A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
páscoa ovinhos
Ilustração: Rui Pita

Programas para sobreviver às férias da Páscoa dentro de casa

Precisa de ideias para entreter os miúdos durante as férias da Páscoa? Temos algumas sugestões de coisas para fazer em casa.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Porquê gastar dinheiro em presentes, quando há tempo de sobra para os fazer lá de casa? Para quê comprar aguarelas se é tão fácil fazer tintas comestíveis – perfeitas para pequenos artistas despassarados? Se não tem ideia de como entreter os miúdos durante as férias da Páscoa, nada tema: temos várias sugestões de coisas para fazer sem sequer sair de casa. Agradeça a quem inventou os trabalhos manuais, porque não há melhor solução para a falta de planos do que pôr as mãos na massa em família. E não seja tão intransigente: deixe-os lá ver também um bocadinho de televisão. Só um bocadinho...

Recomendado: Tem uma receita especial de doces caseiros? Freguesia de Benfica lança concurso às famílias

Programas para sobreviver às férias da Páscoa dentro de casa

Descobrir novas séries infantis
©DR

1. Descobrir novas séries infantis

Passar os dias a olhar para a televisão? Era o que faltava! Mas um episódio por dia não sabe o bem que lhes fazia. Afinal, os mais novos também merecem descansar durante as férias enroscados no sofá de comando na mão. Entre as novidades de animação da Netflix está a primeira temporada de Waffles + Mochi, que promete várias peripécias enquanto os dois fantoches viajam pelo mundo para explorar as maravilhas da gastronomia. Destaque ainda para os filmes japoneses do Studio Ghibli: se os seus pequenos cineastas ainda não viram A Viagem de ChihiroA Princesa Mononoke e O Conto da Princesa Kaguya, eis a grande oportunidade. No concorrente serviço de streaming HBO, poderá juntar-se às aventuras científicas de Seth, um menino cogumelo que vive numa utopia pré-histórica, na cidade Fungie, em The Fungies. Os PJ Masks estão de volta ao Disney Júnior com novos episódios a repetir diariamente, às 15.45 e às 18.40. Não largue já o comando: o Panda estreou recentemente O Cão Adora Livros, para ver de segunda a sexta, às 09.15 e às 15.00, e aos fins-de-semana, às 08.15, 14.15 e 17.30.

Vestir o avental e cozinhar os presentes
©DR

2. Vestir o avental e cozinhar os presentes

Se as crianças não podem ir até à Academia Time Out, a Academia Time Out vai até às crianças. Toca a vestir o avental para confeccionar as verdadeiras cookies americanas que já passaram por algumas edições de Masterkids. São cinco passos simples para um presente que vai fazer um brilharete na Páscoa:

1) Bate-se 80 g de manteiga amolecida com 100 g de açúcar amarelo, até ficar cremoso.
2) Adiciona-se um ovo inteiro e bate-se novamente.
3) Intercala-se os 150 g de farinha com fermento com uma colher de chá de fermento, chocolate de culinária partido em cubos e amêndoas laminadas.
4) Não se esqueçam de guardar uma parte do chocolate e das amêndoas para a guarnição!
E 5) Façam bolinhas de massa e coloquem no forno a 200ºC com ventilação até ficarem douradas.

Publicidade
Ir de férias... para a varanda
Fotografia: Leon Liu/ Unsplash

3. Ir de férias... para a varanda

Não há orçamento para férias fora? Não é preciso desiludir os miúdos. Improvise uma tenda na varanda ou na sala com lençóis velhos e, por uma noite, deixe-os acampar longe da cama, com lanternas, livros e almofadas. Uma aventura de férias inesquecível. Quer melhor? Explore em família estas apps para descobrir o céu e fazer astroturismo em qualquer lugar.

Procurar ovos da Páscoa nos filmes da Disney
Disney+

4. Procurar ovos da Páscoa nos filmes da Disney

A expressão não tem significado em português, mas em inglês procurar os easter eggs num filme quer dizer tentar encontrar referências ou private jokes que os argumentistas incluem a pensar nos cinéfilos mais atentos. É uma boa forma de tornar uma sessão de cinema bem mais animada (e de prevenir que o adolescente da família não se sente no sofá a olhar para o telemóvel, porque já viu o filme “cinquenta mil vezes” e só está a “fazer-vos companhia”). Por isso, vá, tire lá da prateleira os filmes A Bela e o Monstro, Os 101 Dálmatas, A Pequena Sereia e Lilo & Stich ou faça mesmo uma maratona de filmes da Disney (dos melhores e dos piores).

Publicidade
Descobrir o maravilhoso mundo do DIY
DR

5. Descobrir o maravilhoso mundo do DIY

O site d'O Mundo de Sofia é um mundo onde não faltam ideias de DIY (a sigla para do it yourself, ou faça você mesmo). Mais do que ideias: há prints para os miúdos terem ainda mais ferramentas para brincar e passar o tempo, e uma loja online para transformar o quarto dos brinquedos numa verdadeira oficina de artes e ofícios. Se fizer uma busca por Páscoa, por exemplo, vai encontrar um cesto para a caça aos ovos e ideias de presentes como caixas de ovos com velas. Mas há mais: puzzles, brinquedos, máscaras, origami e jogos fáceis e divertidos, alguns até com vídeos com tutoriais para ajudar. E, se por acaso não chegar, temos mais ideias: brinquedos DIY e caixas com diferentes projectos DIY.

Pintar com tintas comestíveis
©Shayna Douglas/Unsplash

6. Pintar com tintas comestíveis

Sim, leu bem. Há tintas que os seus filhos podem comer sem correrem o risco de apanhar uma intoxicação. As maravilhosas mistelas que servem para pintar são feitas com corantes alimentares ou sumos de legumes (cenoura, espinafres, beterraba). Há inúmeros tutoriais sobre o tema, mas decore já esta receita: basta juntar corante alimentar, na cor que preferir, a iogurte natural, grego ou de Kefir. Só não se esqueça de forrar bem o chão com folhas de jornal antes de os pequenos Picassos darem largas à imaginação – e, se as houver por casa, umas batas vão dar muito jeito, a não ser que haja roupas velhas a precisar de uma corzinha.

Publicidade
Contar histórias com sombras chinesas
DR

7. Contar histórias com sombras chinesas

A técnica é ancestral, fonte de entretenimento tanto para crianças como para adultos e muito fácil de fazer em casa. Basta recortar meia dúzia de figuras em cartão, com contornos muito bem definidos para se perceber o que é: animal, pessoa ou cenário. Se não tiver muito jeito para desenhar, não se preocupe: mesmo que sejam construídas sem grande rigor vão parecer delicadas quando vistas em sombra. Depois, é só encostar as figuras a um pano grande e branco e fazer incidir um foco de luz contra as formas por detrás do pano. Muitos efeitos podem ser alcançados através da movimentação tanto dos bonecos quanto da fonte de luz. 

Fazer postais com materiais reciclados
Fotografia: Elena Mozhvilo

8. Fazer postais com materiais reciclados

Já (quase) ninguém escreve cartas a ninguém. É triste mas é verdade e a maioria dos miúdos nem sabe que em tempos idos este hábito existiu. Ajude-os a fazer um postal caseiro com um bocado de cartolina e materiais reciclados (papéis de rebuçados, palhinhas, tampas de garrafas de plástico, paus de gelado, papéis rabiscados). Se quiserem, até podem criar postais com efeitos em 3D (há muitos tutoriais onde pode aprender a fazer). Para finalizar, escrevam uma mensagem bonita a desejar uma Feliz Páscoa à família e aos amigos e depois é só ir com eles até à estação de correios mais próxima. Ah, e não se esqueça de dizer não à franquia e pedir selos a sério.

Publicidade
Transformar a roupa deles
Fotografia: Anna Sullivan

9. Transformar a roupa deles

As férias da Páscoa também são uma boa altura para dar a volta ao armário dos miúdos. Separar o que ainda serve do que já não está em condições nem para as aulas de Educação Física e aproveitar que o bom tempo vem aí para transformar uma t-shirt branca sensaborona numa peça cheia de estilo, com a ajuda de tintas, missangas, lãs, botões e velcros. Pode também usar o método ferro de engomar com uma t-shirt branca: imprime em papel de transferência, com o máximo de qualidade possível, um desenho feito pelos miúdos ou uma imagem a seu gosto; coloca um cartão dentro da t-shirt para a esticar bem esticada; e depois põe o papel de transferência em cima da t-shirt, com o desenho virado para baixo, e passa o ferro por cima. Como por magia, terá uma nova t-shirt, tão exclusiva quanto a sua imaginação. 

Guia para a Páscoa

  • Restaurantes

A tradição de oferecer ovos na Páscoa já é antiga mas o mundo mudou e, se no início dos tempos se limitava a oferecer ovos de galinha coloridos, agora as estrelas da Páscoa não servem só para estrelar. Pode manter a tradição e enfeitar a mesa mas também pode cair em tentação. Dos ovos de chocolate ocos que enchem as prateleiras dos supermercados nesta altura do ano aos bem recheados.

  • Restaurantes

Borrego, cabrito, ovos, amêndoas e outros docinhos típicos de várias zonas do país. Mesmo longe da família, cumprindo as normas de confinamento domiciliário, a equipa Time Out está fisgada em manter a tradição pascal e incentivá-lo a fazer o mesmo. Quando pusermos mãos à obra, vamos deixar pais, tios e avós orgulhosos – não se esqueça de ligar em videochamada (com estas apps faz a festa) para mostrar o resultado final e passar a consoada pascal em família. 

Publicidade
  • Restaurantes

Este pão enriquecido e doce cai bem no começo da Primavera – e não é por acaso. É o florescer da natureza. Em alguns acrescenta-se um ovo como resumo da fertilidade. Inspirados em diferentes exemplares de todo o país, recomendamos os folares que se compram por Lisboa para compor a mesa da Páscoa ou para oferecer como quem deseja abundância mas antes falámos com Cristina Castro, autora do livro A Doçaria Portuguesa - Norte, que nos explicou tudo sobre o doce tradicional da Páscoa.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade