0 Gostar
Guardar

Vamos (todos) almoçar fora

A Time Out diz-lhe quais os melhores restaurantes para uma refeição em família sem que os miúdos se aborreçam

Fotografia: Ana Luzia
A minicasa Canelinha, no Pau de Canela

Não se preocupe se o restaurante tem ou não menu infantil – isso é só um pormenor e os miúdos nem sequer vão aguentar muito tempo sentados. Se quer comer fora, sem confusões, faça como nós; procure outros pontos de interesse e tenha em conta a facilidade de manter as pestinhas debaixo de olho.

Para brincar

Canelinha

Canelinha

Aos sábados, domingos e feriados, o brunch anima o restaurante Pão de Canela. Mas é ao lado, na porta 38, que os miúdos encontram a maior rambóia: na minicasa onde o espaço Canelinha vive, há actividades para os mais novos brincarem – e os pais arrastarem a refeição descansados na esplanada. Pinturas. colagens, histórias ou tricot, tudo é supervisionado por uma babysitter. Cá fora, eles podem imitar os crescidos e sentar-se na sua própria esplanada: as mesas e cadeiras são tamanho XXS onde podem saborear um menu de miniaturas.

Praça das Flores, 38, São Bento. 21 397 2220. Fins-de-semana e feriados (ou por reserva), 10.00-18.00. 

Doca de Santo

Doca de Santo

Para quem não abre mão disso, aqui há menu infantil, à medida das preferências dos mais novos, com hambúrguer ou salsicha, batatas fritas e gelados da vizinha Artisani (que os pais também vão gostar). Mas a grande mais-valia do espaço é o parque infantil, vedado, que fica no exterior, e é ideal para miúdos mais crescidos, já com autonomia para poderem sair da mesa e ir lá para fora brincar. Uma alternativa intemporal para almoços que se prolongam depois do café com conversas que só interessam aos pais – os miúdos, esses, nem dão pelo tempo passar.

Doca de Santo Amaro, Alcântara, 21 396 3535. Seg-Qui 09.00-0.00. Sex-Sáb 09.00-02.00.

Cafetaria Village

Cafetaria Village

É permitido trazer bicicletas ou trotinetes e ninguém vai implicar com os miúdos que decidirem jogar à bola entre os contentores coloridos. Uma vez satisfeita a curiosidade inicial – a cafetaria está instalada num antigo autocarro de dois andares – os pais podem instalar-se na esplanada a ver os filhos brincar. Há por ali um insuflável, um baloiço e está prevista uma cama de rede. Para comer, além do prato do dia, existe sempre uma opção mais infantil como massa à bolonhesa ou croquetes. Feiras com bancas de street food também acontecem com regularidade, a chamar toda a família. Até os cães são bem-vindos, desde que tragam trela.

Village Underground, Museu da Carris, Rua 1º de Maio,103, Alcântara. 91 111 5533. Todos os dias 12.00-18.00. Sábado, até às 19.00. (No Verão, encerra às 20.00).

Para explorar

Esplanada da Mata

Esplanada da Mata

O parque infantil fica logo ali ao lado, para matar os tempos mortos de espera e o momento do café. Sentados na esplanada, os pais conseguem controlar as brincadeiras sem perder os miúdos de vista – e também não têm de se preocupar com o trânsito, que passa longe dali. A Esplanada da Mata fica no Parque José Gomes Ferreira e entre o arvoredo há espaço de sobra para correr e jogar à bola. Para comer, há tostas XL em pão alentejano – 11 opções, em bom rigor, da carne assada com cheddar e mostarda ao bacon com queijo gouda. Os sumos naturais ajudam a compensar o valor nutricional da refeição, mas, se essa é uma preocupação mesmo a sério, o melhor é não pedir a sobremesa da casa. A taça de gelado é gigante – para partilhar – e traz toppings como gomas e bolachas. Não resistiram? Então peguem nas bicicletas e explorem o circuito do parque em família. Se os miúdos são do estilo mais paradote, a esplanada tem livros para ler e colorir.

Avenida Almirante Gago Coutinho, Alvalade. 92 592 8638. Seg-Sex 12.00-20.00, Sáb-Dom 10.00-22.00. (No Verão, até às 00.00).

Restaurante Monteiro-Mor Museu Nacional do Traje

Restaurante Monteiro-Mor Museu Nacional do Traje

Vale a pena escolher uma das mesinhas de madeira à volta do lago, na esplanada do restaurante que ocupa o pavilhão neogótico do palácio do Museu Nacional do Traje. No Monteiro-Mor não há menu infantil, não há baloiços nem há brinquedos. Mas a lista de pratos tradicionais portugueses antecipa decisões pacíficas e os miúdos vão gostar do cenário – e agradecer a oportunidade de poder saltar no terraço ajardinado, entre as árvores, a seguir a comer. O espaço tem vista sobre o Parque Botânico Monteiro-Mor e eles vão adorar conhecer as mais de 250 espécies botânicas que ali vivem – são onze hectares de terreno, atravessados por uma ribeira, que estão mesmo a pedir brincadeira. Pensou que era só um almocinho? O melhor é reservar a tarde inteira.

Largo Júlio de Castilho. 92 445 0786. Qua-Dom 12.30-18.00, Ter 12.30-18.00.

Alfacinha de gema

Alfacinha de gema

Está preparado para negociar? É que se optarem pelo Alfacinha de Gema, os mais pequenos vão insistir (como só eles sabem) em comer um hambúrguer ou um crepe sentados em banquinhos de tronco de árvore. E também vão achar que todo aquele espaço à volta dá para correr entre garfadas. Vai chegar uma altura em que nem os brinquedos e legos que ali estão vão chegar para os segurar. Porque do outro lado do parque há muito para explorar: caminhos arborizados, escorregas, baloiços e uma aranha para trepar. Os mais velhos podem ir sozinhos. Com os mais novos, o truque é, lá está, negociar: ir juntos, antes ou no fim da refeição.

Parque Bensaúde, Rua Maestro Jaime Silva, São Domingos de Benfica, 96 716 8283.Todos os dias, 10.00-18.30 (no Verão, encerra às 20.00).

Para saborear

Pizzaria Luzzo

Pizzaria Luzzo

Se a parte mais difícil é tirá-los de casa, esta é a sugestão ideal. Os miúdos são doidos por pizzas e os pais também não dizem que não à massa fina e à combinação irresistível de cogumelos portobello com tiras de bacon crocante e ananás caramelizado. E depois há pormenores que podem fazer a diferença para os arrancar do sofá: na Pizzaria Luzzo não há menus em papel. Os pedidos são registados num tablet, onde os mais novos podem tocar. Se ficarem desiludidos por não poder jogar a seguir, não se preocupe que a birra não dura muito. Só tem de os deixar levantar da mesa para ir para o pátio interior. É lá que está uma casinha com um fogão, bonecas, ferramentas e muitas coisas para brincar.

Rua de Santa Marta, 37 e 37 A. 21 357 0518/96 899 7826. Todos os dias, 12.00-15.00/19.30-23.00.

PSI

PSI

Podia estar na categoria “para brincar”: o jardim convida a explorações e há um parque infantil no exterior novinho em folha, mesmo à frente da tenda envidraçada. Também podia estar entre os espaços “para experimentar”: a menos que a alimentação vegetariana seja a regra lá por casa, aderir aos verdes por um dia pode ser uma aventura. Por que escolhemos então juntar o Psi aos restaurantes “para saborear”? Por pura infantilidade. Sabemos que os rotis de queijo sabem a pizza e que é muito fácil fingir que os hambúrgueres não têm só vegetais.

Alameda Sto. António dos Capuchos, Estefânia, 21 359 0573. Seg-Sáb 12.30-00.00 (a cozinha encerra às 22.30).

B' Perfect Burgers

Há dias em que apetece fazer-lhes a vontade logo à primeira: “Vamos todos comer um hambúrguer?” é uma proposta vencedora, que acaba com qualquer birra. Neste caso, é só ter força para fazer valer a ideia de que abdicar do brinde no menu vale a pena (boa sorte, para esta parte). Afinal, existem outras coisas boas na vida – como uma bola de gelado de baba de camelo ou tempo e espaço para correrias ao ar livre em dias de sol. O B'Perfect Burgers da Rua Brás Pacheco tem uma esplanada com vista para o relvado do jardim da Praça de Londres – que permite que os pais não tenham de se levantar de cinco em cinco minutos para intervir nas brincadeiras.

Rua Brás Pacheco, 2-C. 21 848 0287. Ter-Dom 12.00-16.00 e 18.00-23.00.

Ler mais
Avenidas Novas

Comentários

0 comments