Os melhores hotéis românticos em Lisboa

O amor está no ar nos melhores hotéis românticos em Lisboa. Faça check-in e apaixone-se perdidamente.

©Paulo Carvalho

Que Lisboa é a cidade mais romântica já nós sabíamos, mas que tinha tantos hotéis para levar as escapadinhas românticas a um novo nível foi uma surpresa. Seja com pequenos-almoços na cama ou vistas de cortar a respiração, os melhores hotéis românticos em Lisboa não desiludem.

Os melhores hotéis românticos em Lisboa

Verride Palácio Santa Catarina

Dormir num palácio é sempre uma experiência romântica, mas se esse palácio tem uma vista privilegiada sobre Lisboa, o romantismo sobe logo de nível. E ainda nem lhe falámos dos azulejos azuis da fotogénica casa de banho da suíte Queen. No total são 14 suítes e quatro quartos que garantem uma experiência exclusiva e luxuosa. Em comum têm os janelões por onde entra a badalada luz de Lisboa, espelhos enormes, camas com espaço para uma família inteira (com lençóis com 600 fios de algodão egípcio e almofadas para todos os gostos – há todo um menu), e casas de banho em mármore que acolhem toalhões compridos, confortáveis e fofos.

Chiado/Cais do Sodré

Corpo Santo Lisbon Historical Hotel

Os toldos vermelhos, a lembrar as praças parisienses, não passam despercebidos no movimentado Cais do Sodré. No Corpo Santo Hotel, escondem-se quartos de fazer esquecer a cidade. São cinco pisos despidos de excessos e vestidos de contrastes entre os tons claros de paredes e têxteis e as madeiras escuras e maciças. As casas de banho de todos os quartos estão equipadas com sistema de cromoterapia, uma especialidade terapêutica que usa as propriedades das cores para alcançar o equilíbrio entre corpo e mente. Melhor: cada luz tem uma melodia diferente associada. Fica dado o mote para a noite – mais romântico é difícil. 

Cais do Sodré
Publicidade

Memmo Príncipe Real

É provável que demore a aparecer concorrência à altura do Memmo no Príncipe Real, até porque é difícil (senão impossível) competir com a vista do terraço do bar e restaurante, onde também está a piscina virada para o Castelo de São Jorge – igualmente avistável da maioria das varandas dos quartos. O Café Colonial é o novíssimo restaurante onde o chef Vasco Lello se compromete a reinterpretar os sabores exóticos das ex-colónias em pratos modernos, pensados para partilhar.

Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Pousada de Lisboa

Os quartos e suítes são espaçosos e confortáveis, e embora não sejam declaradamente românticos – também há quartos familiares –, têm um ambiente muito favorável aos assuntos do coração: duche relaxante de mármore para dois, “aquela” luz do Tejo e camas extraordinárias que nos obrigaram a rever a definição de cama ao ponto de concluirmos que a da nossa casa afinal não é a melhor do mundo. Ao pequeno-almoço tem duas opções: ou se junta ao buffet no pátio interior, ignora o facto de ainda ser de manhã e acede à flute de champanhe incluída no menu, ou fica na cama, em sossego, à espera da bandeja. 
 

Santa Maria Maior
Publicidade

Pestana Palace Lisboa

A suíte D. Carlos é a maior do Pestana Palace, em homenagem ao penúltimo monarca português, e tem exatamente aquilo que se espera de um aposento real: luxuosa, elegante, espaçosa e confortável, com um terraço de 33 metros quadrados com vista para o Tejo e para a piscina e jardins tropicais do hotel, duas salas de estar, sala de jantar, casa de banho com banheira de pés e cama king size, como tinha de ser. Para relaxar a sério com a cara metade, o Magic Spa é o destino óbvio. Vencedor do prémio World Luxury Spa, é o pretexto certo para um daqueles dias em que não apetece despir o roupão.
 

Alcântara

Altis Avenida Hotel

Os 70 quartos e suítes distribuídos por seis pisos têm uma onda simultaneamente kitsch e futurista com referências de Arte Déco. Os 16 quartos Deluxe têm varanda e partilham com os restantes as casas de banho em mármore e a roupa de cama em algodão egípcio – o quarto 206, fica a sugestão, é o único com varanda na casa de banho. Mas para sentir mesmo a sério a personalidade retro-chic do Altis, as suítes (apenas duas) são a escolha certa, não só pela dimensão, com salas de estar e casa de banho com duche e banheira, mas sobretudo pela vista sobre Lisboa.

Santa Maria Maior
Publicidade

AlmaLusa Baixa/Chiado

O boutique hotel inaugurado em Março de 2016 ocupa um edifício pombalino do século XVIII, um dos muitos projetados a mando de D. José I depois do terramoto de 1755, mas desengane-se quem acha que isto quer dizer que entrar no n.º 20 da Praça do Município é recuar ao passado. O Alma Lusa fez-se moderno e descontraído para responder à procura do público mais jovem. Inclui, no entanto, na sua identidade alguns elementos da História de Portugal – a começar pelo logótipo que o grupo Alma Lusa Hotels escolheu como imagem de marca.

Santa Maria Maior

Hotel da Estrela

Um hotel especial, personalizado, confortável e intimista. Instalado no antigo palácio dos Condes de Paraty, tem jardins e espaços exteriores como poucos hotéis de cidade têm a sorte de ter. O Jardim da Estrela, logo ao lado, é um dos favoritos dos lisboetas em fins-de-semana ensolarados, mas como o mais provável é ter de lutar por um metro quadrado de relva desocupado, aproveite antes o jardim e a piscina do hotel para gozar do sol de Lisboa sem alaridos. Durante o Verão, há piqueniques românticos.
 

Lisboa
Publicidade

Torel Palace

Não há luxo maior do que estar no centro de uma cidade e conseguir alhear-se da azáfama urbana e sentir a tranquilidade que só o campo pode oferecer. Os fins de tarde de copo na mão estão sempre assegurados no Torel Palace, já que é por altura do pôr-do-sol que a varanda sobre Lisboa se transfigura para dar lugar a um dos bares ao ar livre mais exclusivos de Lisboa.

Lisboa

Valverde Hotel

Atrás da fachada do século XIX esconde-se um boutique hotel que se distingue dos demais pela veia artística e serviço irrepreensível. Mas vamos por partes. Logo à entrada percebe-se que o restauro do edifício foi um assunto levado muito a sério. No piso térreo, o romântico restaurante Sítio, ao estilo brasserie, aposta numa ementa curta mas muito eficaz, dedicada à cozinha e aos vinhos regionais. Ao pequeno-almoço, entre outros exemplares da doçaria tradicional, há pastéis de nata à discrição.
 

Avenida da Liberdade
Publicidade
Mostrar mais

Faça check-in nestes hotéis em Lisboa

WC Beautique Hotel: um quarto de banho na Almirante Reis

“Então onde é que dormiu esta noite? Numa casa de banho. Aliás, numa grande casa de banho. E paguei por isso. E gostei.” A resposta pode parecer bizarra, mas aqui passa por coisa perfeitamente normal. No número 35 da Avenida Almirante Reis abriu o WC Beautique Hotel. Um hotel de charme cujo conceito é oferecer todas as comodidades em ambiente WC. 

Por Francisca Dias Real

The Lumiares: oásis no Bairro Alto

Num bar com luzes fluorescentes, oferecem dois shots pelo preço de um ao som de “Don’t Stop Believing”, dos Journey. À porta de uma casa que junta fado tradicional, patanistas e cheesecake está um predador de turistas que tenta a sorte também com alfacinhas. Uma loja de conveniência aberta 24 horas por dia amontoa numa única prateleira minis, batatas fritas e Nossas Senhoras de Fátima. Há roupa estendida nas varandas, estudantes a cirandar e homens a vender óculos escuros e drogas leves. É assim a agitada Rua do Diário de Notícias. Mas depois, no número 142, silêncio. 

Por Vera Moura
Publicidade

Lux Lisboa Park Hotel: lux(o) e simplicidade

De linhas severas e cores monocromáticas a puxar ao estilo escandinavo, o Lux Lisboa Park é um hotel de fato e gravata. Passa despercebido no meio da azáfama da zona adjacente ao Parque Eduardo VII, mas ganha pela localização a escassos minutos do centro da cidade.

Por Francisca Dias Real

Comentários

0 comments