A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Meet Vincent van Gogh
©Photo Republic / Bibi NeurayMeet Vincent van Gogh

Coisas para fazer dia 1 de Janeiro em Lisboa

Se não quiser aderir à ressaca geral, garantimos-lhe que há muitas coisas para fazer dia 1 de Janeiro.

Escrito por
Renata Lima Lobo
e
Francisca Dias Real
Publicidade

Após uma noite regada a espumante, a cidade acorda calma e silenciosa como raras vezes. O que fazer? Onde ir? Normalmente, a resposta é o sofá — e a culpa nem sempre é da má-disposição ou da dor de cabeça. Mas nem todas as portas da cidade estão fechadas no primeiro dia do ano. Para contrariar a ressaca, sair à rua e fazer o que está sempre a lamentar não fazer nos outros dias: eis algumas propostas para fazer valer o dia 1 de Janeiro em Lisboa, desde uma visita aos tigres-de-sumatra do Jardim Zoológico a uma experiência sensorial sobre a vida de Vincent van Gogh (até às 13.00, claro, depois vamos todos para casa).

Recomendado: Saiba o que vestir na festa de passagem de ano

Coisas para fazer dia 1 de Janeiro em Lisboa

  • Atracções
  • Zoológicos e aquários
  • Sete Rios/Praça de Espanha

O Jardim Zoológico gosta de contrariar o normal funcionamento do calendário e está aberto todos os dias do ano — mesmo para quem tenha tido um arranque de ano animalesco. Dos tigres-de-sumatra aos elefantes da árida savana africana, há criaturas de todas as latitudes nesta casa centenária. Se, depois de uma noite de festa, andar não faz parte dos planos, há sempre o comboio que pára nas principais atracções, ou até mesmo o teleférico.

  • Coisas para fazer
  • Grande Lisboa

Tem horário especial neste dia, mas está de portas abertas – é o que importa. Aqui é possível desafiar a gravidade e saltar até cair para o lado numa série de trampolins, jogar dodgeball ou praticar umas técnicas de parkour na The Wall. Se já teve treino suficiente na zona de free jumping, siga para a área de trampolins de nível olímpico.

Publicidade
  • Atracções
  • Parque das Nações

Apesar do horário reduzido neste dia (das 10.00 às 13.00), pode ser o plano perfeito para aproveitar o arranque do ano em família. Pequenos e grandes visitantes encontram no Oceanário um aquário gigante com milhões de litros de água salgada e uma série de inquilinos para conhecer. Se já começa a pensar em sardinhas, apesar de ainda faltarem uns meses para os Santos Populares, também não há nada como passear pelo Oceanário de Lisboa e vê-las. Além disso, se conseguir evitar os sentimentos de culpa, também pode ver uns bacalhaus a nadar.

  • Atracções
  • São Sebastião

O Museu Calouste Gulbenkian encerra a 1 de Janeiro, mas o jardim está "aberto todos os dias, até ao pôr-do-sol", lê-se no site da fundação. É um dos espaços verdes mais bonitos de Lisboa e uma excelente opção para dar das boas vindas a 2021. Este jardim é um projecto dos arquitectos paisagistas Gonçalo Ribeiro Telles e António Viana Barreto e foi concluído em 1969. Um jardim emblemático do movimento moderno em Portugal que celebra a paisagem portuguesa com micropaisagens que são um chamativo para humanos e várias espécies animais.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Avenidas Novas

Concentre-se na ideia saudável de jogo, sem vícios, e comece o ano à volta da mesa com uma grupeta (pequena) de amigos – a proposta é do Bingo Belenenses. Inaugurada em 1986, a sala no Saldanha é a maior de Lisboa e uma das maiores da Península Ibérica. E tem serviço de bar.

  • Museus
  • Ciência e tecnologia
  • Parque das Nações

O conhecimento não ocupa lugar. Mas, felizmente, ocupa feriados e a 1 de Janeiro pode levar a família ao Pavilhão do Conhecimento, o museu de ciência nascido em 1999 no Pavilhão do Conhecimento dos Mares da Expo 98. Fascinante para miúdos, corre o risco de ser surpreendente também para os adultos, entre uma exposição permanente e várias exposições temporárias simultâneas, como a Exposição Viral que fica no Pavilhão do Conhecimento até ao final de Fevereiro.

Publicidade
  • Restaurantes

Tendo em conta que tem de estar em casa antes das 13.00 o melhor é planear já a primeira refeição do ano: o brunch. Se quer uma coisa mais saudável pode optar pelo brunch do Therapist para fazer reset a 2020 com uma mimosa de kombucha na mão, e smothie bowl, panquecas, bruschetta e hummus caseiro na mesa (21€). Para se valorizar logo no primeiro de Janeiro, a Cavalariça, recém-instalada em Lisboa para um pop-up que durará até ao final de Março pelo menos, terá um brunch completo (75€ para dois) ou à la carte com o famoso pão de massa-mãe, saladas, ovos de toda a espécie, sanduíche sourdough grelhada com picanha fumada, prato de queijos e mel, panquecas, pudim de brioche, enfim, uma barrigada. Aqui encontra mais opções de restaurantes abertos dia 1 de Janeiro.

Explore 2021

  • Coisas para fazer
  • Eventos noturnos

Depois de um 2020 com actividade celestial modesta, é natural desejar-se um novo ano um pouco mais surpreendente. Tirando um eclipse anular do Sol em Junho, não vai ser o caso: os astroturistas, amadores e profissionais vão ter de se contentar com os poucos fenómenos previstos e lembrar-se que o que interessa é ver as estrelas a brilhar. É que, apesar do calendário astronómico para 2021 contar com fenómenos raros, a maior parte dos espectáculos não vão ser visíveis a partir de Portugal. De qualquer forma, para não perder pitada do que se vai passar lá em cima, espreite esta lista de eventos astronómicos e comece a pensar nos dias à janela, no jardim ou no terraço, a apreciar eclipses e chuvas de meteoros.

  • Coisas para fazer

Planeando com antecedência, é possível marcar fins-de-semana prolongados para uma ou outra escapadinha. Os feriados são a oportunidade perfeita para estender as férias e passear com a cara-metade, ou juntar a família para um programa de festas especial. Para o ajudar, reunimos propostas de coisas para fazer: são 13 dias no total, mas cinco calham ao sábado ou ao domingo. Como bónus, temos também ideias para os feriados municipais de Lisboa, Almada, Barreiro, Sintra ou Amadora.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade