal algarvio, há a porta de uma loja que se abre para uma wishlist. Estes são os cinco espaço que cheiram a novo no Algarve. 

Bares, Cafés/bares

As melhores esplanadas no Algarve

Puxe uma cadeira e pratique um dos desportos oficiais do Verão: esplanadar. A Time Out rumou a sul e testou 17 restaurantes e bares no Algarve para que agora o leitor saiba onde se deve sentar ao longo da costa algarvia. Quer seja ao almoço, durante a tarde ou depois da praia, estas são as nossas propostas para passar as próximas horas entre dois verbos: nadar e esplanadar. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com