A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Televisão, Séries, Crime, Drama, Mistério, Professor T (2021)
©DRBen Miller em Professor T

‘Professor T’ e outras boas razões para ligar a televisão esta semana

Há programas que ainda vale a pena ver em directo. Estas são as melhores razões para ligar a televisão esta semana.

Escrito por
Eurico de Barros
Publicidade

É certo e sabido que somos adeptos de passeios pela cidade, idas ao cinema e ao teatro, jantares fora e uns bons copos. Mas, por enquanto, o ideal ainda é ficar em casa tanto quanto possível. E, assim como assim, até sabe bem ficar agrafado ao pequeno ecrã, no conforto do lar. Para que não desperdice estes valiosos momentos de zapping, damos-lhe as melhores razões para ligar a televisão esta semana. Porque há programas que ainda vale a pena ver em directo e estreias que não vai querer perder.

Recomendado: Os filmes originais Netflix que tem de ver

1. Professor T

Originalmente uma série de produção belga transmitida entre 2015 e 2018, Professor T é um remake inglês com a chancela da BBC. Ben Miller interpreta Jasper Tempest, um criminologista de génio da Universidade de Cambridge que sofre de um transtorno obsessivo-compulsivo e tem uma mãe arrogante. Tempest é consultor da polícia e presta uma atenção absolutamente maníaca aos detalhes dos casos que lhe propõem.

FOX Crime. Qui 22.00

2. The King of Warsaw

Varsóvia, 1937. O mundo do crime na capital polaca é dominado pela máfia judaica, liderada por Buddy Kaplika, um gangster que se diz socialista, que todos temem e que se auto-nomeia “Rei de Varsóvia”. O seu homem de confiança é Jakub Szapiro, um malfeitor que é também pugilista e cujo sonho é eliminar o chefe e passar a ser ele a mandar no submundo da cidade. Esta série polaca baseia-se no livro policial homónimo.

Filmin. Qua

Publicidade

3. Sombras do Passado

Durante umas férias que está a passar na Europa com a filha, uma mãe solteira americana, Jenny Franklin, é desmascarada pela CIA como tendo sido uma espiã para os soviéticos no tempo da Guerra Fria, e o produto de uma experiência secreta de bioengenharia do KGB que lhe deu capacidades especiais. Jenny é então forçada a regressar ao activo, agora para não perder a família nem a nova vida que construiu.

Netflix. Sex

4. The Woman in the House Across the Street From the Girl in the Window

Nesta série que junta o policial e a comédia negra, a tristonha Anna (Kristen Bell) costuma sentar-se em casa todos os dias com um copo de vinho na mão, a ver a vida passar lá fora. Certo dia, um homem bem parecido e a sua adorável filha mudam-se para a casa do outro lado da rua. Anna começa a ficar curiosa sobre a vida dos seus novos vizinhos, até que testemunha um horrível assassínio. Ou será que imaginou tudo?

Netflix. Sex

Publicidade

5. Feria: A Luz Mais Negra

Duas irmãs, Eva e Sofia, que vivem numa vila das montanhas da Andaluzia nos anos 90, descobrem que os pais cometeram um horrível crime antes de desaparecerem, deixando mais de duas dezenas de vítimas para trás. Eva e Sofia vão ter que lidar com as consequências desta monstruosidade, e descobrem que os habitantes da vila não são tão inocentes como aparentam. Aqui, a realidade oculta um universo fantástico.

Netflix. Sex

6. The Legend of Vox Machina

Série de animação de fantasia produzida nos EUA, que começa quando uma enorme conta acumulada num bar leva um grupo de aventureiros muito diverso a encetar uma tentativa desesperada para salvar o reino de Exandria de ser invadido por forças mágicas vindas das trevas. O grupo vai ter de defrontar vários inimigos, entre os quais um poderoso feiticeiro e uma terrível maldição que os poderá afectar a todos.

Amazon Prime Video. Sex

Publicidade

7. Coisa Ruim

O cinema português é avesso ao fantástico, ao terror e à ficção científica. Realizado em 2005 por Tiago Guedes e Frederico Serra, Coisa Ruim é um raríssimo exemplo de filme de terror nacional. Um botânico e professor universitário herda um solar perto de Seia e instala-se lá com a família, para estudar a flora da região. Mas os habitantes dizem que a casa é assombrada. Com Adriano Luz, Manuela Couto e Gonçalo Waddington.

8. O Charme Discreto da Burguesia

Realizado em 1972 por Luis Buñuel, que também escreveu o argumento, com Jean-Claude Carrière, esta obra ganhou o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro e é um dos exemplos maiores da veia surrealista do seu autor, uma sucessão de episódios absurdos e oníricos passados durante um jantar de cerimónia, cujos comensais são constantemente interrompidos. Com Fernando Rey, Delphine Seyrig, Jean-Pierre Cassel e Michel Piccoli.

Mais que ver

Publicidade
Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade