A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Vinhos Verão
DR

Os melhores vinhos para o Verão, escolhidos por quem melhor os conhece

Há vinhos que sabem melhor no Verão e nós dizemos-lhe quais. Deixamos-lhe mais de 20 sugestões (algumas a menos de dez euros).

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Um bom vinho pode fazer toda a diferença numa refeição, seja ela mais simples ou ousada. Com a escolha certa, tudo sabe melhor, mesmo que só queira beber um copo ao final do dia. Mas como escolher um vinho quando a oferta é tanta? Como saber qual é o mais indicado para os dias quentes de Verão? Branco ou tinto? Rosé ou espumante? Não é fácil, mas perguntámos a quem percebe da poda, a quem já passa os seus dias a sugerir-nos o que beber. De restaurantes com estrelas Michelin como o Belcanto, o LOCO ou o Feitoria a espaços mais descontraídos e cheios de onda como o Tricky’s ou a Prado Mercearia, são eles que nos fazem viajar com um copo. E são eles agora que nos sugerem os melhores vinhos para o Verão. 

*Os preços são indicativos

Recomendado: O melhor da Rota dos Vinhos Verdes

Os melhores vinhos para o Verão

Nádia Desidério, Belcanto
DR

Nádia Desidério, Belcanto

Sommelier no Belcanto de José Avillez há oito anos, já não há quem não conheça Nádia Desidério, que ainda em Janeiro nos prémios Mesa Marcada foi distinguida como a Escanção do Ano.

Ermo Castelão, Alentejo
35€

“Este vinho provém de um projeto recente que aproveita as potencialidades da Serra do Mendro e do Vale do Guadiana. Uma óptima escolha para quem procura um tinto leve e elegante.”

Ninfa Espumante Pinot Noir, Tejo
24,90€

“Um espumante com influências do clima mediterrâneo e da proximidade Atlântico. Fresco e muito versátil, este espumante é perfeito nestes dias quentes para servir como aperitivo ou para acompanhar uma refeição.”

Lourinho Cortes de Cima, Alentejo
28,90€

“É um blend de Loureiro e Alvarinho oriundo de vinhas plantadas nas areias frescas da Costa Atlântica. Um vinho incrível para o Verão com uma frescura mineral, um final salino e uma acidez marcada que expressa o terroir.” 

Ivo Custódio, Ceia
DR

Ivo Custódio, Ceia

Na nova vida do Ceia, agora liderado pelo chef Diogo Caetano, Ivo Custódio é o escanção, que acompanha os comensais. Ivo é especialista no pairing de vinhos, mas também faz harmonizações com sumos. 

Vallado Prima 2021
8,50€

“Um vinho branco, sedutor de aspecto cristalino, cor de limão feito no Douro a partir de Moscatel Galego. Grande exuberância a frutos tropicais, mas também herbal a lembrar o campo e suas ervas aromáticas no fim do Verão. Seco, mas com um retro-sabor a maracujá, uma acidez que te faz querer mastigar o vinho. Excelente companhia para final de tarde entre amigos e/ou queijos. Uma salada grega com este vinho e o dia ganharia um outro alento.”

Atlantis Rosé 2021
8,25€

"Um rosé feito no meio do Atlântico na Ilha da Madeira a partir de Tinta Negra. Cor de pétala de rosa, cristalino, tem um aroma discreto a lembrar o mar com a sua salinidade e explode na boca com uma frescura cítrica e sabores a framboesas e cereja. Daqueles vinhos de pôr na mochila, refrescá-lo num lago qualquer e ficar a curti-lo, com a moderação possível, com fruta fresca ou um peixinho grelhado.”

Murganheira tinto 2012
12€

“Um clássico super actual. Espumante feito em Távora-Varosa a partir das castas tintas Tinta Roriz e Touriga Nacional através do método clássico. É um vinho espumoso com cor profunda de ameixa vermelha assim como os seus aromas são de ameixa sobrematurada, um certo vinoso, flores e, claro, bolhinhas que rebentam na ponta do nariz. Bruto com baixo teor de doçura pela sua acidez. Sabores a groselha negra. Tem uma acidez própria, vibrante, mas equilibrada. Acompanha qualquer grelhado na perfeição, de legumes grelhados a leitão. Mas é incontornável experimentá-lo com a rainha sardinha! Fresco, é uma excelente opção para quem procura uma forma diferente de beber tinto.”

Publicidade
João Marujo, LOCO
DR

João Marujo, LOCO

João Marujo é o chefe de sala do restaurante de Alexandre Silva, mas é também o homem dos vinhos e o verdadeiro mestre de cerimónias com a habilidade de, em menos de nada, deixar qualquer um à vontade.

Ninfa Brut Nature 2016
24,90€

“Não há melhor altura para ‘bolhas’. Na verdade, não existem alturas más para espumantes, desde que sejam bons. Feito apenas da casta Pinot Noir, apresenta-se com uma bolha fina, mousse envolvente e uma acidez caracterizada pela casta e pelos solos argilo calcários. Fresco, versátil e com boa longevidade de boca, pode ser disfrutado apenas para quem quer beber um copo ou mesmo acompanhar uma refeição com um bom espumante.”

Herdade do Monte Branco – louCA 2019
28€

“A mostrar que o Alentejo não pode ser generalizado. O branco para qualquer ocasião com uma surpreendente complexidade que nos leva a beber sempre mais um pouco para ir descobrindo as suas infindáveis camadas. Feito de várias castas e com quatro técnicas distintas de vinificação. É um excelente exemplo que a irreverência em fazer diferente, o tempo e a paciência são componentes fortes que podem resultar em coisas surpreendentes.”

Quinta dos Termos – Talhão da Serra 2019
15€

“Talvez se fuja mais dos tintos no Verão. O calor da época não ajuda e o corpo dos tintos pode tornar-se demasiado “pesado”. No entanto, não há nada como baixar um pouco a temperatura e procurarmos coisas com mais acidez e menos extração. Monocasta de Rufete, este tinto da Beira Interior é um dos muitos exemplos hoje em dia para quem não resiste a um tinto. Ligeiro e de acidez vincada, mostra-se complexo e aveludado pelo estágio em barricas de 1.º e 2.º ano.”

Miguel Ventura, SUBA
DR

Miguel Ventura, SUBA

No topo do Verride Palácio Santa Catarina, virado para o lado do Tejo, fica o Suba — o restaurante com assinatura do chef transmontano Fábio Alves. Os vinhos que abrilhantam os seus pratos são escolha de Miguel Ventura.

Bacalhôa Roxo
9,99€

“Quando falamos em Verão, falamos em praia e não podemos deixar passar a Península de Setúbal, de onde recomendo um rosé, o Bacalhôa Roxo, da casta rara e única Moscatel Roxo. Ora o resultado é um vinho rico em aromas, flores brancas, amarelas e vermelhas, com casca de laranja e pêssego. A nossa percepção vai levar-nos à ideia que é doce, mas surpreendentemente é seco e muito fresco. Excelente para acompanhar gambas com molho asiático agridoce ou outro marisco de temperos exóticos e condimentados.”

Soalheiro Granit
12,90€

“O melhor amigo do Verão é, sem dúvida, um Alvarinho vinho verde, fresco vigoroso e rico, com lima e maçã verde. E aqui sugiro um exemplar diferente, o Soalheiro Granit, que é um alvarinho menos aromático e mais mineral, salino, quase um sabor a mar, perfeito para acompanhar qualquer peixe grelhado.”

Fundação Oriente Colares Malvasia
15,50€

“Para apreciadores mais sérios, nada como um vinho feito em chão de praia junto ao mar, o Fundação Oriente Colares Malvasia. Pode ser consumir já com alguns anos, e mesmo assim parece novo e vigorante. Mineralidade e fruta delicada de aroma neutro, uma erva macia e elegante na boca. O tempo confere-lhe mais equilíbrio entre os sabores, sendo um vinho mais estável e perfeito para ocasiões especiais este Verão.”

Publicidade
Gabriela Marques,  Marlene,
DR

Gabriela Marques,  Marlene,

Depois de muito tempo de espera, Marlene Vieira abriu finalmente o seu restaurante de fine dining e foi ao Cura, no Ritz, buscar Gabriela Marques, sommelier com vasta experiência e alguns prémios conquistados.

70/30 tinto, Beira Interior
17€

“Um tinto que se enquadra bem na gastronomia de Verão, mas com sofisticação para confecções mais sérias e elaboradas. Um bom exemplo do trabalho que se tem vindo a desenvolver nesta região, muitas vezes esquecida, produzido com uvas da Cova da Beira e Pinhel.”

Landcraft Loureiro, Vinho Verde
9,90€

“Um Loureiro inesperado, com boa acidez, frescura, salino, expressivo da casta e com uma certa complexidade. Perfil gastronómico, transversal.”

Carlos Duarte, Prado Mercearia
DR

Carlos Duarte, Prado Mercearia

Carlos Duarte recebe-nos na Prado Mercearia como quem nos recebe na sua casa, com uma simpatia desarmante. É ele o anfitrião que sabe sempre o vinho a recomendar, seja para acompanhar um almoço preparado por Pedro Forato, na cozinha, ou apenas para um copo ao final do dia.

Ambar
26€

“Vinho de curtimenta, um blend de regiões e castas, Lisboa e Setúbal, feito com Moscatel e Arinto. Estágio de seis meses em barricas de carvalho francês. Fresco e frutado.”

Selva
“Vinho tinto de Alicante Buschet com fermentação de peles de Chenin Blanc.” 

Ninfa da Teresa
29,95€

Vinho branco de Maria Gomes, estágio em barricas de carvalho francês e hungaro, 100% Maria Gomes.”

Publicidade
Pedro Ramos, Feitoria
DR

Pedro Ramos, Feitoria

No Instagram, Pedro Ramos é a pessoa a seguir. Com um humor muito próprio, o sommelier do Feitoria, de André Cruz, onde chegou há pouco tempo vindo do Alma, tem todas as dicas que precisamos sobre vinhos. 

Quinta de São Michel, Malvarinto (Branco)
23,70€

“Directo de Janas em Sintra, esse vinho é refrescante com um toque salino. Acompanha muito bem um prato de mariscos como por exemplo gambas à Guilho.”

Caminhos Cruzados (Rosé)
9,50€

“Um rosé elegante e fresco bastante mineral devido aos solos graníticos do Dão. Ideal para comer com saladas, peixe e frango grelhado.”

Monte D’Oiro (Tinta Roriz)
22,63€

“Aqui temos um tinto médio corpo com taninos polidos e frutos vermelhos no aroma. É o vinho que vais querer acompanhar para o teu churrasco no fim da tarde de Verão.”

Jenifer Duke, Tricky’s e Rebel Rebel
DR

Jenifer Duke, Tricky’s e Rebel Rebel

Jenifer Duke é uma nova-iorquina que descobriu a paixão por vinhos orgânicos em Berlim. Em Lisboa, para onde se mudou há uns anos, abriu a loja e bar de vinhos naturais Rebel Rebel, mas hoje vemo-la mais no Tricky’s, que abriu com João Magalhães Correia, chef do Água pela Barba e do Season. Na dúvida sobre o que beber? A Jeni costuma acertar nas sugestões.

Homok 2020
Alexander Koppitsch (Gols, Áustria)
21€

“Este vinho é tropical, fresco e sumarento.Sabe a Verão numa garrafa.”

Harvest Moon
Florian Tonello/Ladidadi

“É um dos vinhos naturais mais entusiasmantes a ser feito em Portugal, no Alentejo. Fresco, picante e com a quantidade certa de secura para que queiras continuar a beber mais e mais.”

Fins Als Kullons
Pinca Parera (Penèdes, Catalunha)
15,55€

“É o clarete/rosé perfeito para o Verão! Fácil de beber, suculento e sabores de frutos vermelhos. Vendido em garrafa de 1L. Impossível de bater.”

Vinho verde, vinho verde

  • Viagens

Se nunca lhe passou pela cabeça a região dos Vinhos Verdes para uma escapadinha por Portugal, saiba que esta região tem alguns dos melhores enoturismos de Portugal, onde a paisagem natural e os jardins históricos e românticos são o pano de fundo perfeito para provas e actividades vínicas muito originais. Faça as malas e siga as nossas dicas.

  • Viagens

Se nunca lhe passou pela cabeça a região dos Vinhos Verdes para uma escapadinha por Portugal, saiba que esta região tem alguns dos melhores enoturismos de Portugal, onde a paisagem natural e os jardins históricos e românticos são o pano de fundo perfeito para provas e actividades vínicas muito originais. Faça as malas e siga as nossas dicas. Traçamos-lhe o roteiro perfeito para uma escapadinha com tudo a que tem direito.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade