Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 20 hotéis no centro de Lisboa

20 hotéis no centro de Lisboa

Conheça alguns dos melhores hotéis no centro de Lisboa, para se hospedar largos dias ou fazer uma (saudável) visita de médico

Hotel Britania
©Telmo Miller
Por Renata Lima Lobo |
Publicidade

Em Lisboa há praticamente um hotel em cada esquina (ou dois em muitos casos) e a cada vez que se ergue uma grua, os locais lançam as suas apostas: hotel ou apartamento de luxo? A verdade é que a cidade tem oferta para todos os gostos e hotéis prontos a receber turistas e locais que estão mesmo a precisar de se afundar nas almofadas de um hotel de cinco estrelas por apenas uma noite. Turista ou não, pode sempre usufruir avulso dos restaurantes, bares, spas e piscinas abertas a não hóspedes 

Recomendado: Três quartos de hotel onde tem de dormir uma vez na vida

1
Verride Palácio Santa Catarina
©Paulo Carvalho
Hotéis

Verride Palácio Santa Catarina

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

O Verride Palácio Santa Catarina abriu em pleno miradouro de Santa Catarina, mais conhecido como Adamastor. O edifício de 1750 foi totalmente recuperado e deve o nome ao conde mais emblemático que por lá passou, mantendo a traça antiga e alguns pormenores que estavam bem conservados, caso da escadaria em caracol que impressiona logo à entrada, da fachada e do arco em pedra da suite Arch, descobertos já a obra ia a meio, ou os azulejos azuis da fotogénica casa de banho da suite Queen, representando o conde de Verride, da Figueira da Foz, numa caçada com os amigos algures entre 1910 e 1918.

2
Booking.com
Hotéis

Eurostars Museum

icon-location-pin Alfama

Os Descobrimentos foram o tema escolhido para o Eurostars Museum, num local onde foram ainda descobertos achados arqueológicos anteriores à busca do Quinto Império.Em apenas cinco minutos, o mais incauto dos clientes percebe que está num hotel onde o bom gosto da decoração contemporânea rivaliza com camadas e camadas de histórias aqui vividas. Literalmente. É que está tudo à mostra, sem pudores. A pièce de resistance está ali à mão de semear, a poucos passos da recepção e remonta à altura em que Lisboa ainda se chamava Olisipo. Trata-se de uma divisão com 39 m2 – uma domus, típica residência romana, com pavimento em mosaico do século II ou III e a maior in situ alguma vez descoberta em Lisboa. 

Publicidade
3
Rooftop do The Lumiares Hotel & Spa
Hotéis

The Lumiares Luxury Hotel & Spa

icon-location-pin Bairro Alto

Em pleno Bairro Alto, o luxuoso mas descontraído The Lumiares é um oásis de tranquilidade. Os quartos, divididos entre loft-studios, T1, T2 e penthouses com vista, são espaçosos e contam com uma cozinha completamente equipada, onde não falta máquina de café Nespresso, torradeira e fervedor de água SMEG, serviço de pratos e máquina de lavar a loiça. No rooftop com vista para o rio e o castelo servem-se pequenos- almoços de manhã e cocktails ao fim do dia. Passe ainda pelo spa: não é exclusivo para hóspedes e tem tratamentos de aromaterapia de ir aos céus.

4
Hotel Avenida Palace
Hotéis

Hotel Avenida Palace

icon-location-pin Santa Maria Maior

O hotel ao estilo Belle Époque, inaugurado em 1892 e tantas vezes elogiado como um dos melhores e mais bonitos da Europa – antes da explosão da concorrência –, foi projectado pelo mestre José Luís Monteiro, o mesmo arquitecto que desenhou a fachada da vizinha estação do Rossio. O Avenida Palace sobreviveu à implantação da República Portuguesa, à Guerra Civil de Espanha e às duas Grandes Guerras, e terá sido palco de intriga política e espionagem – factos nunca provados. 

Publicidade
5
Epic Sana Lisboa - Fachada
Hotéis

Epic Sana Lisboa

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Numa altura em que a tendência hoteleira de Lisboa se começou a virar para os hotéis boutique, mais pequenos e intimistas, o grupo Sana estacionou ali ao lado das Amoreiras um gigante de cinco estrelas com um atendimento surpreendentemente atencioso e familiar, a comprovar a teoria de que o tamanho, de facto, não importa nada quando a intenção é boa. Os 291 quartos e suítes são um luxo. E a decoração minimalista faz com que pareçam ainda maiores e mais arejados, com as camas king size no centro das atenções. Justiça seja feita também às casas de banho, com chuveiros e banheiras enormes, tão grandes que assim que lhes deitamos o olho deixamos de conseguir pensar noutra coisa que não seja ficar uma tarde inteira de molho – e, quem sabe, adormecer profundamente (não estamos a dizer que aconteceu, mas ouvimos dizer que é comum acontecer).

6
<p>Torel Palace</p>
Hotéis

Torel Palace

icon-location-pin Lisboa

No Torel Palace, um hotel de charme instalado em dois antigos palácios, encontra o melhor dos dois mundos: o ritmo acelerado que se espera de uma capital e a paz e sossego só conseguidos em ambiente rural. Lisboa não é o campo, é certo, mas ainda conserva alguns recantos onde impera o silêncio. A decoração rococó com dourados e floridos – se Maria Antonieta tivesse escolhido Lisboa como destino de férias, era quase certo que ficava aqui alojada –, é só um dos elementos diferenciadores deste hotel que, sem espinhas, é o justíssimo vencedor do campeonato das panorâmicas mais instagramáveis da cidade: é o único a estender-se colina abaixo e a oferecer, a partir do jardim e da piscina, uma vista imbatível que encontra logo à frente o Miradouro de São Pedro de Alcântara, com o Tejo e a Baixa Pombalina à esquerda.

A Time Out diz
Publicidade
7
Hotel Santa Justa
Hotéis

Hotel Santa Justa

icon-location-pin Baixa Pombalina

A oferta é grande e cabe a cada hotel encontrar a sua fórmula mágica para atrair clientes. Pode ser com uma decoração original, um conceito diferente, a simpatia dos funcionários ou até a qualidade das almofadas. No caso do Hotel Santa Justa, é possível que a oferta do minibar possa estar na origem de tanta procura. Isso e o facto de o hotel estar no coração da Baixa Pombalina, num edifício centenário rodeado de cafés, lojas e restaurantes, a cinco minutos do Chiado e do Terreiro do Paço – destinos sempre seguros para fazer compras, almoçar e jantar.

8
Inspira Santa Marta
Hotéis

Inspira Santa Marta Hotel

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O Inspira Santa Marta apareceu em 2010, discreto, ao lado do Palácio dos Condes de Redondo. À primeira vista parece um prédio igual aos outros. Mas é uma espécie de Kinder Surpresa, discreto por fora e inesperado por dentro. Assim que pomos um pé no lobby percebemos imediatamente que se trata de uma aposta muito mais ambiciosa do que julgávamos. Não espere paredes banhadas a ouro, antes um hotel utilitário que se conseguiu destacar pelo bom gosto da decoração e serviço simpático – é um dos favoritos entre a comunidade LGBT. Os princípios do feng-shui determinam toda a organização do hotel dentro e fora dos quartos.

Publicidade
9
Iberostar Lisboa
Hotéis

Iberostar Lisboa

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Este hotel de 5 estrelas é o primeiro do grupo Iberostar a abrir em Lisboa. Fica na Rua Castilho, nº64, a poucos minutos do Marquês de Pombal, e tem 166 quartos (há uma Royal Suite, duas suites, oito júnior suites, 153 duplos e dois quartos de mobilidade reduzida). Conta ainda com um restaurante e dois bares, um no lobby e outro na piscina, onde se destaca um jardim vertical.

10
Hotel do Chiado
Hotéis

Hotel do Chiado

icon-location-pin Chiado

O Hotel do Chiado nasceu num edifício pombalino recuperado das cinzas pelo arquitecto premiado Álvaro Siza Vieira, que fez questão de incluir em cada um dos 40 quartos terraços e varandas privadas com vista para a colina do Castelo de São Jorge e para o Tejo. Lisboa pede para ser admirada, e o Hotel do Chiado é o miradouro perfeito para apreciar a panorâmica sem interrupções – mais ainda a partir do terraço do Entretanto Rooftop Bar, de onde se vê tudo até à Serra da Arrábida, na outra margem. Lá dentro, já houve algumas mudanças de visual, sempre para melhor, com as cores garridas que pintavam o hotel nos primeiros anos de vida a darem lugar a uma decoração mais sóbria.

Publicidade
11
lisboa carmo hotel
©Lisboa Carmo Hotel
Hotéis

Lisboa Carmo Hotel

icon-location-pin Chiado

Surpreendentemente genuíno na forma como se apresenta a quem entra, é contemporâneo, requintado e informal, com um serviço simpático e ambiente quase familiar, que recebe como se estivéssemos em casa de amigos. Os 48 quartos, como o resto do hotel, seguem a premissa do mais é menos, com mobiliário clássico e cores neutras que podem ter um apontamento de brilho, como um espelho dourado, uma poltrona colorida, papel de parede de padrão campestre ou cadeirões de pele. Só os do último piso é que têm banheira antiga de pés ao fundo da cama e vista rasgada para o Tejo – e são estes que deve ter debaixo de olho.

12
Valverde Hotel
Hotéis

Valverde Hotel

icon-location-pin Avenida da Liberdade

Conhecer e sentir a Lisboa típica não significa necessariamente ter de se alojar numa rua estreita e escorregadia do centro histórico – há alternativas mais convenientes e igualmente sedutoras que permitem privar com a dinâmica alfacinha sem ter de se enfiar no meio da azáfama turística. O Valverde Hotel, na Avenida da Liberdade é, nesse caso, a escolha certa. Atrás da fachada do século XIX esconde-se um boutique hotel que se distingue dos demais pela veia artística e serviço irrepreensível. Há azulejos centenários, porcelanas finas, tapeçarias antigas e mobiliário vintage, sem deixar para trás a herança mourisca cravada nas peças de madeira trabalhada nem os detalhes em mármore, a lembrar aqueles tempos em que a pedra era elemento essencial em qualquer casa que se prezasse do nome. E depois, em representação da arte contemporânea, as peças de Viera da Silva a acrescentar ainda mais valor ao acervo artístico do hotel.

Publicidade
13
Hotéis

Pestana CR7 Lisboa

icon-location-pin Baixa Pombalina

Um dia na vida do melhor do mundo é o que propõe o grupo Pestana com o novo CR7, o segundo hotel da cadeia (depois do primeiro no Funchal) com o número sete da Seleção Nacional, virado para os millennials. Interactivo, moderno e ligado ao mundo, trouxe a Lisboa uma proposta difícil de recusar: ter um cheirinho do que seria um dia na vida deste jogador de futebol, com a mesma dose de conforto e extravagância que Ronaldo gosta de encontrar fora de casa: como a Playstation – é o próprio a dizer que onde quer que esteja, há sempre um FIFA e um par de comandos por perto –, exclusiva da suíte, que partilha uma série de pequenos luxos com os outros quartos; como o chuveiro relaxante com mood lighting; os ecrãs de última geração; o serviço Apple TV e aquela simpatia acrescida dos carregadores USB para smartphones e tablets, para quem não consegue desligar da ficha.

14
<p>LX Boutique Hotel</p>
Hotéis

Lx Boutique Hotel

icon-location-pin Cais do Sodré

Jovem e requintado q.b., este boutique hotel com 45 quartos, no eixo entre o Chiado e a renovada Ribeira das Naus (a “praia” à beira-rio da capital), quer ser o amigalhaço da malta nova que vem a Lisboa e consegue-o sem grande esforço com um ambiente simultaneamente artístico e descontraído. Por um lado, não esquece a identidade da cidade que o viu nascer e conta a sua história em cinco pisos temáticos, onde os quartos estão decorados com painéis fotográficos dedicados ao fado, à literatura e à animação do Bairro Alto – alguns com vista de rio e todos com máquina de café Nespresso.

Publicidade
15
Four Seasons Hotel Ritz Lisbon
Hotéis

Ritz Four Seasons Hotel Lisboa

icon-location-pin São Sebastião

Havia um par hotéis bem falados internacionalmente, lá isso havia, mas nada que enchesse as medidas. Até que nasceu o Ritz, em 1959, com uma festa de inauguração badalada, com cerca de dois mil convidados, e o requinte dos hotéis franceses na decoração exuberante e no serviço exemplar. O luxo mantém-se e este cinco estrelas ainda é um dos mais concorridos da capital. O “não” é uma palavra quase proibida. O lema é: peça o que quiser que o hotel trata de concretizar. Estragou-se-lhe o tacão do sapato e está com pressa para sair? Não desespere, o problema será resolvido em menos de cinco minutos. Gostava que a mesa do restaurante fosse mais recatada? Não há problema, mexe-se na organização da sala e já está. Isto são coisas que dificilmente encontrará noutro hotel e que tornam o Ritz único na cidade.

16
Memmo Principe Real
Hotéis, Hotéis de charme

Memmo Príncipe Real

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Depois da invasão de Sagres, em 2007, e de Alfama, seis anos mais tarde, fazia sentido apostar numa das zonas mais nobres da cidade, aquela que, apesar do frenesim turístico, ainda se pode considerar a “Lisboa dos lisboetas”, cool como só ela e cosmopolita como nenhuma outra, e onde, estranhamente, escasseia a oferta de alojamento. Mais uma cadeia hoteleira à conquista da capital, perguntará o leitor mais atento? Nada disso. Os dois sócios, Rodrigo Machaz e João Correia Nunes, preferem antes chamar-lhe uma “colecção de hotéis”, uma espécie de caderneta de cromos que se vai completando sem aquela ânsia de chegar ao fim antes dos outros todos. As referências históricas são mais do que muitas, a começar no lobby, com um retrato do homem que deu o nome ao bairro – assinado por Carlos Barahona Possollo, o mesmo que pintou o retrato oficial de Cavaco Silva.

Publicidade
17
Booking.com
Hotéis

Corpo Santo Lisbon Historical Hotel

icon-location-pin Cais do Sodré

Os toldos vermelhos, a lembrar as praças parisienses, não passam despercebidos no movimentado Cais do Sodré. Tem um tesourinho museológico, descoberto durante as obras, e quartos de fazer esquecer a cidade. São cinco pisos despidos de excessos e vestidos de contrastes entre os tons claros de paredes e têxteis e as madeiras escuras e maciças.

18
maxime hotel
Fotografia: Manuel Manso
Hotéis

Maxime Hotel

icon-location-pin Avenida da Liberdade

A vida é um cabaret. Pelo menos dentro do Maxime, que abriu portas para uma nova vida – sem esquecer de onde veio. O grande balcão do Maxime está lá, aquela que chegou a ser a maior barra da Europa não foi a lado nenhum, num espaço que acumula como bar e restaurante e onde se mantém o mesmo tecto e réplicas dos candeeiros que nele estavam pendurados. Em cada um dos cinco andares, quartos temáticos. O piso 1 fala-nos de burlesco, com um candeeiro de plumas e foto de uma corista na mesa de cabeceira do quarto-estrela; o piso 2 de bondage, com mesas de cabeceira que são baloiços e uma "gaiola-sofá" bastante confortável; o piso 3 de quarto-de-vestir, onde estão muito bem guardadas as cartas de amor dos fãs das bailarinas espanholas que adoptaram Lisboa para fugir do regime de Franco; e o piso 5 é um verdadeiro palco e no quarto temático há uma cama redonda rodeada por focos de luz, uma cartola em cima da cama e plumas junto aos cabides.

Publicidade
19
Hotéis

Pousada de Lisboa

icon-location-pin Santa Maria Maior

Aquilo a que geralmente associamos o conceito de pousada – um alojamento sem grandes mordomias para pernoitar numa visita rápida –, não é nada do que vai encontrar aqui. Esta Pousada com P grande instalou-se num edifício pombalino do Terreiro do Paço, onde funcionou em tempos o Ministério da Administração Interna. A vista para o Tejo é cortesia da cidade e lá dentro, um hotel luxuoso, arejado e cosmopolita que não se envergonha de assumir a cultura portuguesa como parte do seu ADN. Nos espaços dedicados à arte – entre corredores e salões convivem estátuas da monarquia com tapeçarias de Nadir Afonso e esculturas de Santo António; ou na preservação da traça original do edifício, com tectos altos e chão em tábua corrida. Não é um hotel museu, mas pouco falta.

20
Hotel Britania
Hotéis

Hotel Britania

icon-location-pin Avenida da Liberdade

Desenhado em 1940 pelo modernista Cassiano Branco, o Hotel Britania mantém-se autêntico e igual a si mesmo, e é exactamente isso que o torna tão especial. Alheio à concorrência e com zero vontade de se aproximar do século XXI para ser aquilo que não é, conquista pela rara simplicidade de serviços – nem toda a gente precisa de tecnologia de ponta ou de design contemporâneo para se sentir em casa. Constantemente votado como um dos hotéis com o staff mais simpático, tem uma equipa incansável que se dedica a transformar cada estadia numa visita guiada pela época de ouro da arquitectura europeia. No piso térreo há uma pequena biblioteca dedicada à História de Portugal e aos Descobrimentos, dois elementos que foram também incluídos em alguns detalhes da decoração do bar e da sala de jogos, com mesa de xadrez.

Mais hotéis em Lisboa

Hotéis

Os 19 melhores hotéis com spa em Lisboa

Férias nem sempre são sinónimo de apanhar um avião e estender a toalha num areal qualquer por este mundo fora ou calcorrear uma grande capital europeia de manhã à noite, com medo de voltar para casa sem se ter visitado todos os highlights do momento. Por vezes convém aproveitar aqueles dias fora do escritório para simplesmente relaxar. Encoste-se para trás, coloque o pepino nos olhos, vista um confortável roupão e aprecie a música zen nos melhores hotéis com spa em Lisboa. Não se vai arrepender: afinal, são várias as razões para trocar o vale dos lençóis por estes hotéis.

Piscina do Sheraton Lisboa Hotel & Spa vista do topo
Fotografia: Arlndo Camacho
Hotéis

Os melhores hotéis de luxo em Lisboa

Dos clássicos incontornáveis que já pertencem à história da cidade, aos mais recentes que apostam no design ou no conceito boutique, estes são os melhores hotéis de luxo em Lisboa. São destinados a um público alvo muito específico: pessoas com bom gosto. Mesmo que não tenha o orçamento mais gordo da sociedade, mesmo que não tenha dinheiro para pagar perfis de duas páginas em revistas sociais, poupe um bocadinho mais do que o costume para passar uma noite (quem sabe duas) num dos hotéis mais luxuosos da cidade. Verdadeiros poços de mimos para quem anda mesmo a precisar de algumas mordomias.

Publicidade
Hotéis

Os 19 melhores hotéis com spa em Lisboa

Férias nem sempre são sinónimo de apanhar um avião e estender a toalha num areal qualquer por este mundo fora ou calcorrear uma grande capital europeia de manhã à noite, com medo de voltar para casa sem se ter visitado todos os highlights do momento. Por vezes convém aproveitar aqueles dias fora do escritório para simplesmente relaxar. Encoste-se para trás, coloque o pepino nos olhos, vista um confortável roupão e aprecie a música zen nos melhores hotéis com spa em Lisboa. Não se vai arrepender: afinal, são várias as razões para trocar o vale dos lençóis por estes hotéis.

Publicidade