Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores pubs em Lisboa

Os melhores pubs em Lisboa

A nacionalidade tanto faz. Nos melhores pubs em Lisboa o que interessa é a cerveja, e aqui é certo que não falta.

Hennessy's Irish Pub
©Francisco Santos Hennessy's Irish Pub
Por Tiago Neto |
Publicidade

Segundo dados do site Beer and Pub — da British Beer and Pub Association — o número de pubs por terras de Sua Majestade está em queda. Em 2017 existiam 48,350 espaços assinalados. Em contraste, no ano de 2000, a contagem fixava-se nos 60,800. Mas nem tudo são más notícias e, como é sabido, a perda de uns é o ganho de outros. Levando a máxima à letra, Lisboa tem visto nascer alguns desses pedaços da cultura britânica ao longo dos anos. E ainda que o rótulo de moda possa estar distante, os balcões vão-se enchendo, os copos de Guiness vão-se bebendo e o palco para jogos de futebol e música ao vivo é cada vez mais apetecível. Entre, sente-se, peça uma pint bem medida e agradeça-nos depois por lhe mostrarmos os melhores pubs em Lisboa.

Recomendado: Os novos bares em Lisboa que tem de conhecer

Os melhores pubs em Lisboa

1
Irish & Co. Parque das Nações
©DR
Restaurantes, Global

Irish & Co. Parque das Nações

icon-location-pin Parque das Nações

Cervejas Guiness e Kilkenny, espaço em abundância, perto do Tejo e com uma boa selecção de petiscos. No Irish & Co. do Parque das Nações tem tudo o que precisa para fazer uma paragem, seja ela para antecipar um concerto na Altice Arena, para deitar o olho numa jogatana da Champions ou para repor energia depois de um passeio beira-rio. 

2
O'Neill's Irish Pub
©DR
Bares

O'Neill's Irish Pub

icon-location-pin Cascais

Um irish pub é sempre um irish pub. Querem-se canecas intermináveis, pretas e loiras, desporto na televisão e música rock, se for caso disso. O O'Neill's Irish Pub é um clássico de Cascais que serve cerveja, muita cerveja – em garrafa ou em torneira, a escolha é muita – além de um sem fim de outras opções que descem igualmente bem pela garganta.

Publicidade
3
The Couch
©Francisco Santos
Bares, Bares para ver desporto

The Couch

icon-location-pin Cais do Sodré

Onde antes habitavam os discos, vivem agora os jogos, cervejas e televisões para não perder pitada do que se passa no mundo desportivo. O bar conta com 32 ecrãs, 2 led walls e mais de 3000 canais. Há também petiscos e entradas para dividir, e há muitos nerds desportivos.

4
Trobadores
©Arlindo Camacho
Bares

Trobadores

icon-location-pin Grande Lisboa

É uma espécie de memória de uma Lisboa medieval enterrada pelo terramoto de 1755. Entrar no Trobadores é abraçar a boémia da Idade Média representada durante todo o ano nesta taverna na Baixa Pombalina, decorada a preceito e onde é possível beber cerveja de um corno ou vinho quente nos dias que pedem mais aconchego. Se tiver sorte pode ser que apanhe um amimado concerto de música folk.

Publicidade
5
Delirium Café
©Arlindo Camacho
Bares, Bares

Delirium Café

icon-location-pin Chiado

Em Lisboa — e por muito que se esforce — vai ser difícil encontrar um sítio com tanta oferta de cerveja. Há 25 torneiras, a maioria de cerveja belga. Quem dá nome à casa é a marca Delirium, conhecida pelo elefante cor-de-rosa no rótulo e que tem franchisings em vários lugares.

6
O'Gilins Irish Pub
©DR
Bares

O'Gilins Irish Pub

icon-location-pin Cais do Sodré

Estabeleceu-se em Lisboa em 1995 e é gerido por um irlandês de seu nome Conor Gillen. Entre o velho e o novo — as instalações foram recentemente remodeladas —, o pub/bar desportivo irlandês do Cais do Sodré é também conhecido por dar muita música ao vivo aos clientes. Fique atento à agenda.

Publicidade
7
Birtish bar
Fotografia: Inês Calado Rosa
Bares, Pubs

British Bar

icon-location-pin Cais do Sodré

Inspirado nos concorridos pubs britânicos, foi fundado em 1919, tornando-se mais tarde ponto de encontro de artistas, entre eles José Cardoso Pires que o lembra em 1997 no seu livro Lisboa, Livro de Bordo. O bar, que também serviu de cenário para o premiado filme A Cidade Branca (1983) de Alan Tanner — sobre um marinheiro que desembarca em Lisboa — distingue-se pelo relógio do século XIX cujos ponteiros giram ao contrário e pela cerveja de gengibre de produção própria.

8
21 Brewpub Gallas
Duarte Drago
Bares, Gastropubs

21 Brewpub Gallas

icon-location-pin Beato

Quando Gustavo Gallas conheceu Vinicius Praça, um fã de cerveja artesanal que se mudou do Rio do Janeiro para Lisboa, foi o momento ideal para abrirem o 21 Brewpub Gallas e para Gustavo pôr em prática as suas capacidades culinárias. A estrutura do gastrobar permite 15 torneiras de cerveja, mas por enquanto têm sete.

Publicidade
9
Cheers Pub & Disco
Fotografia: Ana Luzia
Noite, Bares abertos de madrugada

Cheers Pub & Disco

icon-location-pin Bairro Alto

Jorge Pereira tentou entrar no Frágil duas vezes nos anos 80, mas foi sempre barrado à porta. “Não é que viesse mal vestido, mas não fazia parte da nata de Lisboa.” Ironia do destino, agora é um dos dois sócios responsáveis pela nova vida da mítica discoteca lisboeta, um pub e discoteca com imperial a 3€, canecas de cerveja a 5€ e cocktails a 9€.

10
Hennessy's Irish Pub
Fotografia: Francisco Santos
Noite

Hennessy's Irish Pub

icon-location-pin Cais do Sodré

Torneiras sempre limpas, cerveja à temperatura certa, e partidas quentíssimas no ecrã. Nem um trevo de quatro folhas traria tanta sorte. Se tudo o resto falhar, pode sempre contar com um respeitado irlandês no Cais do Sodré.

Publicidade
11
Pub Lisboeta
©Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Pub Lisboeta

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

É um twist nacional do conceito de pub mas as cervejas estão lá, assim como a tequilla ou o whiskey. O Pub Lisboeta é pequeno, sim, com horário alargado, e revela os devidos traços alfacinhas (dificilmente um pub irlandês terá um neón no seu interior a dizer "Lucília"). Não estranhe se vir um amontoado de gente à porta, seja ao final da tarde, para um copo depois do trabalho ou quando a noite já for longa. 

12
Duque brew pub
Fotografia: Arlindo Camacho
Bares, Cervejaria artesanal

Duque Brewpub

icon-location-pin Chiado

O Duque Brewpub é uma espécie de quartel-general da cerveja artesanal portuguesa, que corre pelas torneiras e monopoliza os frigoríficos. Há 12 cervejas diferentes à pressão e em rotação constante, incluindo algumas produzidas in loco, e dezenas de garrafas por onde escolher. Além disso têm umas coisas para petiscar, incluindo uma tosta épica, a Batalha.

Publicidade
13
The George pub
©DR
Bares

The George

icon-location-pin Baixa Pombalina

O pub na Baixa, conhecido pelos ovos Benedict, pode não ser a melhor escolha para jantar, mas é um bom sítio para beber copos com amigos e colegas ao fim do dia, principalmente quando há futebol na televisão. Encha o copo, cante duas ou três cantigas e brinde sem medos.

14
Chimera Brewpub
©DR
Bares, Pubs

Quimera Brewpub

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Um túnel que no século XVIII servia de passagem da Cavalaria Real para o Palácio das Necessidades é desde a Primavera de 2016 o Quimera Brewpub, um bar/restaurante com cervejas artesanais e sandes inspiradas nos delis de Nova Iorque. Em tempos foi o wine bar, agora, o néctar dos deuses passou a ser a cerveja, com half pints e pints de cerveja artesanal escolhidas a dedo e uma vasta selecção de cervejas locais, da Passarola à Musa.

Mais bares em Lisboa

21 Brewpub Gallas
Duarte Drago
Restaurantes

Os melhores gastropubs em Lisboa

Estes sítios não são restaurantes para chegar, olhar para o menu com atenção e comer entradas, pratos principais e sobremesas, mas também não são só bares para beber um copo (ou vários) e ter de pensar onde e o que é que vai comer a seguir. Andámos pela cidade à procura de sítios que encaixam neste conceito híbrido de gastropub, agora em expansão. Todos têm muitas bebidas, da cerveja artesanal portuguesa aos cocktails e dezenas de referências de vinho, mas também boa comida, que vai além da finger food. 

Mostrar mais
Publicidade