Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O melhor do Príncipe Real para as crianças

O melhor do Príncipe Real para as crianças

No bairro mais cool da cidade, famílias alfacinhas estilosas cruzam-se com famílias do mundo estilosas, numa agradável overdose de estilo. Descubra o melhor do Príncipe Real para os pequenotes.

Loja quer
©DR Loja Quer
Publicidade

Por ocasião dos 50 anos da Time Out, os editores de todo o mundo elegeram os 50 bairros mais cool do momento. O Príncipe Real ficou em 5.º lugar. Os restaurantes e lojas com mais pinta da cidade sucedem-se – e todos os dias parecem nascer novidades. Neste oásis para alfacinhas e turistas, cujo epicentro é o Jardim do Príncipe Real, os mais novos não foram esquecidos. Para eles também há várias paragens obrigatórias, seja para brincar, comer ou comprar. Junte a família e parta à descoberta do bairro com mais estilo da cidade. 

Recomendado: O melhor do Príncipe Real

O melhor do Príncipe Real para as crianças

árvore do jardim do principe real
Fotografia: Manuel Manso
Atracções, Parques e jardins

Jardim do Príncipe Real

icon-location-pin Princípe Real

Bem no centro de um dos mais badalados bairros de Lisboa, este jardim oferece uma panóplia de atracções, entre elas um parque infantil todo cercado, para enfiar as crianças lá dentro e poder ficar a beber um copo tranquilamente do lado de fora. Existem várias esplanadas, um espectacular exemplar de um cedro-do-buçaco (que é afinal uma cipreste) e o Reservatório da Patriarcal construído no subsolo (que podemos visitar de Segunda a Sábado das 10.00 às 18.00).

Cavalinho tradicional na Quer
©DR
Miúdos, Vendas

Loja Quer

icon-location-pin Princípe Real

Há cavalinhos de baloiço de todas as cores, à antiga e de madeira. Há asas de tecido para lhes pôr às costas. Há livros da Planeta Tangerina, tambores de cortiça e pássaros para pendurar no tecto. Podíamos viver lá dentro, como os ratinhos de pano nas suas caixas de fósforos, que éramos felizes de certeza. Um mundo tão encantado para crianças como para adultos.

+ Lojas de brinquedos em Lisboa: a brincar é que a gente se entende

Publicidade
borboletário, muhnac
©Arquivo do Borboletário do Muhnac
Museus, História natural

Museu Nacional de História Natural e da Ciência

icon-location-pin Princípe Real

Um museu pode muito bem viver para lá das suas paredes. Um bom exemplo é o MUHNAC que gosta de levar os miúdos para a rua e pô-los à procura de fósseis ou a desvendar histórias associadas à rede de distribuição de água que envolve o Jardim Botânico de Lisboa. Lá dentro também não faltam actividades para dar asas à criatividade. E por falar em asas: no borboletário elas são mais que mil.

Crispy Mafya
Fotografia: Duarte Drago
Restaurantes

Crispy Mafya

icon-location-pin Princípe Real

Frango frito: duas palavrinhas mágicas. Aqui pode ser servido no meio de um waffle salgado (waffle, outra coisa que eles costumam adorar) ou em cones de gelado com molho à escolha. Qual acha que vai ser o preferido dos mais novos? Pais a tentar manter a forma: para vocês há uma salada com peito de frango e a sua pele frita ou tempura de vegetais.

+ Restaurantes para crianças em Lisboa

 

Publicidade
D.O.T
DR
Compras

D.O.T na Embaixada

icon-location-pin Princípe Real

A Embaixada está aberta a todas as famílias: incluindo as que têm membros de quatro patas. Uma das portas do centro comercial mais distinto da cidade (afinal fica num palacete do século XIX) é a da marca infantil 100% portuguesa D.O.T, com muitas golas, folhos e padrões fofinhos. Gosta de vestir os irmãos (e primos!) todos de igual, seja qual for a idade? Aqui consegue.

Publicidade
Origanii Bebé
©Embaixada
Compras

Organii Bebé

icon-location-pin Princípe Real

Fraldas reutilizáveis, porta-bebés em materiais orgânicos, roupa de algodão biológico, camisolas em lã merino (impermeável e reguladora da temperatura corporal, que mantém o bebé confortável sem picos de frio ou calor), brinquedos ecológicos fabricados com tintas vegetais à base de água (sem níquel nem chumbo), carrinhos de plástico reciclado, champôs, óleos e cremes sem químicos ou parabenos: bem-vindo à primeira loja portuguesa bio para gente de palmo e meio. “Temos tudo para o enxoval dos bebés e das crianças dos zero aos cinco anos”, garante Filipa Belo, directora da Organii. E parece haver mesmo tudo: até chuchas e pastas dos dentes feitas com materiais amigos do planeta. As mães não foram esquecidas: além de produtos, têm workshops sobre parto, amamentação e outros temas ligados à maternidade.

Jamie's Italian Lisboa
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Italiano

Jamie's Italian

icon-location-pin Princípe Real

Jamie Oliver tem cinco filhos e há muito que é conhecida a sua preocupação com a alimentação dos mais pequenos. Não é de estranhar por isso o atendimento especial dado às crianças no restaurante que o chef britânico abriu no Príncipe Real. O menu dos miúdos é uma folha com um desenho, que vem acompanhada por uma pequena caixa de lápis de cera, tal como acontece em todos os seus restaurantes. E se eles não sabem ler é dar-lhes para a mão o visualizador de imagens 3D e deixá-los escolher o prato pelas fotografias – é certo que se vão divertir.

Publicidade
pecegueiro, principe real
Fotografia: Inês Félix
Compras

Pecegueiro & F.os

icon-location-pin Santa Maria Maior

Dá a sensação de que está a entrar numa casinha de bonecas, com as paredes em madeira virgem, o chão forrado a juta e bandeirinhas de festa coloridas a decorarem esta que é a segunda loja da marca Pecegueiro & F.os, do casal Sara Lamúrias e Pedro Noronha-Feio, depois de abrirem portas no bairro de Campo de Ourique. A marca aposta nos básicos de qualidade e a estrela da casa são as jardineiras de todas as cores, prò menino e prà menina. Isto tudo com tecidos portugueses e produção nacional. 

+ Marcas infantis sustentáveis para pequenos amigos do planeta

Lisboa dos pequenitos: bairro a bairro

Miúdos

Alvalade

Não é o bairro mais óbvio quando falamos do melhor da cidade, mas Alvalade tem conquistado cada vez mais famílias, que não passam sem uma voltinha na movimentada Avenida da Igreja, não resistem aos melhores pratos dos melhores restaurantes, já sabem os nomes dos senhores das bancas do Mercado de Alvalade de cor e vão assistindo ao nascimento de muitas novidades. Então e as crianças? As crianças não foram esquecidas e encontram no bairro atracções à sua medida.

Miúdos

Belém

Os meninos andam a estudar os Descobrimentos? Feche-lhes o livro de História e leve-os a Belém. Alguns dos monumentos mais emblemáticos do bairro histórico à beira rio são do tempo em que os portugueses partiram à descoberta do mundo. Mas há muito mais para fazer em família além de visitar o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém ou o Padrão dos Descobrimentos. 

Publicidade
Loja quer
©DR
Miúdos

Príncipe Real

Por ocasião dos 50 anos da Time Out, os editores de todo o mundo elegeram os 50 bairros mais cool do momento. O Príncipe Real ficou em 5.º lugar. Os restaurantes e lojas com mais pinta da cidade sucedem-se – e todos os dias parecem nascer novidades. Neste oásis para alfacinhas e turistas, cujo epicentro é o Jardim do Príncipe Real, os mais novos não foram esquecidos. 

Parque do Alvito
Fotografia: Arlindo Camacho
Miúdos

Monsanto

O quarto dos brinquedos virado do avesso, os miúdos à bulha, a televisão aos gritos. O cenário é-lhe familiar? A solução é arrancá-los de casa. No pulmão verde da cidade, não faltam lugares para entreter os mais novos e deixá-los tão cansados, tão cansados, que no regresso a casa nem têm energia para desarrumações ou discussões.

Publicidade
Pavilhão do Conhecimento
Arlindo Camacho
Miúdos

Parque das Nações

A zona oriental de Lisboa estava completamente adormecida até 1998, quando a EXPO fez nascer o grandioso Parque das Nações. "EXPO? O que é isso?", perguntam aos pais os filhos dos anos 2000. Se não lhe apetece fazer uma longa viagem pelo corredor da memória, o melhor é enfiá-los no carro e partir à descoberta do bairro à beira Tejo, onde não faltam atracções para as crianças. 

Publicidade