Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores pubs em Lisboa

Os melhores pubs em Lisboa

A nacionalidade tanto faz. Nos melhores pubs em Lisboa o que interessa é a cerveja, e aqui é certo que não falta.

Por Tiago Neto |
Publicidade
Hennessy's Irish Pub
©Francisco Santos Hennessy's Irish Pub

Segundo dados do site Beer and Pub — da British Beer and Pub Association — o número de pubs por terras de Sua Majestade está em queda. Em 2017 existiam 48,350 espaços assinalados. Em contraste, no ano de 2000, a contagem fixava-se nos 60,800. Mas nem tudo são más notícias e, como é sabido, a perda de uns é o ganho de outros. Levando a máxima à letra, Lisboa tem visto nascer alguns desses pedaços da cultura britânica ao longo dos anos. E ainda que o rótulo de moda possa estar distante, os balcões vão-se enchendo, os copos de Guiness vão-se bebendo e o palco para jogos de futebol e música ao vivo é cada vez mais apetecível. Entre, sente-se, peça uma pint bem medida e agradeça-nos depois por lhe mostrarmos os melhores pubs em Lisboa.

Recomendado: Os novos bares em Lisboa que tem de conhecer

Os melhores pubs em Lisboa

1
Irish & Co. Parque das Nações
©DR
Restaurantes, Global

Irish & Co. Parque das Nações

Parque das Nações

Cervejas Guiness e Kilkenny, espaço em abundância, perto do Tejo e com uma boa selecção de petiscos. No Irish & Co. do Parque das Nações tem tudo o que precisa para fazer uma paragem, seja ela para antecipar um concerto na Altice Arena, para deitar o olho numa jogatana da Champions ou para repor energia depois de um passeio beira-rio. 

2
O'Neill's Irish Pub
©DR
Bares

O'Neill's Irish Pub

Cascais

Um irish pub é sempre um irish pub. Querem-se canecas intermináveis, pretas e loiras, desporto na televisão e música rock, se for caso disso. O O'Neill's Irish Pub é um clássico de Cascais que serve cerveja, muita cerveja – em garrafa ou em torneira, a escolha é muita – além de um sem fim de outras opções que descem igualmente bem pela garganta.

Publicidade
3
The Couch
©Francisco Santos
Bares, Bares para ver desporto

The Couch

Cais do Sodré

Onde antes habitavam os discos, vivem agora os jogos, cervejas e televisões para não perder pitada do que se passa no mundo desportivo. O bar conta com 32 ecrãs, 2 led walls e mais de 3000 canais. Há também petiscos e entradas para dividir, e há muitos nerds desportivos.

4
Trobadores
©Arlindo Camacho
Bares

Trobadores

Grande Lisboa

É uma espécie de memória de uma Lisboa medieval enterrada pelo terramoto de 1755. Entrar no Trobadores é abraçar a boémia da Idade Média representada durante todo o ano nesta taverna na Baixa Pombalina, decorada a preceito e onde é possível beber cerveja de um corno ou vinho quente nos dias que pedem mais aconchego. Se tiver sorte pode ser que apanhe um amimado concerto de música folk.

Publicidade
5
Delirium Café
©Arlindo Camacho
Bares, Bares

Delirium Café

Chiado

Em Lisboa — e por muito que se esforce — vai ser difícil encontrar um sítio com tanta oferta de cerveja. Há 25 torneiras, a maioria de cerveja belga. Quem dá nome à casa é a marca Delirium, conhecida pelo elefante cor-de-rosa no rótulo e que tem franchisings em vários lugares.

6
O'Gilins Irish Pub
©DR
Bares

O'Gilins Irish Pub

Cais do Sodré

Estabeleceu-se em Lisboa em 1995 e é gerido por um irlandês de seu nome Conor Gillen. Entre o velho e o novo — as instalações foram recentemente remodeladas —, o pub/bar desportivo irlandês do Cais do Sodré é também conhecido por dar muita música ao vivo aos clientes. Fique atento à agenda.

Publicidade
7
Birtish bar
Fotografia: Inês Calado Rosa
Bares, Pubs

British Bar

Cais do Sodré

Inspirado nos concorridos pubs britânicos, foi fundado em 1919, tornando-se mais tarde ponto de encontro de artistas, entre eles José Cardoso Pires que o lembra em 1997 no seu livro Lisboa, Livro de Bordo. O bar, que também serviu de cenário para o premiado filme A Cidade Branca (1983) de Alan Tanner — sobre um marinheiro que desembarca em Lisboa — distingue-se pelo relógio do século XIX cujos ponteiros giram ao contrário e pela cerveja de gengibre de produção própria.

8
21 Brewpub Gallas
Duarte Drago
Bares, Gastropubs

21 Brewpub Gallas

Beato

Quando Gustavo Gallas conheceu Vinicius Praça, um fã de cerveja artesanal que se mudou do Rio do Janeiro para Lisboa, foi o momento ideal para abrirem o 21 Brewpub Gallas e para Gustavo pôr em prática as suas capacidades culinárias. A estrutura do gastrobar permite 15 torneiras de cerveja, mas por enquanto têm sete.

Publicidade
9
Cheers Pub & Disco
Fotografia: Ana Luzia
Noite, Bares abertos de madrugada

Cheers Pub & Disco

Bairro Alto

Jorge Pereira tentou entrar no Frágil duas vezes nos anos 80, mas foi sempre barrado à porta. “Não é que viesse mal vestido, mas não fazia parte da nata de Lisboa.” Ironia do destino, agora é um dos dois sócios responsáveis pela nova vida da mítica discoteca lisboeta, um pub e discoteca com imperial a 3€, canecas de cerveja a 5€ e cocktails a 9€.

10
Hennessy's Irish Pub
Fotografia: Francisco Santos
Noite

Hennessy's Irish Pub

Cais do Sodré

Torneiras sempre limpas, cerveja à temperatura certa, e partidas quentíssimas no ecrã. Nem um trevo de quatro folhas traria tanta sorte. Se tudo o resto falhar, pode sempre contar com um respeitado irlandês no Cais do Sodré.

Publicidade
11
Pub Lisboeta
©Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Pub Lisboeta

Chiado/Cais do Sodré

É um twist nacional do conceito de pub mas as cervejas estão lá, assim como a tequilla ou o whiskey. O Pub Lisboeta é pequeno, sim, com horário alargado, e revela os devidos traços alfacinhas (dificilmente um pub irlandês terá um neón no seu interior a dizer "Lucília"). Não estranhe se vir um amontoado de gente à porta, seja ao final da tarde, para um copo depois do trabalho ou quando a noite já for longa. 

12
Duque brew pub
Fotografia: Arlindo Camacho
Bares, Cervejaria artesanal

Duque Brewpub

Chiado

O Duque Brewpub é uma espécie de quartel-general da cerveja artesanal portuguesa, que corre pelas torneiras e monopoliza os frigoríficos. Há 12 cervejas diferentes à pressão e em rotação constante, incluindo algumas produzidas in loco, e dezenas de garrafas por onde escolher. Além disso têm umas coisas para petiscar, incluindo uma tosta épica, a Batalha.

Publicidade
13
The George pub
©DR
Bares

The George

Baixa Pombalina

O pub na Baixa, conhecido pelos ovos Benedict, pode não ser a melhor escolha para jantar, mas é um bom sítio para beber copos com amigos e colegas ao fim do dia, principalmente quando há futebol na televisão. Encha o copo, cante duas ou três cantigas e brinde sem medos.

14
Chimera Brewpub
©DR
Bares, Pubs

Quimera Brewpub

Estrela/Lapa/Santos

Um túnel que no século XVIII servia de passagem da Cavalaria Real para o Palácio das Necessidades é desde a Primavera de 2016 o Quimera Brewpub, um bar/restaurante com cervejas artesanais e sandes inspiradas nos delis de Nova Iorque. Em tempos foi o wine bar, agora, o néctar dos deuses passou a ser a cerveja, com half pints e pints de cerveja artesanal escolhidas a dedo e uma vasta selecção de cervejas locais, da Passarola à Musa.

Mais bares em Lisboa

21 Brewpub Gallas
Duarte Drago
Restaurantes

Os melhores gastropubs em Lisboa

Estes sítios não são restaurantes para chegar, olhar para o menu com atenção e comer entradas, pratos principais e sobremesas, mas também não são só bares para beber um copo (ou vários) e ter de pensar onde e o que é que vai comer a seguir. Andámos pela cidade à procura de sítios que encaixam neste conceito híbrido de gastropub, agora em expansão. Todos têm muitas bebidas, da cerveja artesanal portuguesa aos cocktails e dezenas de referências de vinho, mas também boa comida, que vai além da finger food. 

Mostrar mais

You may also like

    Publicidade