Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores pratos de caril em Lisboa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Boa-Bao
©Duarte Drago Caril indonésio do Boa-Bao

Os melhores pratos de caril em Lisboa

Estes são os pratos que nos vão ajudar a combater o frio e aquecer a alma. Prove uma destas malgas com caril em Lisboa.

Por Inês Garcia e Sebastião Almeida
Publicidade

São caldinhos cremosos e espessos ou mais leves, podem ser mais ou menos picantes, mas sempre bem condimentados e intensos. Um bom prato de caril pode ter o poder de nos aquecer a alma e apimentar o dia. E em Lisboa já há muitas variedades por onde escolher: há propostas tailandesas, como o caril verde, um dos mais picantes desta lista; o indonésio, menos doce, o vermelho, feito com malaguetas vermelhas frescas. Depois há também o vindaloo ou um da região de Telengana, uma das mais picantes da Índia. Preste atenção ao símbolo de picante e tenha sempre uma bebida por perto quando for prover um destes pratos de caril em Lisboa.

Recomendado: Nestes restaurantes pan-asiáticos em Lisboa cabe a Ásia toda

Os melhores pratos de caril em Lisboa

Boa Bao - Caril indonésio de peixe, quiabo e beringela
Boa Bao - Caril indonésio de peixe, quiabo e beringela
©Duarte Drago

Boa Bao – Caril Indonésio de Peixe, Quiabo e Beringela

Restaurantes Asiático contemporâneo Chiado

Chegou e venceu. Este pan-asiático abriu no Chiado em 2017 e desde então há sempre fila à porta (entretanto já subiu ao Norte e até a Barcelona). Mas vale a pena o tempo de espera, com cocktail tiki na mão, para comer uma das tigelas reconfortantes. O caril amarelo da Malásia é já um clássico da casa, mas a última novidade é um prato de caril indonésio, feito à base de diferentes especiarias e aromas, menos doce do que outros tipos de caril, como o tailandês. Há uma versão com peixe, cozido lentamente na pasta de caril, e outra vegetariana (15€). Leva ainda quiabo grelhado, beringela chinesa, cogumelos, tomate, cebola frita e coentros. No fim, prove os mochis japoneses recheados com gelado.

Preço: 19€

Soão - Caril Vermelho de Peixe do Dia
Soão - Caril Vermelho de Peixe do Dia
©Duarte Drago

Soão – Caril Vermelho de Peixe do Dia

Restaurantes Asiático contemporâneo Alvalade

Luís Cardoso, chef do Soão, incluiu esta especialidade tailandesa no novo menu
 de Natal que celebra o Festival Dongzhi
e o solstício de Inverno. A malagueta vermelha é o ponto de partida para todo o prato, sendo primeiro feita uma pasta com as malaguetas frescas e uma mistura de especiarias. É salteada e junta-se lima kaffir e o leite de coco. Depois de tudo envolvido, pode temperar-se de modo a ficar mais ou menos picante. O peixe do dia é “feito completamente à parte”, explica o chef. Primeiro é marinado, depois frito. Repousa uns minutos e volta à fritadeira, para se garantir a crocância. Junta-se manjericão e pimentos. A acompanhar, o arroz thai solto e consistente, feito a vapor.

Preço: 45€, incluído no menu de Natal com seis momentos (até 24 Dez, mín 6 pax).

Publicidade
Chutnify - Telangana lamb
Chutnify - Telangana lamb
©Manuel Manso

Chutnify – Telangana Lamb

Restaurantes Indiano Chiado/Cais do Sodré

O caril de borrego do Chutnify, o indiano moderno com casas no Príncipe Real e no Bairro Azul, é uma das grandes estrelas 
da carta. Chama-se borrego de Telangana, povoação de Andhra Pradesh, uma região conhecida por ser a mais picante do 
país. O borrego aqui chega ao prato em pedaços pequenos e tenros, envoltos num molho denso e escuro, muito aromático, a acompanhar com arroz basmati. Atenção 
ao nível das malaguetas: este é um dos mais picantes da lista, onde está também o bagare baingan, um caril de beringela com molho de amendoim e especiarias, o konju curry, com gambas marinadas em molho de alho 
e tomate ou o Alleppey fish, com robalo 
em molho leve de leite de coco, mostarda e gengibre.

Preço: 14€

O Asiático - Caril Verde
O Asiático - Caril Verde
©DR

O Asiático – Caril Verde

Restaurantes Asiático contemporâneo Chiado/Cais do Sodré

A viagem no restaurante do chef Kiko Martins pode começar no Nepal e acabar só no Japão. Mas a paragem que aqui propomos é na Tailândia, com este caril verde, habitualmente o mais picante nas listas dos restaurantes asiáticos em Lisboa, feito com malaguetas verdes frescas. N’O Asiático, o aromático e cremoso caldo do leite de coco e erva-príncipe, é servido com camarão black tiger, corvina e arroz. Nesta viagem à Ásia, pode aquecer as mãos na lareira, no bonito jardim de Inverno do restaurante.

Preço: 19,30€

Publicidade
Asian Lab - Chian Mai Khao Soi
Asian Lab - Chian Mai Khao Soi
©Manuel Manso

Asian Lab Time Out Market – Chiang Mai Khao Soi

Restaurantes Grande Lisboa

Depois de uma temporada a trabalhar no Bo.Lan, na Tailândia, Maurício Vale, chef do Soi e do Asian Lab, veio com novas ideias e receitas, mais próximas da street food asiática. Entre os novos pratos que criou para o Asian Lab, está um caril típico de Chiang Mai, no Norte da Tailândia. É feito com raízes e ervas frescas, leva massa chinesa frita, camarão, leite de coco, lima e coentros. Também pode provar o kurma curry, este um caril indiano feito com especiarias torradas, com uma textura cremosa e ligeiramente picante, onde sobressaem os sabores dos vegetais e dos frutos secos.

Preço: 13€

Jesus é Goês - Caril de Camarão e Quiabos
Jesus é Goês - Caril de Camarão e Quiabos
©Joana Freitas

Jesus é Goês – Caril de Camarão com Quiabos

Restaurantes Indiano Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A comida goesa de Jesus Lee Fernandes nunca desilude – mas prepare-se para ficar com os lábios dormentes e a boca
 a arder, que aqui o picante é realmente levado a sério. Mas Jesus aceita quem prefere sabores condimentados mas menos picantes e é aí que entra este caril de camarão com quiabos, com um molho cremoso, espesso e bem intenso. Há uma outra versão de caril, com peixe. Tome nota: qualquer refeição que faça neste Jesus é Goês deve incluir também umas chamuças.

Preço: 15,50€

Publicidade
JNcQUOI Asia - Caril Vindaloo
JNcQUOI Asia - Caril Vindaloo
©Inês Felix

JNcQUOI Asia – Caril Vindaloo

Restaurantes Asiático contemporâneo Avenida da Liberdade

O caril vindaloo é um dos pratos essenciais da cozinha goesa que acabou por se tornar famoso em todo o país – e não só – e vem de um bem conhecido processo português, a vinha d’alhos. No JNcQUOI Asia, o restaurante do grupo Amorim Luxury que faz uma viagem completa pela Ásia, com opções do sushi e dim sums aos pad thais, o vindaloo é feito a preceito, com carne de porco, pimenta preta, vinagre e a quantidade certa de picante. A fazer-lhe companhia estão, claro, o arroz basmati e chapati.

Preço: 25€

SOI - Jungle Curry
SOI - Jungle Curry
©Duarte Drago

Soi – Jungle Curry

Restaurantes Asiático contemporâneo Cais do Sodré

Neste restaurante com néones vibrantes, há todos os ingredientes para embarcar numa viagem à Ásia, começando com uns spicy edamame, umas espetadas de porco satay e uns baos antes de chegar aos pratos na wok e, por fim, aos caris. O jungle curry
 é o único caril que não tem picante (atenção ao devil curry e ao green thai) e é vegetariano. Tem cogumelos shiitake, milho baby, tomate cherry, abóbora, galanga e um caldo muito aromático, com leite de coco e muitas texturas diferentes. A framboesa desidratada dá-lhe acidez e equilibra o prato. À sobremesa, acalme o paladar com a opção SOI Loco, um crumble com frutos exóticos, gelado de meloa e coco e ganache de toblerone (5,50€).

Preço: 12€

Lisboa picante

Publicidade
Bastardo - Cocktail
©DR

Três sítios para beber cocktails picantes

Bares Bares

Para loucos por picante e para apimentar a noite, escolhemos três cocktails em Lisboa que deixam um ardor na boca. Com malaguetas de vários tipos e espirituosas diferentes, não se atire a estes copos se não quiser aquecer.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade