Nós é mais bowls: o melhor de Lisboa dentro de uma malga

O mundo adulto rendeu-se ao que as crianças andam há anos a fazer: comer de tigelas. Lisboa adoptou as bowls e as redes sociais gostaram da moda das malgas.
Fotografia: Manuel Manso Boa Bao
Publicidade

Nem só de frutas, sementes e peixe cru se constroem as malgas que Lisboa vende. Ou já se esqueceram dos pratos asiáticos e das sopas alentejanas? Eis as melhores bowls em Lisboa. 

Nós é mais bowls: o melhor de Lisboa dentro de uma malga

Restaurantes

A Li - Malga do dia

icon-location-pin São Vicente 

No A Li não há cá bowls ou tigelas: à boa moda portuguesa servem-se malgas. Receitas saudáveis, com base vegan, mas onde também há espaço para peixe e carne, servidas dentro de bonitas taças de cerâmica num café/restaurante da Graça onde a diversidade é a palavra de ordem. Todos os dias a malga é diferente, com uma base de quatro ingredientes sazonais, sem glúten e lactose – na fotografia tem feijão azuki, millet rosa, ervilhas tortas e maçã –, e três opções, ou peixe ou carne ou vegan. Na semana passada, por exemplo, tinha de fazer pim-pam-pum entre frango assado com maionese vegan, pataniscas saudáveis de bacalhau ou falafel de cogumelos com alho francês.

Preço: 7€

Rua Damasceno Monteiro, 12 (Graça). 91 665 0017. Ter- Sáb 10.00-17.00

Restaurantes

Bowls & Bar - Bowl de salmão

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Com uma identidade destas não podia ser deixada de fora, verdade? Mentira. Podia se a oferta não tivesse a qualidade necessária para figurar nestas páginas. Mas tem, pelo menos no que toca à bowl de salmão, uma das muitas que servem no restaurante. Tem base de arroz, um filete de salmão marinado em soja, cenoura, pepino, rebentos de soja, alface, tomate cherry, guacamole, queijo-creme e o molho picante sriracha. A taça é funda, ideal para mexericar com os pauzinhos e provar os vários sabores misturados.

Preço: 9,30€

Rua de São Bento, 51. 93 441 3708. Seg-Dom 09.00-18.00.

Publicidade
O Poke
ManuelManso
Restaurantes

O Poke - Poke de salmão tropical

icon-location-pin São Sebastião

Kiko Martins habituou-se a partilhar o mundo que conheceu com quem visita os seus restaurantes. O Poke, a mais recente aventura, no El Corte Inglés, mistura o prato havaiano com alguma cozinha asiática, em receitas frescas. Nesta receita o salmão é envolvido 10 minutos em sal grosso depois de filetado – “para retirar o excesso de gordura”, diz o chef –, temperado num molho ponzu à base de soja, kombu, vinagre de arroz, mirin e citrinos – “um molho japonês que demorámos muito tempo até acertar. É o que dá sabor” –, malagueta, puré de laranja e cenoura, caju salgado, pitaia, manga e coração de alface.

Preço: 12,60€

Gourmet Experience – El Corte Inglés. Dom-Qui 12.00-00.00, Sex e Sáb 12.00-01.00

Bowl Lisboa
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Bowl Lisboa - Bowl Formentera

icon-location-pin Cais do Sodré

As donas da Bowl Lisboa sabem que os olhos também comem. Por isso, todas as bowls, das smoothie às de aveia, têm um aspecto cuidado e colorido. Aquele look bonitinho que as redes sociais adoram. Há 12 opções, todas elas a puxar para o saudável, e a fazerem-se acompanhar dos lattes de matcha ou dos sumos naturais. Prove a Formentera, uma viagem às Baleares com base de aveia, bebida de arroz, framboesa e agave e topping de granola, framboesas, iogurte natural, sementes de chia e lascas de coco.

Preço: 6,50€

Rua Nova do Carvalho, 72 (Cais do Sodré). 91 406 5174. Seg-Sex 10.00-18.30, Sáb 11.00-19.00

Publicidade
Restaurantes

Poké House - Original Tuna

icon-location-pin Bairro Alto

As poke bowls têm origem no Havai – onde poke significa “cortar” –, mas já atravessaram o oceano para outras latitudes. Ganharam novos sabores e agora apresentam-se como tigelas de peixe cru e arroz onde cabe de tudo um pouco. No Poké House, um familiar de um bar de praia no Chiado, têm um menu curto, mas uma série de cubas com produtos para construir as próprias poke bowls com base em duas proteínas, atum ou salmão. Pode também jogar pelo seguro e pedir a Original Tuna, com atum, arroz de sushi, cebola roxa e cebolete em pickle, sementes de sésamo, alga wakame, tomate cherry amarelo e molho de soja.

Preço: 7,50€ (pequena); 9,50€ (grande)

Rua da Misericórdia, 71 (Chiado). 21 592 8442. Seg-Dom 12.00-22.00

sopa de tomate zé varunca
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Zé Varunca - Sopa de Tomate

icon-location-pin Bairro Alto

Bendita a hora em que o Zé Varunca voltou a Lisboa. Ele, as suas receitas alentejanas e as sopas servidas em potes de barro pintados, para despejar, concha a concha nas tigelas de barro do Alentejo. Bendita a hora, também, em que deixou de servir a mítica sopa de tomate apenas num dia da semana e a pôs na ementa diária. O caldo de tomate é bem apurado, traz pedaços do fruto, pimentos, cebolas, ovos escalfados que nunca passam do ponto e pão alentejano a embeber tudo isto. A dose é generosíssima e se a pedir sozinho ao almoço é coisa para ter de tirar a tarde. 

Preço: 5,50€

Travessa das Mercês, 16 (Bairro Alto). 21 015 1279. Seg-Sáb 12.00-15.00/ 19.00-23.00

Publicidade
Mi Dai - Sopa de Noodles com Carne
©DR
Restaurantes, Chinês

Mi Dai - Sopa de massa com carne de vaca

icon-location-pin Martim Moniz

Não tem nome à porta, não tem elementos decorativos a lembrar tradicionais restaurantes chineses, não tem gente que fale um português fluente. Tem, isso sim, uma montra de víveres para a qual pode apontar e esperar para ver o resultado da cozinha; e uma curta ementa de pratos, com oito sopas – grandes malgas de sopas – para sorver. Óptima a de massa com carne, sobre a qual deixamos um conselho de Alfredo Lacerda, crítico da casa: “se optar pela vaca (...), vai ter tendões e muita gelatina (com sorte), couve chinesa crocante, e um caldo complexo extraído da cozedura prolongada de ossos e especiarias.”

Preço: 5€

Calçada da Mouraria, 7. 96 987 0825. Seg-Sáb 09.00-21.00, Dom 09.00-17.00

Restaurantes, Tailandês

Sala Thai - Tom Yam Goong

icon-location-pin Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

Lisboa começa a estar bem servida de asiáticos, mas de tailandeses nem por isso. Este simpático restaurante em Alvalade, porém, ajuda a colmatar essa falha com uma ementa fiel às raízes onde não podia faltar a sopa mais famosa do país. No restaurante resumem-na como “uma sopa picante de camarão e ervas”, aqui completamos o assunto. É picante sim, por causa das malaguetas, tem um quê de acidez, um toque cítrico, graças à erva príncipe e à folha de lima kafir, e tem ainda gambas, cogumelos e galanga (um rizoma conhecido como gengibre tailandês). 

Preço: 6€

Rua Conde de Sabugosa, 13 A (Alvalade). 21 603 9946. Ter-Dom 12.00-15.00/ 19.00-23.00

Publicidade
Restaurantes, Vegano

My Mother's Daughters - Bowl Terra

icon-location-pin São Sebastião

Três palavras ajudam a definir o My Mother’s Daughters, simpático café-restaurante que abriu no Outono em São Sebastião da Pedreira: plant-based, bio e sazonal. E com muita atenção ao desperdício zero, também. Têm bowls doces, como a pura fruta, com fruta cortada na altura, granola caseira e leite vegetal, e têm as que podem fazer as vezes de uma refeição, como a Fresca e a Terra. “Vão mudar agora com a Primavera”, diz Madalena, uma das donas. Se for lá esta semana, porém, ainda apanha a Terra de Inverno. Um dhal de lentilhas e grão de bico, num caldo com cominhos e leite de coco, cogumelos shitake caramelizados, molho de iogurte e caju.

