Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As melhores roulottes em Lisboa

As melhores roulottes em Lisboa

São cinco da manhã quando está a voltar para casa e a fome aperta? Estas são as melhores roulottes em Lisboa

Zé das Bifanas
©Manuel Manso Zé das Bifanas
Publicidade

De Pedrouços até Sacavém, passando pela Pontinha e Santa Apolónia, encontram-se algumas das melhores roulottes de comida rápida em Lisboa. Independentemente da estação, estão abertas toda a noite e prestam uma espécie de serviço público desde pelo menos os anos 90. E continuam aí para as curvas em 2019. Porque, mesmo que quase todos reconheçam que o sector já conheceu melhores dias, há sempre pessoas com vontade de comer um cachorro ou uma bifana às cinco da manhã – e estes restaurantes sobre rodas são os únicos que as podem ajudar. 

Recomendado: As melhores carrinhas de street food em Lisboa

As melhores roulottes em Lisboa

Barriga a dar Horas
©Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Barriga a Dar Horas

icon-location-pin Grande Lisboa

Chama-se Barriga a Dar Horas, mas a maioria dos clientes conhece-a apenas como “a roulotte do Lux”, por estar estacionada a poucos metros da discoteca de Santa Apolónia. O nome de baptismo está lá escrito, inclusivamente no menu, ainda que a maior parte dos fregueses nunca tenha reparado – àquelas horas, naquele estado, é difícil reparar no que quer que seja.
É importante sublinhar isto porque, apesar
do nome que os clientes lhe deram, a Barriga
a Dar Horas tem uma vida para além do Lux e está aberta todos os dias até às seis da manhã. Mas quem lá trabalha percebe o porquê de ter ganho aquele segundo nome: os dias em que o Lux está aberto são aqueles em que mais gente lá vai comer hambúrgueres, cachorros e outras sandes. Além de carne e peixe têm opções vegetarianas e os preços da comida vão do 1,60€ aos 7€. Também servem bebidas.

Avenida Infante Dom Henrique (Santa Apolónia). Seg-Dom 22.00-06.00.

Parybeb
©Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Parybeb

icon-location-pin Grande Lisboa

É provável que este nome (mais uma vez) não diga nada aos leitores, mas isso não quer dizer que nunca tenham ido ou pelo menos ouvido falar nesta roulotte, estacionada ao lado das bombas da Galp no cruzamento
 da Avenida dos Estados Unidos da América com a Almirante Gago Coutinho – sabemos que não é exactamente um cruzamento porque a Estados Unidos da América começa na Gago Coutinho, mas adiante. Luís Ferreira, um dos funcionários, não sabe exactamente há quanto tempo estão ali, mas fala em “perto de dez anos”. Todos os dias, das dez às seis, ele e/ou outro senhor estão
 lá a dar de comer e beber a quem trabalha e vive na noite. O que sai mais são as bifanas (3€), mas há outras opções.

Rua Quinta da Noiva (Areeiro). Seg-Dom 22.00-06.00.

Publicidade
Roulotte do Tizé
©Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Roulotte do Tizé

icon-location-pin Grande Lisboa

A roulotte do Tizé não é como as outras. Parece quase um restaurante de fast food, com mesas 
e cadeiras, televisões de ecrã plano, um balcão de costas viradas para a cozinha em vez de estar colado à roulotte, um sistema de pré-pagamento, elementos decorativos que lembram um diner americano e meia dúzia de trabalhadores a dar no duro, incluindo o patrão José Antunes, 72 anos. Trabalhou na indústria farmacêutica, até ao dia em que "a firma onde trabalhava despediu 98% do pessoal" e decidiu abrir o seu próprio negócio de comes e bebes, uma paixão antiga. Inaugurou em 1995 e desde então esteve estacionado em vários lugares, até que, nos anos zero, se instalou na actual morada, na Rua Cidade de Goa, em Moscavide. Desde então, ainda não parou de crescer. Já tem planos para o futuro próximo, como a instalação de uma jukebox, mas não se quer ficar por aqui. “Até à rotunda ainda tenho muito espaço para crescer”, afiança. Diz que vende mais comida do que bebida, e quando lhe perguntamos qual é o prato que mais sai começa por falar no hamburgão (5,5€, com alface, tomate, cebola, fiambre, queijo bacon e ovo), mas acaba por enumerar quase todo o menu: “Bifana especial, cachorrão, pita shoarma, kebab, batata belga. Mas o hamburgão é mesmo a estrela.”


Rua da Cidade de Goa, 11 (Moscavide). Seg-Qui 20.00-05.00, Sex-Sáb 20.00-06.00.

Rolote Dos Putos
©Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Rolote Dos Putos

icon-location-pin Grande Lisboa

Tiago Sá ainda era um puto quando começou a trabalhar na Rolote Dos Putos (sim, só com “o”, nada de francesismos), no Lumiar. “Comecei a vir quando estava na escola, para ajudar a minha velha”, diz. Hoje tem 38 anos e é ele quem está à frente deste “negócio de família”, de janelas abertas desde 1993. Normalmente quem o acompanha atrás do balcão é a mulher, mas na noite em que a Time Out passa por lá está sozinho. Mal nos apresentamos responde com um “hoje não tenho muito tempo para falar”. Mesmo assim, enquanto vai batendo e temperando bifes, cozinhando e servindo copos, faz um esforço para trocar uns dedos de conversa connosco e com 
os clientes, que para ele são o mais importante. “Temos uma clientela muito certa, por isso todas as noites são boas”, diz, orgulhoso. Não sabe se serve mais comes ou bebes – “depende da noite”
– mas tem a certeza de qual é o prato que sai mais: “É a bifana [3€ ou 3,5€ pela especial, com queijo, fiambre, bacon, cebola e batata]. Mas é tudo bom”.

Mercado do Lumiar, parque de estacionamento. Seg-Dom. 22.00- 06.00.

Publicidade
Roulotte da Xuxú
©Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Roulotte da Xuxú

icon-location-pin Grande Lisboa

A Xuxú que dá o nome a esta roulotte é a dona, Natália de seu nome, à frente do negócio há coisa de dez anos, mas quem nos recebe é Pedro Simões, o marido, que trabalhava como talhante antes
 de se juntar à esposa a tempo inteiro. “Dantes estávamos do lado de lá da Carris, mas há um ano e meio passámos para este lado”, conta. Mudaram por causa da vizinhança, que se queixava do barulho, para um sítio mais recatado. E, segundo ele, ainda bem. “Do lado de lá houve tiros, facadas, de tudo um bocadinho. Mas desde que estamos aqui não há nada disso. Nada de confusões.” É que agora quem vai lá são sobretudo os clientes mais fiéis, que os conhecem e gostam do serviço. Pedro reconhece que o negócio já esteve melhor, mas continua com movimento. Durante o fim-de-semana, vendem 200 hambúrgueres (3-5€) por noite, mais coisa menos coisa. Bifanas (3-4,50€) são mais 50 ou 60, e além disso há baguetes, cachorros e sandes de couratos. “Temos sempre carne à maneira”, diz. “A qualidade é essencial, porque as pessoas sabem o que é bom.”

Estrada da Pontinha (Carnide). Seg-Qui 22.00-03.00, Sex-Sáb 22.00-06.00.

Zé das Bifanas
©Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Zé das Bifanas

icon-location-pin Grande Lisboa

José Gomes tem 55 anos, mas há três anos que é mais conhecido como o Zé das Bifanas. Foi assim que baptizou a sua primeira roulotte, estacionada a uns metros do McDonald’s do Restelo. Entretanto abriu uma segunda, junto ao Hospital São Francisco Xavier, e também costuma estar à porta dos estádios de futebol nos dias dos jogos. Nestes três anos, viu e ouviu muita coisa. Um cliente interrompe a conversa. Diz que ele e os funcionários “são como psicólogos, ouvem a gente”. E, como um psicólogo, ele recusa-se a quebrar o sigilo e a contar as histórias e os episódios a que assistiu nestes anos. Ainda assim, não se coíbe de partilhar o segredo do sucesso neste negócio: “O mais importante é saber ouvir e saber servir. É tudo fresco, bom produto.” Os preços das bifanas, cachorros, hambúrgueres e sandes de courato começam nos 3€ e vão aumentando à medida que se adicionam ingredientes (queijo, bacon, alface, cenoura, batata, ovo, o costume); uma imperial custa 1€.

Avenida Dr. Mário Moutinho (Restelo). Seg-Sáb 21.30-05.00.
Estrada do Forte do Alto do Duque (Restelo). Seg-Sáb 16.30-02.00.

Comer bem em Lisboa

Lambrettazzurra - Baronissi
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Italiano

As melhores pizzas em Lisboa

Com a pizza não se brinca. Este trabalho é muito sério, do momento em que se atira a massa ao ar à altura em que se escolhe que fatia comer. Metemos as mãos na massa e chegamos a um número redondo, como a maioria destas pizza: estas são 15 melhores pizzas em Lisboa. Recomendado: As melhores pizzarias em Lisboa

Butchers - Maminha Black Angus
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Os melhores restaurantes de carne em Lisboa

A salivar por um bom bife? Já tínhamos desmistificado a carne maturada e mostrado os melhores sítios para a comer, mas estava a faltar uma lista essencial dos melhores restaurantes de carne em Lisboa. Carnívoros da cidade: este roteiro é para vocês.  Recomendado: os melhores hambúrgueres em Lisboa

Publicidade
Groundburguer - Hamburguer
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Os melhores restaurantes de comfort food em Lisboa

Há dias em que não há salada, prato com nome francês ou comidinha da avó que nos valha. Deprimido, ressacado ou só a precisar de repor os níveis de gordura no organismo? Então dispense as grandes redes de restaurntes de fast food e rume a um destes cinco restaurantes de comfort food para devorar hambúrgueres, salsichas e batatas fritas. No final da refeição, o mundo vai parecer-lhe um lugar muito melhor. 

Publicidade