Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As melhores músicas de Natal (escolhidas por músicos)
David Fonseca
© DR David Fonseca tem um novo disco de Natal, 'Christmas Songs Vol 1'

As melhores músicas de Natal (escolhidas por músicos)

Fomos à procura de canções para salvar este Natal. Perguntámos a músicos como David Fonseca, Luísa Sobral, Rita Redshoes, Camané e Ana Bacalhau o que ouvem na quadra.

Por Ana Patrícia Silva
Publicidade

Estamos naquela época do ano em que as rádios, as ruas e as lojas se enchem de cantigas com coros e sininhos. As mesmas canções que já ouvimos centenas de vezes, em todos os Dezembros da nossa vida. Mas há algo de mágico numa boa canção de Natal, muito melhor para entrar no espírito natalício do que neve de esferovite ou luzes psicadélicas. Há boas canções de Natal e clássicos que não se podem mesmo evitar. Perguntámos a músicos portugueses – ou que fizeram de Portugal a sua casa – qual a sua música preferida desta época. As escolhas são pontuadas pela espiritualidade, as memórias em família e as melodias bonitas. A todos um bom Natal.

Recomendado: As melhores lojas para comprar discos de vinil em Lisboa

As músicas de Natal preferidas dos músicos:

Alex D'Alva Teixeira

«Esta altura do ano faz-me sempre olhar para trás, não só para o que aconteceu ao longo dos vários dias que passaram, mas também para as minhas origens e para o que me trouxe até aqui. Por esse motivo, não consigo dissociar a influência que a música gospel tem (e o contexto em que está inserida) da forma como olho para esta época do ano. Creio que o hino “Love Song” de Kirk Franklin é um dos esforços mais bem-sucedidos de tentar resumir aquilo que há de mais importante, não apenas na quadra natalícia, mas em toda a vida. Precisamos muito – cada vez mais – de aprender o verdadeiro valor do amor, seja ele por nós próprios ou pelo outro.»

Ana Bacalhau

«“A Todos um Bom Natal”, do Coro de Santo Amaro de Oeiras, traz-me de volta o cheiro da consoada a ser cozinhada pela minha avó e pela minha mãe. Lembra-me da agitação de esperar pelos primos que aí vinham e das muitas brincadeiras que a noite prometia, da expectativa dos presentes que o Pai Natal iria trazer (se bem que sabíamos todos que eram os nossos pais e avós que os colocavam na árvore). Devolve-me a minha meninice e as pessoas queridas que fui perdendo, de quem tenho tantas saudades e tantas memórias. Essa é a magia da música. E, em particular, desta música de Natal, que é a melhor de todas para mim, porque me devolve o melhor Natal de todos, o da minha infância.»

Publicidade

Ana Deus (Três Tristes Tigres)

«O Luca Argel, no álbum Conversa de Fila, tem uma canção bem curiosa sobre o Natal, e que se chama, tal e qual, “Natal Natal”. Se já no nosso clima temperado o Natal imagético, recheado de trenós e pinheiros com neve, é exótico que chegue, imagine-se no Brasil...»

Camané

«Escolho o “Have Yourself a Merry Little Christmas”, cantado pelo Frank Sinatra, não só simplesmente por ser cantado pelo Sinatra – e só isso justificaria –, mas também porque transporta quem ouve para uma esperança futura e para um imaginário cinematográfico e de fantasia, sempre a pensar que melhores dias virão.»

Publicidade

David Fonseca

«A minha música preferida de Natal é a “Last Christmas” dos Wham!, talvez porque foi a canção que tocou ininterruptamente durante cinco Natais seguidos na minha infância/adolescência. Acabou por fazer parte do cenário das reuniões de família e faz sempre lembrar o meu presente favorito de todos até hoje: um ZX Spectrum 48k.»

Descubra o novo álbum de músicas de Natal de David Fonseca, Christmas Songs Vol 1, ao vivo no Teatro Maria Matos nos dias 22 e 23 de Dezembro.

Luca Argel

«“Boas Festas” de Assis Valente é a primeira música de Natal que eu lembro de ter ouvido. É muito popular no Brasil, tem um ar infantil e divertido das marchinhas de carnaval que eu sempre gostei. Mas só depois de mais velho é que me dei conta do quanto a letra é devastadora. É mais uma daquelas clássicas contradições da música brasileira, que fala de coisas tristíssimas, do tipo “o Pai Natal com certeza já morreu”, mas sempre com um sorriso no rosto.»

Publicidade

Luísa Sobral

«Uma das minhas canções de Natal preferidas é a “The Christmas Song” cantada pelo Nat King Cole. A voz do Nat King Cole é das mais bonitas de sempre e perfeita para uma canção de Natal. Para além deste maravilhoso intérprete, tem uma melodia muito bonita, sem precisar de sinos de rena para nos fazer entrar no espírito natalício. É uma canção que cheira a chocolate quente.»

Mano a Mano

André Mano: «Conheci a “Have Yourself a Merry Little Christmas” através do Filipe Melo, que me convidou para fazer parte do coro que cantava com Manuel João Vieira num episódio da série Mundo Catita. É uma cena hilariante do Natal dos Hospitais e foi um desafio cantar um take sem nos partirmos a rir. Passado o trauma, comecei a conhecer outras versões do tema e uma das que mais gosto é de Frank Sinatra, especialmente a versão em que ele começa a capella


Bruno Mano: «“Last Christmas”, dos Wham!, não será a minha canção favorita, mas é claramente a que me remete para o Natal na Madeira, que abandonei no fim da adolescência. Essa canção esteve em muitos Natais e eu continuo a pensar que o Natal, de alguma maneira, cristalizou em casa dos meus pais. Continuo a associar esta quadra à Madeira e à minha infância. E não deixa de ser uma bela canção. Escolhendo só uma, vai essa.»


Descubra O Disco de Natal dos Mano a Mano.

Publicidade

Márcia

«“White Christmas” é a minha canção preferida da quadra natalícia. É a primeira canção que me lembro no Natal. Adoro a versão original do Bing Crosby porque nos faz sonhar com um Natal cheio de neve (que nunca tive em Lisboa), por causa dos arranjos tão perfeitos e da letra. Acho uma canção muito nostálgica da idealização do Natal da infância e, simbolicamente, um bom augúrio ter sido escrita por um autor estrangeiro a viver nos EUA.»

Rita Redshoes

«A minha escolha é, inevitavelmente, a canção “White Christmas”, na versão interpretada por Bing Crosby. A letra, a melodia, a harmonia e a sonoridade são a combinação perfeita do que para mim representa a magia do Natal: a família reunida, sorrisos, luzinhas, boa comida, e a esperança que o Pai Natal traga a concretização de desejos para o ano seguinte.»

Publicidade

Selma Uamusse

«O Natal tem imenso significado para mim e é vivido com bastante paixão e alegria. Todos os anos coloco os vinis antigos que tenho da Mahalia Jackson, Elvis Presley ou Aretha Franklin e canto muito com o meu coro Gospel Collective. A versão de “Joy to the World” da Whitney Houston com o Georgia Mass Choir (que eu já vi ao vivo em Atlanta) é cheia de sentimento, mas também alegria – afinal, celebramos o Rei mais humilde, despojado e cheio de compaixão da história da humanidade.»

Teresa Salgueiro

«Gosto muito de muitas músicas de Natal, a escolha é difícil. Neste momento, estou a voltar a um tema tradicional português que me encanta – “Deus nos dê cá as Boas Festas”. Um canto de peditório do Natal aos Reis, que aprendi com as recolhas de Fernando Lopes Graça e Michel Giacometti. Um tema português que vem bem longe no tempo e nos remete para a mais profunda alma do povo português, para uma memória que a todos pertence.»

Publicidade

Tóli César Machado (GNR)

«Não apreciando as clássicas canções de Natal, usadas e abusadas pelo comércio e grandes superfícies, e que, para mim, pouco têm a ver com a festa familiar que é o Natal, adoptei há muito “Family Life” dos The Blue Nile como a minha canção de Natal. Feliz festa da família.»

Mais música para o Natal:

Natal Diferente
©DR

Os melhores discos de Natal

Música

O Coro de Santo Amaro de Oeiras e o Michael Bublé não têm lugar nesta lista de discos de Natal. Nem mesmo Bing Crosby, uma referência da quadra. Ainda assim, pode contar ouvir clássicos como "Silent Night" ou "Joy to the World", pelas vozes e mãos de gente séria. Dos Beach Boys a Sufjan Stevens e The Vandals, passando por Phil Spector ou John Fahey, entre outros. Há música festiva para todos os gostos e situações. Estes são alguns dos melhores discos de Natal. Mais concretamente, os 12 melhores. Como os dias de Natal da canção.

Recomendado: Natal em Lisboa

a adoração de magi de  rogier van der weyden
©DR

10 discos para celebrar o Natal sem Jingle Bells

Música Clássica e ópera

Sim, a música natalícia que costuma assaltar-nos os ouvidos tende a ser adocicada, simplória e monótona, o que é tanto mais incompreensível por não faltarem excelentes alternativas. Seguem-se 10 sugestões, colhidas ao longo de sete séculos.

Publicidade

Uma ementa musical portuguesa para a consoada

Música

Do momento da chegada dos convidados (sim, são família mas não deixam de ser convidados) à abertura dos presentes. A lista (ou playlist) que se segue é um ajuda e tanto. São seis músicas portuguesas, umas mais alternativas do que outras, para os vários momentos da consoada, com passagem obrigatório pela tábua dos queijos e pela perna de presunto. Em podendo escolhíamos seis pernas de presunto e não seis canções, mas já se sabe como o presunto é caríssimo. E não roda bem no gira-discos. 

A esperança, a hipocrisia e a paródia em 25 canções de Natal

Música

Há boas canções de Natal? Haver, há, no entanto uma linha muito estreita separa a qualidade da lamechice e o cliché. Há canções que não se podem mesmo evitar. Outras que, quando surgiram, foram uma surpresa. Algumas são porventura uma paródia, uma provocação, vá lá, que é Natal. E as que são capazes de abalar um coração? Dessas, também há umas quantas. A esperança, porém, está presente em quase todas, assim como uma certa e determinada dose de hipocrisia. Afinal é Natal. Eis 25 canções de Natal para ouvir em loop ao longo da quadra.

Recomendado: Os melhores mercados de Natal em Lisboa

Publicidade
gisela joão
©Estelle Valente

As canções de Natal favoritas de Gisela João

Música

Tudo começou com um convite. Ou melhor, um desafio. O CCB queria que a fadista Gisela João emprestasse a sua voz ao songbook americano. Ela aceitou. “Mas depois quando saio da reunião e estou em casa a pensar apercebo-me que as datas são no Natal”, recorda. “Então quis assumir mesmo isso, que era um concerto de Natal.”

Vamos ouvi-la a cantar essas canções natalinas entre quinta e sábado, no CCB. Com ela, em palco, estará um trio de jazz – Luís Figueiredo (piano e arranjos), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Alexandre Frazão (bateria) – e a Orquestra Filarmonia das Beiras, com o maestro António Vassalo Lourenço. “Estou nervosa, porque são 50 pessoas em palco comigo”, confessa. “Mas são uns nervos saudáveis.”

Quando se lhe pergunta se vai cantar esta ou aquela canção, ela devolve uma não-resposta, sempre com um sorriso nos lábios: “Estás a querer saber tanto como a filha mais velha dos meus pais.” Mas aceita, de bom grado, escolher dez canções de Natal que mexem com ela (alguns dias mais tarde descobrimos que escolheu só nove.)

Recomendado: Natal em Lisboa

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade