A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Museu do Holocausto no Porto
© CIP/CJP Museu do Holocausto no Porto

Dez novos museus para visitar no distrito do Porto

Dos vinhos às regueifas, da história à ciência, da moda à arte dos vitrais, há novos museus para descobrir no Porto, em Vila Nova de Gaia, Matosinhos e Valongo.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

Numa altura em que o mundo parecia ter parado, a nossa sede de conhecimento não abrandou. No Porto, em Matosinhos, Valongo e Vila Nova de Gaia nasceram este ano novos espaços que merecem uma visita. Nestes museus vai poder aprender mais sobre as coisas boas que comemos e bebemos, como as conservas de Matosinhos, os vinhos do Douro, as regueifas e os biscoitos de Valongo. Vai poder conhecer melhor a história do Holocausto, contada pelas suas vítimas, e aprender mais sobre ciência num antigo laboratório de química. Poderá até descobrir os segredos da indústria têxtil portuguesa e deslumbrar-se com os jogos de cor e luz dos vitrais. Há museus para todos os gostos.

Recomendado: Os melhores museus no Porto

Novos museus no distrito do Porto

  • Museus
  • História
  • Campo Alegre

O Museu do Holocausto do Porto foi criado por membros da Comunidade Judaica do Porto, cujos familiares foram vítimas do Holocausto. Retrata a vida judaica antes, durante e após o Holocausto – desde a expansão do nazismo na Europa, aos guetos, os refugiados, os campos de concentração, de trabalho e de extermínio, até à libertação e ao pós-guerra, a história é contada pelas suas vítimas. Pode visitar uma reprodução dos dormitórios de Auschwitz, uma sala de nomes, um memorial da chama, cinema, sala de conferências, centro de estudos e corredores com a narrativa completa, fotografias e ecrãs exibindo filmes reais.

Rua do Campo Alegre, 790 (Porto). Seg-Sex 14.30-17.30. Grátis

  • Museus
  • História
  • Matosinhos

O Museu da Memória de Matosinhos (MUMMA) nasceu no histórico edifício do Palacete Visconde de Trevões. Tem como missão valorizar a memória histórica e patrimonial do território de Matosinhos, cruzando-a com as memórias individuais dos seus habitantes, num encontro entre o seu passado e o presente, dos primórdios até à actualidade. Conta com exposições temporárias e uma exposição permanente, que assenta nas memórias e valências do próprio edifício e do seu primeiro proprietário (Emídio Ló Ferreira), nas memórias do território de Matosinhos, dos seus lugares, das suas gentes e das suas principais actividades.

Palacete Visconde de Trevões, Av. D. Afonso Henriques (Matosinhos). Ter-Sex 10.00-13.00 e 15.00-18.00, Sáb-Dom 15.00-18.00. Grátis

Publicidade
  • Museus

Na requalificada Casa da Vandoma, ao lado da Sé do Porto, nasceu um museu recheado com um histórico espólio de cor e de luz. Em exposição está uma selecção das obras de João Aquino Antunes, o último pintor português que dedicou a sua vida aos vitrais. Aqui poderá apreciar obras-primas em vitrais tradicionais, painéis decorativos, instalações de arte abstracta e um caleidoscópio de 400 cores de vidro. Poderá também ver uma recriação de parte do estúdio do artista, com esboços originais e maquetes. A visita termina com uma panorâmica sobre o centro da cidade, a provar um cálice de vinho do Porto Taylor’s.

Rua de D. Hugo, 2-6 (Porto). Todos os dias 10.30-19.30. 4-8€

  • Museus
  • Matosinhos

Desde 1920 que a Pinhais faz tudo à moda antiga e à mão. A fábrica em Matosinhos está classificada como Imóvel de Interesse Municipal desde 2020, por ser uma das mais antigas ainda em laboração, por manter o processo de produção tradicional e privilegiar o peixe fresco do Atlântico. Nesse edifício nasceu um museu-vivo, que proporciona uma experiência imersiva, onde pode acompanhar o processo de produção artesanal da Pinhais, participar em provas de degustação e empapelar a sua própria lata. Agende aqui a sua visita.

Avenida Menéres, 700 (Matosinhos). 8-14€

Publicidade
  • Museus
  • História
  • Ribeira

O antigo Museu do Vinho do Porto reabriu na Rua da Reboleira com uma nova missão e um novo nome: Extensão do Douro, um ponto de partida à descoberta da região demarcada. O espaço, que mostrava a relação da cidade com o vinho que era produzido no Douro, é agora um dos núcleos do Museu da Cidade do Porto. A nova Extensão do Douro expande o seu programa para abarcar também o rio e a região vitivinícola. Situada em plena Ribeira, foi concebida como um posto avançado e um ponto de partida para descobrir o Douro. Aqui poderá ver exposições, provar um vinho com o rio no horizonte, conhecer o Gabinete e o Arquivo do Vinho, um espaço de reflexão e tertúlias. 

Rua da Reboleira, 33-37 (Porto). Ter-Dom 10.00-17.30. 4€

  • Museus
  • Moda e trajes
  • Vila Nova de Gaia

No World of Wine, em Vila Nova de Gaia, há um museu que é uma homenagem à arte de bem-fazer nas áreas da moda, do calçado e da filigrana. O espaço destaca os principais criadores nacionais e reforça a importância da indústria têxtil no Norte de Portugal, contando com a contribuição de várias entidades, empresas e designers. No primeiro piso, pode lembrar os momentos cronológicos mais relevantes da história da indústria têxtil – com o espólio da Riopele, da Tintex e da Têxteis Manuel Gonçalves – e aprender sobre os processos de fiação, debuxo, tecelagem e tinturaria, entre outros. O segundo piso é dedicado à filigrana, ao calçado e à moda de autor nacional. 

World of Wine, Rua do Choupelo, 39 (Vila Nova de Gaia). Seg-Sex 12.00-19.00, Sáb-Dom 10.00-19.00. 8,50-17€

Publicidade
  • Museus
  • Grande Porto

A regueifa e o biscoito são ícones da identidade gastronómica e cultural de Valongo. Este é um espaço para homenagear a sua história, os seus aromas e sabores ancestrais, mas também os padeiros, biscoiteiros e todas as pessoas que contribuíram para o desenvolvimento deste sector. Além de visitar os vários espaços expositivos, pode pôr as mãos na massa e aprender a fazer esta arte ancestral, através de workshops. No final, é altura de provar estas delícias.

Largo do Centenário, 128 (Valongo). Seg-Dom 09.30-12.30 e 14.00-18.00. 2-4€

  • Museus
  • Foz

O espaço do antigo reservatório de água do Parque da Pasteleira foi renovado e transformado numa estação arqueológica que funciona agora como museu, como espaço de trabalho e de mediação, e como uma reserva viva onde se guardam vestígios arqueológicos. O Reservatório é uma das estações do Museu da Cidade, reunindo artefactos, vestígios e fragmentos encontrados em escavações ou recolhidos de edifícios e monumentos da cidade, e que integram as colecções municipais. O espectro temporal vai da época contemporânea até ao Paleolítico, estendendo-se, assim, da História à Pré-História.

Parque da Pasteleira (entrada poente), Rua de Gomes Eanes de Azurara (Porto). Ter-Dom 10.00-17.30. 4€

Publicidade
  • Museus
  • Ciência e tecnologia
  • Clérigos

O Museu de História Natural e da Ciência do Porto devolveu à cidade um espaço emblemático na história da química em Portugal, onde vai poder fazer uma viagem no tempo aos primórdios da Ciência moderna. O processo de reconstrução do Laboratório Ferreira da Silva, desenvolvido com o apoio da farmacêutica BIAL, restituiu ao espaço o aspecto que manteve nas décadas de 30 e 40 do século passado. Foi aqui que muitas gerações de estudantes aprenderam com António Ferreira da Silva, antigo professor e director da Faculdade de Ciências (FCUP), considerado o “pai” da Toxicologia Forense em Portugal. No total, estão em exposição cerca de 80 objectos, nomeadamente instrumentos científicos, frascos com produtos químicos, amostras minerais, utensílios de laboratório, livros e mobiliário.

Pólo Central do MHNC-UP, Campo dos Mártires da Pátria, 81 (Porto). Ter-Dom 10.00-13.00 e 14.00-18.00. Grátis

  • Museus
  • Vila Nova de Gaia

O Pink Palace é o sétimo museu do World of Wine (WoW), que dá a conhecer a história e a ciência por detrás da produção do vinho rosé, mas também a cultura e o lifestyle que simboliza. Com vários cenários optimizados para fotografias e que convidam à interacção, este é o mais excêntrico de todos os espaços do WoW. Ao longo da experiência, são servidas cinco bebidas: Quinta do Vale do Bragão Rosé, AIX Gran Vin de Provence Rosé, Mateus Rosé, Vértice Rosé Bruto e Croft Pink Rosé Port. As 11 salas do museu mostram a diversidade deste vinho e a forma como os rosés são feitos a partir de uvas cultivadas em diferentes regiões e climas em todo o mundo, usando uma série de técnicas de vinificação.

World of Wine, Rua do Choupelo, 39 (Vila Nova de Gaia). Dom-Qui 11.00-20.00, Sex-Sáb 11.00-22.00. 8,50-25€

Mais para fazer no Porto

  • Coisas para fazer

Está a precisar de sair de casa durante umas horas e espairecer? Então preste atenção a esta lista, com as melhores coisas para fazer no Porto esta semana. Quer seja antes ou depois do trabalho, durante a semana ou nos dias de descanso, há concertos, exposições e performances em vários locais da cidade. Escolha a programação ao seu gosto e não se esqueça da máscara. Para aproveitar bem o dia, experimente um destes sítios para comer cozido à portuguesa no Porto. Ou, se a cozinha tradicional portuguesa não for a sua praia, aposte num dos melhores restaurantes do mundo da cidade.

Recomendado: As melhores coisas para fazer no Porto este mês

  • Coisas para fazer

Visitar museus e exposições, passear por jardins, admirar a arte que existe pelas ruas, ler um livro na biblioteca municipal e ver o pôr-do-sol com vista para o rio Douro. Estas são apenas algumas das ideias que pode encontrar nesta lista com coisas grátis para fazer no Porto. Por enquanto, vá juntando os trocos para mais tarde, encontre boa companhia e saia de casa sem se preocupar com o dinheiro. Se estiver curioso, também temos muitas ideias para lhe dar de coisas para fazer até 5€

Recomendado: As melhores coisas para fazer no Porto esta semana

 

Publicidade
31 coisas incríveis para fazer no Porto
  • Coisas para fazer

Somos absolutamente apaixonados por esta cidade. Pelas suas ruas estreitas e casas coloridas, pelos miradouros com vistas de cortar a respiração, pelas galerias cheias de arte antiga e contemporânea, pelos jardins e museus, e pelos restaurantes com comida tradicional ou do mundo. A Invicta é uma caixinha de surpresas, mas estas nem sempre se revelam ao primeiro olhar. É preciso descobri-las. Para que nada lhe escape, aqui tem uma lista com 31 coisas incríveis para fazer no Porto. Leia-a com atenção e partilhe-a com quem mais gosta.

Fez alguma coisa desta lista que tenha adorado? Pode partilhá-la no hashtag #TimeOutDoList e taggar @TimeOutEverywhere.

Sabe como é que a Time Out selecciona as melhores coisas para fazer no mundo inteiro? Espreite aqui.

  • Coisas para fazer

Somos contra os domingos desperdiçados em frente à televisão. Se é como nós, mas nunca sabe o que fazer neste dia, não há motivo para alarme, já que lhe preparámos esta lista com dez (e mais algumas) sugestões de coisas para fazer ao domingo no Porto, que não pode deixar de aproveitar. E não se preocupe, pois há opções para todos os gostos, que vão de uma ida a um bom restaurante a um roteiro de arte urbana, de uma sessão relaxante num spa, a uma tarde de copos com os amigos. Divirta-se, é para isso que aqui estamos.

Recomendado: As melhores coisas para fazer no Porto este mês

Publicidade
  • Música
  • Música ao vivo

Quando a pandemia chegou a Portugal e as salas e os espaços culturais fecharam, os músicos começaram a actuar em directo das suas casas para todo o mundo. Fizeram-nos companhia através de transmissões online, trazendo um pouco de alegria a dias menos bons. Agora que a pandemia já não confina a música, há bons concertos para ver ao vivo nas várias salas da cidade. Ao vivo e com todas as cores, há muito para ver e ouvir durante este mês, para todos os gostos, com artistas de rock, pop, hip-hop, jazz, fado, electrónica, música experimental e clássica.

Recomendado: As melhores lojas para comprar discos de vinil no Porto

  • Coisas para fazer

Uma coisa é garantida: no Porto há sempre alguma coisa para fazer. Se não sabe o que anda a acontecer por cá, nesta lista vai encontrar as melhores coisas para fazer no Porto este mês, com uma série de sugestões que vão animar os seus dias e tirá-lo de casa durante umas horas. Descubra novas exposições, concertos, peças de teatro e oficinas que lhe ensinam coisas novas. Para ficar com o dia completo, aproveite para conhecer as as melhores livrarias do Porto.

Recomendado: Os melhores sítios para andar de bicicleta no Porto

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade