Restaurantes com menus de almoço em Lisboa

Da cozinha libanesa à italiana, da japonesa à portuguesa, aqui tem uma lista de restaurantes com menus de almoço bem em conta. Até pode juntar um estrela Michelin ao currículo.
2018
©Miguel Manso Muito Bey
Por Mariana Correia de Barros e Inês Garcia |
Publicidade

Bem sabemos que não há almoços grátis. Mas pelo menos há menus de almoço a bom preço, todos os dias da semana. Há restaurantes que lhes chamam menus executivos e há quem opte pelo velhinho menu de almoço, quase sempre disponível nos dias úteis. Nomenclaturas à parte, o que importa é saber que até em restaurantes com estrela Michelin pode pagar com duas notas de vinte euros e receber troco. E o melhor de tudo é que acaba a provar, em muitos destes sítios, pratos especiais e do dia, disponíveis em exclusivo para os almoços.

Recomendado: Os melhores brunches em Lisboa

Restaurantes com menus de almoço em Lisboa

SushiCafe Avenida
© Ana Luzia
Restaurantes

Avenida SushiCafé

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Quando falamos de comida japonesa de qualidade, nomeadamente de pecinhas de sushi, bem sabemos que acessível não é o adjectivo que se segue. O Avenida SushiCafé tem uns novos menus de almoço com entrada, prato e bebida a 19€. Em Setembro pode escolher para entrada, sopa miso, edamame, uma salada césar nipónica ou as gyosas de vegetais ou frango. Para prato principal pode optar entre um combinado de sushi e sashimi de 14 peças ou os pratos quente e frio, uma salada de salmão e lírio com tomate assado, goma wakame, pleurotos alimados e corruptos ou uma piadine de tártaro de salmão. Isto com bebida incluída, seja água, cerveja, chá ou vinho a copo.

Preço: 19€

A Time Out diz
Volver de Carne Y Alma
© ARLINDO CAMACHO
Restaurantes

Volver de Carne Y Alma

icon-location-pin Lumiar

No Volver há almoços argentinos para compartir, portanto chame um colega de trabalho para dividir o banquete consigo: por 17,50€ por pessoa pode degustar salada de favas, uma versão de arroz de polvo, tártaro de vaca, beterraba e rabanete e a parrillada, com entrecôte maturada a 21 dias, porco alentejano fumado a baixa temperatura, alheira crocante com pimento e chimichurri e um mesclum assado de batatas e azeite de trufas. A sobremesa, à parte, é com dulce de leche.

Preço: 17,50€

A Time Out diz
Publicidade
Pistola y corazón
©Manuel Manso
Restaurantes, Mexicano

Pistola y Corazon

icon-location-pin Cais do Sodré

O mexicano mais famoso da cidade – e aquele que mais filas tem, mas por uma boa causa – tem três menus de almoço:  um com água fresca de sabor, duas quesadillas e três tacos à escolha (9€); outro com uma senhora sandes, bem recheada (9,50€), ou o menu para ir com todos os colegas de trabalho, com quatro quesadillas mistas, um prato de chilaquiles, com tortilhas,  dez tacos e ainda uma sobremesa (30€).

A Time Out diz
Polpetta
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Polpetta

icon-location-pin Lisboa

Um prato de almôndegas com molho de tomate é, provavelmente, um dos expoentes máximos da comfort food. O menu de almoço nesta almondegaria artesanal nos Anjos inclui três bolinhas de novilho, frango, porco ou veggie, com molho ora de tomate, ora de pesto, cogumelos ou iogurte, um acompanhamento, da pasta fresca à polenta ou cuscuz, uma bebida, uma sobremesa do dia e ainda um café. Barriga cheia e alegria para o resto do dia.

Preço: 8,5€

Publicidade
Restaurante Bastardo
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Cozinha contemporânea

Bastardo

icon-location-pin Baixa Pombalina

O restaurante do Internacional Design Hotel tem tantado  romper com todas as ideias pré-concebidas de uma cozinha de hotel  começando na decoração do espaço, no primeiro piso do hotel, com frases que têm tanto de provocadoras como de irreverentes e divertidas (as mesas têm uma cadeira de cada nação e individuais onde descansam o cliente: "on this magic place calories don't count"). O chef é Renato Bonfim, que, aos almoços, tem uma ementa com pratos diferentes dos da carta fixa: às segundas há camarões grelhados com salada de gaspacho, às terças é dia de tacos – use a hashtag #tacotuesday –, às quartas há um prato de peixe com cavala, tomate e salicórnia, às quintas um entrecosto glaceado com whisky e às sextas um fresco risoto de lima. O menu de almoço inclui um prato principal, bebida e café.

Preço: 15€

A Time Out diz
Bonsai
© Ana Luzia
Restaurantes, Japonês

Bonsai

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

O Bonsai tem, há vários anos, um dos menus de almoço com melhor relação qualidade/preço de Lisboa – facto para o qual a Time Out anda a alertar há vários anos. Felizmente, por mais tempo que passe, os menus mantêm-se inalterados a nível de preços. Uma nota de dez euros dá direito, de terça a sexta, a um prato do dia, sopa miso, algumas peças de sushi ou sashimi, arroz e salada. Os pratos vão variando, mas há alguns com presença regular, como bara chirashi, sashimi sobre arroz ou o aji furai, o carapau panado em panko.

Preço: 10€

Publicidade
Restaurante Pap'açorda
Fotografia:Arlindo Camacho
Restaurantes

Pap'Açorda

icon-location-pin Cais do Sodré

Chama-se Market Menu, está em permanente mudança, mas pode ir à confiança porque Manuela Brandão, a cozinheira do restaurante, sabe bem o que faz. O menu tem sempre três opções de entrada, pratos principais e três sobremesas e só tem de escolher um de cada. Deixe espaço para o couvert e regue a refeição com água ou um copo de vinho, antes do remate com o café. Está tudo incluído nos 20€. Para ter uma ideia, recentemente desfilaram neste menu pastéis de massa tenra de peixe e a tarte de amêndoa. Mais: é servido de terça a sexta das 12.00 às 18.00.

Preço: 20€

A Time Out diz
Il mercato
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Il Mercato

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O restaurante de pastas frescas do nepalês mais italiano de Lisboa – ele é Tanka Sapkota, dono do Come Prima e do Il Forno D’Oro – tem um menu de almoço para quem gosta de degustações. Tudo acontece em pequenas doses e permite provar cinco receitas diferentes. Começa com uma focaccia com azeite biológico, vem depois uma entrada (antipasti), dois tipos de massas – uma das quais vegetariana – e um prato de carne no final. Não inclui bebidas nem sobremesas, mas já é um verdadeiro festim italiano.
Preço: 11,95€

A Time Out diz
Publicidade
Eleven
©DR
Restaurantes

Eleven

icon-location-pin São Sebastião

Nem sempre é preciso partir o porquinho mealheiro para ir a um restaurante com estrela Michelin. O Eleven tem um menu executivo de almoço, de segunda a sábado, com toda a pompa de serviço e qualidade de comida dos jantares, mas a um valor mais em conta. Há sempre seis pratos à escolha – duas entradas, dois pratos e duas sobremesas – e só tem de escolher se quer três, a 35€, ou dois, a 28€. As bebidas não estão incluídas, mas o sommelier da casa recomenda sempre um vinho a copo a preços simpáticos.
Preço: 28€ (2 pratos), 35€ (1 prato)

A Time Out diz
Peixe na Avenida
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Peixe na Avenida

icon-location-pin Avenida da Liberdade

Almoçar bom e barato na Avenida da Liberdade não é tarefa assim tão fácil quanto isso – a redacção da Time Out conhece o dilema. Felizmente, Luísa Fernandes, que se mudou de Nova Iorque para Lisboa, veio preparada para responder a esse velho dilema. Na onda do seu restaurante de peixe veio um menu de almoço a preços bem em conta. São 14 euros que dão direito a uma entrada e uma sobremesa fixas e a escolher entre dois pratos de carne e um de peixe. No menu está ainda incluído um copo de vinho, uma cerveja ou uma água.
Preço: 14€

A Time Out diz
Publicidade
Empanadaria El Pibe - Sandes
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Empanaderia El Pibe

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

É certo que um restaurante de empanadas argentinas nunca seria sítio para gastar muito dinheiro. Mas os menus de almoço deste simpático restaurante na Colina de Santana ainda saem mais baratos do que aquilo que pode pensar. Por uma sopa, duas empanadas, um acompanhamento e café paga 4,90€. Sim, uma nota de cinco – e 0,10€ de troco. Se preferir um sumo em vez da sopa e do café, sai a 5,30€; e o menu lomito, um prego do lombo de vitela com tomate, abacate, bacon e ovo, mais um acompanhamento e café sai a 6,90€.
Preço: 4,90€ (menu sopa), 5,30€ (menu sumo), 6,90€ (menu lomito)

A Time Out diz
Cafe Buenos Aires
© Ana Luzia
Restaurantes, Argentino

Café Buenos Aires

icon-location-pin Chiado

O horário de almoços do Café Buenos Aires, que dantes só abria para esta refeição durante o Verão, tornou-se permanente. Desde então serve menus que mudam todos os dias, a partir de 12€. Tem sempre duas entradas à escolha, dois pratos principais (costumam apostar nos peixes) e uma ou duas sobremesas. Tudo feito com o selo de qualidade da casa e vários legumes da Quinta do Poial.
Preço: 12€ (dois pratos), 14€ (três pratos)

A Time Out diz
Publicidade
Restaurante Go Juu
©Go Juu
Restaurantes, Japonês

Go Juu

icon-location-pin Avenidas Novas

Experimentar os pratos japoneses de um dos melhores restaurantes de Lisboa, assistir ao meticuloso trabalho dos sushimen através de câmaras de filmar apontadas para a cozinha e no fim pagar menos de 20€ não é mentira arrastada do 1 de Abril. É a mais pura das verdades. Aqui há vários menus abaixo dos 20€, todos com sopa miso, salada, taça de arroz e pickles japoneses. O menu de sushi custa 19,50€, o de sashimi tem o mesmo preço, o de tempura sai a 14,50€ e o de niguiri custa 17€.
Preço: 14,50€ (menu tempura), 17€ (menu niguiri), 19,50€ (menu sushi e menu sashimi)

A Time Out diz
La Parisienne - Sala
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Francês

La Parisienne Bistrot Français

icon-location-pin Chiado

É o bistrot mais parecido com os exemplares parisienses da mesma espécie e tem um menu de almoço bem em conta para experimentar ora na sala interior, ora na esplanada, nos dias de sol. Além dos vários pratos à carta, tem um menu de almoço e jantar que começa nos 10€ e dá direito a um prato do dia e café (com couvert fica a 1,50€). Os pratos do dia são fixos e rezam assim: terça serve-se blanquette de veau, quarta uma tartiflette, quinta é dia de boeuf bourguignon e sexta de brandade de morue. Por mais cinco euros junta sobremesa ou entrada (variáveis) e por outros cinco leva o menu de três pratos.
Preço: 10€ (prato), 15€ (entrada ou sobremesa e prato), 20€ (entrada, prato e sobremesa)

A Time Out diz
Publicidade
Muito Bey
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Libanês

Muito Bey

icon-location-pin Cais do Sodré

O libanês mais colorido de Lisboa – e não apenas na comida, mas também no décor – tem alguns dos melhores sabores do Médio Oriente que se podem encontrar por Lisboa. Ao almoço, nos dias úteis, tem opção de dois menus com base em pratos do dia. Um deles inclui um mezze frio que pode ir de uma pasta de pimento assada com queijo feta (flaiflé hamra) ao tradicional hummus com grão de bico e tahini e um prato grelhado, que está sempre a mudar (11,50€ com café), outro inclui um mezze frio e um manuché, isto é, um pão caseiro e achatado, que tem sido um dos bestsellers da cidade (9,50€).
Preço: 9,50€ (menu mezze frio e manuché), 11,50€ (menu mezze frio e grelhados).

A Time Out diz

Mais restaurantes em Lisboa

Food Temple, cozinha
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Os melhores restaurantes em Lisboa até 10 euros

A cidade é cada vez mais dos turistas, dizem, mas ainda há sítios que se mantêm com toda a resiliência como cantinas diárias para o almoço dos lisboetas. Comer fora não tem de ser caro e na cidade existem verdadeiros achados entre alguns dos restaurantes baratos em Lisboa. Pense num prato rico, em comida saborosa e atendimento simpático — às vezes até familiar. Fazem-se literalmente negócios da China, da Índia, da Argentina, bem portugueses e outros completamente vegetarianos. Para encher a barriga sem esvaziar a carteira, este barato não lhe vai sair caro: estes são os melhores restaurantes em Lisboa até 10 euros. Ou menos. 

Publicidade
Restaurantes

Os 149 melhores restaurantes em Lisboa

Os críticos da Time Out visitam os restaurantes anonimamente e pagam pelas suas refeições – o mesmo é dizer, como qualquer cliente – e, na melhor parte dos casos, repetem a visita antes de se pronunciarem. Acresce que nenhum restaurante é criticado antes de cumprir três meses de porta aberta e, por princípio, nenhum é aclamado com cinco estrelas ou despachado com apenas uma sem que um segundo crítico subscreva essa avaliação. Já sabia de tudo isto? É provável que sim. Há 10 anos que a Time Out faz questão de repetir esta cartilha em tudo o que faz. Mais que isso, há 10 anos que os jornalistas e críticos que foram construindo esta casa fazem questão de respeitar essa cartilha sem cedências. O que é que isso vale? Cabe-lhe a si dizer. O que lhe podemos garantir é que todos os 149 restaurantes que encontra nesta lista foram visitados pela nossa equipa pelo menos uma vez e que resulta de uma escolha, subjectiva como se espera, mas criteriosa como se exige. Como de costume, a coisa valeu discussões e zangas. Mas lá chegámos a um consenso e estes são os restaurantes em Lisboa que tem mesmo de conhecer.  

Publicidade