Novidades de Inverno a não perder em Lisboa

As temperaturas podem baixar, mas Lisboa ferve com tanta novidade. Se ainda não conhece estas, aproveite para aquecer.
Chérie Paloma
©Manuel Manso
Por Luís Leal Miranda e Raquel Dias da Silva |
Publicidade

O Inverno não tem de ser sinónimo de sofá, mantas e filmes a repetir na televisão. As temperaturas podem já não ser tão agradáveis, mas a cidade continua viva, ansiosa para que saia da rotina e vá explorar – agora com um casaco mais enchouriçado e, se é daquelas pessoas que tem sempre as mãos frias, talvez umas luvas novas possam animar o seu visual. Desde cafés a lojas verdes ou exposições de fotografia, há sempre novidades para animar os dios frios de manhã à noite. Só tem de decidir onde quer ir primeiro, sozinho ou acompanhado, em família ou com a cara-metade. 

Recomendando:  Ideias para tirar os miúdos de casa (sem os constipar)

 

Novidades de Inverno a não perder

Chérie Paloma
©Manuel Manso
Restaurantes, Mexicano

Chérie Paloma

icon-location-pin Santos

A lógica é muito simples: nem todas as manhãs têm de começar com uma meia de leite ou uma bica, também pode pegar numa margarita e dar os buenos dias com sotaque. Chérie Paloma é um café-restaurante mexicano para todas as horas, com ritmos mais latinos – e por isso mais quentes, perfeitos para o Inverno. Há huevos bem temperados, mas também guacamole e um bar de cocktails de autor, com mezcais e tequilas. No menu, haverá polvo na brasa, carnitas de salmão com cinco especiarias, enchiladas ou frango de mole negro, uma receita feita com um molho rico e dezenas de ingredientes.

Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Game Over

icon-location-pin Bairro Alto

Há três novas escape rooms da Game Over em Lisboa e uma delas é inspirada na série da HBO, A Guerra dos Tronos. Tem de encontrar um pergaminho antigo e conseguir sobreviver aos Caminhantes Brancos (White Walkers). Se preferir outro género de walkers, há também uma sala inspirada no The Walking Dead. Para os fãs de terror, Jack de Ripper (com o maior nível de dificuldade) propõe aos jogadores que desvendem mais um massacre na cidade de Londres, em 1888. Todos os desafios duram 60 minutos e podem participar grupos de duas a sete pessoas. Quanto maior for o grupo, mais barato sai. Aproveite a oportunidade para sair de casa, sem a desvantagem de ter de se preocupar com o mau tempo.

Publicidade
Restaurante daTerra
Duarte Drago
Restaurantes, Vegetariano

daTerra

icon-location-pin Bairro Alto

O buffet daTerra abriu recentemente no Bairro Alto: encha o prato e a barriga de iguarias vegans sem se preocupar com a saúde ou com o preço. Pode comer tudo o que conseguir a um preço fixo – 8,50€ ao almoço, de segunda a sexta, e 11,50€ ao jantar e aos fins-de-semana (sem bebidas ou sobremesas incluídas). Para lá dos inúmeros petiscos vegetarianos, estão sempre ao dispor uma sopa e três pratos quentes – perfeito para os dias mais frios. Mas as opções mudam todos os dias: pode encontrar uma francesinha vegan, legumes assados com molho de caril ou até tofu com migas de grelos e frutos secos.

Mofo
Fotografia: Inês Félix
Compras

Mofo

icon-location-pin São Vicente 

Entre confiante, mesmo que o nome no toldo preto o leve a pensar duas vezes. Nada cheira a Mofo, pelo contrário. Nesta concept store o novo e o antigo convivem lado a lado para compor as prateleiras de design português. Este Inverno poderá mudar a decoração da sua casa, com peças de colecção que vão desde os vasos de porcelana pintada, peças de estanho vintage, louceiros, sofás e espelhos, até uma ilustração original do filme Fantasia, da Disney, com certificado de autenticação. A conviver ao lado destas peças de outrora, há agendas e lápis da Fine & Candy, sabonetes e difusores da Castelbel, coffrets da pasta medicinal Couto, cerâmicas da Bordallo Pinheiro e muito mais. A Mofo é complementada por uma casa de chá, a Casa Profícua, onde poderá parar um pouco, para relaxar e aquecer-se.

Publicidade
© Manuel Manso
Restaurantes, Hambúrgueres

Guilty Oriente

icon-location-pin Parque das Nações

O novo espaço de Olivier carrega a culpa no nome, mas há pouco a lamentar assim que nos sentamos à mesa. Ou melhor, até há: a impossibilidade de provar tudo o que a carta tem porque o estômago não deixa. O novo Guilty é um pequeno oásis no piso térreo do Tivoli Oriente e promete subir a fasquia. Ainda há challenge, é certo, ainda há asinhas e as pizzas continuam a marca da casa, os hambúrgueres idem, mas as mudanças foram extensas. Tudo em nome de um só propósito: que o que chegue no prato seja absolutamente – ênfase em absolutamente – pornográfico. E que melhor altura para ficar com os calores do que o Inverno?

mouraria composta
Fotografia: Inês Félix
Compras, Estilo de vida

Mouraria Composta

icon-location-pin Castelo de São Jorge

Já foi um bar, um restaurante com cozinha do mundo e agora é uma loja-oficina. O Renovar a Mouraria transformou-se em Mouraria Composta, onde encontra tudo o que precisa para compostar como manda a lei e criar uma horta doméstica ou um jardim na varanda lá por casa. Para a decoração do espaço, a associação recorreu à reciclagem de móveis e materiais, com assinatura do projecto Agora Verde, para inspirar os clientes a fazerem o mesmo em casa – pode começar a ser mais sustentável já este Inverno. E as mesas que seguram os artigos à venda também servem de apoio a oficinas ligadas à agricultura urbana, construção de ninhos para pássaros ou mesmo hotéis para insectos.

Publicidade
Restaurante Legaaal
Duarte Drago
Restaurantes, Francês

Legaaal

icon-location-pin Bairro Alto

Plantado no Bairro Alto, o Legaaal – restaurante, loja de vinhos e de produtos com CBD (uma das substâncias encontradas na planta da cannabis, conhecida pelos seus efeitos terapêuticos) – casa o melhor vinho português e a melhor cozinha francesa a um preço baixo. Apesar de discreto por fora, o interior do restaurante enche os olhos – ainda antes de nos encher a barriga. Mas não vá lá se nem sequer tem tempo para aquecer. O tempo-médio de uma refeição completa é uma hora.

Frio em Lisboa

Wonderland
Fotografia: Duarte Drago
Coisas para fazer

Sete pistas de gelo em Lisboa para deslizar no Inverno

Tem queda para a patinagem? Na verdade, não importa porque estas pistas de gelo espalhadas pela cidade e arredores estão preparadas para todos — profissionais e amadores, crianças e adultos. Passe uma tarde diferente de patins calçados e tente não cair nos primeiros minutos. Junte um grupo de amigos ou a família (quem sabe não tem em casa um patinador artístico escondido) e aventure-se nestas pistas de gelo em Lisboa que lhe sugerimos.

The  Mill
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Cafés

Cafés em Lisboa para se abrigar do frio

O Inverno já chegou, as temperaturas baixaram e os planos agora já são feitos a pensar em fugir ao frio e à chuva. Cadeirões, sofás, mantas. Tostas, chás, cappuccinos. É tudo com que sonhamos estar rodeados até à Primavera do próximo ano, certo? Sugerimos então um pacote completo de cafés, desde o melhor para uma manhã com ritmos mais latinos (e huevos bem temperados) até àquele onde pode saborear doces dinamarqueses ou até comprar a louça da casa – nem vai precisar de ir fazer compras para a rua: é um dois em um, com a vantagem de sair de estômago cheio. 

Publicidade
cultura portuguesa cafe
Fotografia: Inês Félix
Coisas para fazer

Os melhores sítios com lareira em Lisboa para se aquecer neste Inverno

Uma lareira serve um duplo propósito: decoração e aquecimento. Em Lisboa, há muitos sinais de fumo fora de casa, entre cafés, restaurantes ou hotéis, em pleno centro da cidade ou à beira-mar. De várias cores, feitios e pujanças, saiba onde encontrar a melhor relação qualidade-lareira na zona da Grande Lisboa. Por isso, tire o casaco (e tudo o que lhe for permitido sem ser acusado de atentado ao pudor) e sinta o conforto lá de casa, mas fora dela. É uma espécie de vá para fora cá dentro, mas com fogo. Eis os melhores sítios com lareira em Lisboa.

Publicidade