As melhores concept stores em Lisboa

Têm um conceito, e isso faz delas as melhores lojas em Lisboa. Prepare-se para ir às compras e para encontrar nestas concept stores peças verdadeiramente originais
The feeting room
Fotografia: Arlindo Camacho The Feeting Room
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Não se assuste com o estrangeirismo. As concept stores são lojas com universos próprios, com espaço para moda, decoração, livros e até comida. E ninguém se chateia, nem as marcas, nem os designers, nem os artistas. Juntos, fazem destas 21 magníficas a elite do roteiro de compras de Lisboa. Fique a conhecer as melhores concept stores em Lisboa.

As melhores concept stores em Lisboa

39 concept store (raquel prates)
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

39A Concept Store

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

É um daqueles casos em que a loja é o espelho da dona. Foi já depois de se ter afirmado como uma autoridade em matéria de moda que Raquel Prates abriu a 39A Concept Store, por isso, tudo o que há lá dentro é resultado de uma curadoria rigorosa. As marcas e designers portugueses continuam a ser a bandeira da casa, mas Raquel nunca pára de acompanhar o que está a ser feito além-fronteiras. Volta e meia, aparecem novas marcas, desconhecidas por cá, mas cheias de pinta. À procura daquela peça especial para impressionar tudo e todos? É aqui que se vai safar.

pau brasil
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras, Designer

Pau-Brasil

icon-location-pin Princípe Real

Traz a Lisboa um Brasil diferente do que estamos habituados a ver. O foco da Pau-Brasil está no design de autor e, do mobiliário à moda, as opções são de perder a cabeça. Lenny Niemeyer, Sergio Rodrigues, os irmãos Campana, Granado e a Chocolate Q são algumas das marcas que ocupam o primeiro andar do Palácio Castilho. Ao longo de 600 metros quadrados, Joana Astolfi foi a responsável por deixar salas e corredores com o mesmo ambiente. Candeeiros que são cocos, paredes verdes, apontamentos de mata atlântica e uma instalação que deixa o átrio a cheirar a café – é este o Brasil de Astolfi.

Publicidade
The feeting room
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras, Moda

The Feeting Room

icon-location-pin Chiado

A The Feeting Room desceu do Porto até Lisboa e mantém-se fiel à nobre missão de servir de montra às marcas e designers nacionais, se bem que os sapatos continuam a ser a alma da casa. A loja subiu a outro nível, aquele em que tudo é pensado de raiz para deixar expositores, luzes e balcões no sítio certo e ainda para deixar à vista vestígios dos antigos usos, como o tecto do antigo forno da Panificação do Chiado. Há etiquetas estrangeiras já bem conhecidas da casa. Uma delas, a Daniel Wellington, tem espaço próprio. Esta e todas as outras convivem harmoniosamente, dos sabonetes Claus Porto e dos cadernos Fine & Candy às mochilas da sueca Sandqvist e às peças de desfile de Luís Carvalho.

21pr Concept Store
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

21pr Concept Store

icon-location-pin Princípe Real

Esta loja é um verdadeiro tesouro do Príncipe Real. Numa cidade que estava ainda pouco familiarizada com as concept stores, a 21pr abriu caminho para as compras de charme. Hoje, entrar continua a ser altamente recomendável, se não for para fazer compras, pelo menos, para regalo dos olhos. O estacionário da Tom Dixon, as velas da L'Objet, as jóias Shourouk e o espaço dedicado à MEAM são só os melhores exemplos do que continua a fazer desta uma loja única em Lisboa.

Publicidade
A vida portuguesa no Intendente
Fotografia: Ana Luzia
Compras, Decoração

A Vida Portuguesa

icon-location-pin Intendente

Já toda a gente sabe desta história: Catarina Portas fez o milagre de ressuscitar marcas nacionais mortas há uma data de tempo. As lojas são o sonho de qualquer turista que não se contenta com um íman de frigorífico como recordação, mas também um lugar obrigatório para alfacinhas com saudades dos sabonetes Confiança e das conservas Minerva. No Intendente, a variedade é mais do que muita e vai dos brinquedos da era pré-electrónica aos estacionário que parou no tempo. Pelo caminho, há faianças, mantas, moda e iguarias diversas, tudo 100 por cento português e com ares de outras épocas. Parace-lhe incrível? Não é à toa que esta loja recebeu um Prémio Time Out em 2013.

Compras

Hay Carmo

Este é, provavelmente, o pátio mais inexplorado do Chiado, se bem que, com o néon que se avista da Travessa do Carmo, não há que enganar. Juliana Cavalcanti é uma das sócias e responsável por tudo o que vemos na Hay Carmo, da selecção de marcas às plantas que estão por todos os cantos. A maioria das marcas presentes é portuguesa, mas fazer desta uma montra exclusivamente nacional nunca foi o objectivo. O ambiente e o desafogo, esses sim, sempre foram uma prioridade. Juliana quis evitar o aspecto de grande bazar que algumas lojas multimarca têm. Em alternativa, implementou o modelo de shop in shop, ordeiro e simples o suficiente para todas as peças brilharem. E algumas brilham mesmo, começando pelas que vieram de longe. Os vestidos de festa ficaram por conta da Aÿa, mas esta não é a única marca brasileira a dar nas vistas. Valônia Véras atravessa o Atlântico, com as suas sweatshirts carregadas de missangas e pedraria. Logo a seguir vêm, obviamente, as jóias. Carolina Curado, Cinco e Juliana Bezerra foram as escolhidas. O resto é uma combinação de designers com marcas que estão a dar os primeiros passos, com Katty Xiomara, Susana Bettencourt, CAU, Minimalisbon, 38 Graus, Moskkito e Juu expostas lado a lado. 

Publicidade
Fábrica Features
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Fabrica Features Lisboa

icon-location-pin Chiado

Procura um presente original que não custe os olhos da cara? Vá ao Chiado e suba até ao último piso da Benetton. A marca italiana escolhe a dedo os projectos criativos mais especiais da Europa e junta tudo numa única loja. Dos livros de ilustração às loiças para levar à mesa, há muito design português pelo meio e, de vez em quando, uma ou outra exposição.

Compras

Fashion Clinic

icon-location-pin Avenida da Liberdade

É a meca do luxo em Lisboa, além de uma empresa portuguesa de sucesso. Na Avenida, a Fashion Clinic é a loja onde pode encontrar algumas das maiores marcas do mundo, a começar pelos famosos sapatos de sola vermelha. Além de Christian Louboutin, há Givenchy, Saint Laurent, Stella McCartney, Balmain, Balenciaga, Kenzo e muitas, muitas mais. Assim haja liquidez.

Publicidade
SAL Concept Store by Branco sobre Branco
Fotografia: Manuel Manso
Compras

SAL Concept Store by Branco sobre Branco

icon-location-pin Cais do Sodré

Primeiro nasceu o ateliê, depois nasceu a loja. A Branco sobre Branco cresceu e além de projectos de decoração e arquitectura de interiores, tem um espaço com muito mais do que peças de mobiliário: na SAL Concept Store há aguarelas de Ana Morgado, jóias de Inês Telles e Joana Mota Capitão, produtos de cosmética da Youthland ou aventais em pele da Amazing Apron. Ideal para quem quer decorar a casa de uma ponta à outra ou para quem só anda à procura de um presente original e com muita pinta. 

Regresso as Aulas - Wish Tapes - Wish Concept Store
©DR
Compras

Wish Concept Store

icon-location-pin Alcântara

Muito antes da Slow Coffee House existir na porta ao lado, a loja já era destino de romaria até à Lx Factory. Hoje, a Wish continua a ser uma paragem obrigatória para todos os apaixonados por estacionário. E não há dúvida de que os nórdicos o fazem como ninguém. Com o tempo, foi diversificando a oferta. Hoje, faz uma perninha na decoração e ainda reúne algumas peças de roupa. A grande dificuldade é mesmo manter o foco e não desatar a meter tudo num saco para levar para casa.

Publicidade
Cura
Fotografia: Manuel Manso
Compras, Boutiques

Cura

icon-location-pin Cascais

A Cura é pequena mas está bem recheada de marcas minimalistas, para homens e para mulheres. Komono, Stutterheim, Clae, +351, Cinco, Comodoro, Matt&Nat e Ucon Acrobatics convivem alegremente nas prateleiras e charriots. A dona disto tudo é Mafalda Amaral, também responsável pela Breed, outra concept store no Chiado. Agora resolveu ter um projecto só seu, a 500 metros de casa. 

Wetani
Fotografia: Ana Luzia
Compras

Wetani

icon-location-pin Cais do Sodré

Quem diria que uma antiga loja de ferramentas iria dar uma concept store deste calibre, e sem grandes remodelações. As antigas estantes têm o seu charme, mas são as peças e marcas escolhidas por Helena, a dona da Wetani, que finalizam o pacote. Das cerâmicas Mateus às jóias de Juliana Bezerra, sem esquecer a French Connection, tudo encaixa na perfeição.

Publicidade
Loja Real
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Real Slow Retail Concept Store

icon-location-pin Princípe Real

Moda, decoração, brinquedos e gadgets, todos juntos sob o mesmo tecto. Encaixar tantas peças requer a sua curadoria e Tiago Leiria Miranda, o dono da Real, tem olho para estas coisas. A loja tem crescido (em clientes e marcas) e já se está a artilhar para a nova temporada, com a moda masculina a ganhar cada vez mais terreno.

Loja Icon
Fotografia: Ana Luzia
Compras

Icon

icon-location-pin Chiado

Eis a prova em como uma concept store não se mede aos palmos. A Icon pode ser pequena, mas além de central, está bem apetrechada de tudo o que é produto nacional. A cerâmica, a arte e a ilustração são só o cartão-de-visita. A moda veio depois mas bem representada pelas malas da Tomaz, pelos sapatos Labuta e por uma selecção apetecível de joalharia portuguesa contemporânea. Afinal, esta não é só mais uma loja para inglês ver. Há muito bom lisboeta que lhe devia fazer uma visita.

Publicidade
organii concept store lx factory
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Organii Concept Store, Boa Safra e The Therapist

icon-location-pin Alcântara

Já se estava bem na Lx Factory, mas agora está-se um bocadinho melhor. É que a bela moradia avermelhada dos fundos virou templo eco-friendly, tripartido por novos inquilinos cheios de pinta: The Therapist, uma lanchonete biológica e centro de terapias alternativas, Boa Safra, a casa que defende o design de interiores sustentável com unhas e dentes, e a Organii Concept Store, que, não contente com a abertura da segunda loja dentro da Lx Factory, ainda trouxe com ela um Bio Day Spa.

Mini by luna
Fotografia: Ana Luzia
Compras

Mini by Luna

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Araceli Piqué pegou na moda, feminina e de criança, na cosmética e na decoração e empacotou-as da forma mais cool que pode imaginar. A Mini by Luna é a loja onde tudo isto convive em harmonia e onde nada destoa.  Resultado? Vontade de trazer tudo, mesmo sem crianças no agregado. Aliás, não há sítio melhor para educar pequenos fashionistas. As marcas são escolhidas a dedo para que esta loja do Príncipe Real nunca perca a exclusividade.

Publicidade
Loja das Meias (avenida da liberdade)
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Loja das Meias

icon-location-pin Avenida da Liberdade

120 anos depois de abrir pela primeira vez no Rossio, a Loja das Meias chegou à avenida mais chique da cidade, com dois nomes de peso em destaque no primeiro piso: Dior e Céline. Mas há muito mais – Moschino, Pucci, Marc Jacobs, Lanvin e Ferragamo são apenas alguns exemplos. 

cabinet of curiosities
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras, Decoração

Cabinet of Curiosities

icon-location-pin Cascais

Um paraíso com curadoria de Gracinha Viterbo. Parte do encanto do espaço está na quantidade de pequenas salas. Ao percorrê-las, percebemos que formam uma espécie de país das maravilhas, onde podemos encontrar tudo e mais alguma coisa, mas sempre peças que não se encontram aí ao virar da esquina. Móveis, almofadas, candeeiros, quadros, tapetes, tudo muito em bom. Pelo meio, há também moda, flores frescas e os famosos chocolates da Mast Brothers.

Publicidade
Amélie au Théâtre
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Amélie au Théâtre

icon-location-pin Princípe Real

Desde que abriu a loja no Príncipe Real, Amélia Antunes quis criar um universo à parte. E conseguiu. Mais balcão, menos balcão, a Amélie au Théâtre permanece fiel ao imaginário do boudoir luxuoso, decorado com lustres e flores. Criado um dos ambientes mais femininos de Lisboa, Amélia selecciona a moda que melhor assenta no espaço, mistura-a com os seus acessórios e peças de design únicas. Tudo isto com o devido toque de extravagância.

PATINE
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras, Decoração

Patine Concept Store

icon-location-pin Chiado

Custou, mas a Patine chegou ao Chiado. Amarca levou anos até encontrar o espaço ideal para abrir uma loja no bairro de todas as compras. E veio parar em cheio às antigas cavalariças do Palácio da Trindade, onde as paredes descascadas fazem jus ao nome anunciado à entrada. Aqui, a decoração é rainha, se bem que há espaço para outras vaidades, a começar pelas jóias. A TiTi Jewellery representa a minúcia da joalharia lisboeta, logo ao lado estão as peças da francesa Eloise Fiorentino. E é assim um pouco por toda a loja: a saltitar entre etiquetas portuguesas e designers estrangeiros. Se a Castelbel e as peças de Iva Viana fazem um vistão, a Christian Lacroix, naturalmente, não fica atrás, a pedir para se mudar em peso lá para casa.

Publicidade
charlie
Fotografia: Manuel Manso
Compras

Charlie

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A nova loja do Príncipe Real tem um conceito próprio, com pronto-a-vestir para mulher, chás, peças de decoração. E preços acessíveis. 

Mais compras na cidade

Fashion Clinic
Fotografia: Ana Luzia
Compras, Moda

As melhores lojas para homem em Lisboa

Nem todas as lojas lisboetas pensam só nelas. Os homens pensam cada vez mais no guarda-roupa e, na cidade, cresce o número de marcas e espaços dedicados exclusivamente à moda masculina. Dos fatos por medida à streetwear, estas são as melhores lojas de Lisboa para homens com pinta.

Louboutin - Sola Vermelha 2
©DR
Compras

As melhores lojas da Avenida da Liberdade para todos os bolsos

O encanto da 10ª rua mais luxuosa do mundo está nas lojas que não têm vergonha na cara e enchem as belíssimas montras de peças de roupa, sapatos, jóias e relógios com preços com mais de quatro dígitos. Junte-se aos turistas mais ricos para ver as modas, cumprimentar o segurança à porta e estoirar o ordenado. Não tem onde cair morto? Entre as melhores lojas da Avenida da Liberdade também se encontram espaços acessíveis e até pechinchas.

Publicidade
Linhas e Formas
Fotografia: Manuel Manso
Compras, Decoração

As melhores lojas de decoração de Lisboa

Acaba o Verão, acaba-se a galderice. A hora de arrumar a toalha e os calções de banho e voltar para casa não é fácil, há quem acabe no psicólogo, mas nós damos-lhe ideias para que a coisa seja encarada de forma mais leve. Siga as nossas dicas de decoração e a sua casa vai ser tão quente como são os Verões.

Atelier Inês Telles
Fotografia: Manuel Manso
Compras, Joalharia

As melhores marcas de jóias de Lisboa

As melhores marcas de jóias de Lisboa estão mesmo ao virar da esquina. Dos ateliês onde se põem as mãos na massa, às lojas onde abrilhantam as montras, dizemos-lhe quais as grandes joalharias da cidade.

Publicidade
Rua Garrett
Fotografia: Manuel Manso
Compras

Vamos às compras ao Chiado?

No coração da cidade moram ainda algumas das melhores lojas de Lisboa. Ao lado de sítios com mais de 100 anos, há marcas modernas, procuradas por quem quer encontrar peças diferentes.  Dos sapatos às carteiras, das roupas aos óculos, passando pela decoração, esta é a nossa escolha das melhores lojas do Chiado. Trocando por miúdos, 18 sítios onde é muito tentador passar o cartão.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com