Três sítios para comer a verdadeira pizza Margherita em Lisboa

É um básico mas para ser verdadeira tem de obedecer a algumas regras. Eis três sítios onde a Margherita está certificada.
Mercantina - Margherita DOP
Fotografia: Manuel Manso Pizza Margherita DOP da Mercantina
Por Inês Garcia |
Publicidade

Este básico do cardápio italiano foi criado assim, com as cores da bandeira do país, em 1889, por Rafaelle Esposito, para a rainha Margherita di Savoia. Por ser uma pizza tradicional de Nápoles e haver muitas idênticas, surgiu a Associazione Verace Pizza Napoletana, que divulga regras difíceis mas claras para fazer uma pizza napolitana genuína – neste leque há a Margherita (tomate, azeite, manjericão e mozzarella), a Margherita Extra (que acrescenta tomates cherry frescos) e a Marinara (sem queijo, só com tomate, azeite, orégãos inteiros e alho). Ora, em Portugal a AVPN indica três restaurantes de Lisboa para comer la vera pizza napolitana: os Mercantina, que têm Diogo Coimbra na chefia, o Come Prima e o Forno D’Oro, ambos de Tanka Sapkota. Nestes três sítios deve comê-las assim que saírem do forno – é exigência dos inspectores.

Recomendado: As melhores pizzas em Lisboa

Três sítios para comer a verdadeira pizza Margherita em Lisboa

Mercantina Alvalade - Sala
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Mercantina Alvalade

icon-location-pin Alvalade

O imponente forno a lenha da marca Stefano Ferrara veio de Nápoles para a primeira Mercantina e os responsáveis garantem que é esse um dos segredos das pizzas altas napolitanas do restaurante. Isso e a expertise do pizzaiolo Diogo Coimbra, que passa quase tanto tempo em Nápoles como em Lisboa. Na lista têm duas Margheritas: a DOP, espalhada por esta página, com tomate, mozzarella de búfala DOP vinda direitinha da região de Campânia, parmesão, manjericão e azeite extra-virgem (12,30€); e a Margherita simples, com mozzarella fior di latte e manjericão (8,70€). A Marinara, igualmente certificada, também faz parte da carta, à qual foram recentemente acrescentadas as pizzas fritas – um género de calzone, mas frito.

 

A Time Out diz
Come Prima
©DR
Restaurantes, Italiano

Come Prima

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Tanka Sapkota trabalhou em várias cozinhas italianas até abrir o Come Prima, em 2001, que desde então já recebeu prémios que atestam a excelência dos pratos. No que toca às pizzas, nem pense em sugerir ao chef nepalês levá-las para casa, que ele explicar-lhe-á todos os motivos pelas quais elas devem ser comidas no restaurante e rapidamente. A clássica Margherita tem tomate San Marzano, fiori di latte do Sul de Itália e manjericão (9,75€), mas há a versão com mozzarella de búfala DOP (10,95€). Sazonalmente, há ainda pratos com trufas brancas de Alba, dos risotos aos raviólis. 

 

Publicidade
Forno d'Oro
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Pizza

Forno D'Oro

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O forno deste restaurante , também de Tanka Sapkota, é o templo dourado das pizzas:  tem nove toneladas e foi construído no local por uma empresa de Nápoles, que trouxe a pedra vulcânica e depois o cobriu a ouro. As pizzas que de lá saem cumprem todas as regras: as bordas são redondas, altas mas leves. A carta dividide-se, então, em duas categorias: a Alma Lusitana, com os melhores produtos portugueses – não estranhe a Transumância, com túbaras do Alentejo, queijo de ovelha da Serra e presunto de porco preto, ou a Lusitânia, com molho de francesinha –  e o Espírito Itálico, mais fiel aos ingredientes e origens italianas. A Margherita é a extra, com tomate cereja em filete e manjericão (10,90€). Apesar de as pizzas serem o principal, há boas entradas, pratos de carne e pasta italiana.

 

Itália em Lisboa

Lambrettazzurra - Baronissi
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Italiano

As melhores pizzas em Lisboa

Com a pizza não se brinca. Este trabalho é muito sério, do momento em que se atira a massa ao ar à altura em que se escolhe que fatia comer. Metemos as mãos na massa e chegamos a um número redondo, como a maioria destas pizza: estas são 15 melhores pizzas em Lisboa. Recomendado: As melhores pizzarias em Lisboa

Gnocchi do il mercato
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Três melhores sítios para comer gnocchi

Quando lhe der vontade de um prato de massa vigoroso e reconfortante, considere esta palavrinha: gnocchi. Mostramos-lhe três sítios onde comer esta massa geralmente feita de puré de batata e farinha. Recomendado: Os melhores restaurantes italianos em Lisboa

Publicidade
Publicidade