Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Seis restaurantes escondidos em Lisboa para uma refeição discreta
Caxemira - Sala
Fotografia: Arlindo Camacho

Seis restaurantes escondidos em Lisboa para uma refeição discreta

Para almoços e jantares longe de olhares indiscretos, espreite esta lista de restaurantes escondidos em Lisboa

Por Inês Garcia
Publicidade

Escondidos por detrás da porta de serviço de um outro restaurante, no primeiro piso de um edifício banal ou sem qualquer identificação à porta. Há portas em Lisboa que escondem um bom restaurante japonês, associações que têm pizzas artesanais lá dentro ou indianos clássicos que nunca deixaram o poiso inicial, nunca comprometendo a qualidade. Não tenha medo de entrar num beco sem saída sem nenhum traseunte. Provavelmente é lá que vai encontrar o melhor sítio para comer um bom cozido. Nesta lista dizemos-lhe alguns restaurantes escondidos em Lisboa que vale a pena procurar.

Recomendado: Sítios em Lisboa que são mais do que parecem

Uma foto da Time Out Magazine

A Time In Portugal já está disponível

Pode ler a última edição no conforto do seu sofá

Ler a revista

Seis restaurantes escondidos em Lisboa para uma refeição discreta

Casa dos Prazeres Avillez
©Duarte Drago

Casa dos Prazeres

Restaurantes Asiático contemporâneo Chiado

A Casa dos Prazeres, para lá das portas de serviço do Rei da China, é o segundo conceito que José Avillez abriu com o chef argentino Estanislao Carenzo. É uma cozinha que explora e aprofunda a ligação gastronómica entre Portugal e Ásia. Passando as portas, ao lado do balcão do Rei da China, além de um sentimento de transgressão, o comensal vai sentir que entrou num sítio completamente diferente. Há veludos, cadeirões confortáveis e um balcão de bar com cocktails que seguem a linha luso-asiática. Do bar, tem de subir umas escadas, com alforrecas em néon suspensas a iluminar o caminho, para chegar à sala de refeições da Casa dos Prazeres. Ambiente intimista, aberto só para jantares. O menu divide-se em pequenos pratos, pratos e caris, acompanhamentos e sobremesas, feitos com produtos maioritariamente portugueses mas interpretados de maneira asiática. Há um menu de degustação sugerido para não ter de tomar decisões difíceis (65€ para duas pessoas).

Publicidade
Caxemira - Caril de Camarão
Fotografia: Arlindo Camacho

Caxemira

Restaurantes Indiano Santa Maria Maior

Tentaram meter o Rossio na Rua da Betesga e não deu em nada, mas os melhores sabores da Índia estão lá todos bem escondidos, num primeiro andar discreto e apertado. O caril indiano de camarão é intenso e as chamuças bem recheadas. Pode comprá-las congeladas para levar para casa.

Valsa
©Inês Félix

Pizzandante

Coisas para fazer Beato

O Valsa tem sangue brasileiro a correr nas veias e, apesar de já ter casa na Penha de França há quase dois anos, em 2020 ganhou uma nova vida. Foi aí que o Pizzandante, um negócio de pizzas artesanais que se estreou por lá como pop-up, se transformou em restaurante fixo, de quarta a domingo, das 19.00 às 22.00. As massas são de farinha biológica e com fermentação natural e há sempre cinco pizzas à escolha (8,5€-9€), uma delas vegan. 

Publicidade

Chinês Clandestino

Restaurantes Chinês Lisboa

Ficou baptizado assim mesmo, Chinês Clandestino. Fica num segundo andar perto do Largo da Severa, na Mouraria, e tem uma sala enorme com mesas, as típicas toalhas de papel do antigamente e guardanapos num dispenseiro. A carta é longa e muito completa, com opções muito baratas, que deve pedir escrevendo o número correspondente num papelinho que lhe é entregue à chegada. Prove a beringela assada (3,50€), a língua de pato com sal e pimento (5€) ou um dos pratos na chapa quente. 

Merendinha do Arco Bandeira
Fotografia: Manuel Manso

Merendinha do Arco Bandeira

Restaurantes Português Baixa Pombalina

Foi um galego que abriu o restaurante, em frente ao célebre animatógrafo do Rossio, numa altura em que ainda havia carroças
 a passar, em 1944. Há quase duas décadas que mantém esta localização e está nas mãos de David Castro, mas os bons pratos 
e petiscos desta casa são obra da mulher, Fátima. O ambiente de tasca está lá todo, desde o balcão de alumínio aos garrafões pendurados na parede – só já não tem pata de presunto suspensa porque a ASAE não deixa. Serve refeições completas a toda a hora mas também umas moelas “cinco estrelas” ou pataniscas ao balcão.

Os melhores restaurantes em Lisboa por zona

O Frade
©Manuel Manso

Os melhores restaurantes em Belém

Restaurantes

A fome arranja-se facilmente com uma corrida pelo passeio que acompanha a margem do rio, ou mesmo com umas pedaladas de bicicleta. Uma paragem talvez para a observação de turistas junto dos Jerónimos e dos Pastéis de Belém ou até para uma voltinha no Museu Colecção Berardo. Deixe as selfies com vista para a ponte 25 de Abril para depois e comece a pensar em talheres. Esta lista dos melhores restaurantes de Belém começa numa estrela Michelin e acaba numa tasca com a estrela benfiquista nas paredes e muito foco na dobrada.

Cultura do Hamburguer
©Inês Félix

Os melhores restaurantes no Bairro Alto

Restaurantes

Corremos o Bairro Alto e cruzámo-nos com mais de 100 restaurantes pelo caminho, nem todos merecedores de nota, é certo. Mas nas ruas mais boémias da cidade há mais do que bares com promoções em mojitos gigantes. O bairro está revitalizado e há restaurantes a dar-lhe novo fôlego. Da cozinha de autor de chefs como Ljubomir Stanisic ou André Lança Cordeiro ao restaurante israelita, passando por bons italianos, comida do Médio Oriente, mexicana ou a mais tradicional portuguesa, estes são os melhores restaurantes no Bairro Alto para almoçar sem confusão, fazer um jantar pré-noite de copos ou ter uma experiência gastronómica. 

Publicidade
Cantina Peruana
©Duarte Drago

Os melhores restaurantes no Cais do Sodré

Restaurantes

O bairro não pára de crescer e se há coisa que não lhe falta são sítios para comer e beber à grande. Temos já uma panóplia de bons restaurantes de peixe, de carne ou de comida do mundo que tornam possível comer de tudo um pouco sem sair do quarteirão. Dos clássicos e históricos aos novos projectos de José Avillez, nos restaurantes no Cais de Sodré encontra sugestões para todos os gostos (até para o mais esquisito dos amigos). Decida onde vai almoçar ou jantar com esta lista dos melhores restaurantes no Cais do Sodré. Mas não estranhe as multidões. Na dúvida, reserve sempre.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade