Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Restaurantes para ver a bola em Lisboa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Adega da Tia Matilde
Adega da Tia Matilde

Restaurantes para ver a bola em Lisboa

Entrámos no campeonato da gastronomia e escolhemos os melhores restaurantes para ver futebol.

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Sítios acessíveis e mesas mais dispendiosas – mas sempre com a certeza de que todos os elementos que alinham nas respectivas ementas destes restaurantes em Lisboa nos vão deixar de barriga cheia. Dos pratos de conforto absoluto ou aqueles petiscos não menos gratificantes, dos pratos de pica-pau aos típicos prego com batatas fritas às sempre reconfortantes e práticas pizzas. Escolhemos os restaurantes equipados a preceito, restaurantes tradicionais castiços engalanados com cachecóis, camisolas e memórias de saudosos craques, ou novos titulares indiscutíveis com vistas incríveis para a cidade. Bom jogo e bom proveito.

Recomendado: Os melhores sítios para ver a bola em Lisboa

Restaurantes para ver futebol em Lisboa: os mais castiços

Adega da Tia Matilde - Cabrito
Adega da Tia Matilde - Cabrito
Fotografia: Ana Luzia

Adega da Tia Matilde

Restaurantes Português São Sebastião

A canja de pato, a mioleira de cabrito com ovos, o lombo pata negra, o arroz de garoupa, o bacalhau assado na brasa ou remates não menos certeiros como o cabrito e o pato dourado no forno. No meio destes clássicos, não fique perturbado se nem se lembrar que a sua equipa está a dar tudo em campo para matar a fome de golos.

Restaurante Sete Mares - Sala
Restaurante Sete Mares - Sala
Fotografia: Manuel Manso

Sete Mares

Restaurantes Sete Rios/Praça de Espanha

Falando de lendas, há mais marés que marinheiros, a não ser que tenham sido panteras negras. Tal qual Pessoa tem lugar para a posteridade no histórico Martinho da Arcada, também por aqui encontra um mausoléu dedicado ao outrora cliente assíduo e poeta dos relvados Eusébio. O Sete Mares é opção a considerar para ver a bola, e digamos que o leitão, o arroz de marisco, ou o cabrito no forno não devem ficar de castigo no balneário, perdão, na cozinha.

Publicidade
Tasca do Gordo
Tasca do Gordo
Fotografia: Arlindo Camacho

Tasca do Gordo

Restaurantes Português Belém

A sua equipa está a fazer das tripas coração para levar de vencida o adversário? Muito bem, e você têm-nas no prato. Cristiano está para as bicicletas acrobáticas como a Tasca do Gordo está para a dobrada, prato que o levará a malhar forte e feio na bicicleta do ginásio. O suculento plano de engorda faz-se em contexto de futebol, como não podia deixar de ser, com direito a cachecóis, camisolas e outros amuletos incontestáveis em seu redor.

Restaurante, Sala, Tasquinha do Lagarto
Restaurante, Sala, Tasquinha do Lagarto
© Arlindo Camacho

Tasquinha do Lagarto

Restaurantes Português Campolide

É um porto seguro para adeptos e simpatizantes do Sporting, nos bons e nos maus momentos, mas acolhe com a mesma generosidade outros credos do relvado. Neste pouso em Campolide, conseguir mesa pode dar tanta luta como terminar 34 jornadas em primeiro lugar. Peixe ou carne, confie na cozinha tradicional portuguesa.

Publicidade

Petisqueira Matateu

Restaurantes Português Belém

Oportunidade para evocar um histórico dos azuis e brancos do Restelo e para desfrutar da esplanada em pleno estádio da casa de Os Belenenses. Motivo redobrado para aparecer em dia de jogo, enquanto petisca pica-pau de picanha, bulharacos de alheira, peixinhos da horta ou ovos com cogumelos e parmesão, numa lista bem recheada. Mas o melhor é ir lá assistir a este jogo. Sendo ou não adepto da equipa anfitriã.

O Velho Farelo

Restaurantes Oeiras

Se o céu é azul, o tecto pode ser de todas as cores. Um manto de cachecóis forra este destino em Carnaxide, a servir grelhados desde 1966, ano de épico Mundial, sem grandes invenções na lista, para quem também não aprecia grandes invenções em campo, daquelas que saem caro.

Publicidade
O reserva
O reserva
©DR

O Reserva

Restaurantes Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Tem um balcão que homenageia esta longa tradição lisboeta, cachecóis, camisolas de várias equipas, candeeiros em forma de bola de futebol e todos os pormenores que um bom adepto tem direito. Considere-se por isso convocado para jogar com a carta deste restaurante do Rato que se identifica com o "suplente que salta do banco e surpreende tudo e todos com o golo da jornada".

Restaurante Sem Palavras - Balcão
Restaurante Sem Palavras - Balcão
Fotografia: Ana Luzia

Sem Palavras

Restaurantes Alvalade

É no Mercado de Alvalade Norte que deve procurar por outro incontornável, bom para petiscos e cervejas, ou açordas, bifes e outros ex-líbris de uma pequena cervejaria que não é cheia de nove horas.

Publicidade

A Mourisca

Restaurantes Português São Vicente 

Cachecol? Leve. Camisola do clube do coração? Claro. Máscara? Não pode faltar. Cerveja, tremoços, aquele prego para comer enquanto discute com a malta à volta? Também tem. Por entre petiscos, marisco e pratos pesados, a Mourisca é um palco perfeito para quando estiver pelo bairro da Graça em modo jogo.

Os nossos titulares indiscutíveis

Doca de Santo
Doca de Santo
Manuel Manso

Doca de Santo

Restaurantes Alcântara

As Docas são sempre local de romaria quando falamos de ver a bola, até porque o clássico Irish&Co está ali mesmo ao lado. Mas há outro espaço que tem uma esplanada agradável para ficar a ver os jogos e é perfeito para ir em família, até porque tem uma zona de infantil bem grande: a Doca de Santo. Tem mais de 22 anos, mas a nova gestão, feita pelo grupo Capricciosa, resolveu renovar a decoração e a carta com a expertise do grupo José Avillez, um dos accionistas. Além de novos pratos internacionais, como ceviches, tártaros, boas chamuças e caris, há risoto de cogumelos e o bife à Doca de Santo de sempre.

café império
café império
Fotografia: Arlindo Camacho

Café Império

Restaurantes Intendente

Ideal para quem tem miopia, o Café Império costuma projectar os jogos importantes num ecrã de cinema. Aqui não terá problemas em ver a relva em todo o seu esplendor e ninguém deverá pôr-se à sua frente em nenhuma jogada. A menos que o empregado venha à mesa interromper o jogo para lhe trazer um bife à Império, da vazia ou do lombo.

Publicidade
O Filho do Menino Júlio dos Caracois
O Filho do Menino Júlio dos Caracois
©DR

O Filho do Menino Júlio dos Caracóis

Restaurantes Cervejarias Marvila

Vasco Rodrigues, o filho do menino Júlio, ficou a tomar conta desta casa que serve pratos e pires de caracóis com muita saída e também caracoletas assadas. O Filho do Menino Júlio dos Caracóis tem já perto de 400 lugares, portanto é bom sítio para picar enquanto grita golo. Além do petisco rastejante, a ementa tem bife aguilho, a outra especialidade da casa, e um
pica-pau misto com molho especial da casa.

Delícia de Arroios

Restaurantes Português Lisboa

Se gosta de acompanhar a angústia de adepto com pratos de encher o olho, é para aqui que se deve virar. O espaço é pequeno, mas o cozido à portuguesa, o bacalhau à minhota e o polvo à lagareiro são grandes. Bom para travar o sofrimento em caso de derrota. Com 15€ faz a festa.

Publicidade
Peixinhos da horta do Páteo do Petisco
Peixinhos da horta do Páteo do Petisco
Fotografia: Arlindo Camacho

Páteo do Petisco

Restaurantes Petiscos Cascais

Este pátio é referência em Cascais para petiscar comida tradicional portuguesa. Croquetes de alheira, amêijoas, moelas, ovos com farinheira, ovos com espargos, peixinhos da horta. Se nos dias de jogo estiver cheio e demasiado barulhento, corra para o Páteo do Guincho, do mesmo grupo, no Clube D. Carlos, ao lado do parque de campismo. 

A Carpintaria
A Carpintaria
Fotografia: Manuel Manso

A Carpintaria

Restaurantes Italiano Cais do Sodré

A carpintaria do Cais do Sodré tem espaço para levar três equipas de futebol inteiras lá para dentro. Têm música ao vivo com palco a sério e tudo, mas em dias de competição, se tudo correr bem, é música é a dos golos. Serve-se aqui comida italiana, das pizzas de massa fina e estaladiça às massas e risotos. 

Publicidade

Taberna Ibérica

Restaurantes Espanhol Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A Taberna Ibérica fica junto à Praça da Alegria e são muitas as emoções que aqui se costumam viver, especialimente aqueles que estiverem a seguir o jogo num dos vários ecrãs à disposição. Mais do que uns bons ovos rotos, montaditos variados, tortilhas e pescados, é um espaço que garante o conforto na hora de ver os jogos. Esqueça os cachecóis da Selecção espanhola e encoste-se enquanto bebe umas cañas.

A Padaria do Povo
A Padaria do Povo
© Ana Luzia

A Padaria do Povo

Noite Lisboa

Em dias de jogo, este espaço de Campo de Ourique, cheio de petiscos portugueses, é uma boa aposta. Tem um terraço perfeito para servir refeições com o distanciamento social adequado e bebidas a preços convidativos para ir ficando no after-jogo. Servem almoços e jantares e a meio da tarde estão abertos para beber qualquer coisinha. Garanta o seu lugar com uma reserva. 

Mais mesas em Lisboa

JNcQUOI Avenida
Manuel Manso

22 novas esplanadas em Lisboa para desconfinar e arejar

Restaurantes

É uma tradição bem portuguesa, esta de rumar à esplanada assim que os casacos começam a ficar para trás. Talvez até antes disso, porque neste jardim à beira-mar plantado tudo serve de desculpa para fazer fotossíntese. Com isto em mente, quisemos trazer-lhe a papinha toda, dizer-lhe onde é que a pode fazer sem passar fome e sede. A lista que se segue é um apanhado das últimas novidades e de outras que ainda não perderam o cheiro a novo. Tudo o que tem de fazer é sair, com todos os cuidados que os novos tempos impõem, consultar este guia e aproveitar estas 22 novas esplanadas em Lisboa.

Quiosque São Paulo
Duarte Drago

As novas sandes em Lisboa que tem de provar

Restaurantes

A primeira trinca numa sanduíche bem recheada pode ser o início de uma relação feliz, que é como quem diz, uma refeição leve, prática e saciante. Entre estas duas fatias não vai encontrar a básica de queijo ou de fiambre (que safam sempre e das quais também somos fãs). Vai encontrar carne para dar sustento e lembrar o antigamente, com a Miomba do Quiosque São Paulo, uma sandes que mais parece um hambúrguer, com o pão brioche e uma altura considerável, e a puxar a happy hour em pleno Bairro Alto; opções vegetarianas compostas ou uma surpreendente com muxama algarvia, numa casa que se dedica a este grande género de petisco. Prove estas novas sandes em Lisboa na esplanada ou siga caminho para a praia (bem acondicionado, é farnel à prova de calor e areia). 

Publicidade
Restaurante, O Velho Eurico, Comida
©Manuel Manso

Os melhores restaurantes de petiscos em Lisboa

Restaurantes

Este é o roteiro perfeito para quem não é egoísta à mesa e gosta de partilhar – agora, mais do que nunca, com as devidas cautelas. Para almoçaradas de amigos, finais da tarde depois da praia, para melhorar dias de chuva, para lanches ajantarados ou até para jantares fora de horas. A arte de picar é bem típica portuguesa e calha bem a qualquer hora do dia ou qualquer refeição. Descubra aqui os melhores restaurantes de petiscos em Lisboa, peça uma série de pratinhos em vez de um prato principal só para si e partilhe sem vergonha.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade