A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rio Maravilha - Esplanada
©Arlindo CamachoRio Maravilha - Esplanada

Os melhores bares à beira-rio em Lisboa

A capital tem boas opções para beber com o Tejo como companhia. Tente não virar a barcaça com a lista que se segue.

Escrito por
Tiago Neto
Publicidade

Lisboa combina com esplanada, independemente do tempo. Na verdade, se há coisa que não falta são razões para rumar até à dita. Mas aqui, com ou sem esplanada, o que nos interessa é o rio: bares, sítios para beber copos, para enxaguar mágoas depois do trabalho, para celebrar o facto de existir, o mais próximo do Tejo que nos seja fisicamente possível. Na lista abaixo encontra respostas para todos estes estados de espírito, de discotecas a bares e talvez até um híbrido onde possa picar qualquer coisa para forrar o estômago. Desça à água e conheça os melhores bares à beira-rio em Lisboa.

Recomendado: Os melhores bares históricos em Lisboa

Os melhores bares à beira-rio em Lisboa

  • Noite
  • São Vicente 

É uma das melhores discotecas da Europa – The Guardian dixit – e todas as semanas continua a dar cartas com uma programação intensa no que toca a ritmos. A vista já se sabe, no primeiro andar ou no terraço, tem a companhia do rio, ideal para noites intensas. Não se esqueça dos óculos de sol.

  • Restaurantes
  • São Vicente 

A mercearia gourmet tem mais vidas para conhecer além dos produtos perfeitos para impressionar os amigos num jantar caseiro – ou dos pratos que ali se servem. É certo que levá-la à categoria de bar é um pouco ousado, mas se rumar até à esplanada, ao fundo, e pedir um Martin Miller (10€), um Brockman's (10€) ou um Porto tónico (6€), não vai sentir olhares de desdém.

Publicidade
  • Noite
  • Cais do Sodré

Manuel João Vieira sabe o que faz: agarrou num edifício que servia a lota do peixe e transformou-o num bar/sala de concertos que não podia estar mais perto do mar. O Titanic Sur Mer é o sucessor espiritual do saudoso Maxime, mas com uma programação musicalmente mais ecléctica. Dependendo da noite, tanto se pode ouvir jazz como samba e forró, músicas africanas e indie rock.

  • Restaurantes
  • Fusão
  • Alcântara
  • preço 3 de 4

É já um dos clássicos da zona de Alcântara e tem boa razão para o ser. Plantado uns quantos metros acima do nível do mar, o Rio Maravilha fez dos cocktails bandeira – e dos pratos também, portanto tem sempre garantia de não passar fome – e há criações de sobra para uma noite bem regada. Comece pelo Daiquiri (8€) e, sem perder a cabeça, termine com um Gin'ger & Basil (10€), uma criação da casa com Beefeater garden, manjericão, sumo cítrico, gengibre e clara de ovo.

Publicidade
  • Noite
  • Cafés/bares
  • Cais do Sodré

É este o melhor sítio para fazer trocadilhos e beber gin sem deixar Vestigius. O wine & gin bar tem duas esplanadas cheias de sol (uma no piso de cima) e uma vista privilegiada para o rio. Na carta há uma variedade de quase 90 gins, preparados de várias maneiras. A lista está dividida em secções, como o "gin à antiga", o "põe-te à fresca" ou o "componha o seu gin", com os ingredientes que os clientes podem escolher, de hibisco a amêndoa tostada.

  • Restaurantes
  • Belém

A esplanada branca, com uma fantástica vista para o rio e com uma carta de cocktails bastante simpática – e de petiscos idem – é sempre uma boa opção para beber um copo a qualquer hora do dia. Se andar pela beira-Tejo, sente-se e fique literalmente a ver navios.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Italiano
  • Belém

Os edifícios da antiga discoteca BBC e do Piazza di Mare abriram renovados pelo grupo Sana, na vizinhança do MAAT. No antigo BBC nasceu um edifício para receber grandes eventos privados e festas temáticas, o SUD Lisboa Hall. Já no Piazza di Mare está agora o Sud Lisboa Terrazza, com piscina e pool bar à noite, no primeiro andar, e um restaurante com dois espaços diferentes, esplanada e quiosque no rés-do-chão.

  • Restaurantes
  • Português
  • Cais do Sodré
  • preço 3 de 4

O espaço é conhecido de outras épocas – foi, durante anos, o Bar do Rio, foi, durante meses, o Station, restaurante-disco pan-asiático – e é agora um restaurante/clube, com uma bonita esplanada virada para a água e a doca onde atracam os cacilheiros. Perfeito para um almoço, fotogénico para um fim de tarde e apetecível para um copo. Atire-se a um Hendrick's (12€) ou a um Matuselem23 (14€).

Publicidade
  • Noite
  • São Vicente 

Um ano, foi esse o tempo que levou até à remodelação do Ferroviário, o espaço em Santa Apolónia que trouxe a tropicália beira-rio um passo à frente. Concertos, eventos, barcos a passar e copos a parar na mesa – ou na mão – não faltam, e ainda leva o bónus de ter uma das casas de banho mais bonitas de Lisboa. Da margarita (10€) à sangria de maçã (19,50€), do Virgin Julep (6€) ao Sunset Mule (10€), é só escolher.

  • Restaurantes
  • Grande Lisboa

Bem sabemos, o Atira-te ao Rio não é deste lado da margem. Mas também sabemos que é provável demorar menos tempo a chegar-lhe do que a chegar do Marquês ao Terreiro do Paço. E esta esplanada estrategicamente colocada em cima do rio é mais do que desculpa para se atirar até lá. Sente-se e, se gostar de surpresas, peça o cocktail da semana (7€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Brasileiro
  • Cais do Sodré
  • preço 2 de 4

Registe a seguinte informação: pão de queijo até às 03.00 da manhã. E sanduíches de pernil. No Boteco da Dri não vai passar fome mesmo que a madrugada já tenha avançado. E tem outro ponto a favor, está mesmo perto do rio, o que é perfeito para arejar a cabeça depois daquela rodada de caipirinhas clássicas (6,50€). Ou de caipirinhas de maracujá (6,50€). Ou de caipirinhas de abacaxi (6,50€). 

Mais onde beber

  • Noite

Juntamos a sede de conhecer novidades à vontade de beber cocktails e deixamos-lhe uma lista (em constante actualização) dos novos bares que abriram em Lisboa nos últimos meses. A noite lisboeta está bem viva e a prova disso são os novos hóspedes que vão aparecendo – e ainda bem. Já decidiu onde é que vai beber um copo?

  • Noite

Uma antiga alfaiataria, os bares do famoso coleccionador Luís Pinto Coelho, uma antiga pensão de prostitutas ou um wine bar coberto de garrafas de vinho. Lisboa é linda e tem bares lindos. Estes que aqui lhe apresentamos são algumas das mais distintas casas nocturnas da cidade, sobretudo pela arte decorativa que ostentam.

Publicidade
  • Bares

O mais estranho (se o estimado leitor frequentar esta zona e estiver atento) é saber como ainda existem estes bares todos na Baixa, isto é, como é que não estão em obras, ou fechados, porque no seu lugar vai abrir um hotel, uma loja, um vegetariano com sumos que lhe mudam o estado de espírito e a vida. É assim. E mesmo assim, há bares na Baixa de Lisboa que resistem, portanto, talvez, nesses casos, sim, vários copos, muitos copos.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade