Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right 15 coisas grátis para fazer no Porto

15 coisas grátis para fazer no Porto

Falta-lhe dinheiro no bolso? O mês nunca mais chega ao fim? Aqui tem uma lista com 15 coisas grátis para fazer no Porto

Galeria da Biodiversidade
© João Saramago A Galeria da Biodiversidade tem entradas gratuitas todos os segundos domingos de cada mês
Por Bárbara Baltarejo e Ricardo Gonçalves |
Publicidade

Visitar museus e exposições, passear por jardins, admirar a arte que existe pelas ruas, ler um livro na biblioteca municipal e ver o pôr-do-sol com vista para o rio Douro. Estas são apenas algumas das ideias que pode encontrar nesta lista com 15 coisas grátis para fazer no Porto. Por enquanto, vá juntando os trocos para mais tarde, encontre boa companhia e saia de casa sem se preocupar com o dinheiro. Se estiver curioso, também temos muitas ideias para lhe dar de coisas para fazer até 5€. Não tem de quê. 

Recomendado: As melhores coisas para fazer sozinho no Porto

15 coisas grátis para fazer no Porto

1
Centro Português de Fotografia
©DR
Atracções, Edifícios e locais históricos

Visite o Centro Português de Fotografia

Baixa

Criado em 1997 pelo Ministério da Cultura, o Centro Português de Fotografia é responsável pela salvaguarda e pela valorização do património arquivístico fotográfico. Recebe exposições com frequência ligadas à área, tem uma biblioteca especializada, e ainda um Núcleo Museológico que compreende uma rara e valiosa colecção de câmaras fotográficas.

Publicidade
3
Mercado de Porto Belo
©DR

Admire as bancas do Mercado Porto Belo

Visite uma das feiras de rua mais antigas da cidade do Porto. No Mercado Porto Belo vai encontrar discos de vinil, livros, produtos artesanais e biológicos, e muita roupa vintage. Entre tanta variedade, o difícil vai ser não querer levar tudo para casa.

Praça Carlos Alberto, todos os sábados das 10.00 às 19.00.

4
Estação de São Bento
©João Saramago
Atracções, Caminhos de ferro

Aprecie os azulejos da Estação de São Bento

São Bento

São 20 mil azulejos que relatam a história dos transportes e a história de Portugal e são também a maior atracção desta estação ferroviária, inaugurada em 1916, e projectada pelo arquitecto Marques da Silva, um dos mais influentes da cidade no final do século XIX e primeira metade do século XX. Pode aproveitar para tomar um café no local, enquanto aprecia o espaço.

Publicidade
5
Claus Porto
© João Saramago
Compras

Conheça a história da Claus Porto

Flores

Além de um primeiro piso com produtos para venda, a loja da Claus Porto, na Rua das Flores, tem também uma galeria visitável onde contam a história da marca ao longo de quatro gerações. Nela, a marca reuniu desenhos feitos à mão, litografias e recortes de jornais, mas não se ficou por aqui. No terceiro andar, há ainda um laboratório para workshops e uma máquina dos anos 40 que produz sabonetes.

6
Galeria da Biodiversidade
© João Saramago
Coisas para fazer, Exposições

Cultive-se nos museus da cidade

Porto

Aproveite o seu fim-de-semana e visite os museus do Porto com entrada gratuita. Ora tome nota: o Museu Nacional Soares dos Reis tem entradas livres todos os domingos e feriados até às 14:00; o Museu de Serralves não cobra bilhete nos primeiros domingos de cada mês, entre as 10.00 e as 13.00; e a Galeria da Biodiversidade é livre no segundo domingo, também no mesmo horário.  

 

Publicidade
7
jardim palácio de cristal
©Ana Matos
Atracções, Parques e jardins

Passeie pelos Jardins do Palácio de Cristal

Massarelos

Desde o século XIX que as gentes se passeiam por estes oito hectares de jardim que acolhem o Palácio de Cristal. Este destino verde é paragem obrigatória para os viciados em miradouros estratégicos com vista panorâmica para o Douro e a cidade. Há bosques, varandas e muito para explorar, como a Biblioteca Municipal Almeida Garrett ou a Capela de Carlos Alberto da Sardenha.  

8
Sé Catedral
© João Saramago
Atracções, Edifícios e locais religiosos

Veja a Sé Catedral por dentro

Impera sobre a cidade desde o século XII e tem acompanhado os tempos com algumas modificações pelo caminho. Começou por ser um edifício romano-gótico e foi tendo renovações e ampliações, desde apontamentos em estilo barroco a uma intervenção de Nicolau Nasoni, no século XVIII. Depois de visitar a igreja, que tem entrada gratuita, descubra os claustros por mais 3€.

Publicidade
9
Jardim das Virtudes
©João Saramago
Atracções, Parques e jardins

Fotografe o pôr-do-sol no Jardim do Passeio das Virtudes

Baixa

O Jardim do Passeio das Virtudes é o sítio certo para quem quer ver o pôr-do-sol seráfico combinado com uma vista maravilhosa sobre o rio e, consequentemente, receber montes de corações no Instagram. Nos dias mais quentes transforma-se também numa espécie de esplanada ao ar livre para copos ao fim da tarde.

10
uso do telemóvel em restaurantes, fotos para instagram
©Marco Duarte

Mantenha-se sempre ligado

De certeza que ao passear pelas ruas e pelos monumentos do Porto já quis tirar uma fotografia e partilhá-la nas redes sociais em tempo real, mas a falta de dados móveis não o permitiu. Não fique excluído do ciberespaço e consulte esta lista de sítios na Invicta onde pode usufruir de Internet gratuita. 

Publicidade
11
Miguel Bombarda
© João Saramago

Encha-se de arte nas galerias da Rua Miguel Bombarda

A Rua Miguel Bombarda respira arte. Dentro e fora de portas. Há arte urbana pelas paredes, com personagens icónicas como D. Quixote e Sancho Pança, pintadas pelos artistas Mesk, Fedor e Mots, e galerias com trabalhos de artistas bem conhecidos como a Ó Galeria e a galeria de Fernando Santos.

12
Parque canino
© João Saramago
Coisas para fazer

Exercite o seu melhor amigo no Parque Canino do Porto

Bonfim

Da Avenida Fernão de Magalhães são visíveis dois rectângulos delimitados por cercas de madeira. O maior tem 25 metros de comprimento e dez de largura e destina-se a animais de grande porte. O segundo, com 14 metros de comprimento e outros sete de largura, foi pensado para cães mais pequenos. Ambos têm uma câmara de entrada onde os donos retiram a trela aos animais; um jardim com obstáculos de agility, do qual fazem parte rampas para percorrer, barras para saltar e mecos para contornar; e ainda uma caixa de areia para escavar. Tudo para poder exercitar o bobi.

Publicidade
13
Cemitério do Prado do Repouso
©Marco Duarte
Atracções, Cemitérios

Visite o Cemitério do Prado do Repouso

Bonfim

Turismo de cemitério não é, de todo, uma actividade para todos os gostos. Mas esta sugestão tem uma explicação. No Prado do Repouso, o primeiro cemitério público do Porto, estão as lápides de algumas figuras importantes, como o poeta Eugénio de Andrade, o médico Abel Salazar e a pintora Aurélia de Souza. Além disso, há muitas peças de arte espalhadas pelo cemitério, da autoria de artistas de renome como Soares Reis.

14
Couto
© João Saramago
Compras, Cosmética

Recue até 1919 na loja da Couto, S.A

Baixa

Ao celebrar um século de vida a Couto, S.A, empresa que criou a famosa pasta dentífrica Couto, abriu recentemente uma loja, a primeira em Portugal, na Rua de Cedofeita. O espaço divide-se entre loja e museu. À entrada, do lado direito, numa parede pintada com a típica cor laranja da marca, é possível ler alguns textos e ver imagens que contam a história da Couto S.A. No lado oposto há um armário com todos os produtos que a Couto vende nos dias de hoje. Os clássicos, como a pasta dentífrica e o restaurador Olex, partilham o mesmo espaço com produtos mais recentes, como o sabonete para as mãos e o after shave.

Publicidade
15
Biblioteca Pública Municipal do Porto
©Claudia Paiva
Atracções, Bibliotecas, arquivos e fundações

Sente-se a ler um livro na Biblioteca Pública Municipal do Porto

Bonfim

Aqui encontra tudo, desde jornais e revistas a acervos literários. Desde a sua inauguração, em 1833, a Biblioteca Pública Municipal do Porto (BPMP) recebe todas as publicações editadas no país. Entre os vários espaços do edifício, imóvel de interesse público desde 1842, destacam-se as salas de leitura, a biblioteca infanto-juvenil e os claustros que restam do antigo Convento de Santo António da Cidade, onde está instalada a BPMP.

Mais coisas para fazer no Porto

Virgens Suicidas, de John Romão
© Bruno Simão
Teatro

Os melhores espectáculos no Porto este mês

Ano novo, programação nova. Este mês, as salas de espectáculo estão ao rubro e apresentam uma agenda recheada para todos os gostos, onde não faltam o teatro e a dança nacional e internacional; uma festa de aniversário - o Teatro Rivoli faz 88 anos -, que são pretexto para festejar com muitos e bons espectáculos; uma exposição sobre os 20 anos de artes performativas em Serralves; reposições imperdíveis como Margem, de Victor Hugo Pontes; estreias como Um Plano do Labirinto, Western Society ou Virgens Suicidas e muito mais. Descubra o que há para ver nas salas da cidade, nesta lista com os melhores espectáculos no Porto. 

Angel Olsen
©Cameron McCool
Música, Música ao vivo

Os melhores concertos no Porto este mês

Há muita música para ouvir na cidade durante as próximas semanas, em diferentes salas de espectáculos - entre elas a Casa da Música, o Coliseu Porto e os Maus Hábitos. Artistas nacionais ou internacionais vêm apresentar novos álbuns ou relembrar as várias facetas que marcaram as suas carreiras, e trazem consigo estilos para todos os gostos e para todos os ouvidos. Com tanta variedade, o difícil vai ser escolher e arranjar tempo para tudo. Caso tenha ficado com vontade de abanar o corpinho (com mais ou menos energia), guarde esta lista com os melhores concertos no Porto este mês e preencha a sua vida com uma banda sonora de alto nível. 

Publicidade
Pierre-Laurent Aimard
© Marco Borggreve
Música, Música ao vivo

Os melhores concertos de jazz e clássica no Porto este mês

Este mês está bem recheado e cheio de boa música para ouvir e aplaudir enquanto faz frio e cai chuva lá fora. Para que nada lhe escape, preparamos-lhe esta lista com os melhores concertos de jazz e clássica no Porto. As sugestões vão levá-lo em direcção à Casa da Música, onde vai poder ver o legado de outros séculos ser interpretado, mas também poderá apreciar obras tocadas e dirigidas por quem as compôs. Bons sons e bom proveito. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade