A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
topo belém
©Manuel Manso

Os melhores bares em Belém

Nem só de pastéis se faz este pedaço da cidade. Nós damos-lhe a conhecer os melhores bares em Belém

Escrito por
Tiago Neto
Publicidade

O MAAT, o novo Museu dos Coches – ou o antigo –, os Jerónimos, o Centro Cultural de Belém, o Museu do Combatente, o Planetário – As razões para rumar a Belém já eram abundantes se o assunto fosse cultura. Isto, claro, sem esquecer os passeios à beira-rio ou as corridas. Mas e se o assunto for a cultura do copo, aquele ao fim de tarde, ao fim-de-semana, ou mesmo de manhã (ainda que aconselhemos moderação)? Não está esquecido, asseguramos. A zona está repleta de opções para que possa sentar-se confortavelmente, com o Tejo como moldura, ignorando o turismo, e desfrutar. Estes são os melhores bares em Belém.

Recomendado: Roteiro de um dia por Belém, Restelo e Ajuda

Os melhores bares em Belém

  • Restaurantes
  • Belém

A esplanada branca, com uma fantástica vista para o rio e com uma carta de cocktails bastante simpática – e de petiscos idem – é sempre uma boa opção para beber um copo a qualquer hora do dia. Se andar pela beira-Tejo, sente-se e fique literalmente a ver navios.

  • Bares
  • Bares
  • Belém

É uma espécie de segredo mais ou menos bem guardado na zona e, graças à decoração, somos transportados directamente para a selva. Na manga tem, como grandes argumentos, cocktails e música. As festas costumam ser uma constante e a programação é cuidada. Basta ficar atento ao Facebook ou ao Instagram.

Publicidade
  • Bares
  • Bares
  • Belém

Os terraços virados a sul, a vista privilegiada para a piscina exterior do hotel, o rio e a Torre de Belém são os principais atributos do Occasus Bar. Isto se a ideia de contemplar o Tejo de cocktail na mão for o grande objectivo. Mas no espaço, onde os cocktails imperam, também os snacks constam da carta. Resumindo: não falta nada. 

  • Restaurantes
  • Mediterrâneo
  • Belém

Reabriu em 2017 e trouxe uma identidade nova. O Vela Latina não será a primeira imagem a chegar-nos à mente quando pensamos num bar, nem mesmo a segunda, mas ainda há ADN de sobra para que possamos fazer chegar copos ao balcão, antes e depois dos pratos. Dos vinhos aos cocktails clássicos, a parte de bar é mesmo um assunto sério.

Publicidade
  • Hotéis
  • Belém
  • preço 3 de 4

O nome é 38º 41', em homenagem às coordenadas de onde partiram os navegadores portugueses à procura de terra nova, mas no piso térreo do hotel Altis Belém nem precisa de se fazer ao Tejo fisicamente. A esplanada dá-lhe toda a panorâmica maritíma de que precisa, e como não há nau a comandar, sinta-se à vontade para provar as muitas opções do bar.

  • Restaurantes
  • Italiano
  • Belém

É grande, tem vista, piscina, espreguiçadeiras e uma carta de bar que não fica nada atrás dos vizinhos. Já sabemos que na zona o rio acaba por ser um trunfo, mas bom, nunca é demais repetir: o Sud está muitíssimo bem colocado para que não perca pitada da agitação marítima enquanto se refastela de copo na mão.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Belém

É consideravelmente mais focado na parte do comer do que os restantes espaços da mesma nomenclatura. Contudo, e como não podia deixar de ser, neste Topo Belém continua a estar à vontade para fazer chegar um gin, um whisky, uma vodka, um licor ou um vinho à mesa.

  • Noite
  • Belém
  • preço 1 de 4

O acesso faz-se por escadas, mas são poucos degraus – e valem a pena. É um espaço after work descontraído para aproveitar os fins de tarde e fecha para festas privadas (estava sem saber onde organizar a despedida de solteiro daquele amigo que está quase a casar? Tcharan!). Se quiser mais argumentos, basta dizer-lhe que a vista sobre a zona de Belém também é bastante agradável.

Siga de copo na mão

  • Bares
  • Bares

Apostar em Alfama para ganhar as marchas é quase tão certo como apostar que o Papa faz do Vaticano casa. Apostar que em Alfama o fado ainda ecoa pelos becos e que nos Santos Populares as ruas ficam intrasitáveis e com uma banda sonora e cheiro a sardinha que nos faz orgulhar de ser português, idem. Há muito para gostar em Alfama e nós damos-lhe algumas razões para além das acima citadas. 

Publicidade
  • Noite

Instituições lendárias que já conheceram diferentes encarnações e formatos, em busca de um lugar ao sol (ou ao luar, para sermos mais rigorosos). Quando cai a noite na cidade, e a jornada nocturna se arrasta como manda o figurino, a peregrinação de foliões passa necessariamente por aqui. E é por isso que não o queremos por aí à deriva, inquieto sobre onde deve rumar. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade