As melhores esplanadas para o Outono em Lisboa

A temperatura desce mas isso não significa ficar enclausurado em quatro paredes. Refastele-se numa das melhores esplanadas para o Outono em Lisboa.
esplanada noobai
Fotografia: Manuel Manso
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Somos bons esplanadores e não é o Outono que nos vai fazer sair da cadeira ao lusco-fusco. Pelo contrário. Não deixe que os fins de tarde escuros o façam ir logo para casa e aproveite happy hours, esplanadas com aquecedores ou com aquela mantinha que já cai bem pelas costas. Saia de casa mas abrigue-se de brisas leves, ventanias e do briol que já se sente à noite numa destas esplanadas: temos propostas à beira-rio, nas alturas ou outras mais escondidas dentro de edifícios. Das já clássicas às novidades mais recentes, estas são as melhores esplanadas para o Outono em Lisboa.

Recomendado: Onde comer bem no Príncipe Real

13 esplanadas para fingir que é Verão

Madame Petisca - Esplanada
Fotografia: Ana Luzia
Bares

Madame Petisca

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Há poucas coisas mais românticas nesta vida do que estar enrolado numa manta enquanto se admira as águas calmas do Tejo. No Madame Petisca isso é um plano possível. O menu de almoço (12€) muda todas as semanas e tem sopa, prato e bebida incluidos (por mais 3€ come um docinho no final também). Perfeito, perfeito, é ter uma happy hour, para esses finais de tarde: entre as 17.00 e as 19.00, na compra de um cocktail, tem direito a outro.

Esplanada café na fábrica
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Café da Fábrica

icon-location-pin Alcântara

O Café da Fábrica é o ponto de partida ideal para qualquer plano. Sente-se numa das mesas corridas, se já for caso disso enrosque-se numa das mantas e peça o chocolate quente da casa (2,50€). Se não, uma imperial. Vai ver que fica logo outro, mais bem-disposto. Antes de seguir para uma das muitas lojas de decoração, livrarias ou restaurantes dentro da Lx Factory, petisque. Há chouriços assados e tábuas de queijos.

Publicidade
Esplanada casanova
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Casanova

icon-location-pin São Vicente 

A esplanada deste restaurante tem uma série de vantagens para quando o São Pedro está mal-humorado. 1) Está abrigada pelo envidraçado que a separa do porto de Lisboa. 2) Tem aquecimento suspenso, óptimo para lhe deixar as costas quentes. 3) Há toldos para o caso de a chuva começar a ser um aborrecimento. 4) As mesas corridas são ideais para ficar à conversa. 5) E aqui fazem-se algumas das melhores pizzas da cidade.

A Time Out diz
lost in
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Cafés

Lost In

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Escondido do frenesim do Príncipe Real está o Lost In. A esplanada exterior tem mantas para pôr sobre os ombros enquanto come uma sopinha de tomate com ovo escalfado (4,90€) para forrar o estômago nestes dias. Ao lanche tem bons (e grandes) scones, com manteiga e compotas, e das 17.00 às 20.00 há happy hour.

A Time Out diz
Publicidade
Royale
© Arlindo Camacho
Restaurantes, Cafés

Royale Café

icon-location-pin Chiado

Tem esplanada no largo mas é a lá de dentro que aconchega: nos dias de Verão vem uma brisa, nos de Inverno emprestam uma mantinha. Desde 2006 que lá está Dolores Lopes a empratar sandes e hambúrgueres e especialidades do Médio Oriente. Ao domingo há dois menus de brunch. Para os dias de Outono, o Royale Café presenteia os seus clientes com mantas para a esplanada exterior.

+ Restaurantes com esplanada interior

A Time Out diz
esplanada noobai inverno
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Cafés

Noobai

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Ainda Lisboa andava a aprender o que eram esplanadas e terraços e já o Noobai dominava a arte do restaurante-miradouro. A localização é tudo no Noobai, que, no entanto, não quis confiar apenas na beleza natural. Nos dias mais frios, não faltam mantas e, em breve, chegam os aquecedores à esplanada.

A Time Out diz
Publicidade
Park
© ARLINDO CAMACHO
Bares

Park

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

É o parque de estacionamento mais famoso da cidade, principalmente por causa do sexto piso, onde metade de Lisboa se costuma estacionar no terraço com melhor vista. Este rooftop bar tem cocktails, petiscos e DJs que costumam animar os finais de tarde dos alfacinhas e da multidão de turistas que visita o Park todos os dias.  Fica na Calçada do Combro e, agora no Outono, há mantinhas, aquecedores e uma esplanada coberta.

esplanada à margem inverno
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

À Margem

icon-location-pin Belém

O nome (e a foto) não deixam mentir, fica mesmo à beira rio e com vista para a outra margem. Os aquecedores a gás dão o calor necessário à esplanada interior envidraçada, caso queira ficar mais recolhido e não perder o Tejo de vista.

A Time Out diz
Publicidade
Le chat
©DR
Bares

Le Chat

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Fica mesmo ao lado do Museu de Arte Antiga e do seu jardim e tem uma vista privilegiada para o Tejo, a ponte e o Cristo Rei. A esplanada envidraçada convida a petiscos e refrescos quer no Inverno quer no Verão. Serve tanto refeições leves como mais completas. A carta de cocktails é bastante completa.

 

A Time Out diz
terraços do marquês
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Topo Chiado

icon-location-pin Chiado

Este Topo nasceu nos Terraços do Carmo e espalha-se por 1500 m² em três níveis. No Inverno aparecem os aquecedores-cogumelos e as mantas nas cadeiras, para beber cocktails ora frescos, ora bebidas quentes. Pode sempre pedir o vinho a copo e um pica pau de novilho com vista para o Castelo.

Publicidade
Season Lisboa
©Manuel Manso
Restaurantes

Season

icon-location-pin Grande Lisboa

No primeiro piso deste restaurante há um bonito pátio com uma oliveira no meio, com paredes em madeira que aconchegam. As luzinhas fazem lembrar as noites quentes de Junho, mês de arraiais em Lisboa, e esquecer as mais frias que chegam. Há ainda um neón que indica a actual estação do ano afinal, neste restaurante dos mesmos donos do Água pela Barba da Bica, a aposta é na sazonalidade. Prove o tártaro de carne ou a salada de pato. A base de legumes e fruta está sempre a mudar, conforme o que chega fresco dos produtores.

 

A esplanada interior do #Treestory
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Georgiano

#Treestory

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O primeiro restaurante georgiano da cidade, o #Treestory, na Luciano Cordeiro, perto do Marquês de Pombal, dá a conhecer pratos típicos desse país, desconhecidos dos portugueses, numa enorme esplanada meio escondida na parte de trás do restaurante. Por enquanto ainda não vai sendo preciso grandes aquecedores, mas assim que o Outono-Inverno se impuser, os prédios altos vão certamente ser uma ajuda na protecção do frio. Prove pela primeira vez os khachapuri, um dos pratos nacionais do país, para comer com as mãos e carregadinho de queijo, ou os khinkali, dumplings georgianos.

Publicidade
Boubou's
©Manuel Manso
Restaurantes

BouBou's

icon-location-pin Princípe Real

O restaurante de nome fofinho (que resulta da junção dos apelidos de Agnes e Alexis, que se mudaram para Portugal recentemente) tem uma esplanada linda, com uma inspiração francesa, que o vai fazer esquecer rapidamente de onde está. É no movido Príncipe Real, mas podia ser noutro sítio qualquer. Tem folhas de bananeiras, cadeiras em verga, tampos em mármore, e está protegido do frio e da chuva. Serve comida internacional e é um três em um, com uma zona de bar, cozinha aberta com balcão para comer à frente do chef.

Outono em Lisboa

rage room, smash it, sala de raiva
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Sete novidades de Outono a não perder

Salas para partir a loiça toda, pão ao domicílio, um mercado renovado ou escadas rolantes ao ar livre são algumas das novidades que deram o pontapé de saída para mais uma estação, antecipando-se mesmo à queda das folhas dos plátanos. Afinal, há muitos motivos para ficarmos felizes com a chegada do Outono, sem contar com o fresquinho que a cidade já andava a pedir há algum tempo. Mas mesmo com a baixa das temperaturas está convidado a derreter-se com estas sugestões. Estas são as sete novidades de Outono que não pode perder. 

Jardim da Estrela
© Andrea Mann (flickr.com/andreamann)
Coisas para fazer

12 ideias para aproveitar o Outono em Lisboa

Verdade seja dita: o Outono já chegou há uns dias, mas temo-nos dado ao luxo de assobiar para o lado enquanto ainda damos uns mergulhos. Mas chegou o momento de encarar a realidade, ou a estação: adeus praia, olá cidade, adeus calor, olá chuva? Se ainda não está preparado para enfrentar o que aí vem, apesar de os dias já se notarem cada vez mais curtos, damos-lhe 12 ideias para aproveitar o Outono para que tudo fique mais fácil. Quem disse que o Outono era chato? Decida já como vai aproveitar a estação ao máximo. 

Publicidade