Os cafés com mais pinta em Lisboa (para o Instagram)

São bonitos, estão na moda e alimentam regularmente o feed daquele amigo que faz questão de mostrar nas redes sociais que está sempre em cima do acontecimento. Beba um café, claro, mas não se esqueça de fotografar e postar.

Fotografia: Manuel MansoPanquecas do Nicolau Lisboa

Se gosta de encher a sua conta de Instagram com lugares bonitos da cidade, pratos coloridos e bebidas fotogénicas, não pode perder estes nove cafés.

Recomendado: Os sítios mais instagramáveis em Lisboa

Os cafés com mais pinta em Lisboa (para o Instagram)

Nicolau Lisboa

Enquanto Amélia, a namorada do Nicolau que mora em Campo de Ourique, não se apresenta à sociedade – consta que está para muito breve – vai ter mesmo que se juntar à longa fila de estrangeiros (e alguns portugueses) que todos os dias fazem fila à porta do Nicolau à espera que os chamem para entrar. O sítio com pinta de café londrino caiu no goto dos lisboetas, não só graças ao manancial de oferta para as redes sociais, como graças às panquecas, aos smoothies, aos vários lattes e às taças de açaí com fruta.

Café: 1€

Rua de São Nicolau, 17. 21 886 0312. Seg-Dom 09.00- 21.00.

Ler mais
Baixa Pombalina

Foodprintz

Qual carteira da Mary Poppins, o Foodprintz é um café onde cabe tudo. Desde aulas de ioga e palestras a workshops, desde jantares de mindfulness a um brunch ligado à alimentação natural e plant-based que muda todos os meses. O que tem de dinâmico, tem de descontraído no serviço e no espaço em si, o que põe nas ideologias que segue e explica a quem serve em menus. O que provar? Os queijos vegetais, o pumpkin chai latte, as panquecas de sementes de trigo sarraceno, as torradas de ricota e abacate ou as smoothie bowls.

Café: 0,70€

Rua Rodrigo da Fonseca, 82 A. 21 581 7577. Ter-Qui 12.00-19.00, Sex 09.00-19.00, Sáb e Dom 10.00-18.00.

Ler mais
Avenida da Liberdade/Príncipe Real
Publicidade

Café da Garagem

Escondido no Teatro Taborda, na íngreme Costa do Castelo, o Café da Garagem é o sítio certo para levar alguém a quem deve um pedido de desculpas indesculpável. A vista para a Senhora do Monte amolece qualquer coração, a decoração de onda vintage, com portas a fazer de de mesas e cadeiras estrategicamente viradas para as janelas, idem. Depois é pedir um chá, uma torrada em estilo bruschetta – a francesa, com fuet, brie e doce de abóbora soa bem? – apreciar o cenário e a quantidade de pessoas que o imortalizam em fotografia.

Café: 0,90€

Teatro da Garagem, Costa do Castelo, 75. 21 885 4190. Ter-Dom 15.00-00.00.

Ler mais
Castelo de São Jorge

Fauna & Flora

Todas as cidades do mundo têm os seus sítios do momento e o Fauna & Flora está, não restam dúvidas, entre eles. A fila para as mesas pode ser longa ao almoço e fins-de-semana, mas nada que umas divinais panquecas de matcha com lemon curd não compensem. A comida não obedece a regras estritas, mas puxa pelos elementos frescos, naturais e comprados ali no bairro, o que se pode traduzir numa granola e smoothie bowl logo de manhã, numa tosta ibérica com presunto e queijo brie ou num chai latte para fechar em grande.

Café: 1€

Rua da Esperança, 33. 96 164 5040. Ter-Sáb 10.00- 20.00, Dom 10.00-17.00.

Ler mais
Estrela/Lapa/Santos
Publicidade

Naked

Chama-se Naked, mas veio ao mundo cheio de cor. Da imponente fachada encarnada às cores dos sumos, de uma representação na parede do Jardim das Delícias Terrenas de Bosch aos coloridos pratos a puxar para o saudável, há pantones para todos os gostos. O nome é uma referência ao estilo de cozinha – o mais natural possível –, onde cabem desde bowls de açaí com fruta e granola a shakshukas, desde caril de zoodles e ananás a um burger de quinoa e beterraba. Mais: é um dos poucos sítios do Príncipe Real com wi-fi.

Café: 1€

Rua da Escola Politécnica, 85-87. 92 540 6880. Seg-Sáb 09.00-22.30, Dom 10.00-18.00.

Ler mais
Princípe Real

Fábrica Lisboa

Se andar pela Rua da Madalena e ouvir um sino tocar é sinónimo que no número 121 acabou de sair uma fornada de croissants. São eles as estrelas da casa, para comer na versão simples, com doce de ovos, Nutella ou até com ovo estrelado, tomate e queijo. Mas há mais neste simpático café com decoração vintage – pode matar saudades de uma televisão sem comando, do VHS e do Game Boy. Serve também saladas, sandes e tostas e bons cafés para mexer enquanto aprecia a parafernália decorativa, num caos organizado.

Café: 0,70€

Rua da Madalena, 121. 21 596 8827. Ter-Sex 08.00-20.00, Sáb e Dom 09.00-00.00.

Ler mais
Baixa Pombalina
Publicidade

Eight – The Health Lounge

A Praça da Figueira acaba de ganhar o seu café-restaurante de inspiração escandinava. E fê-lo em bom. São dois andares de matéria-prima para alimentar redes sociais e sem pôr em risco a sua saúde. Cá em baixo está o balcão de atendimento, onde todos os pedidos são feitos e pagos, e de onde saem smoothies, smoothie bowls, saladas, paninis e tostas, 100% vegan, e uma loja com acessórios e peças para a casa em tons neutros (ler: escandinavos). Lá em cima está o lounge, forrado a madeiras claras e com um potente wi-fi.

Café: não tem cafés.

Praça da Figueira, 12 A. 21 886 2859. Seg-Qui 09.30-20.00, Sex 09.30-15.00, Dom 11.00-20.00.

Ler mais
Santa Maria Maior

Ela Canela

Há três palavras que definem este luminoso café de Campo de Ourique: bio, local, sazonal. A onda decorativa é nórdica, o serviço é calmo e atencioso e além de uma ementa semanal com óptimos pratos de almoço, têm um menu saudável organizado por temporadas. A segunda estreou em Fevereiro e pode contar com o episódio em que a panqueca de banana e quinoa conhecem o creme de cacau e as lascas de coco ou o abacate e o ovo escalfado se encontram para dormir numa tosta. Tudo cozinhado com talento, sabor e imaginação.

Café: 1€

Rua Azedo Gneco, 74 B (Campo de Ourique). 21 396 0475. Qua-Sex 12.00-18.00, Sáb e Dom 11.00-18.00.  

Ler mais
Campo de Ourique
Publicidade

Dear Breakfast

Lisboa ganhou, no Verão de 2017, o primeiro café dedicado em exclusivo ao pequeno-almoço. Agradeça ao francês Julien Garrel a ideia importada dos Estados Unidos e agradeça a Raquel Patronilho, aos comandos da cozinha, a quantidade de pratos fotogénicos que chegam à mesa. Dos ovos Rothko, escalfados, em brioche, com tomate, queijo e chouriço, às tostas com manteiga de amendoim e fruta, aqui é tudo bom. E o sítio, com plantas, cadeiras de veludo azul e revistas para consulta, é bonito que se farta.

Café: 1,50€

Rua das Gaivotas, 17. dearbreakfast@gmail.com. Ter-Sex 09.00- 16.00, Sáb e Dom 09.00-17.00.

Ler mais

Vai um cafezinho?

Os melhores cafés para trabalhar em Lisboa

Instale-se confortavelmente e junte ao pedido de café, o da password da internet: é que estes são os melhores cafés para trabalhar em Lisboa. 

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros

Os melhores cafés para encher a barriga

Entre os melhores cafés da cidade, estão alguns onde vale a pena espreitar o menu e matar a fome. Pequeno-almoço, almoço, lanche ou brunch: estes são os melhores cafés para encher a barriga. 

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros
Publicidade

Os melhores cafés para aspirantes a baristas

Gramagem, aroma e blends. Se está à vontade com estes termos – ou se quer rapidamente transformar-se num especialista em café – estas são as coordenadas a não perder em Lisboa.  

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros
Publicidade

Comentários

0 comments