Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores restaurantes para comer trufa branca em Lisboa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Fiammetta
©Manuel Manso

Os melhores restaurantes para comer trufa branca em Lisboa

Não há duas trufas iguais e pagam-se a peso de ouro. Mas vale a pena. Eis os melhores sítios para comer trufa branca em Lisboa

Por Inês Garcia
Publicidade

Novembro é a época da trufa branca, um fungo valioso e exclusivo. O cheiro é inebriante, inconfundível. Tem tanto de intenso como de delicado e no prato a história é a mesma. De tão rara, a trufa branca, um género de cogumelo subterrâneo que existe na zona de Alba, em Piemonte, no noroeste de Itália, ascende aos milhares e milhares de euros. Cresce em simbiose com carvalhos e outras árvores como os choupos e as nogueiras, e não é fácil encontrá-las – são apanhadas por caçadores de trufas, acompanhados por cães, embora antes este fosse um trabalho feito com porcos. Caçámo-la à mesa de cinco restaurantes em Lisboa.

Recomendado: Os melhores sítios para comer carbonara em Lisboa

Os melhores restaurantes para comer trufa branca em Lisboa

Fiammetta
Fiammetta
©Manuel Manso

Fiammetta

Restaurantes Campo de Ourique

No Fiammetta, em Campo de Ourique, a trufa branca de Alba juntou-se em meados de Outubro à montra de produtos italianos, dos queijos e enchidos aos vinhos e azeites, esses ali à mão de semear para levar para casa ou provar mesmo ali, na zona do restaurante. Têm dois pratos disponíveis durante este mês: o tagliolini fresco com lascas finas e delicadas de trufa, e o risoto de cogumelos porcini frescos, que habitualmente servem com trufa preta, mas por estes dias servem com a branca (42€), criações do chef italiano Armando Capocci, responsável também por outras novidades como as crocchettas de bacalhau, o clássico cacio e pepe ou os raviólis de presunto de Parma, abóbora, castanha e creme de búfala.

Trufa branca de alba
Trufa branca de alba
©Manuel Manso

Come Prima

Restaurantes Italiano Estrela/Lapa/Santos

No último ano Tanka Sapkota, o chef nepalês mais italiano de Lisboa, fez um verdadeiro espectáculo gastronómico com
a sua trufa de 1,153 kg, registada como “provavelmente a maior trufa branca de Alba da última década”. Este ano as trufas são mais pequenas, mas até meados de Dezembro o Come Prima, que já trabalha a trufa branca de Alba desde 2007, tem os seus pratos sazonais mais clássicos, como
os ovos biológicos mexidos com manteiga e pão torrado e as lascas de trufa (34,90€), o risoto alla parmigiana (41,90€) ou o tajarin, apenas com manteiga e trufa (41,50€). Um conselho de Tanka: uma vez chegado o prato à mesa, não deve esperar pelo amigo do lado para começar a comer. A trufa é ainda melhor no segundo em que é cortada. É obrigatório reservar mesa.

Publicidade
Ritz
Ritz
©DR

Varanda do Ritz

Restaurantes São Sebastião

Não há um dia certo para terminar o menu anual de trufa branca do Ritz – é quando o fungo acabar, mas é provável que brilhe até ao final deste mês. Pascal Meynard, chef do Varanda, voltou a preparar um menu especial, deixando a trufa brilhar: há vieiras salteadas com noz-pecã, cogumelos girolles e trufa, o famoso tagliolini de parmesão e trufa branca e um prato de carne, vitela de leite confit, topinambur rosa e, claro, a trufa. Para a sobremesa, uma trufa gigante, uma representação que no interior tem gelado de fava tonka com caramelo e flor de sal e no topo tem as valiosas lascas. O menu custa 190€ por pessoa, mas os pratos também podem ser pedidos à carta.

Eleven
Eleven
©Inês Félix

Eleven

Restaurantes São Sebastião

Há duas maneiras de provar a trufa branca com estrela Michelin do Eleven. Este ano, há um menu executivo, mais acessível, servido aos almoços de segunda a sábado, que vai rodando todas as semanas mas tem sempre trufa. Além de uma entrada à escolha, nos pratos principais há três opções, o peixe do dia com polenta e trufa branca, o porco ibérico com arroz e trufa ou o risoto de trufa (28€ por pessoa se escolher dois pratos, 35€ se optar por três, com sobremesa, sem bebidas). Já o menu de degustação completo de Joachim Koerper é uma experiência mais exclusiva e mais cara, a fazer jus ao fungo considerado o “ouro da cozinha”. Todos os pratos levam trufa: há tártaro de vitela de leite, ovo a baixa temperatura com espinafres à la crème, raviólis de mascarpone, risoto com porco preto
e uma tarte de chocolate negro com gelado de mel e trufa (todos estes pratos estão também disponíveis à carta). Com este menu (219€ por pessoa), acaba a refeição a receber um livro de 
cozinha do chef.

Publicidade

JNcQUOI Avenida

Restaurantes Avenida da Liberdade

Os pratos do menu especial do JNcQUOI Avenida ainda são surpresa, mas durante uma semana, entre 21 e 29 de Novembro, haverá duas entradas e dois pratos onde a trufa branca de Alba será a grande protagonista. Além destes pratos, durante este período, será ainda possível fazer um upgrade a qualquer prato da carta e pedir lâminas de trufa para finalizar e ficar com o intenso aroma a almíscar e alho.

O mundo em Lisboa

cannoli
©Duarte Drago

Três sítios para comer cannoli

Restaurantes

A cereja está para o topo do bolo como o cannoli está para o fim de uma refeição italiana. Esta sobremesa tradicional da Sicília é perfeita para quem gosta de comer coisas crocantes: é feita com uma massa doce frita em formato de tubinho e recheada tradicionalmente com um creme de ricota. Pode ter variações nos recheios, é certo, mas os sítios que lhe indicamos aqui seguem o caminho da tradição. Tome nota e reserve espaço para a sobremesa. Enfim, é ver a dieta por um canudo – e olhe que se vê muito bem.  

Lambrettazzurra - Baronissi
Fotografia: Manuel Manso

As melhores pizzas em Lisboa

Restaurantes Italiano

Talvez nenhum outro prato no mundo tenha tantos adeptos como a pizza. Redonda ou rectangular, de simples não tem nada. Resolve urgências e tem mil e uma combinações possíveis, umas mais felizes que outras mas sempre com uma opção que agrada a todos. No fundo, com a pizza não se brinca. Este trabalho é muito sério, do momento em que se atira a massa ao ar à altura em que se escolhe que fatia comer. Metemos as mãos na massa e chegamos a um número redondo, como a maioria destas pizza: estas são 15 melhores pizzas em Lisboa. 

Publicidade
PIZZA FORNERIA
Fotografia: Manuel Manso

Os melhores restaurantes italianos em Lisboa

Restaurantes Italiano

Mamma Mia! Pode começar já a treinar o seu sotaque italiano e a exercitar os dedos, porque nos melhores restaurantes italianos em Lisboa vai ter muito para falar com as mãos em sinal de apreço depois de comer os pratos mais típicos. Nesta lista encontra desde burratas cremosas a pizzas em forno de lenha com bases de massa de fermentação lenta, mas mais: massas frescas feitas no momento e que até pode levar para casa, ou sobremesas como o tiramisù ou pannacotta. Viaje connosco do Norte ao Sul de Itália, sem tirar os pés da cidade.  

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade