O melhor do Príncipe Real

Por muito que se conheça e palmilhe o bairro, há sempre qualquer coisa para descobrir.
principe real, top
Fotografia: Arlindo Camacho
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Por ocasião dos 50 anos da Time Out, os editores de todo o mundo elegeram os 50 bairros mais cool do momento. O Príncipe Real ficou em 5.º lugar. O que quer afinal dizer cool? É um anglicismo, uma daquelas palavras certeiras dos camones para a qual não temos equivalente imediato. Ou então temos demais. Cool é incrível, invejável, desejável, pode ser espectacular, óptimo, bom, maneiro, porreiro, giro, divertido, bacano, yo!, fixe, bestial. Cool é o novo que nunca saiu de moda, que tem pinta e é supimpa. Cool é uma atitude sem pose, uma tendência que tende a não querer saber disso. Cool é uma unidade de medida relativamente rigorosa, vagamente objectiva, usada genericamente para avaliar o grau de estilo de alguma coisa. Ora, isto é tudo o que acontece no Príncipe Real, onde as novidades se sucedem, as referências se mantêm e as figuras convivem, onde o novo se alicerça no antigo e a cidade não se expulsa a si mesma. E isso é realmente cool.

Recomendado: O melhor dos bairros de Lisboa 

O melhor do Príncipe Real

Crispy Mafya
©Duarte Drago
Coisas para fazer

As novidades que tem de conhecer

É grande o desassossego entre São Mamede e São Pedro de Alcântara. Por ocasião dos 50 anos da Time Out, os editores de todo o mundo elegeram os 50 bairros mais cool do momento. O Príncipe Real ficou em 5.º lugar. Tudo acontece a um ritmo difícil de acompanhar no bairro mais trendy, mais edgy e mais irritantemente difícil de descrever sem recorrer a um qualquer anglicismo. Corremos o bairro porta a porta, cara a cara, para trazer todas as novidades que nasceram aqui no último ano – e foram mais de 20. Restaurantes, lojas e cafés, está tudo aqui para descobrir.

boubou's, principe real
©Manuel Manso
Restaurantes

Onde comer bem

A nova dinastia da restauração lisboeta instalou-se aqui e as novidades sucedem-se – grande parte delas com grandes janelas e balcões virados para a rua para que possa aproveitar o melhor da zona. O Príncipe Real é o bairro com as lojas mais alternativas, as noites mais coloridas e os restaurantes do momento. A oferta é variada e não desilude. Asiáticos, italianos, cozinhas de autor: abram alas para a família real de restaurantes do Príncipe Real. Há muito por descobrir e provar, do Irão ao Vietname. Vá por nós e coma como um príncipe. 

Publicidade
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Onde fazer as melhores compras

Algumas das melhores concept stores em Lisboa têm morada no Príncipe Real, mas também há espaço para designers portugueses no bairro mais cool da cidade. Encha a casa, o armário e até o quarto dos brinquedos dos miúdos de estilo nas melhores lojas no Príncipe Real.  

shon mott
Fotografia: Inês Félix
Compras

Onde fazer as melhores compras

Algumas das melhores concept stores em Lisboa têm morada no Príncipe Real, mas também há espaço para designers portugueses no bairro mais cool da cidade, onde há uma porta aberta a cada dois passos. É verdade que pode ir tropeçando nos turistas, mas há algumas portas onde tem mesmo de parar para entrar, seja para encher a casa (do vintage ao moderno), o armário (com direito a fatos de banho todo o ano), e até o quarto dos brinquedos dos miúdos. Estas são as melhores lojas no Príncipe Real.  

Publicidade
Cinco Lounge
Fotografia: Manuel Manso
Noite

Onde beber um copo

Do Quiosque do Oliveira ao Café Colonial, do final da tarde às noites longas. Se não se conseguir decidir pelo registo, guarde este link nos seus favoritos e regresse ao assunto sempre que lhe apetecer beber um copo no Príncipe Real. Entre happy hours e elaborados cocktails, vamos a isso, com moderação. 

Jamie's Italian Lisboa
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Paragens obrigatórias na Rua Dom Pedro V

É no Príncipe Real que os valores das casas chegam a somas astronómicas: 5254 o metro quadrado, segundo os dados publicados o ano passado, a zona mais cara de todo o país. E também a melhor. A Rua da Escola Politécnica e a Rua Dom Pedro V, separadas pelo Jardim do Príncipe Real, transformam-se numa só rua, onde todas as semanas há uma nova razão para voltar. Para que não se perca, nós dizemos-lhe o que é que não pode mesmo perder aqui na zona. Estas são as paragens obrigatórias na Rua Dom Pedro V e na Rua da Escola Politécnica. 

Publicidade
Quiosque do Oliveira
Fotografia: Ana Luzia
Coisas para fazer

Outras paragens obrigatórias no bairro

É o bairro onde os níveis de FOMO (a sigla inglesa que significa fear of missing out, uma espécie de estar a perder qualquer coisa incrível) atingem valores elevadíssimos. Se correr o bairro de uma ponta à outra, sem contar com restaurantes do mundo e lojas, vai encontrar locais onde tem mesmo de parar e viver a vida no bairro da realeza. 

O melhor de outros bairros

monsanto, keil do amaral, vista do rio
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

O melhor de Monsanto

Monsanto é, sem discussão possível, o pulmão da cidade. Mas podemos vê-lo também como o pulmão extra que ajuda a respirar os lisboetas em todas as idades. Para os mais novos é um enorme playground com vários parques infantis e equipamentos que os entretêm durante horas; para os adolescentes é aquele sítio chave onde podem passar horas entre piqueniques, passeios e selfies nos miradouros; para os adultos é uma pista de atletismo, um green para exercício físico, um campo aberto para passear o cão e, de novo, um local para depositar os miúdos. O ciclo fecha-se nestes 1000 hectares de natureza.

vista miradouro graça
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

O melhor da Graça

A melhor varanda para contemplar Lisboa está aqui e, provavelmente, a mais instragramada. Há cada vez mais tuk-tuks, é verdade, mas também há cada vez mais vida de bairro a acontecer, da tasca ao mini mercado. Não deixe esta colina entregue exclusivamente aos turistas, aliás que esteja longe de acontecer essa possibilidade. É um dos sítios para se desgraçar na cidade e beber copos até ser hora de rumar para outro lado, e onde pode petiscar antes num dos restaurantes da colina. Reclame para si o melhor das mesas, da cerveja artesanal e dos destinos nocturnos da Graça e siga o nosso roteiro recheado com o melhor que este bairro guarda. 

Publicidade
hamburgaria da parada
©DR
Coisas para fazer

O melhor de Campo de Ourique

Clássicos de sempre e espaços que ainda cheiram a novo. Padarias, gelatarias, um café italiano e até um restaurante de choco frito. Mas há muito mais que comida. Com este roteiro vai querer estacionar num bairro onde o estacionamento continua tramado. Percorra as ruas do movimentado bairro em busca do melhor de Campo de Ourique e descubra como se está bem no campo. 

Chiado - Rua Garrett
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

O melhor do Chiado

É o coração da cidade. O bairro incontornável onde as lojas centenárias vivem ao lado de marcas modernas, restaurantes de assinatura e sítios para ver e ser visto com muita música e animação ao vivo. Esqueça os turistas, que são muitos, bem sabemos, e descubra o melhor desta zona da cidade. Há tanto para fazer e descobrir no Chiado. De lojas a restaurantes, passando por bares e até hotéis. Não deixe de passar por aqui. Tem dúvidas? Ora então espreite as nossas listas. Estas são as melhores coisas para fazer no Chiado. Bons passeios. 

Publicidade