Onde beber os melhores sumos naturais em Lisboa

Sumos, batidos ou smoothies, interessa é que estejam geladinhos. Fizemos uma lista com os melhores sumos naturais em Lisboa
Sumo da Veggie Wave
©Duarte Drago Sumo da Veggie Wave
Por Catarina Moura |
Publicidade

Bebidas frescas casam bem com tempo quente, mas nem só de calor vivem os sumos naturais. Na verdade, já fazem parte da mobília da casa, ou da ementa de qualquer tribo urbana, em tempo de Primavera, Verão, Outono ou Inverno. Sim, a caminhar a passos largos para o clássico dos clássicos. Estamos cá para orientá-lo, seja para lhe tratar da saúde ou simplesmente para melhorar o seu dia: há muitos carregadinhos de super alimentos, todos com fruta fresca e sempre prontos para pegar e levar. Estes são os melhores sítios para beber sumos naturais em Lisboa. 

Recomendado: Bons motivos para passar o Verão em Lisboa

Onde beber os melhores sumos naturais em Lisboa

veggie wave
Manuel Manso
Restaurantes

Veggie Wave

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

O Veggie Wave começou por ter várias bancas de rua com um sistema em que o cliente tem de dar ao pedal para receber o seu sumo natural. Andavam sem poiso certo entre Belém, Cais do Sodré e Lx Factory até que abriram a primeira loja no Princípe Real, perto do Miradouro de São Pedro de Alcântara. Para beber um sumo tem de se sentar numa estranha forma de bicicleta, com uma só roda, um selim e um guiador e pedalar para que um copo liquidificador, mesmo à nossa frente, comece a trabalhar mas se estiver mesmo cansado ou não tem vida para isto, é Pauline, a dona, que sobe para esta meia bicicleta e dá ao pedal para fazer os sumos. Além das bebidas, há também saladas. Tudo saudável. 

Sumo SuperGreen da Liquid
© Liquid
Restaurantes

Liquid

icon-location-pin Chiado

Para os caminheiros que sobem a Rua Nova do Almada ao sol, a Liquid é a paragem do refresco e da energia desde 2011, com produtos biológicos, sazonais e de pequenos produtores. Na ementa a palavra detox é omnipresente – há o puro detox com maçã, aipo, pepino, gengibre e limão; o detox, com abacaxi, laranja, limão e erva trigo;  e ainda uns quantos elixires: o elixir secreto de  maçã, abacaxi, clorela, hortelã e pepino, a poção mágica com banana, manga e laranja e outras opções de “elixires de beleza” (sumos a partir de 3,20€).

Publicidade
sumo natural de morango e maca
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Lady Bug

icon-location-pin Avenidas Novas

A cartada forte da Lady Bug é alimento para beber, pensado por nutricionistas e com objectivos definidos: para aumentar a líbido há o sumo de água de coco, mel, ginseng, guaraná e sumo de romã e banana; o sumo Anti-celulite leva abacaxi, uva, chá de dente de leão, chá verde e pepino; aquele que dá longevidade tem couve, gengibre, cenoura, aipo, kiwi e matcha. Se põe a sua fé na vida detox, aqui também se governa: vendem-se programas pensados para um, três ou cinco dias. 

Frua
DR

Frua

Aqui tanto se vende fruta na sua forma imediata – em taças que são chamadas “praças”, com combinação de ananás e manga, ou laranja mel e canela – como se apanha a fruta por uma palhinha. Esta é a verdadeira especialidade da carrinha que costuma parar na zona do Oceanário: tudo para dentro de uma liquidificadora para fazer sumos baptizados com nomes de ruas alfacinhas: há o Augusta, com laranja, limão e gengibre, o Ferreira Borges, com maçã, limão e beterraba, ou o Ouro, que não é mais do que laranja (há dois tamanhos, por 2,50€ e 3,50€).

Publicidade
Restaurantes, Sumos

YAO Pressed Juicery

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Este balcão de sumos prensados a frio dá a força necessária a quem se apostar em subir a Calçada do Combro em direcção ao Chiado. Nessa caminhada tem outra loja da Yao e aí até pode comer uma smoothie bowl e beber uma bebida quente (como se os 40 graus na rua deixassem). Voltando a São Bento e à casa original da marca, aqui os sumos aparecem em combinações simples, numa carta pequena com copos pequenos a 3,50€ e grandes a 6€. O refresco faz-se ainda de leites vegetais feitos na casa (3€).

Sabe a eterno Verão

gelado de mojito da MyIced
©Duarte Drago
Restaurantes, Geladarias

Cinco novos sabores de gelado para este Verão

Assim que o sol começa a aquecer, os gelateiros começam a experimentar novas receitas e novos sabores para animar o nosso Verão. Corremos as melhores gelatarias em Lisboa e encontrámos cinco dignos de destaque. Desta lista veraneante, só o de mojito, de açaí e de banoffee são estreias absolutas. Seja apologista do grab&go e vá para um jardim comer um destes gelados em copo ou cone. Ou então fique sentado na esplanada, a apanhar banhos de sol. Só não o deixe derreter. Vá por nós e arrisque nestes sabores, não se vai arrepender. 

Caranguejo de casca mole
Manuel Manso
Restaurantes

Mesas da Semana: novas cartas para o Verão

O Verão já brindou a cidade com calor e com o tempo quente entraram as novas cartas nos restaurantes em Lisboa. Por aqui há ritmos lusófonos com influências africanas, sul-americanas e orientais, um menu vegetariano para substituir um dos patos à Pequim da cidade, novas pizzas com sabores puramente italianos, um cruzamento entre a sardinha e o Peru, novos menus de almoço num dos fine dinings mais descontraídos do centro da cidade ou um hambúrguer de cor roxa. Damos-lhe novas opções dentro de restaurantes lisboetas e, aqui e ali, ainda lhe dão uma esplanada de graça e uma grande vista de bandeja.

Publicidade
Ink Farm Food
©Duarte Drago
Restaurantes

Os melhores sítios de grab&go em Lisboa

Estes sete sítios não lhe entregam a comida à porta de casa (se preferir não se mexer do sofá, espreite antes as melhores entregas ao domícilio em Lisboa), dizem-lhe antes para pegar e levar para um miradouro, um jardim ou seguir viagem para outro compromisso: não têm filas de espera intermináveis para conseguir arranjar uma mesa com vista à janela e são prós na arte de embalar. Há desde crepes bem recheados e sem glúten, empanadas argentinas, saladas com mais ou menos camadas, comida israelita e, claro, a pizza à fatia, melhor amiga do grab&go. 

Publicidade