A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Esplanada do Park
Fotografia:Arlindo CamachoEsplanada do Park

As esplanadas mais quentes em Lisboa para este Inverno

Sair de casa no Inverno não precisa de ser um drama. Bata a porta sem medo, nestas esplanadas ninguém fica constipado.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

O Inverno chegou em força mas connosco não faz farinha. Reunimos à lareira os diminutivos que espantam o frio – mantinha, chazinho, sopinha, escapadinha –, esfregámos as mãos e saímos à rua com tudo. É certo que a cidade pode estar gelada mas há sempre uma alternativa de lugares aconchegantes e nós não queremos que perca um grau que seja. Por isso, vista – temporariamente – o casaco, pegue nas luvas, no gorro, no cachecol e prepare-se para os tirar assim que chegar a uma das esplanadas mais quentes em Lisboa para este Inverno.

Recomendado:  Sete bares para fugir ao frio e à chuva

As esplanadas mais quentes em Lisboa para este Inverno

  • Restaurantes
  • Princípe Real
  • preço 3 de 4

Se há coisa pela qual o Príncipe Real é conhecido é pelos seus jardins interiores, que se transformam em belas esplanadas. É o caso da do Boubou’s. Nesta altura, não vá o Inverno fazer das suas, parte da esplanada tem uma cobertura retráctil e há mantinhas nas mesas, além dos aquecedores. Ideal para beber um cocktail da casa ou optar pelos clássicos vinho a copo e tábua de queijos. Há também novos menus para grupos, se convencer os amigos a largar a maratona de séries no sofá.

Para Aquecer: O kebab de cordeiro – um prato para dois (a comer bem) que para acompanhar a carne tenra traz pão pita e condimentos orientais (47€). É 100% comida de conforto.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Chiado/Cais do Sodré
  • preço 2 de 4

O Noobai anda nesta vida das melhores esplanadas de Lisboa há muito, seja qual for a estação do ano. É o spot preferido de muitos para copos de final de dia com o pôr-do-sol em vista, mesmo ao lado do Miradouro de Santa Catarina. O frio não importa nada: há mantas para pôr sobre as costas e aquecedores nos dois andares. A carta é extensa mas o que sai mais nos dias frios é o vinho a copo – há sempre um vinho do mês (4,5€).

Para Aquecer: Os chás quentinhos, do verde Gorreana à erva príncipe (2,5€), ou o vinho do mês (4,5€). Para não cair no vazio, acompanhe com os croquetes de alheira (4€) ou a sandes de pão naan com salmão (9€).

Publicidade
  • Bares
  • Chiado/Cais do Sodré

Vista para o Tejo, a ponte ao fundo e uma mantinha sobre as pernas – coisas boas da vida. A esplanada da Madame Petisca é um postal ou, nos tempos modernos, o cenário ideal para o Instagram. Há um menu de almoço diferente todas as semanas, e outros petiscos para partilhar (regra da casa desde os tempos em que a partilha não era moda). E a happy hour aqui continua no tempo frio entre as 17.00 e as 19.00: a compra de um cocktail dá direito a outro.

Para Aquecer: O bagel de cachaço de porco preto (9€) para quem quer consolo salgado; o cocktail Café Frappé com gelado, Baileys e café (9€) para quem vai mais vai numa de lanche.

  • Restaurantes
  • Alcântara

Esta espécie de casinha de bonecas vintage estende a magia ao pátio exterior e, no tempo frio, ninguém recolhe as mesas de madeira nem apaga as luzinhas ao estilo arraial. A esplanada foi renovada e além das mesas corridas tem cadeiras com mantinhas e um telheiro de madeira. Há aquecedores entre as mesas e muito espaço para os miúdos brincarem ao ar livre sob o olhar atento dos pais. Durante a semana saem bem as tostas e as saladas – e o vinho a copo ao final da tarde.

Para Aquecer: O novo menu de pequeno-almoço, para manhãs geladas, e o chocolate quente.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Bairro Alto

Uma coisa está garantida: a vista desafogada para o Castelo de São Jorge (vade retro nevoeiro!). O ambiente acolhedor em dias frescos, esse faz-se na esplanada aquecida e com as mantas espalhadas. O espaço até pode ser fechado com toldos retrácteis – não precisa de grandes agasalhos. Há finger food para sossegar a fome ao final do dia e cocktails clássicos reinventados.

Para Aquecer: A tábua com queijos nacionais DOP e enchidos que dá para repartir por seis pessoas. Lutar contra o frio entre amigos é muito mais eficaz do que sozinho.

  • Noite
  • São Vicente 

Quando o frio bate à porta, o Ferroviário transforma-se num verdadeiro jardim de Inverno – o terraço fica coberto na sua maioria, há mantas nos sofás e luzes a pender do tecto. As plantas dão um ar tropical. Agora, parte do terraço fechado é ocupado pelo novo restaurante com uma carta que tanto dá para o petisco como para uma refeição composta, assinada por Victor Hugo.

Para Aquecer: A tábua de carnes que aconchega o estômago a duas pessoas (39€) com um hambúrguer black angus, rosbife fatiado, acém redondo grelhado, chips e polenta crocante, tudo para se lambuzar enquanto aproveita aquele sol de Inverno

Publicidade
  • Bares
  • Estrela/Lapa/Santos

Continua entre as esplanadas mais imperdíveis de Lisboa, e agora que mudou de gerência e de visual, tem mais noites temáticas e DJ sets a acontecer. Se está frio, nada tema, pode continuar a apreciar a vista privilegiada para o Tejo com uma mantinha sobre as pernas – calor reforçado por dois aquecedores – e uma petiscada à mesa.

