A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Walton Goggins
©DRWalton Goggins, em Fallout

Razões para ligar a TV esta semana: ‘Fallout’, ‘Franklin’ e mais

Há televisão que vale a pena ver em directo (ou no dia de estreia). No cabo e em streaming, estes são os filmes e séries para ver esta semana.

Escrito por
Eurico de Barros
Publicidade

É certo e sabido que somos adeptos de passeios pela cidade, idas ao cinema e ao teatro, concertos, jantares fora e uns bons copos. Mas às vezes também sabe bem ficar a vegetar, agrafado ao ecrã, no conforto do lar. Para que não desperdice estes valiosos momentos de zapping, damos-lhe as melhores razões para ligar a televisão esta semana. Porque há programas que ainda vale a pena ver em directo e estreias, nos canais tradicionais e nos serviços de streaming, que não vai querer perder.

Recomendado: Os filmes originais Netflix que tem de ver

1. Fallout

Série de ficção científica baseada nos videojogos com o mesmo título. Passaram-se 200 anos sobre o apocalipse que se abateu sobre a Terra. Os habitantes dos luxuosos refúgios antinucleares são obrigados a regressar ao mundo cheio de radiação que os seus antepassados lhes deixaram e vão enfrentar um ambiente estranho, violento e complexo. Interpretações de Kyle MacLachlan, Walter Goggins e Ella Purnell.

Prime Video. Sex

+ ‘Fallout’ encontra refúgio do streaming (pela mão do outro Nolan, o irmão)

2. Franklin

Michael Douglas personifica Benjamin Franklin nesta série histórica que se baseia no livro de Stacy Schiff A Great Improvisation: Franklin, France and the Birth of America, publicado em 2005. Franklin tem 70 anos quando embarca para França numa missão secreta, numa altura em que a independência americana está em jogo. Ele vai ter que enganar espiões ingleses e informadores franceses. Também com Eddie Marsan e Ludivine Sagnier.

Apple TV+. Sex

Publicidade

3. O Simpatizante

Robert Downey Jr. e Scott Ly são os principais intérpretes de O Simpatizante, uma série de espionagem com tempero satírico, passada nos últimos dias da Guerra do Vietname. Um espião franco-vietnamita que trabalha para os comunistas e esteve infiltrado no exército do Vietname do Sul, foge para os EUA e instala-se no seio de uma comunidade de refugiados do seu país, continuando a espiar e a mandar relatórios para o Viet Cong.

HBO Max. Seg

4. Baby Reindeer

Baseada numa história real, e adaptando um one man show de grande sucesso apresentado na Fringe do Festival de Edimburgo de 2018, Baby Reindeer conta a história do autor e actor David Gadd (Donny Dunn), que começou a ser perseguido por uma mulher obcecada por ele, após ter tido um gesto de bondade para com ela, o que o levou a ter que enfrentar um trauma pessoal que há muito havia escondido dentro de si.

Netflix. Qua

Publicidade

5. Made in Oslo

Série norueguesa que tem como protagonista Elin, que dirige uma clínica de fertilidade em Oslo, juntamente com o seu ex-marido, Bjorn. Elin ajuda as outras mulheres a conseguir aquilo que ela mais deseja para si: ser mãe. Arriscando o seu casamento, a sua enteada e a sua carreira, ela vai envolver-se numa batalha contra o seu relógio biológico. Até onde conseguirá Elin ir para se tornar finalmente mãe?

RTP2. Qui. 22.00/ RTP Play

6. Sequestro no Voo 601

É da Colômbia esta série que recria os acontecimentos ocorridos no dia 30 de Maio de 1973, quando o voo comercial com aquele número da Sociedad Aeronáutica de Medellín, que ligava Bogotá a esta cidade, foi sequestrado por dois homens armados e usando capuzes para esconderem a sua identidade. Exigiam ao governo colombiano um avultado resgate e a libertação de 50 presos políticos, sob pena de rebentarem com o avião.

Netflix. Qua

Publicidade

7. Machine

Série de comédia surreal francesa sobre uma jovem marginal perseguida pela justiça, que regressa à sua terra natal para se refugiar em casa da avó. Lá chegada, descobre que ela morreu, mas fica no apartamento da defunta e arranja emprego numa fábrica. Aí conhece um antigo toxicodependente que se converteu ao marxismo e às artes marciais, que lhe põe a alcunha de “Machine” e começa a ensinar kung fu. 

ARTE. Qui 20.55

8. The Eternal Memory

Vencedor do Grande Prémio do Júri para Melhor Documentário no Festival de Sundance, este trabalho da chilena Maite Alberdi conta a história de Augusto e Paulina, ele um dos mais destacados comentadores culturais e apresentadores da televisão chilena, ela actriz e ex-Ministra da Cultura. O seu casamento de 25 anos é perturbado quando Augusto é diagnosticado com Alzheimer. Um desafio que o casal enfrenta de cabeça erguida. 

TVCine Edition. Sex 22.00

Mais que ver

  • Filmes

Entre conteúdos originais de grande qualidade e outros que foram aproveitados (ou mesmo ressuscitados), a Netflix está, continuamente, a trazer-nos apostas dignas de binge watching. Títulos como Gambito de DamaOzark, Stranger Things ou The Crown mostram bem aquilo em que a plataforma trabalha, e outros como Breaking Bad Arrested Development são óptimos exemplos de como levar audiência ao seu moinho (o streaming) por meios comprovados. A apontar-lhe alguma coisa, será a oscilação de conteúdos: estamos sempre na vertigem de ver a nossa série favorita desaparecer do catálogo. Por isso, não perca tempo: prepare-se para uma maratona e siga estas sugestões das melhores séries para ver na Netflix.

  • Filmes

O Disney+ tornou-se, em tempo recorde, um dos serviços de streaming com mais subscritores no mundo. Casa da Fox, da National Geographic e da Lucasfilm, além das produções da Disney, da Pixar e da Marvel, tem um catálogo cada vez mais diversificado. Além de produções próprias – como The Mandalorian, um dos spin-offs de Star Wars, ou WandaVision, uma sitcom psicadélica que tem a chancela da Marvel –, a nova área de entretenimento Star adicionou à plataforma dezenas de séries (e também filmes), incluindo sucessos de audiências como Perdidos ou Uma Família Muito Moderna.

Publicidade
  • Filmes

No mundo das plataformas de streaming e da criação de conteúdos originais, há muitas opções por onde escolher. A Amazon lançou o seu serviço pago de streaming de séries e filmes em Portugal, em 2016, e continua a conquistar novos assinantes e a apostar na criação de conteúdos originais feitos e protagonizados por nomes sonantes. A adaptação da obra de Philip K. Dick, O Homem do Castelo Alto, foi uma das primeiras apostas bem-sucedidas. Seguiram-se Transparent, The Marvelous Mrs. Maisel, FleabagThe Boys... Há cada vez mais e melhores séries originais na Amazon Prime Video.

  • Filmes

Desde 2022 que a HBO Portugal deu lugar à HBO Max. A mudança de nome foi acompanhada por um site renovado e apps mais funcionais, mas o cardápio de séries é basicamente o mesmo, que já era excelente, e vai continuar a crescer – o catálogo dos filmes, porém, foi muito e bem reforçado. Entre as centenas de séries disponíveis no serviço de streaming, há pelo menos 20 que toda a gente precisa de ver pelo menos uma vez na vida. Desde clássicos como Os Sopranos a adições recentes como The Last of Us, sem esquecer A Guerra dos Tronos, estas são as séries na HBO Max que tem de ver.

Publicidade
  • Filmes

A Apple TV+ é um serviço de streaming jovem (nasceu no final de 2019) e de catálogo limitado, mas ao contrário do que possa parecer isso não é uma desvantagem. Em época de abundância, os espectadores encontram aqui um porto seguro, que tenta ter uma oferta mais apostada na qualidade do que na quantidade. O foco são as produções originais, que a pouco e pouco vão tornando o serviço incontornável para quem gosta de boa televisão. Há de tudo, das séries de grande orçamento (destaque para The Morning Show) às sitcoms surpreendentes (olá, Ted Lasso), da ficção científica (ponto extra por Fundação, adaptação dos livros Isaac Asimov) às séries documentais de fôlego (1971: The Year That Music Changed Everything é uma pérola para melómanos). Feitas as contas, há 20 séries da Apple TV+ que tem de ver. Ei-las.

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade