A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
As séries para ver em Maio de 2023
DR

‘Rabo de Peixe’, ‘Americano da China’ e mais nove séries para ver em Maio

A televisão não conhece limites. Entre a ficção do real e a fantasia, as melhores séries para ver em Maio vão dos Açores à mitologia chinesa.

Hugo Torres
Escrito por
Hugo Torres
Publicidade

O segundo “original” português da Netflix vai ser um sugadouro da nossa atenção. Felizmente, Rabo de Peixe só se estreia no final do mês e há muito para ver entretanto. White House Plumbers (HBO Max), Silo (Apple TV+) ou Atracção Fatal (SkyShowtime) são disso bom exemplo, embora o que esteja a deixar-nos com a pulga atrás da orelha seja Americano da China (Disney+), uma fantasia que junta as duas estrelas de Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo: Michelle Yeoh e Ke Huy Quan. E depois ainda vem The Gryphon (Prime Video). Estas são as séries para ver em Maio.

Recomendado: Onze minisséries da Netflix que vale a pena ver

Onze séries para ver em Maio

White House Plumbers

Depois de Gaslit, eis mais uma minissérie sobre os bastidores do escândalo de Watergate, feita por parte da equipa criativa de Veep. Desta feita, Howard Hunt é interpretado por Woody Harrelson, a mulher deste é Lena Headey (vocês sabem: “Shame! Shame! Shame!”) e Justin Theroux faz o tresloucado Gordon Liddy. A incompetência grassa, portanto haverá muita comédia inadvertida e confrangedora. Até porque isto é tudo real. Mais ou menos.

HBO Max. Estreia a 2 de Maio

Rainha Carlota: Uma História Bridgerton

Nova ficção ambientada no universo historicamente fantasioso da série Bridgerton. Conta a história de como o casamento da jovem rainha Charlotte com o rei George desencadeou tanto uma grande história de amor quanto uma mudança social, dando origem ao mundo da alta sociedade herdado pelas personagens de Bridgerton. Interpretações de India Amarteifio, Corey Mylchreest, Julie Andrews, Michelle Fairley e Ruth Gemmell.

Netflix. Estreia a 4 de Maio

Publicidade

The Ark

A nova série do SYFY prova que também há espaço fora do streaming. The Ark passa-se 100 anos no futuro, altura em que a humanidade procura novos planetas onde possa instalar colónias, longe de um moribundo planeta Terra. São lançadas várias “arcas” para o espaço tripuladas pelos melhores talentos da humanidade, mas numa delas há um evento catastrófico que põe em causa a missão. Uma produção de ficção científica que, apesar de não ter um elenco com nomes sonantes, tem como criador e argumentista Dean Devlin, produtor de filmes como Stargate ou Dia da Independência.

SyFy. Estreia a 8 de Maio

https://media.timeout.com/images/106091025/image.jpg
Renata Lima Lobo
Jornalista

Silo

Enquanto esperamos (sentados) por Master of The Air, o produtor e argumentista Graham Yost (que vem de The Americans, Sneaky Pete e Slow Horses) tem ficção científica para nos oferecer. É a adaptação dos livros de Hugh Howey sobre um futuro distópico em que uma comunidade sobrevive num silo gigante e está impedida de sair para o mundo exterior, em ruínas. Mas quem construiu esta estrutura e quais os seus verdadeiros motivos são perguntas inconvenientes. Com Rebecca Ferguson, Tim Robbins, Iain Glen e Will Patton.

Apple TV+. Estreia a 5 de Maio

Publicidade

Cara a Cara

Uma série de episódios curtos narrados em tempo real sobre uma psicóloga, Susanne Egholm (Trine Dyrholm, Um Caso Real), que está a investigar a morte da própria filha. Aos poucos, e com novas personagens a serem apresentadas em tensas sessões, o caso vai se deslindando neste thriller criminal nórdico cujo elenco conta também com Ulrich Thomsen (Shining Girls) e Søren Malling (Borgen). Vai na terceira temporada.

Filmin. Estreia a 9 de Maio (T3)

The Great

Catherine (Elle Fanning) começa a fazer-se notar como estadista fora das fronteiras russas, mas Peter (Nicholas Hoult) vive atormentado pelo fantasma do pai – o czar que ficou para a história como Pedro, o Grande –, que lhe diz não estar à altura do seu legado. A caça, os banquetes e a paternidade não serão, afinal, suficientes? Entretanto, inspirada pela visita de um embaixador americano, a mulher decide experimentar esse tal de parlamentarismo.

HBO Max. Estreia a 13 de Maio (T3)

Publicidade

Fear the Walking Dead

Dividida em duas partes de seis episódios cada, esta é a temporada final da série com que o universo ficcional de The Walking Dead começou a desdobrar-se, já nos idos de 2015. Morgan (Lennie James) e Madison (Kim Dickens) ainda não desistiram de resgatar Mo, apesar da esperança frustrada na temporada anterior. Disso depende o sonho de um mundo melhor. Uma coisa sabe-se de antemão: vem aí um salto temporal de sete anos.

AMC. Estreia a 15 de Maio (T8)

Atracção Fatal

Em 1987, a interpretação de Glenn Close em Atracção Fatal traumatizou meio mundo de homens. Pelo menos aqueles que consideravam dar facadinhas no matrimónio. Esta série adapta aos tempos modernos o thriller de Adrian Lyne que foi nomeado para seis Óscares. No papel de Alex, imortalizado por Close, veremos Lizzy Caplan (Fleishman em Apuros) e no de Dan, que era de Michael Douglas, teremos Joshua Jackson (Fringe).

SkyShowtime. Estreia a 22 de Maio

https://media.timeout.com/images/106091025/image.jpg
Renata Lima Lobo
Jornalista
Publicidade

Americano da China

Ainda na ressaca de Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo, Michelle Yeoh e Ke Huy Quan reúnem-se em novo elenco. Esta comédia de acção, baseada no romance gráfico de Gene Luen Yang, leva-nos ao encontro de um adolescente de ascendência asiática, nos EUA, cuja vida é importunada por um geniozinho chinês da matemática ao qual vai ter de servir de cicerone na escola. Mas essa será a sua porta de entrada para um outro mundo, mitológico e em polvorosa.

Disney+. Estreia a 24 de Maio

Rabo de Peixe

José Condessa, Helena Caldeira, Rodrigo Tomás, André Leitão e Kelly Bailey interpretam o grupo de amigos que encontra uma tonelada de cocaína na pobre comunidade de Rabo de Peixe, em São Miguel, e decide fazer negócio. Mas os donos do produto vão atrás deles. A polícia, também. Criada e escrita pelo açoriano Augusto Fraga, que partilha a realização com Patrícia Sequeira, a trama deste thriller bem-humorado é “muito livremente” inspirada num evento real. A série é o segundo original português da Netflix, depois de Glória (2021).

Netflix. Estreia a 26 de Maio

Publicidade

The Gryphon

Adaptação da saga literária com o mesmo título, obra de culto de Wolfgang Hohlbein com um lastro de quatro décadas, esta é a maior produção de fantasia alemã desde o saudoso História Interminável, de 1984. Nela, três forasteiros – Mark, Memo e Becky – chegam a um estranho mundo em que todas as criaturas vivas são aterrorizadas há séculos por um terrível monstro. E está nas mãos deste grupo de amigos pôr fim a este período de trevas. 

Amazon Prime Video. Estreia a 28 de Maio

Mais que ver

Publicidade
Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade