Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Preguiça de ler? Estas nove séries baseadas em livros dão uma ajuda
Mundos Paralelos
His Dark Materials

Preguiça de ler? Estas nove séries baseadas em livros dão uma ajuda

Ponha-se confortável e faça prospecção literária através destas séries baseadas em livros. Depois, com tempo, confirme se a adaptação televisiva faz jus à obra original.

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

Será a série tão boa como o original? Veja estas séries baseadas em livros e depois faça o favor de os ler ou reler. O objectivo é descobrir se cada adaptação televisiva está ao nível da literatura que lhe serviu de ponto de partida. Entre o “mais fiel é impossível” e o “por que é que estas pessoas ainda não se beijaram?”, passando por o “isto assim, na verdade, tem muito mais graça”, prometemos que há opções para todos os gostos. Só tem de se sentar no sofá, apoderar-se do comando e escolher uma destas nove propostas. Divirta-se.

Recomendado: Pronto para uma maratona de leitura? Espreite estas sagas literárias

Uma foto da Time Out Magazine

A Time In Portugal já está disponível

Pode ler a última edição no conforto do seu sofá

Ler a revista

Séries baseadas em livros

1

Gossip Girl (2007-2012)

Disponível para binge-watching na Netflix, esta popular série americana, composta por seis temporadas, é baseada na série homónima de Cecily von Ziegesar, que acompanha as vidas de jovens estudantes das escolas de elite no Upper East Side de Manhattan, em Nova Iorque. Tal como na obra original, a trama foca-se sobretudo nas melhores-amigas Blair Waldorf (Leighton Meester) e Serena van der Woodsen (Blake Lively). A história é narrada por Gossip Girl (voz por Kristen Bell), responsável por um blogue onde são revelados todos os escândalos das personagens.

2

Outlander (2014- )

Nesta série adaptada dos romances de Diana Gabaldon, para ver na Netflix (ou no AXN White, onde estreou recentemente), o timing é tudo. Ou não falássemos nós de uma história de amor separada por dois séculos. Claire Randall, uma enfermeira do exército inglês, vivia em 1945 quando foi subitamente transportada para o ano de 1743, onde conheceu Jamie Fraser por quem eventualmente se apaixona. Mas, apesar de se confrontar com um período histórico conturbado, numa Escócia dominada por guerras de clãs, Claire não esqueceu Frank, o seu noivo, que deixou no século XX, em pleno desespero.

Publicidade
3

The Leftovers (2014-2017)

Premiada com um Peadbody, esta série de três temporadas foi criada por Damon Lindelof e Tom Perrota para a HBO e é baseada no romance homónimo de Perrota, que narra a vida na Terra depois da “Partida Repentina”, durante a qual desapareceram 140 milhões de pessoas em simultâneo. Três anos depois desse evento, acompanhamos a tentativa da sociedade em tentar lidar com esta situação improvável e traumática, mostrando a vida daqueles que foram deixados para trás. A primeira temporada gira em torno de Kevin Garvey (Justin Theroux), pai de família e chefe de polícia de um pequeno subúrbio nova-iorquino (Mapleton), que se esforça para recuperar a sensação de normalidade diante de uma situação que parece impossível.

4

The 100 (2014-2020)

Para desgosto dos milhares de fãs do drama pós-apocalíptico de Kass Morgan, que estão à espera de uma certa revelação de carácter amoroso há seis temporadas, esta série da CW, disponível na Netflix, não é uma adaptação fiel. Mas é assumidamente baseada nos livros de ficção científica, cuja história é ambientada três gerações depois de um apocalipse termonuclear ter levado os únicos sobreviventes a viver numa colónia espacial composta por satélites reunidos em órbita ao redor da Terra. Entre os protagonistas destaca-se Clarke Griffin (Eliza Taylor), que faz parte dos 100 prisioneiros juvenis que, considerados dispensáveis, são enviados para Terra numa última tentativa de determinar a sua habitabilidade. A sétima e última temporada estreia ainda este mês.

Publicidade
5

Shadowhunters (2016-2019)

Esta produção original da Netflix, composta por quatro temporadas, adapta a série literária de fantasia urbana Os Instrumentos Mortais, de Cassandra Clare. A protagonista é Clay Fray, cuja vida sofre uma reviravolta quando descobre que é uma caçadora de sombras e faz parte de um mundo oculto prestes a entrar em guerra. Determinada a recuperar as suas memórias e a descobrir o que aconteceu à sua mãe desaparecida, a jovem terá de aprender a controlar os seus recém-descobertos poderes, ao mesmo tempo que ajuda a salvar a humanidade de ataques de demónios. 

6

13 Reason Why (2017-2020)

Baseada no livro homónimo de Jay Asher, esta série, lançada em 2017 pela Netflix, acompanha as supostas razões por que Hannah Baker (Katherine Langford) cometeu suicídio. Apesar de haver diferenças, sobretudo no ritmo da narrativa e na existência de personagens adicionais, a trama apresentada no ecrã é bastante parecida com a da obra literária. O protagonista é um amigo de Hannah, Clay Jensen (Dylan Minnette), que escuta as cassetes deixadas pela jovem ao mesmo tempo que é confrontado com as situações que a levaram a tomar uma decisão tão drástica. A quarta e última temporada está prevista estrear ainda este Verão.

Publicidade
7

Ana com A (2017-2019)

Baseada no livro de 1908 Anne of Green Gables, de Lucy Maud Montgomery, conta a história da orfã Anne Shirley (Amybeth McNulty), que chega a Green Gables por engano quando, na verdade, os irmãos Matthew (R. H. Thomson) e Marilla Cuthbert (Geraldine James) aguardavam a chegada de um rapaz para os ajudar nas tarefas da quinta. Bastante mais obscura e intensa do que a obra original, a primeira temporada promete arrebatar o mais empedernido dos corações. São apenas três temporadas, mas os fãs já fizeram saber que não estão contentes com o cancelamento da produção através do hashtag #renewannewithane, que é uma tendência no Twitter.

8

Mundos Paralelos (2019- )

Baseada nos livros da trilogia homónima de Philip Pullman, esta série acompanha a vida de Lyra (Dafne Keen), uma miúda aparentemente normal, mas corajosa, que vive num mundo alternativo onde todos os humanos têm companheiros animais que são a manifestação da sua alma. A busca da protagonista por um amigo sequestrado leva à descoberta de uma conspiração que envolve crianças raptadas e torna-se numa missão para perceber o fenómeno chamado Dust. A primeira temporada estreou na HBO em 2019 e a segunda deve estrear ainda este ano.

Publicidade
9

Witcher (2019- )

Com base nos livros de culto do polaco Andrzej Sapkowski, esta série, que antes de chegar à Netflix fez sucesso como jogo de vídeo, conta a história de Geralt de Rivia (Henry Cavill), um solitário feiticeiro e caçador de monstros, que se vê forçado a juntar forças com a poderosa feiticeira Yennefer (Anya Chalotra) e a jovem princesa Cirilla (Freya Allan), guardiã de um importante segredo. Para os fãs mais acérrimos desta saga, a adaptação para o pequeno ecrã diverge ligeiramente da história dos livros, mas o autor, que é conhecido por não ser um grande entusiasta de tudo o que se tem feito com a sua história, disse à Wired que, “se a série for tão bonita como o trailer, teremos uma obra-prima”. 

Mais séries para ver

The Last Dance
©IMDB

As melhores séries do momento

Filmes

Com o aumento da concorrência, as plataformas de streaming parecem não querer deixar prisioneiros e cada nova aposta é um all in. E a qualidade do produto que nos vai chegando é o reflexo dessa ambição. Da dinastia dos Chicago Bulls às duas personalidades de Mark Ruffalo, o que não falta são boas razões para colar ao ecrã com as melhores séries do momento.

Sul (série)
RTP

Dez séries portuguesas para ver e recordar

Filmes

Longe vão os tempos em que a ficção na televisão nacional se resumia sobretudo às telenovelas. Nos últimos anos, a produção nacional de séries cresceu e provou que o formato pode funcionar. Mas também vale a pena voltar aos anos 1980 e recordar Duarte e Companhia – que está de volta ao pequeno ecrã, na RTP Memória.

Publicidade
Pan Am
Sony Pictures Television

Séries novas para ver nos canais abertos

Filmes

Há ainda muitas pessoas que não assinam a Netflix nem a HBO e não aderiram ao streaming nem subscrevem canais pagos, logo não têm acesso às séries que passam neles. Foi a pensar nelas que elaborámos esta selecção de séries que estrearam recentemente.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade