Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores sítios para comer tábuas de queijos e enchidos em Lisboa

Os melhores sítios para comer tábuas de queijos e enchidos em Lisboa

Uma tábua de queijos e enchidos composta e um copo de vinho é um básico de final de tarde seja qual for a estação do ano.

Manteigaria Silva
©Duarte Drago Manteigaria Silva
Publicidade

Faça contas à vida para, ao final da tarde, poder sentar-se sossegado a relembrar a tabuada. Não se alarme se não é amigo de números porque nesta lista fala-se é das tábuas de queijos e enchidos tão carregadinhas que o mais provavél é que já as conheça de cor. Afinal, uma tábua de queijos e enchidos é aquele clássico das patuscadas com amigos que nunca se deve ignorar. O melhor de tudo é que na maioria destes sítios as tábuas ainda não estão pré-definidas, portanto pode juntar o útil ao agradável: conhece um sítio novo e escolhe o que quer, entre queijos e enchidos ou uma mista para provar de tudo.

Recomendado: Os melhores sítios para comer e comprar queijo em Lisboa

Uma foto da Time Out Magazine

A Time In Portugal já está disponível

Pode ler a última edição no conforto do seu sofá

Ler a revista

Os melhores sítios para comer tábuas de queijos e enchidos em Lisboa

Manteigaria Silva Belém
©Duarte Drago
Compras, Mercearias finas

Manteigaria Silva Belém

Belém

A histórica Manteigaria Silva abriu a terceira loja em Lisboa no remodelado espaço do Vela Latina, na Doca do Bom Sucesso, em Belém. Fica mesmo ao lado da entrada do restaurante (que lá dentro tem o Nikkei, que entrou para a nossa lista de melhores novos restaurantes de 2017) e tem uma esplanada própria, sóbria. No interior, o melhor da casa: os queijos de cura artesanal, com a afinação supervisionada de José Taboaço Branco, proprietário da casa fundada em 1890. Peça as tábuas mistas (com dois queijos e um presunto, 12€) ou uma mista pata negra (17€). Todas acompanham com os frutos secos da casa e tostas, igualmente artesanais.

Fiammetta
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Fiammetta

Campo de Ourique

Na Fiammetta, mercearia-garrafeira-cafetaria italiana em Campo de Ourique, antes de encher os sacos de compras, tem muito por onde escolher. Sente-se à mesa e peça uma tábua Fiammetta (24€, para duas pessoas) com vários queijos e enchidos. Depois peça um crostino di mozzarella di bufala e ‘ndduja (7,50€) – “uma pasta de chouriço picante da Calabria” – ou um dos panini, como a sanduíche de speck de Trento, com queijo brie e rúcula. Se não fiquer satisfeito, aqui há ainda saladas e algumas pastas.

Publicidade
Bares, Enotecas

Bottega Montucci

Princípe Real

Nesta bottega bebe-se vinho italiano e petisca-se na mesma língua. A Bottega Montucci, no Príncipe Real, é um bar de vinhos que não se esgota nas referências italianas, pelo contrário, tem já muitas portuguesas – ao nível do liquído e das tábuas, com queijos de cabra curados ou de ovelha amanteigados, e enchidos. E com preços para todas as carteiras: a tábua mais pequena, com um queijo ou enchiado fatiado, é 5€, há uma pequena mista (16€), uma grande mista (25€) e as só de queijos ou só de enchidos (10€). Tem ainda alcachofras grelhadas, pimentos recheados, bruschettas e conservas para ir picando ao ritmo que for esvaziando o copo.

By the Wine - Sala
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

By the Wine

Chiado/Cais do Sodré

É um dos melhores sítios do Chiado para beber um copo de vinho ao fim do dia e, sem dúvida, o que tem mais pinta. A flagship store da José Maria da Fonseca junta dois conceitos: o de winebar e o de loja de vinhos, com todos os produtos e marcas da empresa. A decoração é o mais impressionante, com garrafas a cobrir o tecto (diz quem teve muito tempo para contá-las que são 3267 garrafas). Para empurrar, pode escolher entre tábuas de presunto ibérico de bellota, com 46 meses de cura (para partilhar, 18€) ou, ainda no campo da charcutaria, uma tábua carregadinha de embutidos de bellota, com presunto, chouriço, lombo e salsichão (20€). Só de queijos tem uma tábua com uma selecção de quatro, com manchego, parmesão, queijo da Ilha, alentejano e uma compota de figos a acompanhar (14€). Pode optar também por um mix dos dois (25€).

Publicidade
DELIDELUX Avenida
Fotografia: MMP
Restaurantes

Delidelux (Avenida)

Avenida da Liberdade

É uma das melhores e mais completas mercearias de Lisboa e com bons menus de brunch, capazes de o deixar alimentado o resto da tarde. Mas além desse forte da manhã e das refeições ligeiras, serve também boas tábuas e com muita escolha: pode optar pela de presunto ibérico e fica logo o caso resolvido (12€) ou pedir dois queijos ou dois enchidos (9€), quatro queijos ou quatro enchidos (15€) ou uma mista, com dois queijos e dois enchidos (15€).

café janis
Myrto Steirou
Restaurantes

Café Janis

Cais do Sodré

As tábuas de queijos e enchidos do Café Janis são tão bonitas e recheadas que merecem uma foto para as redes sociais antes de se atirar a elas. Ocuparam o espaço da antiga salsicharia vienesense Hansi e são um "all day café" – um espaço híbrido que é tanto café de pequenos-almoços como restaurante e bar. As típicas tábuas de queijo e enchidos para acompanhar com copos de vinho têm ainda picles, azeitonas, alcachofras e nozes torradas (16,50€). 

Publicidade
Restaurantes, Global

Paralelo 45

Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Dois parisienses trouxeram para Lisboa tábuas maciças com várias colecções de queijos e enchidos. E de todas se pode pedir uma versão média ou grande – a mais barata é de queijos de cabra e tem cinco tipos de queijos (14,50€, a média, 25€, a grande); a mais cara é a tábua gourmet e vai do brie com trufa, à mortadela trufada (22€ e 38,50€).

Jamie's Italian
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Italiano

Jamie's Italian

Princípe Real

A carta da versão portuguesa do restaurante italiano de Jamie Oliver é grande, tem o nome dos pratos em inglês para “preservar o espírito britânico" e faz referência aos “mais famosos” ou aos favoritos de Jool, a mulher de Jamie Oliver. Mas a oferta, ainda que adaptada a Portugal com uma ou outra substituição de ingredientes, mantém as famosas tábuas da casa. Há uma versão com salame de funcho, mortadela com pistácio, presunto, mini mozarelas de búfala, queijo parmesão e geleia de chili, picles, azeitonas e salada roxa (7,50€ por pessoa). Na tábua vegetariana há vegetais grelhados, marinados em alho e azeite de ervas aromáticas, com as mesmas mini mozarelas de búfala, tomate e crostinis com ricota, molho de feijão aromatizado com alho, grissini, picles e azeitonas (7,50€ por pessoa).

Publicidade
JNCQUOI
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

JNcQUOI

Avenida da Liberdade

Ora no andar de cima, onde a carta é variada, e há um restaurante a sério, ora no DeliBar, no piso intermédio, onde há um balcão com capacidade para 42 pessoas e uma carta própria, há tábuas de queijos e enchidos perfeitas para começar a noite. Pode escolher apenas um queijo (10€) e vê-lo fatiado na tábua ou pedir três diferentes (19€) de uma ampla selecção. Quanto à charcutaria é atirar-se de cabeça à tábua com presunto, lombo e chouriço (21€).

Restaurantes, Português

Tapa Bucho

Bairro Alto

A pequenina tasca de petiscos portugueses e espanhóis Tapa Bucho tem 20 lugares mas está sempre cheia. Para abrir o bucho, há uma tábua de queijos completa, com diversos queijos ibéricos (9€, existe a versão mini a 4€) e também a de jamón ibérico (9€). Comece a noite assim e siga o picanço com os croquetes de alheira, jamón ou calamares (1,50€ a unidade), os ovos revueltos e torricados e termine com um belo entrecôte na chapa.

Publicidade
bar da odete
Fotografia: Arlindo Camacho
Bares, Bares de tapas

Bar da Odete

Santa Maria Maior

Nestes 30 metros quadrados que praticamente só têm balcão e presuntos a cobrir a montra  todos portugueses, como tudo o que está nesta casa – há copos que vão dos três aos 35 euros, todos aprovados pela crítica de vinhos Odete Cascais. Seja qual for o vinho que escolher (e está sempre alguém para lhe explicar tudinho), pode pedir uma tábua de queijo da serra e curado da Beira ou de presunto (ambas 15,50€) ou a Tábua Odete (14,50 a pequena, 23€ a grande, com queijo e presunto).

Restaurante Zero Zero
Fotografia:Ana Luzia
Restaurantes, Italiano

ZeroZero

Princípe Real

Se pensava que ia direito às pizzas e cocktails com prosecco, fortes da casa, a entrada da Zero Zero é capaz de o deixar indeciso. Do lado esquerdo da cozinha aberta há uma vitrina com queijos e enchidos italianos para venda ao público e pode montar a sua própria tábua, a peso, e consumi-la no local. Estão lá os excelentes Taleggio, um Parmigiano com 16 meses de cura; há também speck (presunto levemente fumado da região do Tirol), bresaola (presunto de vaca).

Publicidade
Compras, Mercearias finas

Comida Independente

Santos

A Comida Independente é uma mercearia com produtos de pequenos produtores de todo o país, onde tanto se vendem iguarias muito específicas, dignas de gastrónomos, como os legumes e o pão fresco do dia (de Adolfo Henriques, da Maçussa), como há provas de vinhos e tábuas de queijos e enchidos de qualidade de topo para provar. É só preciso estar atento ao calendário de eventos e provas da mercearia e para isso, já se sabe, as redes sociais são as nossas melhores amigas.

Fromagerie Maître Renard
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Francês

Maître Renard – Fromagerie

Campo de Ourique

Ulysse e Quentin são de Poitiers, cidade no centro de França, mas foi em Campo de Ourique que quiserem abrir a queijaria francesa que também vende produtos franceses como vinhos, mostardas artesanais, terrinas de pato ou foie, iogurtes e manteigas e uma considerável selecção de cervejas artesanais francesas, portuguesas e de outras paragens que querem ensinar a beber com queijos. Para aprender a gostar (e ir tirar a prova dos nove), o melhor é ir e pedir uma tábua, feita à sua medida, e acompanhar com uma das tais cervejas artesanais francesas. Os mais puristas têm vinho a acompanhar – francês, claro.

Publicidade
Wines By Heart
Fotografia: Inês Félix
Bares, Enotecas

Wines by Heart

Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A Wines by Heart, perto da Avenida da Liberdade, é uma garrafeira sem fronteiras, onde se faz comida amiga do vinho. Aqui, há garrafas de todos os tipos e lugares. Não é um restaurante, mas sim um lugar onde bom vinho pode ser degustado na companhia de um prato, cuidadosamente harmonizado. Rodrigo Osório é quem dirige a cozinha e embora haja pratos principais complexos com o dedo do chef, pode sempre ficar-se pelas tábuas. Se preferir queijos, há uma selecção de uma (6€) ou três variedades (12€), entre o Seia amanteigado, o Marinhas curado magro, o de cabra curado, o amarelo da Beira Baixa ou o da Ilha São Jorge com 24 meses de cura. Na parte dos enchidos, pode pedir um prato de pata negra bolota com 40 meses de cura (18€) ou selecção de três variedades (150 gramas, 18€), entre presunto ibérico, paio do lombo de porco preto, paio do cachaço do fundão, lardo curado ou bresaola Punta D'Anca.

Genuíno - Atelier do Presunto
©Inês Félix
Restaurantes, Petiscos

Genuíno - Atelier do Presunto

Lisboa

Nesta casa em Campo de Ourique, a estrela é o presunto. No total têm seis presuntos diferentes, e duas paletas (a mão, mais pequena que as patas, mais fibrosas). De Portugal vem da Casa de Porco Preto de Barrancos, de Espanha da famosa casa Cinco Jotas e do Señorio de Montanera 100% bolota, de França têm o presunto Bayonne e de Itália o presunto de Parma, estes dois últimos menos intensos. Pode pedir meia tábua (com preços a partir de 7,50€, para o presunto Bayonne, até aos 13,50€, o Cinco Jotas) ou uma tábua inteira (entre os 12,50€ e os 19,50€) para comer num dos bancos altos da loja ou na esplanada estilo parisiense, num formato after work com um copo de vinho ou cerveja artesanal.

Publicidade
Restaurantes, Português

Café Lapo

Chiado/Cais do Sodré

No Lapo há três espaços diferentes, vocacionados para a cultura e as artes, mas também para a gastronomia portuguesa. Um deles é o Café, onde há uma generosa selecção de petiscos, que inclui receitas de família. As tábuas fazem parte da lista e pode pedi-las em formato pequeno (com três variedades) ou grande (com seis). A tábua de queijos inclui uma selecção de diferentes regiões de Portugal, compota caseira e uvas com raspas de limão (tábua pequena 8€, tábua grande 15€). A de porco preto tem enchidos do Sul de Portugal, compota caseira e ananás  (tábua pequena 8€, tábua grande 15€).

Finais de tarde felizes em Lisboa

Lost In
©DR
Coisas para fazer

As melhores happy hours em Lisboa

A felicidade tem um preço – e a partir de certa hora é mais barata. Happy hour é aquela expressão estrangeira que ninguém vai enrolar a língua para dizer, ou recusar-se a compreender o conceito. Nas horas mais felizes dos lisboetas as imperiais passam a custar uma módica moedinha e os cocktails caem para metade do preço. Escolhendo bem, ainda encontra iguarias com preços reduzidos para acompanhar e esplanadas na cidade que não têm preço. Eis um roteiro dos melhores bares e esplanadas para beber um copo em Lisboa a preço de saldo. É como diziam os Jogos Santa Casa: há horas felizes. 

Luminosa by Furnas
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

As melhores cervejarias em Lisboa

Olhe os néons à entrada, cumprimente o empregado de camisa irrepreensível, faça um adeus às lagostas de molho. É por aqui o caminho para as melhores cervejarias em Lisboa, para as antigas, as mais carismáticas e as mais recentes. E ainda lhe arranjamos uma que lhe serve um brunch todos os domingos. Preparámos-lhe um verdadeiro menu com tudo o que se espera de uma cervejaria ou marisqueira lisboeta: por aqui há saladinhas frias, pratões ornamentados de marisco nacional, travessas de alumínio com ameijoas à Bulhão Pato, um pratinho de salgados, tachinhos com açorda e um prego no final. Não se preocupe com as imperiais, são tiradas por profissionais. 

Publicidade
Oitava Colina
Arlindo Camacho
Bares, Cervejaria artesanal

Os 14 melhores sítios para beber cerveja artesanal em Lisboa

A cerveja artesanal demorou a impor-se em Lisboa, mas hoje já não vivemos sem ela. E cada vez menos gente encara o consumo como uma "moda", mas antes como uma evolução natural da nossa relação com a cerveja. Não é por acaso que cada vez mais sítios, desde restaurantes típicos portugueses a auto-intituladas tabernas asiáticas, têm pelo menos uma marca e duas ou três variedades de cerveja artesanal por onde escolher. E depois há os sítios especializados, onde as pessoas vão de propósito para beber um bom néctar de cevada. Desde restaurantes a brewpubs, bares ou lojas, estes são os melhores sítios para beber cerveja artesanal. É só escolher. 

Publicidade