Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Receitas de família para a Páscoa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

A Cozinha do Manel - Cabrito Assado
© João Saramago Cabrito assado d'A Cozinha do Manel

Receitas de família para a Páscoa

Este ano é para passar uma Santa Páscoa em casa, apenas com a família nuclear. Mas mantenha as tradições com estas receitas de família para a Páscoa.

Por Inês Garcia
Publicidade

Borrego, cabrito, ovos, amêndoas e outros docinhos típicos de várias zonas do país. Mesmo longe da família, cumprindo as normas de confinamento domiciliário, a equipa Time Out está fisgada em manter a tradição pascal e incentivá-lo a fazer o mesmo. Folheámos os livros de receitas antigos das nossas famílias para descobrir pratos caseiros para a Páscoa. Trate de pedir receitas ou siga as nossas à risca. Quando pusermos mãos à obra, vamos deixar pais, tios e avós orgulhosos – não se esqueça de ligar em videochamada (com estas apps faz a festa) para mostrar o resultado final e passar a consoada pascal em família. 

Recomendado: Seis ovos para oferecer nesta Páscoa



Receitas de família para a Páscoa

Amêndoas caramelizadas

Receita da avó do Sebastião Almeida (jornalista)

INGREDIENTES

- 250 g de amêndoa com pele
- 250 g de açúcar
- 2,5 dl de água

PREPARAÇÃO

1. Juntar os ingredientes e deixar ao lume até as amêndoas secarem a água.
2. Baixar o lume e mexer com uma colher até o açúcar ficar em caramelo. 
3. Retirar rapidamente do tacho e dispor as amêndoas num tabuleiro untado com óleo.
4. Esperar que arrefeça. Depois de frio, separar as amêndoas caramelizadas.

Ovos tingidos

Receita da mãe da Steffany Casanova (directora digital)

INGREDIENTES

- 4 ovos
- 2 cebolas normais ou roxas
- Vinagre q.b.
- Casca de beterraba
- Folhas de salsa

PREPARAÇÃO

1. Descascar duas cebolas, normais ou roxas, e colocar a
casca exterior num tacho médio com água.
2. Colocar os ovos no tacho e deixar ferver até ficarem
pintados.
3. Pode colocar-se vinagre para a cor ficar mais escura, ou
casca de beterraba.
4. Para criar mais enfeites, pegar numa folha de salsa,
encostar ao ovo e embrulhá-lo numa gaze antes de o
colocar em água a ferver, para ganhar o desenho da folha.

Publicidade

Sopa de fressura

Receita da mãe de Ruben Leitão (colaborador)

INGREDIENTES
- 500 g de fressura de borrego
- 150 g de cebola
- 3 dentes de alho
- 40 g de azeite
- 1 folha de louro
- 3 colheres de chá de cominhos
- 1 colher de sopa de colorau
- 2 colheres de sopa de vinagre
- 1 copo de vinho branco
- 1 colher de chá de massa de pimentão
- 1 ramo de salsa
- 1 molho de hortelã
- 500 g de pão duro
- 1 ou 2 laranjas (cortadas às rodelas)
- Sal q.b.
- Água

PREPARAÇÃO

1. Primeiro, lave as mãos, que ninguém gosta de sopa
de coronavírus. Depois, corte a fressura (fígado, rim,
coração, bofe) aos quadradinhos.
2. Faça um refogado com azeite, cebola picada, dentes de alho, louro, colorau, pimenta, cominhos, salsa, massa de pimentão e a fressura. Junte a água e o vinho branco.
3. Depois de cozinhado, tempere com o vinagre e a hortelã e deixe apurar.
4. Corte o pão às fatias e junte-lhe a hortelã fresca numa terrina.
5. De seguida, adicione a sopa.

No prato, sirva com uma ou duas rodelas de laranja
acabadas de cortar

Ensopado de borrego

Receita do sogro da Inês Garcia (editora)

INGREDIENTES

- 1 borrego de 1 kg
- 4 fatias de pancetta
- 2 cebolas médias
- 1 alho
- 1 molho de salsa
- 300 g de batatas
- Louro q.b.
- 1 limão
- 2 colheres de sopa de banha
- 1 colher de chá de colorau
- 2 colheres de sopa de azeite
- 1 tomate coração sem pele e grainha
- 5 cl de whiskey
- Hortelã e malagueta fresca a gosto

PREPARAÇÃO

1. Num tacho, juntar o azeite, a banha, a pancetta cortada em tiras, as folhas de louro e a cebola picadinha.
2. Quando a cebola começar a alourar, colocar o borrego para selar, junto com o colorau e o tomate.
3. Juntar água quente.
4. Acrescentar o ramo de salsa e a malagueta fresca, assim como a batata cortada em cubos. Ao fim de 10 minutos, colocar o sumo de um limão.
5. Quando o borrego estiver cozido, desligar o lume e juntar o whiskey. Pode acrescentar a hortelã no final.

Publicidade

Cabrito assado

Receita da sogra da Mariana Morais Pinheiro (directora editorial da Time Out Porto)

INGREDIENTES

- 1 cabrito
- 3 limões
- Alhos q.b.
- Colorau q.b.
- Sal q.b.
- Salsa q.b.
- Azeite q.b.
- Vinho branco q.b.
- Folhas de louro q.b.
- Alecrim q.b.
- Banha (opcional)

PREPARAÇÃO

1. Limpar o cabrito e deixá-lo, de um dia para o outro, em água e limão para que a carne perca o seu cheiro intenso.
2. No dia seguinte, escorra-o, seque-o com um pano e comece a preparar a marinada.
3. As medidas são a gosto, por isso, num copo junte alho, colorau (paprica ou pimentão doce), sal, salsa, azeite e vinho. Triture tudo, adicione alecrim e louro e barre a carne com a mistura.
4. No dia seguinte, antes de levar o cabrito ao forno, deite um pouco de banha (opcional) para ficar com mais molho e mais douradinho. Acompanhe com batata assada e arroz de miúdos. Se lhe quiser dar mais cor, junte uma colher de açafrão à calda.

Borrego com ervilhas

Receita do avô de Ruben Leitão (colaborador)

INGREDIENTES

- 750 g de peito de borrego
- 750 g de costeletas de borrego
- 1 kg de ervilhas
- 150 g de banha de porco
- 300 g de cebola (duas cebolas)
- 1 folha de louro
- 1 ramo de salsa
- Pimenta q.b.
- Sal q.b.
- Água

PREPARAÇÃO

1. Parta o borrego aos pedaços e limpe a carne.
2. Comece a fazer um refogado com a salsa, a cebola e a banha.
3. Pouco depois, junte a carne, temperada com sal e pimenta, e deixe a cozer.
4. Quando a carne estiver cozinhada, junte as ervilhas e deixe-as também cozer.

Nota: idealmente, depois de servido o prato, acompanhe com uma salada de alface, cortada muito fina e temperada com azeite, vinagre, sal e coentros.

Publicidade

Folar da Páscoa à moda de Olhão

Receita da avó do Sebastião Almeida (jornalista)

INGREDIENTES PARA A MASSA

- 1 kg de farinha
- 300 g de açúcar
- 6 ovos
- 250 g de margarina
- Sumo de três laranjas
- Uma saqueta de fermento

PREPARAÇÃO

1. Amassar tudo muito bem e deixar levedar durante uma hora.
2. Após levedar, estender a massa. Depois de estendida, juntar um pouco de margarina derretida.
3. De seguida, um pouco de açúcar e canela. Dividir a massa para três ou quatro folares.
4. Enrolar a massa como se fosse uma torta e, depois de enrolada, moldar em forma de caracol. A ponta é colocada por baixo do caracol.
5. Levar ao forno a cozer.

Folar de Vale de Ílhavo

Receita da avó da Renata Lima Lobo (jornalista)

INGREDIENTES

- 1 kg de farinha
- 400 g de açúcar
- 150 g de fermento de padeiro
- 5 ovos
- 2 colheres de sopa de manteiga
- 1 pitada de sal
- 1 pitada de canela

PREPARAÇÃO

1. Amassa-se tudo muito bem com as mãos e deixa-se descansar para levedar, durante cerca de uma hora (A avó Arminda metia a massa dentro de um alguidar com um paninho por cima, fica a dica).
2. Depois da massa já crescida para o dobro, dê-lhe a forma de um bolo e reserve uma parte da massa.
3. Se quiser colocar ovos por cima, estes cozem-se à parte com casca de cebola para ganharem uma tonalidade castanha escura.
4. Com a massa reservada fazem-se umas tiras para segurar os ovos que estão em cima do bolo.
5. Vai ao forno a 180º durante 45 minutos.

Publicidade

Bica de azeite

Receita da prima da Francisca Dias Real (jornalista)

INGREDIENTES

- 1 kg de farinha tipo 55 ou 65
- 500 ml de água
- 150 ml de azeite
- 2 ovos
- 1 colher de sopa de sal (8/10 g)
- 30/40 g de fermento de padeiro

PREPARAÇÃO

1. Começar por dissolver bem o sal e o fermento na água e, só depois, juntar o azeite, a farinha e os ovos, tudo ao mesmo tempo.
2. É hora de começar a bater a massa. Pode bater à mão ou com máquina. Deve bater-se e amassar bem até formar uma bola de massa fina (não muito solta).
3. Colocar a massa dentro de um recipiente, tapada com um pano, e deixar levedar por cerca de 45 minutos num sítio à temperatura ambiente, nunca muito frio, para deixar a massa crescer.
4. Ao fim desse tempo, deve tender-se bem a massa e deixá-la numa forma oval, já dentro do tabuleiro que irá ao forno, e fazer uma dobra no meio, como se fosse uma espécie de vala. Voltar a tapar com um pano e deixar levedar por mais uma hora.
5. Pincela-se a massa agora com azeite e vai ao forno a 180ºC cerca de 15 a 20 minutos, sempre controlando o crescimento da bica de azeite. No fim, fatiada ou cortada grosseiramente com as mãos, pode-se comer simples, com doce ou com uma bela dose de manteiga.

Tarte de amêndoa

Receita da mãe da Mariana Morais Pinheiro (directora editorial Time Out Porto)

INGREDIENTES PARA A MASSA

- 100 g de açúcar
- 100 g de manteiga derretida
- 4 colheres de sopa de leite
- 100 g de farinha
- 1 colher de chá de fermento
- 3 ovos

PREPARAÇÃO

1. Bate-se muito bem o açúcar com a manteiga, juntam-se as três gemas, o leite, a farinha e o fermento.
2. Depois de bem batido, adicionam-se as claras em castelo.
3. Leva-se o preparado ao forno numa forma de tarte, untada com manteiga e polvilhada com farinha.
Nota: logo que a massa é colocada no forno, comece a fazer a cobertura.

INGREDIENTES PARA A COBERTURA

- 100 g de açúcar
- 125 g de manteiga derretida
- 1/2 chávena de café de leite
- 150 g a 200 g de amêndoa aos palitos

PREPARAÇÃO

1. Primeiro coloca-se num tacho o açúcar e, logo de seguida, a manteiga e o leite.
2. Depois de ferver, deita-se a amêndoa e mexe-se durante três minutos, aproximadamente. 
3. Quando a massa estiver cozida (verificar com um palito), retira-se a forma do forno e deita-se sobre ela a cobertura.
4. Leve novamente ao forno até a amêndoa ficar tostada. Bom apetite.

Publicidade

Bolo de bolacha

Receita da avó da Inês Garcia (editora)

INGREDIENTES

- 250 g de bolachas Maria
- 3 ovos
- 250 g de manteiga Primor (se não for esta marca,
a avó Luísa diz que não fica bem)
- 250 g de açúcar
- 3 colheres de café moído para dissolver (ou duas
chávenas de café normal)
- Amêndoas, pinhões, fruta cristalizada q.b.

PREPARAÇÃO

1. Primeiro faz-se o creme, batendo a manteiga com o açúcar.
2. De seguida, pôr uma gema de cada vez.
3. Bater as claras em castelo.
4. Quando a mistura estiver bem batida, juntar as claras em castelo.
5. Dissolver o café em água a ferver (ou tirar um café normal na máquina). Tem de ficar bem forte.
6. Molhar as bolachas Maria no café, uma a uma, e começar a acamar numa forma, intercaladas, criando vários níveis, barrando-as com o creme de manteiga. Reservar o creme que sobrar.
7. Quando acabarem todas as bolachas, pôr papel vegetal a tapar e colocar um peso em cima da forma. Deixar repousar no frigorífico de um dia para o outro.
8. No dia seguinte, retirar da forma, e barrar topo e laterais com o restante creme de manteiga.
9. Enfeitar a gosto, com amêndoas, pinhões e fruta cristalizada.

Pão-de-ló da Páscoa (malcozido)

Receita da avó do Sebastião Almeida (jornalista)

INGREDIENTES

- 7 ovos
- 7 colheres de sopa de açúcar
- 3,5 dl de farinha
- 1 colher de café de fermento

PREPARAÇÃO

1. Bater as gemas com o açúcar até a massa dobrar (duplicar). Juntar as claras em castelo e, por fim, a farinha.
2. Levar ao forno a 180 ºC e deixar ficar mal cozido.

Páscoa em quarentena

butcher, talho, carne
Iñigo De la Maza/Unsplash

Carne em casa: descubra os talhos com entrega ao domicílio

Compras

A recomendação é que diminua o consumo de carne e de produtos processados. Mas, como tudo na vida, o que precisamos é de conta, peso e medida. E produtos de qualidade, cuja origem conhecemos. Face à pandemia, multiplicaram-se os serviços de entregas ao domicílio de frescos, do peixe ao pão de fermentação natural, ajudando não só a evitar saídas desnecessárias como a apoiar pequenos negócios locais, talhos que se pararem a actividade fecham as portas. Nesta lista encontra talhos de bairro ou de mercados municipais que estão a apostar tudo nas entregas, combatendo ajuntamentos, ou restaurantes que contactaram os produtores habituais para levar boa carne até si. Descubra talhos com entrega ao domicílio e aproveite o seu #timein. 

sardinha
©Peixaria Centenária

Peixe fresco em casa: descubra quem faz entregas ao domicílio

Compras

Quando não pode é quando mais apetece, não é verdade? É normal começar a ter aquelas ganas de comer peixinho fresco com vista para o mar, já a querer chamar o Verão que continua a parecer cada vez mais distante. A opção mais viável agora será chegar-se à grelha e aos tachos e armar-se em chef para cozinhar o peixinho em casa. Se a corrida aos frescos não está fácil nas grandes superfícies e já não consegue apanhar o robalo ou a dourada do mar para fazer figura no jantar lá de casa, saiba que pode ter peixe fresco em casa com algumas peixarias e mercados que, mesmo em tempos de Covid-19, fazem entregas ao domicílio.  

Publicidade
Crush donuts
©Inês Félix

As melhores sobremesas ao domicílio

Restaurantes

Se a sua veia de pasteleiro ainda não veio ao de cima e não se dedicou a fazer bolos, brownies, pudins e bolachinhas, tome atenção. Mandar vir comida, ainda para mais sobremesas, pode ser uma arte — mas aqui sem um pingo de chatices, apenas muito açúcar à mistura. Se está a precisar de sugestões para rematar uma refeição, ou quiçá satisfazer um daqueles desejos irreprimíveis de um doce, espreite esta lista. Vai encontrar dónutes gulosos, gelados de bola ou pauzinho, ovos moles, especialidades italianas ou um singelo pain au chocolat. É só escolher uma destas sobremesas ao domicílio. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade