Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores brunches até 10€ em Lisboa

Os melhores brunches até 10€ em Lisboa

Já não há regras para o brunch. Para pequenos almoços ou lanches, cá vai uma barrigada até 10 euros.

Hygge Café
©Inês Félix
Publicidade

Quando se fala de um brunch, já se sabe que não vai ser a refeição mais barata do fim-de-semana – ou, verdade seja dita, aos dias de semana, que esta refeição deixou de ser exclusiva dos dias de descanso. Mas também não precisa de pagar um balúrdio para comer uns bons ovos mexidos, acompanhados por um cappucino, um sumo de laranja e um croissant. Corremos a cidade à procura dos menus de brunch mais económicos e encontrámos 11 restaurantes ou pastelarias que os servem com fartura. Siga as nossas sugestões: para pequenos-almoços, almoços leves ou lanches, cá vai uma barrigada até 10 euros.

Recomendado: Os melhores sítios para comer ovos Benedict em Lisboa

Brunches até 10€

Hygge Café
©Inês Félix
Restaurantes, Dinamarquês

Hygge Café

icon-location-pin Grande Lisboa

Não dá para traduzir o nome deste café numa só palavra nem sequer pronunciá-lo bem à primeira, mas nós ensinamos já essa parte – é hue-gah. Fica em Picoas e os donos quiseram trazer para Lisboa o conceito nórdico de bem-estar, felicidade e partilha com os outros. A ementa apresenta algumas especialidades nórdicas, como as smørrebrød, ou mini panquecas dinamarquesas. O brunch está disponível todos os dias e há um menu, o Mysa, a 10€: inclui um croissant com compota caseira, uma taça de iogurte com granola e frutos vermelhos, uma smørrebrød (tosta aberta) de abacate e ovoescalfado e ainda um mini cinnamon roll.

Rolls Brunch & Café
©Inês Félix
Restaurantes, Cafés

Rolls Brunch & Café

icon-location-pin Beato

É mais provável que conheça os rolls por caracóis, doces, normalmente com recheio de canela, em versões mais brioche ou mais folhadas, com um topping cremoso no topo. No Rolls Brunch & Café, um café com espaço luminoso e cores pastel na Penha de França, a especialidade é precisamente o roll mas aqui também os há em versões doces e salgadas. Há dois menus de brunch abaixo dos 10€: o mini roll (7,50€), com uma bebida à escolha, quente ou fria, um roll à escolha, doce ou salgado, um iogurte natural com compota e granola e uma dose de ovos mexidos. O menu rollie (8,90€) cresce com mais um roll e ainda um cesto de pão com compota e manteiga de alho.

Publicidade
Copenhagen Coffee Lab
© Viktor Holm
Restaurantes, Cafés

Copenhagen Coffee Lab

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

De carrinha de rua com várias bebidas de café a império do café artesanal com padaria e pastelaria, o Copenhagen Coffee Lab soube-se impor. Têm um prato de pequeno-almoço bem reforçado, com pequenos bolos de pastelaria dinamarquesa, pão de centeio feito na casa, iogurte com chia, ovo quente biológico, manteigas e doces, queijo e sumo de laranja. Tudo por uma nota certa de 10.

tease
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Tease

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

A Tease despediu-se da Praça das Flores para abrir dois novos espaços, um ali mesmo ao lado, perto de São Bento, outro no Cais do Sodré. As opções de brunch começam nos 5€, com uma taça de iogurte, fruta e granola, uma bebida quente e torradas ou croissant. Com sumo de laranja sobe para 6,5€, com ovos mexidos para 7,5€ e com as duas coisas para 9€. Há tostas de abacate e panquecas à carta.

Publicidade
Simpli - Brunch
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Cafeteria

Simpli

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A estrela da companhia do 
Simpli é o café artesanal torrado ali mesmo e vendido em grão 
ou nas várias bebidas com café. Mas aos sábados e feriados há dois menus de brunch. O menu
1 (8,50€) inclui bebida quente, sumo natural do dia, cesto de pães e bolos com manteiga, compota, fiambre e queijo e um iogurte com fruta e granola.

O Ponto Mais Doce da Cidade
©DR
Restaurantes, Pastelarias

O Ponto Mais Doce da Cidade

icon-location-pin Lisboa

É bem provável que este café de Campo de Ourique seja mesmo o sítio mais açucarado de Lisboa, tal a oferta de sobremesas. Os níveis de açúcar estão equilibrados com o menu de brunch, que traz iogurte natural com granola e fruta, uma fatia de bolo, croissant com compota, fiambre ou queijo, sumo natural, chá, e ainda um brigadeiro para acompanhar o café (9€).

Publicidade
Pois, café
©DR
Restaurantes, Cafés

Pois, Café

icon-location-pin Santa Maria Maior

Veterano na arte de servir brunches, o Pois, café tem uma oferta variada e para todas as carteiras. O Egg brunch tem dois ovos estrelados simples acompanhados por pão ciabatta com manteiga e uma bebida quente à escolha (6,90€) e há o Vital, que inclui a bebida quente, um sumo, uma salada de frutas, iogurte e cereais (9,50€).

Leitaria Lisboa
©DR
Restaurantes, Cafeteria

Leitaria Lisboa

icon-location-pin Cais do Sodré

Serve brunch todos os dias, a qualquer hora e com os preços mais económicos da cidade.
 Ora veja: para uma pessoa, há
 o brunch Alfacinha (7€), com croissant, cesto de pão, iogurte, compota, requeijão, manteiga de ervas e uma bebida à escolha – para duas é 12€. O menu Leitaria tem o mesmo do anterior mais uma tábua de fiambre e queijo, salmão fumado, queijo de cabra, mel e nozes – para uma pessoa é a nota certa, para duas é 12€.

Publicidade
A Luz Ideal
©DR
Restaurantes, Cafeteria

A Luz Ideal

icon-location-pin Sete Rios/Praça de Espanha

É o café mais bonito de Benfica 
e aportuguesou o brunch, chamando-lhe o que é realmente: um grande pequeno-almoço. Há a versão doce (8€) e a salgada (10€) e só ao sábado: o primeiro tem chá ou café de filtro, sumo do dia, torrada, bolo, iogurte com granola e fruta; o segundo tem as mesmas bebidas, mas traz ovos mexidos com torrada e uma tiborna.

Brick Café Lisboa
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Cafés

Brick Cafe Lisboa

icon-location-pin Lisboa

Aos fins-de-semana as filas para 
o brunch do Brick dão a volta ao quarteirão dos Anjos. Há dois menus. O mini-brick deixa-o logo de barriga cheia e a bom preço (6,80€): inclui pão e croissant, manteigas, compotas, presunto, fiambre, queijos, ovos mexidos, uma fatia de salame de chocolate e ainda bebida fria e outra quente.

Publicidade
Maria Limão
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Cafeteria

Maria Limão

icon-location-pin São Vicente 

Como não poderia deixar de ser, o brunch da Maria Limão, servido todos os dias, tem a limonada caseira incluída. Mas não é essa
a única estrela do menu: há panquecas, uma taça de iogurte, tosta à escolha (vai do abacate ao presunto), e uma bebida quente (9,50€).


Os melhores sítios em Lisboa para comer...

Cherie Paloma - Huevos Rancheros
©Manuel Manso
Restaurantes

Huevos rancheros

Um prato com ovos entra logo à partida na categoria de comfort food. Estes não são típicos portugueses mas entram já em vantagem nessa lista. Aconchegam qualquer estômago, quer decida comê-los ao pequeno-almoço, como se faz no México – de onde vem a receita original –, quer os coma a qualquer outra hora do dia. À tortilha de milho que serve de base juntam-se os ovos fritos, cobertos com molho de tomate picante (cujo grau pode variar e fazê-lo gritar Arriva Mexico!). A acompanhar estão habitualmente o feijão, o arroz mexicano ou fatias de abacate, a colorir e a dar pujança ao prato. Recomendado: Os melhores sítios para comer ovos Benedict em Lisboa

Isco - Pain au Chocolat
©Manuel Manso
Restaurantes, Pastelarias

Pain au chocolat

Por mais que sejamos grandes defensores da nossa boa pastelaria e doçaria conventual portuguesa, a verdade é que não dispensamos um bom croissant francês para pequenos-almoços ou lanches, em versões salgadas ou doces. O pain au chocolat, conhecido em Portugal como napolitana, é um tipo de massa folhada doce, em forma quadrada, com um (ou mais) pedaços de chocolate negro no centro. Pode, e deve, ser comido a qualquer hora do dia, frio ou, pedindo com jeitinho, aquecido ligeiramente para derreter o chocolate do recheio. Faça já o roteiro para os lanches de Natal e descubra onde comer pain au chocolat nestes cafés ou pastelarias em Lisboa. 

Publicidade
Ovos benedict da Tartine
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Ovos Benedict

Ovos são a estrela de qualquer brunch ou mesa de pequeno-almoço farta, sejam eles na versão estrelada, mexida ou escalfada. Os ovos Benedict, escalfados e banhados depois com molho holandês, vieram dos Estados Unidos e instalaram-se nos menus de uma série de restaurantes e cafés em Lisboa. Há dúvidas acerca da origem deste prato, mas a primeira receita que existe destes ovos é de 1894. Há uma data de variações dos ovos Benedict: os Florentine são com espinafres ao invés do tradicional fiambre, os Royal são com salmão fumado. São servidos em pão brioche (ou noutro tipo de pão, como o bolo do caco) e podem ser uma refeição completa. 

Publicidade