Maria Granel
©Maria GranelMaria Granel

As melhores lojas para comprar a granel em Lisboa

Encha a despensa com produtos biológicos. Neste roteiro, encontre mercearias e mercados onde embalagens só mesmo as que trouxer de casa.

Publicidade

Grão a grão é realmente possível fazer a diferença no que toca à sustentabilidade. Para isso, basta tornarmo-nos adeptos de compras a granel. Feijão, quinoa, arroz, nozes, tremoços, infusões e até detergentes de limpeza, os dispensadores destas lojas estão carregados e prontos a abastecer a despensa lá de casa. 

Só em Lisboa, há mais de 50 sítios de venda de produtos a granel. O levantamento das lojas de todo o país está no site agranel.pt, criado por Ana Martins e pelos membros do grupo Lixo Zero Portugal. Pode pesquisar por distrito, concelho ou produto e se vir que lá falta alguma, é só avisar que acrescentam à base de dados. Damos-lhe a seguir uma versão resumida dessa lista e de alguns dos sítios onde pode ser amigo do ambiente. Comprar a granel em Lisboa está a ficar cada vez mais fácil. 

Recomendado: Os melhores restaurantes vegetarianos em Lisboa

As melhores lojas para comprar a granel em Lisboa

  • Campo de Ourique

O Celeiro é o clássico das lojas biológicas e assume-se como a grande superfície que levou o biológico a toda a cidade. Entre lojas de centro comercial e lojas de rua, contam-se mais de 20 espaços. Além de produtos alimentares, entre os quais encontra vários que pode comprar a granel, a loja também vende suplementos alimentares e produtos de cosmética.  

  • Mercearias finas
  • Chiado/Cais do Sodré

É metade cafetaria, metade mercearia, mas tudo biológico. O maior fornecedor de produtos frescos é a Horta
do Adão, mas também tem muitas coisas da Biofrade.
Nas prateleiras há granolas (produzidas pela loja), produtos da Iswari ou da Origens bio; barrinhas energéticas da Roobar ou da Raw Bite e uma garrafeira completamente biológica e portuguesa.

 

Publicidade
  • Compras
  • Supermercados
  • Avenidas Novas

O primeiro supermercado Go Natural abriu em 2016 – a rede vai já em sete, com mais de quatro mil produtos, biológicos e saudáveis. Tem uma parte de mercearia a granel, com cereais
e leguminosas, outra de pães biológicos e opções sem glúten, talho e peixaria bio e sustentável, produtos de beleza naturais e produtos de limpeza ecológicos, incluindo detergentes a granel, e uma montra de "grab & go" com opções frias e quentes. 

  • Compras
  • Alvalade

Eunice Maia e Eduardo trataram de pôr tudo a ser vendido a peso, à antiga, em 2015, numa altura em que ainda ninguém falava em retomar este hábito antigo. Têm dois espaços, um em Alvalade, outro em Campo de Ourique, onde vendem de tudo: azeitonas, tremoços, feijão, grão, frutos secos, chás, infusões, mel, cereais de pequeno-almoço, arroz, gomas, especiarias, preparados de arroz, cogumelos, bem como produtos de higiene pessoal e detergentes naturais, também a granel. Pode levar o recipiente de casa ou usar os sacos de pano à venda na loja.

Publicidade

Mercados AgroBio

Os Mercados Agrobio são supervisionados pela Associação Portuguesa de Agricultura Biológica e reúnem semanalmente produtores de legumes, fruta, ovos, mel, vinho, azeite, queijos e outros produtos de origem biológica certificada. O objectivo é facilitar o acesso aos produtos de agricultura biológica a preços acessíveis e incentivar a produção e o consumo de produtos frescos e da época. Acontecem aos sábados de manhã, no Campo Pequeno, Parque das Nações, São Vicente, Lumiar, Almada, Cascais e Carcavelos.

  • Compras
  • Supermercados
  • São Sebastião

Ainda a moda do biológico não era moda e já Ângelo Rocha vendia fruta sem químicos, carne sem hormonas e outros produtos amigos da saúde e do planeta no Miosótis – o primeiro supermercado 100% biológico de Lisboa. Tem uma das melhores variedades de legumes, carne e peixe biológico. Em Lisboa, encontra duas lojas, no Lumiar e em São Sebastião, e ainda em Oeiras e em Cascais. Os espaços têm ainda uma parte de cafetaria, aberta de segunda a sábado, que inclui um serviço de takeaway.

Publicidade
  • Compras
  • Belém

A Bago estava prestes a fechar portas, quando quatro irmãs decidiram pegar no projecto. Tornaram-se a nova cara da mercearia biológica, propondo-se a mudar a sua vida, de quem as rodeia e dos clientes para uma vida mais sustentável e amiga do ambiente. Na loja, pode encontrar produtos ecológicos, biológicos, veganos, sem glúten e sem açúcar. Em prol do desperdício zero, não há plástico nem produtos de uso único, por isso é recomendado levar os próprios recipientes e sacos de pano. Se não conseguir passar lá, a Bago também tem loja online.

  • Compras
  • Mercearias
  • Lisboa

De forma discreta, nasceu em Lisboa a Rizoma, uma cooperativa que está a germinar em várias frentes e que começou com uma mercearia comunitária. A mercearia comunitária corresponde à “secção Consumo” da Rizoma, que também inclui secções de cultura, habitação, comercialização, agricultura e serviços. É exclusiva para membros, sendo que tem que escolher que secção pretende integrar. Na parte de mercearia, encontra 300 variedades de produtos a um preço justo, muitos regionais e sazonais, de produtores ecologicamente responsáveis. A Rizoma acolhe ainda workshops, eventos, como sessões de cinema, e também pode ser alugado como espaço de cowork.   

Lisboa verde

  • Compras

Para ser amigo do ambiente não basta reciclar, comprar local e optar por uma mobilidade mais sustentável. É importante olhar para os detalhes e para certos comportamentos nas nossas rotinas, como o simples acto de ir ao cabeleireiro. Em Lisboa, há cada vez mais salões que se definem como orgânicos e vegan. fenómeno que não se quer como uma moda, mas sim um caminho a seguir ruma à sobrevivência do planeta. Assim, sugerimos-lhe uma lista de cabeleireiros sustentáveis na cidade, onde só entram marcas vegan ou orgânicas. Estes passos reduzem a pegada ambiental pela redução de produtos tóxicos utilizados em lavagens, colorações e outros tratamentos ao cabelo.

Recomendado: Os melhores cabeleireiros em Lisboa

  • Compras
  • Estilo de vida

Estar atento à pegada ecológica e tornarmo-nos mais conscientes das nossas escolhas enquanto consumidores já se tornou habitual – comprar sustentável deixou de ser um bicho de sete cabeças e, para alguns, é já um estilo de vida. Também por isso Lisboa tem cada vez mais espaços e marcas que o promovem. Reunimos marcas sustentáveis que tem de conhecer, da cosmética ao calçado passando pelo vestuário feminino, masculino ou infantil, sem esquecer os sapatos ou até mesmo roupa de banho e decoração. São 31 projectos cujos valores éticos e ambientais fazem destacar-se. 

Recomendado: As melhores lojas e mercados biológicos em Lisboa

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade