O Largo Rafael Bordalo Pinheiro à lupa

Se o Largo do Carmo ou o Chiado têm demasiado movimento turístico, experimente este largo pequeno mas com muito que se lhe diga
vihls no honorato chiado
©DR Honorato Chiado
Por Catarina Moura |
Publicidade

Chiado ou Terraços do Carmo? A este dilema pondere juntar um terceiro argumento: o Largo Rafael Bordalo Pinheiro. A entrada mais nobre para o Teatro da Trindade não é só um sítio de passagem: come-se o que vem da Ásia e o que vem do mar, dá-se um olhinho nas tendências e ainda se desenha um "amor de mãe" no braço. E perde para o Chiado em turistas por metro quadrado.

O Largo Rafael Bordalo Pinheiro à lupa

ofício
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Europeu

Ofício

icon-location-pin Chiado

O osso do chambão servido no novo restaurante do Chiado é tão grande que quem come a carne – um belo naco para quatro a cinco pessoas e que se desfaz na boca, macia e bem temperada – pede para levar para casa. É um dos ossos do Ofício, o projecto do actor Pedro Teixeira com Diogo Figueiredo, Pedro Pereira, Felipe Cholas e João Fernandes. O foco do restaurante são, então, as boas carnes, todas com osso. É com essa particularidade que o Ofício se quer diferenciar das restantes steakhouses da cidade. 

Boa Bao
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Asiático contemporâneo

Boa Bao

icon-location-pin Chiado

Há sempre histórias que começam com três indivíduos de nacionalidades diferentes a entrarem num bar. E foi mais ou menos isso que aconteceu. Um americano, uma holandesa e um belga entraram num espaço devoluto no Chiado e perceberam que o queriam transformar num restaurante asiático, com comida típica desse continente. “Viemos para Portugal por várias razões, mas uma das mais evidentes é porque os portugueses têm uma grande cultura gastronómica, são curiosos e aventureiros”, conta Gregg Hupert, norte-americano e um dos sócios, juntamente com a mulher Nathalie, holandesa, e Chris Gielen, o chef belga que leva para os seus pratos influências dos países por onde passou. “Temos um orgulho muito grande em mostrar o melhor da cozinha tailandesa, vietnamita, laosiana, cambojana, malaia, coreana, japonesa e chinesa neste espaço”, acrescenta Gregg. 

Publicidade
Honorato - Hamburguer Falcão
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Hambúrgueres

Honorato

icon-location-pin Chiado

Quando em 2015 já toda a gente conhecia os hambúrgueres Honorato de trás para a frente, uma das hamburgerias mais conhecidas da cidade surpreendeu ao abrir no Chiado e ter lá dentro uma parede do Vhils, aka Alexandre Farto. Além de arte urbana da mais popular que pode haver, o espaço do Chiado tem um bar de gins e mais de 50 cervejas artesanais de vários pontos da Europa.

+ Vhils em Lisboa: o roteiro perfeito

+ Os melhores hambúrgueres em Lisboa

The Sandeman
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

The Sandeman Chiado

icon-location-pin Chiado

Como diz o slogan, é o sítio onde o vinho do Porto e a comida se encontram. A começar logo pelas tábuas de queijo ou mistas, naturalmente, e a continuar em direcção a outras mais originais, como as de rosbife e queijo São Jorge. Mas nem só de petisquinhos se acompanha um Porto e aqui há lombos de novilho, bacalhau assado e pregos – é só uma amostra do que pode comer dentro ou na esplanada deste restaurante que também está em Gaia e no Douro.

Publicidade
Aqui há peixe
©Francisco Santos
Restaurantes

Aqui Há Peixe

icon-location-pin Chiado

Exactamente, foi isso mesmo que aqui veio fazer: cheirar, ver, comer peixe. Ou marisco. Nada no nome impede de haver outros bichos à mesa que não os que vêm do mar, e portanto também se arranja uma picanha ou um bife do lombo à portuguesa. Fora isto é mar adentro: há cataplanas, grelhados, carabineiro à Miguel, bacalhau assado com batata a murro e cebola confitada. E não é alto mar, é à saída do Largo Rafael Bordalo Pinheiro.

A Time Out diz
soul mood, carmo, chiado
©Francisco Santos
Compras

Soul Mood

O espaço é tão minimalista quanto as peças de roupa feminina que aqui se compram. Os cabides estão presos ao tecto por correntes e mostram peças de designers internacionais como Sarah Pacini, Hannes Roether ou Lurdes Bergada ao mesmo tempo que se pode dar uma espreitadela nas jóias de Valentim Quaresma e outras de materiais como botões, cordões ou fitas de tecido.

Publicidade
nood
©DR
Restaurantes

Nood

icon-location-pin Chiado

É japonês de fusão, classifica o Nood a sua própria comida. Neste espaço de boa vista para a rua servem-se teppans, ramens, combinados de sushi, pratos de arroz ou de massa. A experiência pode assemelhar-se à de estar num restaurante de fast food, com as mesas corridas e os individuais de papel a marcarem o lugar de cada um – a alternativa é a esplanada, de costas para o Teatro da Trindade. Em noites especiais até lhe dão um DJ a pôr música.

sande café royale
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Cafés

Royale Café

icon-location-pin Chiado

Dolores Lopes, a chef, emprata tudo com cuidado na cozinha envidraçada com vista para a sala. O Café Royale nasceu no Largo Bordalo Pinheiro em 2006 e desde então põe nas mesas sandes e hambúrgueres portentosos, pratos do Médio Oriente e remata tudo com sobremesas royale – e não estamos a falar de gelatinas. Não se esqueça que ao domingo há brunch.

+ As melhores sandes em Lisboa

A Time Out diz
Publicidade
La Parisienne - Sala
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Francês

La Parisienne Bistrot Français

icon-location-pin Chiado

É um dos restaurantes mais bonitos da cidade. Lá dentro, sob arcadas de pedra centenárias, Olivier, o dono, faz questão que tudo seja o mais fiel possível à ideia de um bistrot francês. Desde a música aos empregados de mesa, passando, claro, pela comida. As receitas são todas de elevada qualidade, mas entre as nossas favoritas estão os ovos cocotte, o confit de pato, a soup a l'oignon e o foie gras. Não saia sem beber um copo de champanhe ou comer o mítico crème brûlée.

+ Este é um dos melhores restaurantes franceses em Lisboa. Descubra os outros

Gardenia
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Gardenia For Men

icon-location-pin Chiado

O nome Gardenia chegou em 1988 ao Chiado e foi por ali que cresceu. Hoje tem marcas como a Cubanas, Fly London, Xuz ou Ugg e põe tudo o que a homens diz respeito na loja do Largo Rafael Bordalo Pinheiro, num espaço com uma identidade própria. Ir às compras em Lisboa e não espreitar este ícone do consumo na cidade nem é bem ir às compras.

+ Outras lojas para homem em Lisboa

Mostrar mais

Descobrir Lisboa

mercearia do poço dos negros
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

O triângulo do Poço dos Negros é cool e nós dizemos porquê

As ruas do Poço dos Negros, de São Bento e das Gaivotas constituem um dos bairros mais cool do mundo, escreveu a Lonely Planet na sua edição de Agosto. Reunimos as recomendações da Lonely Planet e juntamos-lhes as novidades que este ano chegaram ao bairro.

Publicidade
Tap Room Dois Corvos
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Roteiro perfeito em Marvila

Até há pouco tempo, era o ponto cardeal mais desprezado de Lisboa, mas, lentamente, começa a ganhar vida e pontos de interesse. Eis mais de 20 desculpas para rumar ao bairro da moda e descobrir Marvila.    Recomendado: Roteiro de arte urbana por Lisboa

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com