Preço: 9,50€

Largo de São Sebastião da Pedreira, 49. Seg 12.00-15.00, Ter-Sex 08.30-19.00, Sáb e Dom 10.00-17.00

Restaurantes, Asiático contemporâneo

Boa Bao - Sopa de caril da Malásia com marisco e noodles de ovo

icon-location-pin Chiado

São os campeões das bowls em Lisboa e podíamos dedicar duas ou três páginas aos vários pratos que servem na bonita loiça do restaurante, como o pho, o pad thai ou o arroz frito com frango e ovo. Escolhemos, contudo, uma óptima e menos comum sopa de caril da Malásia, para pedir em dose individual ou numa de partilha. A receita junta um caril amarelo feito com leite de coco, um caldo de galinha e carne de vaca, noodles de ovo, mexilhão, lingueirão, amêijoas e camarões, algum açúcar e sal, em doses equilibradas e, claro, ervas aromáticas.

Preço: 14,30€

Largo Rafael Bordalo Pinheiro, 30 (Chiado). 91 902 3030. Seg-Qua 12.00-23.30, Qui-Sáb 12.00-00.30

Publicidade
sopa bonsai
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Japonês

Bonsai - Ramen

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Histórico restaurante japonês em Lisboa, serve, aos sábados, aos almoços e apenas de 15 em 15 dias, um também histórico ramen. A data é sempre anunciada via Facebook (o último foi servido dia 31 de Março, por isso espera-se que o próximo seja a 13) e só servem 30 doses, que costumam esgotar. Porquê tanta popularidade? Porque se trata de uma sopa japonesa feita como manda a tradição: a confecção arranca 96 horas antes. O caldo é de ossos e carne, tem alho francês, cogumelos shitake, dashi e gengibre, tem barriga de porco, ovos e outros ingredientes de época.

Preço: 15€

Rua da Rosa, 248 (Príncipe Real). 21 346 2515. Ter-Sáb 12.30-14.30/ 19.30-23.00

Restaurantes

Gazpaxo - Gazpaxo

icon-location-pin Lisboa

Num comedor ibérico, como se assume o Gazpaxo, vamos agir como se as duas culturas se fundissem à mesa, terá pensado Sérgio Garcês, o dono deste micro-restaurante do Saldanha quando começou a servir o seu Gazpaxo. “É uma mistura entre o gaspacho à alentejana e o andaluz. Gosto das características dos dois e já o fazia antes”, diz. Trata-se então de um prato fundo onde vem um puré andaluz mais líquido do que o tradicional e pedaços de tomate, pepino e pimentos da receita alentejana, que costumam estar em água.

Preço: 3€

Avenida Praia da Vitória, 47 (Saldanha). 91 181 3556. Seg-Sáb 12.00-15.00, Sex e Sáb 20.00-23.00

Publicidade
ceviche puro da cevicheria
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Global

A Cevicheria - Ceviche puro

icon-location-pin Princípe Real

O estudo dos pratos mais fotografados de Lisboa nunca foi feito, mas o ceviche puro, na sua colorida tigela encarnada, estará com certeza no topo da lista. A concavidade do prato justifica-se, porque o leite de tigre deve banhar os vários ingredientes. Caso ainda não tenha visto imagens suficientes, são eles: peixe branco, puré de batata doce, cebola e algas.

Preço: 13,40€

Rua Dom Pedro V, 129. 21 803 8815. Seg-Dom 12.30-00.00. 

crave
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Crave - Earthy

icon-location-pin Campolide

Nasceu no Verão de 2017 com um restaurante nas Amoreiras, abriu uma loja no Cais do Sodré e trata as bowls por tu. Tem das mais nutritivas, como a Earthy, com arroz integral, kale, mix de couve flor e bruxelas, romãs e pesto, entre outros ingredientes, às mais ricas, caso da Cobb, com abacate, bacon, ovo, frango marinado e alface. Um sítio de saladas 2.0.

Preço: 7,25€

Rua da Boavista, 32. Seg-Sex 10.00-18.00, Sáb 10.00-16.00. 

Publicidade
eight the health lounge
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Vegano

Eight – The Health Lounge - Smoothie Bowls

icon-location-pin Santa Maria Maior

Onda nórdica na decoração, comida 100% vegan, uma loja de decoração e um lounge cheio de luz para sacar top shots dos tabuleiros de comida que saem da cozinha. Há várias saladas servidas em bowls, como a Crispy Croutons, com alface, arroz integral, pepino, couve roxa e croutons de grão, e há smoothie bowls, curiosamente servidas em pratos ovais – mas fundos na mesma.

Preço: 6,90€

Praça da Figueira, 12A. 21 886 2859. Seg-Qui 09.30-20.00, Sex 09.30-15.00, Dom 11.00-20.00.

Canja de Pombo do Galito
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

O Galito - Sopa de cação

icon-location-pin Carnide/Colégio Militar

Os tempos não têm sido favoráveis para quem gosta da sopa de cação do Galito. “Vai para duas semanas que não temos”, avisam. “Mas devemos ter em breve”, rematam. Vem servida a preceito, com o pão, uma posta por pessoa e os temperos adequados, numa belíssima tigela de barro alentejano, daquelas que ficariam bem até numa parede.

Preço: 14,50€

Rua Adelaide Cabete, 7B (Carnide) 21 711 1088. Seg-Sáb 12.30-15.00/ 19.30-22.30. 

Publicidade
Ela Canela
©DR
Restaurantes, Português

Ela Canela - Olh'ovos

icon-location-pin Campo de Ourique

Este café biológico já ganhou um lugar no nosso coração - agora abra o seu. Quase tudo é servido em tigelas, das papas de aveia às tostas de abacate, sempre em loiça de Leiria ou do Algarve. A tigela dos ovos faz parte do brunch de fim-de--semana, que nunca é igual, mas traz sempre uma tosta, um ovo escalfado, salada e um vinagrete e uma base que pode ser esmagada de abóbora e requeijão, por exemplo.

Preço: 8€

Rua Azedo Gneco, 74B (Campo de Ourique). Qua-Sex 12.00-18.00, Sáb e Dom 11.00- 18.00. 

Kin
Arlindo Camacho
Restaurantes, Asiático contemporâneo

KIN Martim Moniz

icon-location-pin Martim Moniz

Em Agosto, o primogénito TOPO ganhou um restaurante de cozinha asiática, com pratos confeccionados pela indonésia Ricci Quino. No início de Março, remodelou-o, tornou-o mais acolhedor e deu-lhe mais pratos asiáticos. Mas da primeira encarnação herdou o Pho Beef, um bom caldo aromatizado com ervas, massa de arroz e fatias de bife do lombo.

Preço: 13€

Praça do Martim Moniz, Centro Comercial Martim Moniz, Piso 6. 21 588 1322. Seg-Sáb 20.00-00.00

Compras: à caça de taças

SONY DSC

Se há arte que deve andar agradecida com esta moda é a da cerâmica. De repente, o prato raso tornou-se aborrecido, o prato de sopa não é suficiente para levar uma refeição inteira, a ardósia foi arrumada a um canto e somos bombardeados com tigelas bonitas por todo o lado. Com um cuidado tal que o IKEA não chega para fornecer tantos espaços.

Para quem quer seguir a bowlmania em casa, aqui fica uma lista de sítios para comprar tigelas.

Pura Cal (LX Factory. 96 678 1511), tem uma série de marcas portuguesas com tigelas bonitas, das quais se destacam as da colecção ZUVI, ZEVA, ZIVI (na imagem).

A apostar menos em marcas (apesar de encontrar por lá Costa Nova e Bordalo Pinheiro) e mais na diversidade, a Cerâmicas na Linha (Rua Dr. José da Cunha, 20B, Oeiras. 21 457 5920; Rua Capelo, 16, Chiado. 21 598 4813) é o paraíso da loiça a quilo, com várias tigelas coloridas, para escolher a granel.

Com o mesmo estilo de loiças, mas com preços à unidade e outras marcas de faianças das Caldas da Rainha, o Outlet do Bairro (Rua Almeida e Sousa, 21A. 91 975 9138), em Campo de Ourique, tem várias malgas para todo o tipo de ocasiões, das mais sóbrias às mais coloridas.

No mesmo bairro, a Maria Atarefada (Rua Padre Francisco, 10C. 93 275 0132) também oferece o mesmo estilo de tigelas. Para doses pequenas ou grandes, para uma mesa séria ou mais descontraída, com marca ou sem marca.

Para quem procura peças 100% portuguesas e com as quais é preciso ter algum cuidado, nada como ir à A Vida Portuguesa (Chiado e Intendente), onde a Bordalo Pinheiro e a Costa Nova estão em grande destaque. Também aqui se vendem as míticas tigelas de melamina em várias cores da Flapana, antiga Fábrica de Baquelite de Leiria.

Comer o mundo em Lisboa

Publicidade
Muito Bey - Tapas
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Os melhores restaurantes do Médio Oriente em Lisboa

Esqueça as mil e uma noites e coloque o mindset mais nos mil e um pratos. Temos Turquia, Líbano, Síria e o estilo do Médio Oriente inteiro: muitos pratos para partilhar e o pão como estrela da mesa. Nem precisa de pegar na bússola para rumar a Oriente, basta pegar nesta lista e orientar-se por Lisboa.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com