Para Aquecer: Os pregos em bolo do caco, seja o de atum (10,20€), seja o de lombo (11,50€).

  • Noite
  • Castelo de São Jorge

A vista é apenas uma das razões pela qual o Chapitô é um belo refúgio Outono-Inverno. No primeiro andar tem um restaurante panorâmico, no piso térreo há o terraço, mais para petiscos e grelhados, que nesta altura leva uma cobertura para não deixar entrar frio – as mantas e os aquecedores dão uma ajuda.

Para Aquecer: Às segundas o clube de choro, às terças, fado e às sextas, samba. Que nem pelo estômago ferve o Homem.

Publicidade
  • Restaurantes
  • São Vicente 

Não é por estar um frio de rachar que as filas intermináveis do Casanova ficam mais pequenas. Mas há um truque para passar à frente: aceitar mesa na esplanada, que não fecha durante o Inverno. Há mantas e cogumelos aquecedores que o protegem de eventuais arrepios e permitem que tenha a fatia de pizza numa mão e o prosecco na outra – sem precisar de calçar as luvas.

Para Aquecer: A pizza Diavola. O salame picante vai certamente ajudar a aumentar a temperatura.

  • Bares
  • Chiado/Cais do Sodré

Neste parque da Calçada do Combro estacionam lisboetas e turistas à procura de uma das melhores vistas – coisa que nunca deixam de ter, mesmo com a cobertura de lona transparente com que o Park se veste nos dias de Inverno. Não há frio que entre. Se entrar, não é nada que as mantas, os cogumelos aquecedores e dançar ao som dos DJs não resolvam.

Para Aquecer: A frigideira spicy (7€) para apimentar o dia com frango de molho picante ao som de hip-hop.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Chiado

Tem esplanada no largo, mas é a que está lá dentro que aconchega: emprestam mantas e há um aquecedor de parede. Continua a servir brunch aos domingos e a ser um sítio acolhedor para lanches com chá ou chocolate quente. Há ainda saladas de Inverno e bolos caseiros. Se preferir ficar na agitação do largo, a esplanada exterior também tem mantas.

Para Aquecer: O scone, esse clássico invernoso, com manteiga e doce (2,75€).

  • Restaurantes
  • Chiado

Ainda que se divida entre 1500 m2, é difícil encontrar o Topo Chiado vazio. Nesta altura do ano, veste-se a preceito com um telheiro – as plantas ajudam a dar ambiente – com luzes que aquecem e mantas nas cadeiras.

Para Aquecer: Nada como um cocktail bem gelado para fazer a temperatura corporal subir. Peça uma Frozen Margarita (10€) e comprove a nossa teoria.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Asiático contemporâneo
  • Estrela/Lapa/Santos
  • preço 3 de 4

A vista de 360° está garantida no Ōkah, o bar e restaurante do último piso do LACS, em Santos. Pode abrigar-se no restaurante sem grandes problemas, mas quem gosta de levar com o ar fresco na cara, tem os contentores com sofás no bar/ terraço que ajudam a que se proteja das aragens.

Para Aquecer: O brunch buffet aos domingos com pratos quentes, sushi e música ao vivo (11.30 ou 14.00. Reservas: reservas@okah. pt, 22,50€).

  • Restaurantes
  • Italiano
  • Campo de Ourique
  • preço 2 de 4

O grupo Non Basta abriu o italiano Memoria para apelar às recordações de almoços em família na infância, um restaurante com mais produtos italianos e uma série de novos pratos. O interior é mais estreito, em tons rosados, com mesas com tampos de mármore, mas o ex-líbris são os dois logradouros que foram transformados numa enorme esplanada bem abrigada das temperaturas baixas.

Para Aquecer: A selecção de entradas para petiscar, da burrata com pesto e prosciutto às bruschettas. Se for em família, peça as travessas para dividir.

Aproveitar o Inverno em Lisboa

Eventos aconchegantes para os dias frios
  • Coisas para fazer

O Inverno em Lisboa não é um inferno. Sabemos que as temperaturas desceram, que a chuva passou a ser a palavra do dia, mas não se preocupe, isso não é desculpa para congelar a sua vida social. Deixe a hibernação para as marmotas e para os ursos, pouse o chocolate quente, tire a manta de cima e poupe no aquecimento: temos as melhores sugestões de concertos, exposições, peças de teatro, cursos e festivais para aquecer o que sobra de 2018 e arrancar 2019 sem precisar de se constipar. Estes são os eventos aconchegantes onde vai poder aquecer.

  • Restaurantes

Cremoso, com ou sem chantilly por cima, quente e bem docinho. Se o que lhe aquece realmente a alma (e as mãos) é o chocolate numa versão líquida, esta é a altura certa para correr as capelinhas todas em busca de uma chávena de chocolate a fumegar e colocar a gulodice em dia. Aqui damos-lhe uma lista de sítios para beber chocolate quente em Lisboa com um grau de cacau mais ou menos elevado, com rum e até com licor de laranja. Mais ou menos doce, estas canecas são um tiro certeiro para curar todos os males. 

Publicidade
  • Bares

Muda a temperatura, muda a carta de cocktails do Time Out Bar. Apresentamos cinco novidades para acompanhar a nova estação, mas há mais na nova carta. É a colecção Outono/Inverno, por isso não se deixe vencer pelo frio e aventure-se no Time Out Market, onde há sempre muita coisa a acontecer. Pica daqui, pica dali. O difícil vai ser vir embora. Não resista e prova um destes novos cocktails. Se não souber o que escolher, deixe-se guiar por quem sabe e está ali para satisfazer os seus gostos. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade